Museu Casa de Benjamin Constant completa 37 anos nesta sexta-feira

Museu Casa de Benjamin Constat_Ibram_Foto-Valter-de-GáudioSituado no bairro de Santa Teresa, no Rio de Janeiro, o Museu Casa de Benjamin Constant (MCBC/Ibram) comemora nessa sexta-feira (18) os 37 anos de sua criação.

Em obras desde 2017, atualmente o Museu encontra-se fechado ao público, mas, embora o término da restauração esteja prevista para 2020, a diretora do Museu, Elaine Carrilho tem procurado desenvolver parceiras e atividades conjuntas com outras instituições. Saiba mais sobre o andamento das obras.

Em maio deste ano, o Museu Casa de Benjamin Constant realizou, em parceria com o Museu da República, a 5ª Edição do Circuito Sítios Históricos da República, que visa a valorização dos lugares vinculados à proclamação e consolidação da República brasileira, através de um roteiro turístico orientado, promovendo a visitação e a interpretação destes sítios históricos que estão localizados da cidade do Rio de Janeiro, passando a integrar a Rede Cultural Campo de Santana.

Para as comemorações dos 130 anos da Proclamação da República, o Museu Benjamin Constant está programando a realização de um seminário, também em parceria com o Museu da República, que será realizado de 11 a 14 de novembro de 2019, A equipe do museu está trabalhando para que na ocasião seja lançado o novo site institucional do MCBC onde o acervo do museu também será disponibilizado online através da plataforma Tainacan.

Sobre a Casa de Benjamin Constant

A bela casa de chácara, com ampla área verde, que no século XIX permitia a visão das habitações da parte baixa da cidade e da baía de Guanabara, encantou o eterno apaixonado por este cenário, e não precisou Benjamin Constant sequer conhecer todos os aposentos da casa para decidir-se, de cima da elevação, virou-se para a paisagem e disse: “Fico com ela”.

Em janeiro de 1890, Benjamin Constant mudou-se com a família para Santa Teresa, ocupando o imóvel construído por volta de 1860, por Antônio Moreira da Costa Santos, porém, Benjamin Constant não pode usufruir deste cenário por muito tempo, vindo a falecer, um ano depois, na madrugada do dia 22 de janeiro de 1891, um mês antes da promulgação da Constituição da República e a casa foi adquirida pelo patrimônio público em 1891, logo após o seu falecimento.

O Museu Casa de Benjamin Constant foi criado em 18 de outubro de 1982, pela então Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional / Fundação Pró-Memória, com a missão de reconstituir o ambiente familiar e o contexto sociocultural em que viveu o Fundador da República, reproduzindo ambientes, hábitos e costumes da época, que corresponde à transição do século XIX para o século XX, contribuindo para uma reflexão acerca de seu território, o bairro de Santa Teresa.

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days