Portaria constitui Comissão de Ética do Instituto Brasileiro de Museus

Com a publicação hoje (1º) da Portaria nº 294, de 26 de agosto de 2014, no Boletim Administrativo Interno do Ibram, foi constituída a Comissão de Ética do Instituto Brasileiro de Museus. Como ato simbólico, o presidente da autarquia, Angelo Oswaldo, fez a leitura da portaria com a presença dos membros da comissão que estão lotados na sede do instituto, em Brasília (DF), e de assessores.

Encontro da comissão com presidente do Ibram marcou início dos trabalhos

Encontro da comissão com o presidente do Ibram marcou o início dos trabalhos

As comissões de ética estão encarregadas de orientar e aconselhar sobre a ética profissional do servidor público federal no trato com as pessoas e com o patrimônio público.

Escolhidos a partir de convocação feita pela Coordenação de Gestão de Pessoas do Ibram a todos os servidores, os membros da comissão possuem mandato de três anos não coincidentes, sendo permitida uma única recondução. Os integrantes não recebem remuneração e o trabalho realizado é considerado “prestação de relevante serviço público”.

“O papel da comissão é essencial para esclarecer posições, mediar e dirimir conflitos internos, além de ser um mecanismo que aprimora a transparência pela valorização da ética pública”, acredita Angelo Oswaldo.

Além dos atuais membros, deverão ser definidos nas unidades que compõem o Ibram, representações regionais e museus, orientadores para eventuais demandas. A primeira reunião da comissão deve acontecer no dia 5 de setembro e será voltada para questões de ordem logística e de construção do regimento interno.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Fomento aos Museus 2011: dois editais encerram inscrições neste dia 18

Os editais Mais Museus e Criação e Fortalecimento de Sistemas de Museus encerram as inscrições na sexta-feira, dia 18 de novembro. Os interessados devem se inscrever através do Sistema SalicWeb. Os editais e as informações necessárias estão disponíveis na página do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC).

O Edital Mais Museus visa o conveniamento de projetos para a implantação de museus em municípios com menos de 50 mil habitantes e que ainda não possuam instituição museológica instituída.

Podem participar pessoas jurídicas de direito público e de direito privado sem fins lucrativos, com finalidade cultural. No caso de pessoas jurídicas de direito privado deverão ser instituídas há no mínimo três anos. Os projetos atendidos terão valores entre R$100 mil e R$150 mil.

O Edital para Criação e Fortalecimento de Sistemas de Museus é voltado para entidades públicas que atuam no âmbito museal e visa apoio à estruturação, modernização e fortalecimento do Sistema Brasileiro de Museus. Podem participar entidades públicas, nos âmbitos municipal, estadual e distrital. Serão atendidos projetos com valor de R$ 100 mil.

Outros sete editais continuam com inscrições abertas até o final de novembro. Conheça todos aqui.

Texto: Ascom/Ibram