Museu do Diamante/Ibram

De tipologia histórica, o Museu do Diamante, criado em 1954, atende o visitante que busca conhecer os contextos sobre a vocação da cidade de Diamantina (antigo Arraial do Tijuco) como polo minerador, em especial do ouro e do diamante.

Instalado em um antigo casarão do século XVIII, o Museu do Diamante funciona na casa onde viveu o inconfidente padre Rolim. Em 1950, o imóvel foi tombado e em seguida tornou-se museu.

O Museu tem seu acervo composto por um conjunto de peças de valor histórico e artístico dos séculos XVIII e XIX, relacionados com a mineração de diamantes e ao cotidiano citadino do antigo Arraial do Tijuco, dos quais se destacam: oratórios, santos de rocca, imaginária religiosa, minerais e balanças de pesagem de ouro e diamante

O Museu do Diamante classifica e conserva elementos característicos de jazidas, formações e espécies de diamantes brasileiros, abordando também seu desenvolvimento e a influência na economia do país.

O diversificado acervo conta com pinturas, esculturas, desenhos, cédulas, moedas, estampas, instrumentos musicais, indumentária, mobiliário, utensílios domésticos e de iluminação.

Diretora: Sandra Martins Farias
Endereço: Rua Direita, 14 – Centro – Diamantina – MG
Tel: (38)3531-1382
Email: museudodiamante@museus.gov.br
Horário: Terça a sábado, das 10h às 17h; Domingos e feriados, das 9h às 13h.
Site: http://museudodiamante.museus.gov.br/
Redes sociais: FacebookTwitter e Instagram.
Acervo online: Tainacan
Conhecendo Museus – Museu do Diamante
Avalie o Museu do Diamante no TripAdvisor
Acesse o Museu do Diamante no Museusbr