Página 30 de 129« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »

Ministro Juca Ferreira abre Colóquios Museológicos do Ibram

Os desafios contemporâneos das instituições museológicas, o enriquecimento de políticas relacionadas a museus e ações do governo em prol da reestruturação e promoção desses espaços em todo o País estiveram na pauta das discussões da primeira edição dos Colóquios Museológicos, na tarde desta terça-feira (19), na sede do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), em Brasília.

A abertura contou com o ministro da Cultura, Juca Ferreira, que destacou a importância do Ibram em abrir portas de reflexão com a sociedade sobre a importância dos museus para a cultura brasileira. Veja a palestra aqui.

Ministro Juca Ferreira, na abertura dos Colóquios Museológicos

Ministro da Cultura, Juca Ferreira, e o presidente do Ibram, Carlos Roberto Brandão

“É inegável a importância que os museus têm nas sociedades complexas”, esclareceu Juca Ferreira.

“Não é incomum encontrar casos em que eles são acionados como recurso para alavancar processos de revitalização de áreas urbanas, consolidar roteiros turísticos e inserir cidades no circuito internacional, promover megaexposições ou grandes mostras capazes de atrair investimentos do mercado, mediar relações entre grupos, provocar politicamente, construir narrativas engajadas, favorecer o desenvolvimento de culturas e comunidades”, constatou o ministro.

“Essas, entre outras várias questões, deslocam os museus para além das atividades de preservação e representação de valores e práticas, produção de conhecimentos, documentação, criação de narrativas, conformação de significados, que os recontextualizam nas relações de poder e memória”, reforçou.

Durante o encontro, o Ministro respondeu algumas questões da plateia e do público que assistiu a transmissão ao vivo pela página do Ibram na internet.

Colóquios Museológicos
Os Colóquios têm como proposta dinamizar os espaços de eventos do Ibram, de forma que a instituição passe a ser reconhecida também como um centro de estudos museológicos contemporâneos.

“Esperamos que essa seja uma contribuição importante para colaborar nas discussões sobre o papel dos museus. Hoje, mobilizamos todas as escolas de museologia do país, todos os museus, para acompanhar a fala do ministro. Queremos fazer uso da sede e dos equipamentos de forma mais completa e transformar o Ibram em um verdadeiro um centro de estudos museológicos”, afirmou Carlos Roberto Brandão, presidente do Ibram.

As próximas edições dos Colóquios contarão sempre com a participação de convidados que irão abordar temas atuais de interesse dos museus. Leia a matéria completa no portal do Ministério da Cultura.

Texto: Ascom/MinC
Edição e foto: Ascom/Ibram

Colóquios Museológicos recebe o Ministro Juca Ferreira nesta terça (19)

Nesta terça-feira (19), o Ibram realiza a primeira edição dos Colóquios Museológicos, com o Ministro da Cultura, Juca Ferreira, que abordará o tema “Museus para todos”.  O evento acontece a partir das 15h30, na sede do Ibram, em Brasília, e terá transmissão ao vivo pela internet, através do endereço www.museus.gov.br.

Os Colóquios têm como proposta, dinamizar os espaços de eventos do Instituto, de forma que o Ibram passe a ser reconhecido também como um centro de estudos museológicos contemporâneos. A programação será permanente e contará sempre com a participação de convidados que irão abordar temas contemporâneos situados no campo de interesse dos museus.

Semana e Museus no Museu Imperial tem uma vasta programação

Museu ImperialO Museu Imperial/Ibram realiza uma série de atividades durante esta semana. Na segunda (18), o Museu estará fechado para visitação, porém, será realizada a sétima edição do Curso de Atualização para Guias de Turismo, que vai até o dia 20, e é destinado a guias com registro na Embratur. Seu objetivo é capacitar os profissionais para atuarem nos pontos turísticos de Petrópolis, de modo a proporcionar atendimento de qualidade aos turistas que visitam a cidade. Na programação do curso, estão previstas palestras e visitas guiadas no Museu Imperial e outros pontos turísticos da cidade. Também será realizada uma visita técnica aos bastidores do Museu Imperial, na qual os participantes conhecerão os acervos arquivístico, bibliográfico e museológico que não estão expostos no palácio. Os guias serão convidados ainda a assistir aos espetáculos Som e Luz e Um Sarau Imperial gratuitamente.

Ainda na segunda-feira, às 10 horas, haverá uma mesa redonda sobre o tema da Semana, “Museus para uma sociedade Sustentável”. O palestrante Carlos Fernando de Moura Delphim falará sobre “Sustentabilidade ambiental e patrimônio cultural”; Evany Noel abordará o tema “Sustentabilidade econômica, o potencial dos museus como geradores de emprego e renda e Turismo e Desenvolvimento Econômico de Petrópolis”; já Antônio Carlos Dias Pastori, exporá a questão da “Sustentabilidade sociocultural, o projeto de reativação da Estrada de Ferro Príncipe do Grão Pará e seu potencial para a recuperação ambiental, social e cultural da região do Meio da Serra e os seus benefícios para a cidade de Petrópolis”. A mesa redonda terá como mediadores a Mestre em Filosofia da Educação, Lara Sayão, e o Diretor do Museu Imperial, Maurício Vicente Ferreira Jr.

Além disso, estará acontecendo a II Feira de Livros, na Biblioteca do Museu, das 09h às 12h e das 14h às 18h. Este evento irá até o dia 22 de maio. Para participar, os interessados deverão trazer os livros para serem trocados, caso não exista nenhum livro de interesse, será dado um vale livro que poderá ser utilizado durante o período do evento. Os amantes da leitura poderão se deliciar escolhendo exemplares de artes, história, infantil, infantojuvenil, filosofia dentre outros. Dicionários, enciclopédias não serão aceitos.

No segundo dia, 19 de maio, o Museu Imperial terá visitação gratuita a todos, em celebração ao Dia Internacional de Museus. A partir desta data, até o dia 24 de maio, interessados poderão visitar a Exposição “Iconografia Petropolitana”, na Galeria Petrópolis, dentro do Palácio. Para este, a entrada franca será para moradores de Petrópolis mediante comprovação de residência.

Ainda no dia 19, a Biblioteca Rocambole terá contação de história do livro “O Livro do Planeta Terra”, das 14h30 às 15h30. A participação é gratuita mediante inscrição prévia junto ao setor de Educação, porém restrita a grupos escolares.

Na quarta-feira, dia 20 de maio, todos os interessados poderão desfrutar das edições promocionais do “Um Sarau Imperial”, às 18h30, e do “Espetáculo Som e Luz”, às 20 horas, com o valor de R$5,00. Também na quinta, sexta-feira e sábado os mesmos serão realizados a este preço.

Ainda na quarta-feira, o livro “Água Viva” será a leitura da Biblioteca Rocambole, às 14h30 e, mais tarde, às 15h30, o Museu Imperial receberá 30 adolescentes em conflito com a Lei, amparados pelo Departamento de Proteção Especial da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania de Petrópolis, para participar do Projeto Petrópolis e fazer uma visita ao Palácio. O Projeto será apresentado para escolas, na sexta-feira, dia 22, às 11h e 15h30.

No dia 21 de maio, quinta-feira, “O Livro das Origens” fará parte da Hora do Conto na Biblioteca Rocambole, seguido de oficina criativa, às 14h30.

No sábado, dia 23 de maio, assim como acontece tradicionalmente, Miguel Berredo irá guiar a prática de meditação no Museu Imperial, às 10 horas, gratuitamente. Enquanto isso, com início às 09 horas, estará sendo realizada a I Jornada Artística, com palestra sobre criação artística, no Cineteatro, com o artista plástico, Luiz Áquila. Ao término da Jornada, às 10 horas, começará a Oficina de Aquarela – “O Museu Imperial e seu entorno”, com Beatriz Pena, nos jardins. Interessados devem se inscrever gratuitamente no site do Museu Imperial.

Para encerrar a Semana Nacional de Museus, haverá a prática de Yoga, às 9h30 no pátio do Museu e, mais tarde, às 16 horas, o Conjunto anima e Cuore e a Orquestra e Coro da Universidade Católica de Petrópolis se apresentam no Cineteatro no III Concerto da Temporada 2015. Os ingressos serão gratuitos mediante retirada antecipada na bilheteria do Museu Imperial.

Texto: Ascom Museu Imperial

Museu das Missões comemora a Semana de Museus com peça teatral

Museu das Missões

Museu das Missões

O Museu das Missões/Ibram promove, de 19 a 21 de maio, na sede social da Associação dos Funcionários Públicos Municipais de São Miguel das Missões (AFUSAM), uma série de apresentações teatrais para estudantes do município. O grupo de teatro “A Turma do Dionísio” vai encenar uma peça ficcional inspirada na vida e no trabalho de João Hugo Machado, o primeiro zelador do Museu das Missões.

Quando da criação do Museu, Machado foi o responsável por recolher obras espalhadas pela região das Missões assim como também por cuidar das obras e zelar pelo funcionamento dessa unidade museológica. Intitulado “Escultórias Fascinantes”, o espetáculo teatral será exibido durante três dias seguidos, e em turnos diferentes, para estudantes das redes de ensino municipal e estadual de São Miguel das Missões. A apresentação da peça, que será seguida de uma atividade educativa com os estudantes, marca a passagem dos 75 anos do Museu das Missões e também integra a programação da 13ª Semana de Museus

O Museu

O Museu das Missões foi criado por meio do decreto-lei nº 2.077, de 8 de março de 1940, assinado pelo então presidente Getúlio Vargas. O objetivo da sua criação era o de reunir e conservar as obras de arte ou de valor histórico relacionadas com os Sete Povos das Missões Orientais, fundados pela Companhia de Jesus na região Noroeste do Rio Grande do Sul.

Projetado pelo arquiteto Lucio Costa, o Museu das Missões foi o primeiro no mundo edificado para tratar do tema “Missões”. Somente alguns anos depois outros países, como Argentina e Paraguai, construíram museus que também estavam voltados para essa temática. O Museu das Missões reúne a maior coleção pública de imagens missioneiras do Mercosul. As três salas de exposição do Pavilhão Lucio Costa apresentam 81 imagens missioneiras.

“O trabalho da equipe do Museu está voltado tanto à conservação e preservação dessas obras do chamado barroco-missioneiro, assim como para a pesquisa, documentação e divulgação dessa rica experiência histórica”, destaca o diretor do Museu, Ariston José Correia Filho. “Temos também uma preocupação especial para conscientizar as pessoas sobre a importância de conhecer e preservar esse patrimônio histórico e cultural”, acrescenta ainda.

Obra O Beijo da Guanabara é mote para atividades no Museu da República

Beijo na Guanabara

O quadro Beijo da Guanabara (1926)

O Museu da República/Ibram, no Rio de Janeiro, participa da 13ª Semana de Museus com uma série de atividades que têm como ponto de partida a obra Beijo da Guanabara, pintada em 1926 pelo artista plástico Carlos Chambelland, exibida no mesmo ano no 33º Salão Oficial de Belas Artes, da Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro.

O Beijo da Guanabara será o mote adequado para a reflexão em torno das questões ambientais contemporâneas, tais como a crise hídrica e a poluição da Baía de Guanabara.

A obra de Carlos Chambelland, no entanto, desafia a nossa imaginação à medida que faz uma citação explícita do beijo de Eros, o deus do Amor, em Psiquê (em grego, a alma), uma das três filhas de um rei da Grécia. A imagem do Beijo da Guanabara retrata e personifica a união entre o “amor” e a “alma”.

Confira a programação completa:

A partir do dia 18 de maio, segunda-feira:

- Exposição “Por um beijo da Guanabara”, no Jardim Histórico do Museu da República, de 8 às 18 horas.

- Exposição “Programa de Sustentabilidade Ambiental do Museu da República”, no Jardim Histórico do Museu da República, de 8 às 18 horas.

Dia 23 de maio:

- Seminário de pós-graduação em Educação Museal, uma parceria entre o IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus), os Museus da República e Castro Maya com a FAETEC, sobre temas relativos à área de museus. No Auditório Apolônio de Carvalho, de 8 às 17 horas.

- Atividades de desenho, pintura e montagem de quebra-cabeças com crianças frequentadoras do Jardim Histórico do Museu da República, a partir das 16 horas.

Dia 26 de maio:

- XXIII Jornada Republicana – mesa-redonda de debates com o tema “Museus para uma sociedade sustentável”, no Espaço Multimídia do Museu da República, a partir das 18 horas.

Dia 27 de maio:

- Lançamento do livro “Há uma gota de sangue em cada museu”, do professor, poeta e museólogo Mário Chagas. No Pátio Interno do Museu da República, às 18 horas.

- Lançamento da revista “Cadernos do CEOM – Museologia Social”, de Mário Chagas e Inês Gouveia. . No Pátio Interno do Museu da República, às 18 horas.

Todos os eventos têm entrada franca. O Museu da República fica na Rua do Catete, 153, bairro do Catete, no Rio de Janeiro. Mais informações na página do Museu.

Texto e fotos: Divulgação Museu da República

Museu da República inaugura instalação ‘Nada acabará, nada ainda começou’

flores do baile2A Galeria do Lago no Museu da República (Ibram/MinC) inaugura, no próximo sábado (16) a instalação “Nada acabará, nada ainda começou”, do artista Raul Leal. A mostra, que tem curadoria de Isabel Sanson Portella, vai até o dia 28 de junho.

Tendo a figura de Nair de Teffé como fio condutor o artista vai apresentar trabalhos em pintura, texto e vídeo formando uma instalação que ocupará todo o espaço da galeria, que  abriga projetos de arte contemporânea que fazem uma conexão com a história e o acervo do museu.

Em 26 de outubro de 1914 a então primeira-dama do Brasil, Nair de Teffé, organizou uma recepção nos salões do palácio do Catete onde foram executadas obras de compositores populares brasileiros, culminando com a apresentação do Corta-Jaca, maxixe da compositora Chiquinha Gonzaga. A repercussão foi a pior possível, abalando ainda mais a pouca popularidade do presidente Hermes da Fonseca.

Ruy Barbosa declarou que nosso governo estava prestando as mesmas honras que merecia a música de Wagner às expressões mais chulas da nossa cultura, o mesmo Wagner que execrou a música de outros compositores que não aderiam ao seu credo musical, condenando-os à clandestinidade e a um preconceito sobre suas obras que durou décadas.

A música de Catulo da Paixão Cearense e Chiquinha Gonzaga nos salões do Catete foi recebida com tanto estranhamento quanto os “objets trouvés” dos dadaístas nas exposições de arte na mesma época. Aquela música estava deslocada, ocupava um lugar que não era destinado a ela. Paralelamente, músicos negros, trabalhadores dos bairros da Saúde e da Gamboa, tentavam organizar clubes onde pudessem tocar sua música sem serem taxados de desordeiros e acusados de vadiagem, aquelas pessoas também estavam deslocadas dentro da sociedade.

Contemporaneamente o músico André Mehmari foi achacado numa apresentação para estudantes da rede pública por executar composições de Ernesto Nazareth. A cantora Rita Beneditto foi proibida de se apresentar num evento gospel patrocinado pela prefeitura de Campo Grande devido ao título de seu show ser “Tecnomacumba”.

Até onde esses movimentos de segregação e exclusão são processos de dominação? É certo que a música une, mas poderá também separar? Apesar de patrimônio imaterial, o legado musical brasileiro também está sujeito a processos de construção e destruição. Traçando paralelos entre esses eventos, criando atritos e conexões a mostra não pretende exibir respostas, mas sim criar perguntas e questionamentos.

Sobre o artista Raul Leal

Raul Leal é artista visual radicado no Rio de Janeiro. Participou de diversas exposições individuais e coletivas em instituições como o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Museu de Artes de Blumenau e Museu de Arte de Ribeirão Preto. Recebeu prêmios em diversos salões de arte e tem trabalhos em importantes coleções.

 

 

Museu do Ouro completa 69 anos no próximo sábado (16)

Inauguração do Museu do Ouro, em 1946.

Inauguração do Museu do Ouro, em 1946.

O Museu do Ouro, vinculado ao Ibram e situado na cidade de Sabará (MG), completa, no próximo dia 16, seus 69 anos de inauguração.

Concebido a partir das ideias e propostas de intelectuais e artistas modernistas no final dos anos 1930, o museu registra, preserva e divulga a história do período que compreende a descoberta e o desenvolvimento da atividade de mineração do ouro em Minas Gerais, desde a época colonial – século XVIII até meados do século XX.

A instituição foi criada pelo presidente Getúlio Vargas por intermédio do Decreto-Lei n° 7.483, de 23 de abril de 1945, sendo a inaugurada no dia 16 de maio de 1946.

Nos dias atuais, a instituição volta-se para o desenvolvimento de ações e processos de cunho sócio-cultural. Novas linguagens, atividades, enfoques e interpretações apresentam-se como essenciais para a identificação, o fortalecimento de vínculos e o estreitamento de relações entre o museu, a sua comunidade e o público visitante.

Instalado em um prédio em estilo colonial de meados do século XVIII, antiga Casa da Real Intendência e Fundição do Ouro de Sabará, o museu é aberto ao público, de terça-feira a sexta-feira, das 10 às 17 h e sábados e domingos das 12 às 17 h.

Nova diretora do Museu de Arte Religiosa e Tradicional no RJ entra em exercício

A nova diretora do Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio (Ibram) entrou em exercício nesta segunda-feira (4). Maria Fernanda Pinheiro de Oliveira foi nomeada no dia 1º de abril. Resultado de processo de seleção pública, a nomeação foi publicada através de portaria no Diário Oficial da União.

Graduada em museologia e mestre em Memória Social pela Unirio, Maria Fernanda foi a escolhida pela Comissão de Seleção para assumir a direção do museu em caráter de cargo comissionado, conforme definido pela Chamada Pública Nº 2, de 7 de março de 2014.

Atualmente, exercia a função de coordenadora de museologia do Museu do Homem do Nordeste, da Fundação Joaquim Nabuco, em Recife. Dentre as suas atribuições estava a realização de estudos e pesquisas museológicas, históricas e antropológicas sobre temas relativos às regiões Norte e Nordeste; além do planejamento, coordenação e execução das atividades técnicocientíficas, atividades e projetos museológicos do MUHNE e de seus setores relacionados; exposições de longa duração, temporárias e itinerantes entre outras.

 Sua trajetória profissional inclui participação em comissões, coordenação de cursos e oficinas, curadoria e pesquisa.

Critérios
Para a seleção foram considerados os critérios de formação acadêmica em nível superior; experiência comprovada em gestão envolvendo atividades de relacionamento com organizações do Governo ou entidades da sociedade em geral; e conhecimento das políticas públicas do setor museológico e da área de atuação do museu.

Os critérios foram aferidos através de apresentação de currículo, declaração de interesse e plano de trabalho. Além da apresentação da documentação, a comissão de seleção designada também realizou entrevista oral com o candidato.

Texto: Ascom/Ibram

Última atualização: 04/05/2015

Ibram divulga inscrições admitidas no edital Prêmio Pontos de Memória 2014

Foi publicado no Diário Oficial da União de hoje (30), a relação das propostas inscritas consideradas aptas para avaliação pela Comissão de Seleção de que trata o Edital de Seleção Pública n.º 02/2014 – Prêmio Pontos de Memória 2014. Confira lista aqui.

Ao todo, foram 157 inscrições recebidas. Destas, 91 foram admitidas para a segunda fase do prêmio. A lista das 66 inscrições inadmitidas também está disponível. Os proponentes cujas inscrições não foram aceitas poderão interpor recurso no prazo de cinco dias, contados a partir da publicação no DOU, pelo Formulário de Recurso (Anexo VI do edital) a ser encaminhado exclusivamente para o endereço eletrônico recurso.inscricao@museus.gov.br, identificado no Assunto Recurso de Inscrição Prêmio Pontos de Memória 2014.

Os recursos de inadmissibilidade serão avaliados pelo Ibram e o resultado será disponibilizado na página do instituto na internet. A data da interposição do recurso a ser considerada será a de envio do e-mail. Os recursos para admissibilidade de inscrições fora do prazo não serão apreciados.

O Prêmio Pontos de Memória irá selecionar e premiar 47 ações desenvolvidas por iniciativas de memória e museologia social, visando reconhecer, incentivar e fomentar a continuidade e sustentabilidade na perspectiva do Programa Pontos de Memória. Destas, 44 devem ser ações desenvolvidas por grupos, povos e comunidades em âmbito nacional e três ações desenvolvidas por brasileiros residentes no exterior, que se caracterizem por ações de registro e representação da sua memória. Saiba mais.

Publicado resultado de seleção para estágio na Escola do Louvre

O resultado da seleção para o intercambio acadêmico Brasil-França foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (28). Foram escolhidos para formação no Seminário Internacional de Verão de Museologia (SIEM) da Escola do Louvre e estágio em museus franceses: Marcela Mazzilli Fassy, Marcelo Gonczarowska Jorge e Rebeca Ribeiro Bombonato. Seus nomes, porém, ainda deverão passar pela aprovação final da Escola.

O Programa
O Intercâmbio Brasil-França 2015 é realizado em parceria com a Escola do Louvre, na França. Duas vagas são destinadas ao público em geral e uma para servidores do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

O objetivo do intercâmbio, que está em sua segunda edição, é permitir aos estudantes adquirir conhecimentos práticos e experiências relevantes junto aos profissionais franceses nas suas respectivas áreas de atuação. O período de permanência na França será entre 31 de agosto e 30 de novembro de 2015.

Os selecionados recebem bolsas cujos valores terão como base a Portaria nº 174 da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – modalidade Capacitação. A vaga destinada a servidor do Ibram seguirá a legislação federal relativa a afastamentos do país.

A seleção, para todos os inscritos, se desenvolveu em verificação da consistência documental, análise de mérito e seleção dos três finalistas. As duas primeiras etapas foram de caráter eliminatório, sendo que a segunda se revestiu também de caráter classificatório. Confira o edital na íntegra e seus anexos. Dúvidas devem ser enviadas para o e-mail asint.selecao@museus.gov.br.

Texto: Valentina Naves (Ascom/Ibram)

Página 30 de 129« Primeira...1020...2829303132...405060...Última »