Instrumento para proteção do patrimônio museológico aprovado pela Unesco

O governo brasileiro apresentou proposta de resolução para estabelecimento de uma avaliação sobre modalidades de Proteção e Promoção do Patrimônio Museológico e Coleções.

O documento foi defendido pelo presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), José do Nascimento Junior, durante a reunião da Comissão de Cultura da 36º Conferência Geral da Unesco, realizada em Paris, França, na primeira semana de novembro.

A proposta foi apoiada por 30 países e, agora, o Ibram irá coordenar este debate, que visa o desenvolvimento, pelos países membros da Unesco, de políticas públicas para a área museológica.

Como primeira missão, o Ibram e a Unesco irão organizar uma reunião com especialistas internacionais da área de patrimônio museológico para discutir o tema. O encontro está previsto para 2012 e será realizado no Brasil. O debate internacional sobre a proteção e promoção dos museus e do patrimônio museológico no âmbito da Unesco havia sido proposto anteriormente pelos ministros de países ibero-americanos na XIV Conferência Ibero-americana de Cultura, realizada no Paraguai.

Durante a Conferência Geral, o Brasil também foi um dos 15 países eleitos para compor o comitê executivo de criação do Museu da Civilização Egípcia, que será patrocinado pela Unesco e construído no Cairo.

Texto e foto: Ascom/MinC

Publicado em

Deixe seu comentário

Digite seu comentário
  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório e-mail válido)
  3. (obrigatório)
  4. Captcha
 

cforms contact form by delicious:days