Ibram lança texto sobre o tema da Semana de Museus 2018

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) já disponibilizou o texto de referência sobre o tema da 16ª Semana de Museus – que acontece no país de 14 a 20 de maio.

16SemanaMuseus_Cartaz

Clique na imagem para ampliar

A intenção é dar subsídios para os museus participantes desenvolverem atividades focadas no tema Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos. O texto propõe uma aproximação tanto pelo viés tecnológico quanto por outras conexões possíveis.

“O modo de interação dos museus com seu entorno, especialmente nos grandes centros urbanos, foi definitivamente impactado com o avanço da conectividade digital”, aponta. “Para alguns, a interação entre pessoas e máquinas tornou-se capital. Para outros, ainda há limites a serem superados para dar conta do novo paradigma digital”.

Ao mesmo tempo em que museus devem apostar em iniciativas que busquem pela via tecnológica se conectar aos seus antigos e novos públicos, ainda é indispensável esforços para engajar quem ainda não está online – especialmente em áreas periféricas, rurais e regiões de difícil acesso, por exemplo.

Tendo em vista que 46% dos domicílios brasileiros ainda não têm acesso à internet, segundo dados recentes, o texto provoca algumas reflexões: “que novas abordagens são necessárias para engajar quem não está online? Que outras formas, para além da internet, estão disponíveis para se criar e estreitar laços com o meio onde se atua?”. Leia e faça download da íntegra do texto.

 Inscrições abertas
O formulário para a inscrição de atividades na 16ª Semana de Museus encontra-se aberto até 12 de março na página do Ibram. Para participar, o museu ou instituição cultural interessada deve programar atividades em torno do tema (exposições, visitas mediadas, shows, palestras, exibição de filmes etc.). As atividades ocorrem exclusivamente sob a responsabilidade da instituição que as inscrever.

Texto: Ascom/Ibram

Primavera dos Museus tem o maior número de inscritos desde a sua criação

A 11ª edição da Primavera de Museus contará com 932 instituições participantes – o maior número de inscritos desde a criação da temporada nacional de eventos em 2007. O crescimento em relação a 2016 foi de 24%.

Identidade visual da Primavera dos Museus 2017 (clique para ampliar)

Identidade visual da Primavera dos Museus 2017 (clique para ampliar)

Entre os dias 18 e 24 de setembro estão programados 2.537 eventos em 25 estados e no Distrito Federal. No total, 417 municípios brasileiros receberão eventos em torno do tema Museus e suas memórias.

A região Sudeste foi a que mais inscreveu atividades para a 11ª Primavera dos Museus, sendo seguida pelas regiões Sul, Nordeste, Centro-Oeste e Norte. Confira o quadro evolutivo.

Após o encerramento das inscrições, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), que coordenada a ação nacionalmente, iniciou a produção do Guia de Programação com todos os eventos pelo país – que ficará disponível tanto para busca online quanto no formato de publicação digital.

Texto e kit digital
O Ibram disponibilizou esta semana um texto de referência sobre o tema da 11ª Primavera dos Museus. Nele são apontados aspectos relacionados à relevância das discussões em torno da memória dos museus.

“Os questionamentos são importantes para que os museus se revisitem e se mostrem para a sociedade, resgatando experiências que estão em seu âmbito e da qual participaram, de forma orgânica, os trabalhadores dos museus e seus diversos públicos”, diz o Ibram. Acesse o texto na íntegra.

Nos próximos dias também estará disponível para os participantes um kit digital de divulgação, contendo peças gráficas como selos, cartazes e capas para redes sociais.

Mais informações sobre a 11ª Primavera dos Museus podem ser obtidas pelo endereço eletrônico primavera@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

Ibram divulga identidade visual e texto para a Semana de Museus 2017

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) lançou hoje (13), a identidade visual e o texto de referência para as instituições interessadas em participar da 15ª Semana de Museus – que acontece entre os dias 15 e 21 de maio.

Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus foi o tema definido pelo Conselho Internacional de Museus (Icom) para a edição deste ano do Dia Internacional de Museus (18 de maio), sendo adaptado à realidade dos diversos países que celebram a data.

Identidade visual da Semana de Museus 2017 (clique para ampliar)

Identidade visual da Semana de Museus 2017 (clique na imagem para ampliar)

Presenças e ausências
“Como pensar então as histórias contadas pelos museus?”, pergunta o texto de referência brasileiro sobre o tema, resultado da colaboração de pesquisadores do Museu Histórico Nacional (MHN) com a equipe do Ibram sede.

“As narrativas museográficas são produzidas a partir de escolhas, disputas de poder e silêncios. Tal seleção produz ausências e esquecimentos: é o que chamamos de ‘não dito’”, segue a reflexão.

A presença, no formato tradicional de museus, de “objetos representativos das memórias” das classes dominantes criaria “lacunas” e “esquecimentos”, segundo o texto, em relação a referências próprias das classes populares.

Assim, abrir-se ao diálogo seria, para os museus, uma forma de confrontar preconceitos e criar espaço para outras narrativas. “E o grande desafio é articular os silêncios com as peças de acervos, de modo a construir ritmo e harmonia expográficos”. Acesse o texto de referência na íntegra.

Sob esse ponto de vista, a identidade visual traz a imagem de dois objetos do acervo do MHN que representam perspectivas aparentemente divergentes: masculino e feminino; erudito e popular; passado e presente. Ao aproximá-los, seus contrastes ficam mais evidentes e provocativos – produzindo então novas interações.

Inscrições abertas
Até 3 de março, museus e instituições culturais interessadas em participar da 15ª Semana de Museus devem programar atividades em torno do tema (exposições, visitas mediadas, shows, palestras etc.) e inscrevê-las no formulário eletrônico disponível na página do Ibram. Saiba mais.

Matéria relacionada
Cartilha do Ibram traz dicas de parcerias para a Semana de Museus

Primavera dos Museus inscreve até 21 de agosto

Banner_inscricoes_9PM_217x300_3Está disponível o texto de referência sobre o tema da 9ª Primavera dos Museus: Museus e Memórias Indígenas. O texto foi feito pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e Museu do Índio/Funai. Leia na página o Ibram.

As inscrições para a 9ª Primavera vão até 21 de agosto. Seminários, exposições, oficinas, espetáculos, mesas-redondas, visitas guiadas, exibições de filmes são exemplos de ações a serem programadas para o evento nacional coordenado pelo Ibram no segundo semestre de cada ano.

Este ano, a campanha de divulgação da Primavera traz como destaque a imagem do Pajé Itsaltako  da etnia Waurá, da Aldeia Wuará Piyulaga, no Alto Xingu (MT). Captada pelo fotógrafo Renato Soares, em 2013, a imagem mostra o Pajé durante as lutas de Huka-huka, realizadas na cerimônia do Kuarup.

A Primavera dos Museus acontece anualmente desde 2007 e é o resultado de uma ação conjunta entre as instituições museológicas de todo o país e o Ibram.

Ao longo das oito edições, a participação das instituições teve um crescimento médio de 18% ao ano, assim como o número de eventos cadastrados aumentou 21%. Veja como foram as edições anteriores da Primavera dos Museus.