Ibram recebe evento internacional sobre tráfico ilícito de bens culturais

Atividade, que contará com a participação de especialistas europeus, é aberta ao público e terá tradução simultânea.

Atividade, que contará com a participação de especialistas europeus, é aberta ao público e terá tradução simultânea.

O edifício-sede do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), em Brasília (DF), recebe na próxima terça-feira (18) evento que marca o lançamento do projeto internacional “Diálogos sobre tráfico ilícito de bens culturais: interoperabilidade de sistemas” – realizado no âmbito do programa Diálogos Setoriais Brasil-União Europeia.

A primeira atividade do projeto contará com a participação de especialistas europeus que abordarão experiências de desenvolvimento e interoperabilidade de sistemas de informações culturais como instrumento de prevenção e combate ao tráfico de bens culturais. A atividade é aberta ao público e contará com tradução simultânea.

Intercâmbio de experiências

A ideia é inaugurar um intercâmbio de experiências bem-sucedidas na área da tecnologia da informação voltadas à prevenção e o combate ao tráfico ilícito de bens culturais, que possam contribuir no desenvolvimento de uma plataforma interoperável entre os vários bancos de dados sobre bens culturais desaparecidos no Brasil.

O evento, que será aberto às 10h30 com a participação do ministro da Cultura, dos presidentes substitutos do Ibram e Iphan e de representante da Delegação da União Europeia no Brasil, traz para palestra inaugural a pesquisadora Alessia Bardi, do Conselho Nacional de Pesquisa da Itália – Instituto de Ciência da Informação e Tecnologias.

À tarde, a partir das 14h, haverá painel sobre as experiências europeias na interoperabilidade de sistemas de bens culturais e o tráfico ilícito, com a participação de Samuel Andrew Hardy, pesquisador honorário associado no Instituto de Arqueologia da University College London, e do perito espanhol Javier Finat, especialista na área de documentação, análise e visualização avançada de patrimônio.

Encerra a programação painel sobre a atuação da Interpol (Organização Internacional de Polícia Criminal) em território brasileiro relacionada à temática, com a participação de dois delegados vinculados à Interpol Brasil.

Inscrição online

Interessados em participar da atividade inaugural do projeto internacional “Diálogos sobre tráfico ilícito de bens culturais: interoperabilidade de sistemas” devem realizar inscrição online aqui. O Instituto Brasileiro de Museus está situado no endereço SBN Quadra 2, Bloco N (Edf. CNC III), em Brasília (DF).

Presidente da Comissão Europeia visita Museu da Inconfidência em MG

Na terça-feira, 22 de janeiro, o Museu da Inconfidência/Ibram, em Ouro Preto (MG),  recebeu a vista do presidente da Comissão Europeia, o português José Manuel Durão Barroso, que veio ao Brasil para participar da VI Cúpula Brasil-União Europeia e aproveitou para conhecer diversos pontos turísticos da histórica cidade mineira.

Presidente da Comissão Europeia em visita ao Museu da Inconfidência

No Museu da Inconfidência a visita foi orientada por guias de turismo e pela chefe da Divisão Técnica, Carmem Silvia Lemos. Segundo ela, o presidente da Comissão Européia ficou muito impressionado com a qualidade do acervo e sua conservação.

“Ele fez elogios sinceros. É sinal de que temos uma exposição que sensibiliza pessoas do mundo inteiro, acostumadas com o padrão museológico internacional”, salientou Carmem.

A União Europeia e o Brasil celebraram na quinta-feira (24), em Brasília, a sexta cúpula desde o lançamento da parceria estratégica, em julho de 2007, em Lisboa (Portugal).

Durante o evento, foram discutidos temas específicos envolvendo as duas regiões, como a crise financeira internacional, o G-20 e questões de segurança internacional no Oriente Médio e na África.

Texto: Divulgação Museu da Inconfidência