Museu da República e Colégio Pedro II assinam termo de cooperação

Interior do Museu da República no Rio

Interior do Museu da República/Ibram no Rio

O Museu da República (Ibram/MinC) e o Colégio Pedro II, ambos no Rio de Janeiro (RJ), formalizaram os termos da parceria de estímulo à iniciação científica existente há dois anos entre as instituições.

A assinatura do acordo foi feita pela diretora do Museu da República, Magaly Cabral, pelo reitor Oscar Halac, e pelo diretor de Pesquisa do Colégio Pedro II, Jorge Fernando de Araujo, na última semana. O extrato do termo foi publicado do Diário Oficial na segunda-feira (2).

Com a formalização do acordo, o Colégio Pedro II passará a oferecer bolsas de iniciação científica para os estudantes envolvidos, e também para o Museu da República. Magaly Cabral, que foi estudante do Pedro II, explicou como funciona o projeto. “Incialmente os alunos percorrem os bastidores do museu e se informam sobre as diversas atividades que o museu desenvolve na suas diversas áreas. Depois de conhecerem os bastidores, eles escolhem em que área querem se especializar”.

Atualmente, 12 estudantes do Colégio Pedro II participam do projeto. O diretor Jorge Fernando destacou os benefícios da iniciação científica para os estudantes. “Eles precisam ser ‘despertados’, ter sua vocação estimulada. Quem sabe não estimulamos futuros historiadores, museólogos ou arquivologistas?”, comentou.

Texto: Ascom Colégio Pedro II
Edição: Ascom/Ibram
Foto: Museu da República/Divulgação

Conexões Ibram: assinatura de termo de cooperação e palestras em Sergipe

Com apresentação do Quinteto de Metais da Orquestra Sinfônica de Sergipe (ORSSE), foi aberta na manhã desta terça-feira (27), em Aracaju (SE), a edição sergipana do projeto Conexões Ibram.

Eloísa Galdino, secretária de Cultura de Sergipe, reforçou a importância do projeto no estado

A abertura, que acontece no Museu da Gente Sergipana, foi marcada pela assinatura de Termo de Cooperação entre o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), representado pela presidente-substituta Cássia Ribeiro, e pela Secretaria de Estado da Cultura de Sergipe (Secult/SE), que tem à frente Eloísa Galdino.

Dentre as ações previstas na cooperação estão a criação de uma rede de informações museais, voltada para a formulação de políticas públicas para o setor museal, a implantação de marcos legais do setor museal em Sergipe, assim como do Plano Nacional Setorial de Museus (PNSM).

A parceria inclui ainda o desenvolvimento de políticas de fomento e financiamento, ações de incentivo à museologia social e a criação de um programa de proteção ao patrimônio musealizado em risco, ações para as quais o Ibram vai prestar apoio técnico à Secult-SE.

“A Política Nacional de Museus trouxe uma nova forma de tratar a política cultural voltada para o setor de museus, e nossa expectativa é que o Conexões Ibram aprofunde esta política em Sergipe, onde ela já vinha sendo seguida”, disse durante a cerimônia a secretária de Cultura, Eloísa Galdino. Leia matéria completa no blogue Conexões Ibram.

Palestras
A necessidade de colher e sistematizar informações sobre o campo museal, os marcos legais do setor e os riscos ao patrimônio musealizado estiveram no centro do debate no primeiro dia do Projeto Conexões Ibram em Sergipe.

Cerca de 40 representantes do setor museal sergipano participaram das três apresentações iniciais do evento, que acontece no Museu da Gente Sergipana, em Aracaju.

A programação foi aberta com fala da chefe do Cadastro Nacional de Museus, Karla Uzêda, sobre o programa iMuseus, que objetiva o levantamento e sistematização de informações sobre o setor museal. Continue lendo.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Denisson Alves/Secult-SE

Conexões: Rio Grande do Sul e Ibram assinam Acordo de Cooperação

Na manhã de hoje (21), teve início na Casa de Cultura Mario Quintana, em Porto Alegre (RS), a versão gaúcha do projeto Conexões Ibram – que segue até quinta-feira (23).

Na abertura, o presidente do Ibram/MinC, José do Nascimento Jr., e o secretário adjunto da Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul, Jeferson Assumção, assinaram termo de Cooperação Técnica com fim ao desenvolvimento de políticas públicas para o setor de museus em um período de cinco anos.

Nascimento Jr. ressaltou o papel do RS na formulação inicial de políticas para museus

Nascimento Jr., que já dirigiu instituições culturais no RS, lembrou que o Ibram “também é resultado da política que começamos por aqui, de nossos erros e acertos”.

Sobre o Conexões Ibram, citou desdobramentos do projeto pelo país e que o mais importante são as “metas e perspectivas para a construção de um trabalho conjunto”.

Jeferson Assumção aproveitou para anunciar o montante de R$ 26 milhões para o setor cultural por meio de editais de seleção pública – resultado da parceria entre o governo federal e estadual.

Concedidos via Fundo Estadual de Cultura, recentemente criado, um dos editais contempla a modernização de museus no RS. “Os museus precisam ser revitalizados para manterem vivo o elemento da criatividade e da diversidade cultural”, disse. Leia matéria completa no blogue Conexões Ibram.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Pará abre Conexões Ibram no 2º Semestre com Acordo de Cooperação

Eneida Braga (esq.) e Carmen Cal assinaram termo de Cooperação Técnica

A abertura do projeto Conexões Ibram em Belém (PA) aconteceu na manhã de hoje (7), no Teatro Estação Gasômetro.

Com um público representativo, a abertura contou com a assinatura de termo de Cooperação Técnica entre o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e a Secretaria de Estado da Cultura do Pará.

“O Pará demonstra interesse e tem contribuído com a ampliação das políticas públicas para museus”, elogiou Eneida Braga – diretora que representou o presidente do Ibram/MinC no evento.

Carmen Cal, diretora do Sistema Integrado de Museus (SIM) do Pará, representando o secretário de Estado da Cultura, assinalou a importância do Conexões no estado: “O acordo de cooperação assinado hoje com o Ibram deve ampliar a integração entre os museus do estado e a política federal. Poderemos contar com apoio para divulgação de nossa agenda em âmbito nacional e conhecer os caminhos para ampliar recursos”, ressaltou Carmen Cal.

Após a abertura, foram apresentadas as palestras iMuseus – construção de rede de informações do setor museal – e Patrimônio Museológico em Risco. O evento em Belém segue até amanhã (8). Veja a programação aqui. Acompanhe em tempo real a cobertura do Conexões Ibram Pará pelo Twitter @museusbr.

Leia a matéria completa no blogue do Conexões Ibram.

Última atualização: 13.8.2012

Conexões Ibram na Bahia: assinatura de termo de cooperação marca abertura

Mesa de abertura do projeto Conexões Ibram na BahiaMuseu de Arte da Bahia sediou, neste dia 21 de março, o lançamento do Projeto Conexões Ibram.

Na solenidade de abertura, o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), José do Nascimento Júnior, e o Secretário de Cultura da Bahia, Antonio Albino Canelas Rubim, assinaram Termo de Cooperação que tem como objeto a integração de competências e de recursos institucionais para o desenvolvimento de ações conjuntas e coordenadas que contribuam para o reconhecimento, o fortalecimento, a difusão, o fomento e o incentivo do setor museal na Bahia.

A mesa de abertura contou ainda com as presenças do Coordenador de Promoção e Eventos da Secretaria Estadual de Assuntos para a Copa do Mundo (Secopa), Márcio Lima; do Chefe de Gabinete da Secretaria de Turismo (Setur) da Bahia, João Carlos Oliveira; da Chefe de Gabinete do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), Lícia Maria França Cardoso, representando o diretor geral do Instituto; da Diretora de Museus do IPAC, Maria Célia Teixeira de Moura Santos, e da Diretora do Museu de Arte da Bahia, Sylvia Athayde. Continue lendo no blogue Conexões Ibram.

Mestrado em Museologia
Na tarde do dia 20 de março, José do Nascimento Junior (Ibram/MinC), Albino Rubim (Secult), Maria Célia Teixeira Moura Santos (IPAC) reuniram-se e com representantes da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia(UFRB) para discutir a criação do primeiro curso de pós-graduação em Museologia do Nordeste.

Os representantes das duas universidades estão trabalhando no projeto de um Mestrado acadêmico em Museologia, que deve começar a ser ofertado em 2013. O Ibram e a Secult Bahia se comprometeram a firmar parcerias com as universidades para a concretização do projeto, que deverá ser apresentado à Coordenação e Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) no mês de junho.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Lazaro Menezes/IPAC