Cadastro Nacional de Museus

Desde sua criação em 2006, o Cadastro Nacional de Museus – CNM mapeou mais de 3.700 instituições museológicas no país e publicou, baseado nas informações coletadas, duas publicações relevantes: Museus em Números e Guia dos Museus Brasileiros.

Assim, o CNM se tornou uma importante fonte de informações sobre os museus brasileiros e vem trabalhando no aprimoramento da coleta e divulgação de dados, consciente da necessidade de informações de qualidade para a formulação e o monitoramento de políticas públicas para o campo museal.

Desde 2015, com o intuito de promover maior transparência na gestão pública, garantir a contribuição da sociedade e acurar a qualidade dos dados, o Cadastro adotou a plataforma Museusbr.

Prosseguimos com o mapeamento e a atualização das informações dos museus de forma colaborativa e democrática, permitindo à sociedade participação direta na inclusão de informações e produção de conhecimentos no campo museal, trabalhando com dados abertos em software livre.

SOBRE MUSEUSBR

A plataforma Museusbr gera páginas eletrônicas para os museus, o que aumenta sua visibilidade, permitindo a divulgação de seus eventos e possibilitando ainda a interligação com agendas municipais, estaduais, regionais, temáticas etc.

Estando integrada a outros mapas culturais, a plataforma tem reduzido o risco de desatualização das informações, uma vez que estas são compartilhadas em outras plataformas como a do Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais – SNIIC/MinC (http://sniic.cultura.gov.br/) e a do Registro dos Museus Ibero-americanos (http://www.rmiberoamericanos.org/) do Programa Ibermuseus (http://www.ibermuseus.org/).

Museusbr oferece mapas georreferenciados e diversas informações sobre os museus, permitindo extração de dados em formato de planilha, conforme os vários filtros oferecidos.

Nosso trabalho é feito com a colaboração da ReNIM, a Rede Nacional de Identificação de Museus, composta pelos órgãos responsáveis pelas políticas setoriais de museus em todos os âmbitos.

Como a plataforma é colaborativa, qualquer pessoa pode contribuir na tarefa de mapear as instituições de memória do país, os eventos promovidos, as ações culturais desenvolvidas nessa área e ainda ajudar a manter atualizadas as informações divulgadas, configurando um serviço de melhor qualidade para a sociedade brasileira.

Perguntas Frequentes

Contatos CNM