Obras de Portinari no MNBA integram exposição inédita em Roma

Café, 1935

Obra de Candido Portinari (Café, 1935) está em Roma para a exposição “A mão infinita”

Um recorte da coleção do artista Candido Portinari no acervo do Museu Nacional de Belas Artes (MNBA/Ibram) vai integrar a exposição que a Embaixada do Brasil em Roma inaugura no dia 7 de fevereiro.

A mostra é uma parceria entre o Ministério da Cultura (MinC) e o Ministério das Relações Exteriores do Brasil. Com curadoria do MNBA, A Mão Infinita é a primeira mostra de Portinari realizada na capital italiana.

Serão expostos desenhos, pinturas, matrizes e fotografias, num total de 26 obras. O destaque é a tela Café, pintada em 1935.

Nascido em Brodowski, interior de São Paulo, Portinari (1903-1962) era filho de imigrantes italianos e estudou posteriormente na Itália. Suas obras retratam a gente da sua terra.

Para a diretora do MNBA, Monica Xexéo, “a mostra reforça os laços culturais entre dois povos irmãos”. A Embaixada do Brasil em Roma está localizada na Piazza Navona, uma das principais zonas turísticas da cidade. A mostra será realizada na galeria Cândido Portinari, no próprio prédio da embaixada.

A exposição faz parte das comemorações dos 80 anos de criação do MNBA e fica em cartaz na Embaixada Brasileira  da Itália, em Roma, até 22 de abril. Leia mais.

Texto: Ascom/Ibram
Imagem: MNBA/divulgação

Jornada Mundial da Juventude: obras do Vaticano serão expostas no MNBA

Delegação brasileira está na Itália acertando detalhes para exposição durante JMJ Rio2013

Está confirmado: ainda este ano, o Brasil recebe pela primeira vez uma mostra oficial do Estado do Vaticano, que vai trazer ao país mais de 100 obras de grandes expoentes das artes italianas.

Os detalhes para a realização da exposição foram acertados durante visita a Itália do presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), José do Nascimento Jr., e da diretora do Museu Nacional de Belas (MNBA/Ibram), Monica Xexéo, iniciada na última terça-feira (15).

O museu do Rio de Janeiro, vinculado ao Ibram, vai abrigar a mostra, que integra a programação da Jornada Mundial da Juventude 2013 (JMJ Rio2013), entre os dias 11 de junho e 15 de setembro.

A missão, que segue até o domingo, inclui uma série de reuniões técnicas entre os integrantes dadelegação brasileira e representantes do setor de Atos Culturais da JMJ Rio2013, Fundação João Paulo II para a Juventude, Pontifício Conselho para Leigos (PCL), Pontifícia Sacristia Secreta, Fábrica de São Pedro e museus envolvidos

O objetivo é definir aspectos da exposição e seu cronograma, além do manuseio, logística e transporte das peças que seguirão da Itália para o Rio de Janeiro. A visita inclui ainda ida a museus do Vaticano para conhecer alguns dos objetos que estarão na mostra.

Arte e fé
A exposição Nas pegadas do Senhor – obras primas dos museus italianos e do Vaticano vai trazer ao Brasil mais de 100 pinturas, esculturas, manuscritos e outras peças que contam parte da história da arte e da Igreja Católica.

Entre as obras estão quadros de Leonardo Da Vinci, Michelangelo, Caravaggio, Pinturicchio, Perugino, Sassoferrato, Bernini, Correggio, Annibale Carracci, Guido Reni e Beato Angelico, dentre outros.

Em março de 2012, uma delegação italiana responsável pela organização da Jornada Mundial da Juventude 2013 já havia visitado o MNBA. Os organizadores estimam que o Rio de Janeiro receba cerca de 2 milhões de pessoas durante o evento, que contará com a presença do Papa Bento XVI.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Matérias relacionadas
Ibram propõe participação de museus durante Jornada Mundial da Juventude
Mostra de artes visuais ocupará MNBA durante Jornada Mundial da Juventude