Página 1 de 512345

Museus Ibram em Goiás tiveram recorde de público em 2018

Para a direção dos museus, o aumento é reflexo de ações contínuas e forte diálogo com a comunidade local.

Para a direção dos museus, o aumento é reflexo de ações contínuas e forte diálogo com a comunidade local.

O Museu das Bandeiras (MUBAN) e o Museu de Arte Sacra da Boa Morte, que integram a rede Ibram em Goiás, tiveram recorde de público no ano passado. Em conjunto, os dois museus localizados na cidade histórica de Goiás (GO) foram visitados em 2018 por 37.383 pessoas – um aumento de 26% em relação ao ano interior.

Para a direção dos museus, o aumento é reflexo de ações contínuas e forte diálogo com a comunidade local, que auxilia e fortalece as ações, sugerindo ideias e propostas, além de visitar e interagir com as atividades realizadas.

Ao longo de 2018, o Museu das Bandeiras promoveu diversos eventos, cursos, pesquisas e ações culturais e educativas voltadas para escolas e guias turísticos. Entre as atividades que ajudaram a aquecer a visitação ao museu estiveram a Semana Nacional de Museus e a Primavera dos Museus, o projeto MUBAN nas Escolas, a Semana das Crianças e o MUBAN Mambembe. Como resposta, o público do MUBAN em 2018 foi de 23.657 visitantes, incluindo 73 pesquisadores.

Sediado no antigo edifício construído para ser utilizado como Câmara e Cadeia em 1766 na antiga Vila Boa de Goyaz, O Museu das Bandeiras foi aberto ao público como tal em 1954. Deste então, o museu narra a ocupação da região centro-oeste, tendo como marco as entradas e bandeiras, e apresenta aos seus visitantes as memórias daqueles que ficaram presos na antiga cadeia, função que o prédio teve por quase 178 anos.

Já o Museu de Arte Sacra da Boa Morte recebeu 13.726 visitantes em 2018, com visitação aquecida por diversas ações voltadas ao público escolar. O museu está localizado no centro histórico de Goiás em edifício construído originalmente para abrigar a Igreja de Santo Antônio de Pádua em 1792, abrigando obras sacras do escultor e dourador goiano Veiga Valle. O edifício foi tombado pelo Iphan em 1951 e ganhou a função de museu em 1969.

Casa da Princesa – Após dois anos fechado para obras de restauro e processo amplo de reformulação, o Museu Casa da Princesa, que também integra a rede Ibram em Pilar de Goiás (GO), foi reaberto ao público em dezembro passado. Além de restaurado, o museu ganhou novo circuito expositivo. Saiba mais.

Inscrições de atividades para a Semana de Museus 2018 terminam segunda (12)

Clique para ampliar

Clique para ampliar a imagem

As inscrições de atividades para a 16ª Semana de Museus terminam na segunda-feira (12). A temporada de eventos organizada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) acontece de 14 a 20 de maio em todo o Brasil.

Com o tema Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos, a proposta deste ano é que museus e instituições participantes busquem amplificar suas relações com a comunidade e seu entorno. Saiba mais.

A instituição interessada em participar deve programar atividades em torno do tema e inscrevê-las na plataforma de Eventos Ibram. As atividades ocorrem exclusivamente sob a responsabilidade da instituição.

Todos os participantes terão acesso a um kit de divulgação digital e os participantes fora dos grandes centros urbanos receberão cartaz impresso para reforçar a comunicação local. O Ibram também produzirá um guia digital da programação nacional.

Mais informações sobre a 16ª Semana de Museus podem ser obtidas pelo endereço eletrônico semana@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

Guia da Programação da 15ª Semana de Museus já está disponível

Cartaz_SemanaMuseus2017O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) disponibilizou hoje (20) a programação da 15ª Semana de Museus - que acontece em todo o Brasil entre os dias 15 e 21 de maio.

O formato Busca Rápida permite ao usuário encontrar atividades por Estado, Cidade, Museu ou Palavra-chave. Para esta edição estão cadastradas mais de 3 mil atividades culturais em 485 cidades de 26 estados.

Como resultado da busca, além da programação definida, há ainda o endereço da instituição assim como os contatos de telefone e e-mail. Todas as atividades são de responsabilidade dos participantes. Acesse o Guia da Programação.

Em 2016, pesquisa do Ibram mostrou que no período da Semana de Museus a frequência de público nas instituições participantes chega a aumentar 79% em comparação a semana anterior.

Com o intuito de reforçar a divulgação da semana junto aos diversos públicos interessados, o Ibram lançou um kit com diversos conteúdos digitais para museus e demais interessados.

Dúvidas e outras questões sobre a 15ª Semana de Museus podem ser enviadas para o e-mail semana@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

 

Ibram lança kit da SNM para museus divulgarem suas atividades

Cartaz_SemanaMuseus2017 Está disponível na página do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) um conjunto de peças de divulgação para a 15ª Semana de Museus.

Criado para que as instituições culturais participantes da temporada cultural possam realizar a comunicação de suas atividades, o kit digital é formado por cartaz, selos comemorativos, flyers, spot para rádio, vídeo promocional e até um Twibbon – filtro temático para as fotos de perfil nas redes sociais. Acesse o kit da 15ª Semana de Museus.

Em 2016, pesquisa do Ibram mostrou que no período da Semana de Museus a frequência de público nas instituições participantes chega a aumentar 79% em comparação a semana anterior – o que reforça o papel da comunicação.

Entre os dias 15 e 21 de maio, 3.079 eventos estão programados para acontecer em todo o Brasil. Com o tema “Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus”, a edição 2017 da temporada cultural, que celebra o Dia Internacional de Museus (18 de maio), contará com programações em 1.070 museus e instituições de memória localizadas em 485 cidades de 26 estados.

O Ibram trabalha atualmente na produção do Guia de Programação da 15ª Semana de Museus – que estará disponível em formato digital em meados de abril.

Texto: Ascom/Ibram

Ibram abre chamada para parcerias durante a Semana de Museus 2017

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) abriu chamada para a realização de parcerias, sem repasse de recursos financeiros, com empresas públicas e privadas com foco na promoção e divulgação da 15ª Semana de Museus – programada para acontecer entre os dias 15 e 21 de maio de 2017.

Empresas de aviação civil do Brasil e que fabricam artigos de vestuário, assim como empresas de telefonia móvel e de mídia indoor, são de interesse para a formação de parcerias, com intuito de divulgação do evento junto a seus públicos por meio de produtos e serviços.

Identidade visual da Semana de Museus 2017 (clique para ampliar)

Identidade visual da Semana de Museus 2017 (clique para ampliar)

A contrapartida do Ibram será feita com a inclusão das logomarcas das empresas apoiadoras em todo o material de divulgação produzido para a Semana de Museus 2017, destinado ao todos os museus brasileiros e instituições participantes da temporada nacional, assim como no Guia de Programação – disponibilizado digitalmente para o público. Acesse a chamada de parcerias na íntegra.

As empresas interessadas devem entrar em contato com o Ibram, até o dia 24 de fevereiro, pelo telefone (61) 3521.4112 ou pelo endereço eletrônico semana@museus.gov.br. Uma ou mais empresas poderão ser parceiras, de acordo com o escopo das ações de promoção e divulgação.

Atualmente, o Ibram tem mapeados cerca de 3,6 mil museus no Brasil. Em média, 1.260 instituições participam anualmente da Semana de Museus, que completa 15 anos em 2017. Confira  as estatísticas de participação de todas as edições.

Parcerias locais
O Ibram também lançou, no final de 2016, uma cartilha para as instituições participantes tanto da Semana de Museus quanto da Primavera dos Museus – temporada de eventos que acontece no segundo semestre de cada ano.

Ampliar a divulgação das atividades dos museus, incentivar a visitação e promover uma maior aproximação com as comunidades onde se inserem são objetivos da publicação, que alinha cinco tópicos que podem fazer a diferença em uma iniciativa local. Baixe a cartilha gratuitamente.

As inscrições online de atividades para a 15ª Semana de Museus estão abertas até 3 de março. O tema para esta edição é Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram

Ibram divulga resultados da pesquisa sobre a Semana de Museus 2016

As instituições que participaram da 14ª Semana de Museus tiveram um aumento de 79% no número de visitantes entre os dias 16 e 22 de maio.

Cartaz da Semana de Museus 2016

Cartaz da Semana de Museus 2016

Este é um dos resultados apresentados na pesquisa sobre a Semana de Museus 2016, a partir da resposta de 482 museus de todo o país, lançada hoje (11) pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

O objetivo é avaliar o impacto da temporada nacional de eventos, que acontece no primeiro semestre de cada ano para celebrar o Dia Internacional de Museus (18 de maio).

34% dos museus brasileiros cadastrados juntos ao Ibram (3.646 até julho) desenvolveram no período da Semana de Museus deste ano atividades sob o tema Museus e Paisagens Culturais. A maior participação foi de museus municipais (39%), seguida por museus privados (26%).

Em relação ao impacto econômico, houve um crescimento de 21% na geração de emprego e renda no campo museal, especialmente no quesito contratação de recursos humanos. Confira a pesquisa na íntegra.

Além dos números, os resultados da pesquisa, realizada desde 2011, também permitem avaliar o direcionamento dado pelo Ibram para a atividade anual, assim como permitem a gestores municipais, estaduais e federais ajustarem suas ações em prol do desenvolvimento e consolidação do setor de museus no país. Conheça as pesquisas anteriores da Semana de Museus realizadas pelo Ibram.

15ª Semana de Museus
“Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus” (Museums and contested histories: saying the unspeakable in museums, em inglês) é o tema definido pelo Conselho Internacional de Museus (Icom) para o Dia Internacional de Museus 2017 – celebrado em 18 de maio.

Nas próximas semanas, o Ibram definirá o período de realização da Semana de Museus 2017, assim como dará início ao processo de inscrições de atividades por parte das instituições interessadas em participar.

Texto: Ascom/Ibram

Icom Brasil confirma tema do Dia Internacional de Museus 2017

“Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus” é a tradução oficial para português do tema definido pelo Conselho Internacional de Museus (Icom) para o Dia Internacional de Museus 2017 (Museums and contested histories: saying the unspeakable in museums, em inglês).

Cartaz da Semana de Museus 2016

Cartaz da Semana de Museus 2016

Data celebrada anualmente no dia 18 de maio, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) adota o mote lançado pelo Icom para realizar a Semana Nacional de Museus – temporada de eventos que, durante sete dias, reúne museus brasileiros com uma vasta programação de atividades.

Em 2016, entre os dias 16 e 22 de maio, 1.236 museus cadastraram 3,7 mil atividades para a 14ª Semana de Museus.

Entre os objetivos do evento estão a valorização dos espaços de memória e cultura no país, a ampliação da relação dos museus com a sociedade, assim como o aumento do público visitante. O impacto socioeconômico da Semana de Museus é medido pelo Ibram a cada nova edição: confira os resultados das pesquisas já realizadas.

Até o final do ano, o Ibram definirá o período de realização da 15ª Semana de Museus, assim como dará início ao processo de inscrições de atividades por parte das instituições interessadas em participar.

Texto: Ascom/Ibram

Ibram abre pesquisa da 13ª Semana de Museus para instituições participantes

A pesquisa sobre a 13ª Semana de Museus começa a ser aplicada nesta segunda-feira (25). O questionário se encontra na página do Ibram e os museus participantes da temporada nacional de eventos têm até o dia 30 de junho para o preenchimento.

O levantamento tem como objetivo entender melhor os museus participantes, as características e potencialidades das atividades, a relação com agentes da economia local e o envolvimento da comunidade na participação da Semana. Dessa forma, o retrato dos museus brasileiros é percebido com maior precisão, o que facilita tanto a avaliação como elaboração e execução das próximas edições.

A Semana de Museus é uma ação de promoção e divulgação dos museus brasileiros coordenada pelo Ibram  e que acontece anualmente em todo o território nacional em comemoração ao Dia Internacional de Museus (18 de maio). O esforço desenvolvido pelo Ibram e a adesão intensiva de cada instituição museal ao longo dos anos promovem o sucesso da ação, que cada vez mais conquista resultados positivos.

A Pesquisa da Semana de Museus está em sua 4ª edição. Acesse os resultados dos levantamentos anteriores.

Museu Regional Casa dos Ottoni recebe obra em homenagem a Mestre Valentim

garca_ottoniO Museu Regional Casa dos Ottoni (Ibram/MinC), no Serro (MG) recebe réplica de obra em homenagem a Mestre Valentim. A cerimônia de recebimento abre a programação da 13ª Semana de Museus do Museu e acontecerá nos jardins da Casa dos Ottoni, no dia 16 de maio de 2015 às 10h.

Doada ao MRCO pela Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração e pela Associação dos Amigos do Serro, a obra remete ao par de esculturas de autoria do Mestre Valentin, intituladas “Garças de Mestre Valentim”, ou “Aves Pernaltas” (ou saracuras, ou íbis, ou marrecas) cujos originais localizavam-se na “Fonte dos Amores”, no Passeio Público do Rio de Janeiro. Em 1905, foram transferidas para o Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Em 1997, essa instituição criou o Memorial Mestre Valentim, que inclui outras esculturas de sua autoria, para dar maior proteção e condições de conservação ao conjunto escultórico de Mestre Valentim.

Valentim da Fonseca e Silva nasceu na cidade do Serro em 1745. O artista aprendeu o ofício de toreuta (escultor, entalhador de pedra, metal ou madeira) em Portugal, para onde foi levado por seu pai em 1748. De volta ao Brasil, em 1770, instalou-se no Rio de Janeiro, então capital do Vice-Reino do Brasil. Foi nessa cidade que desenvolveu sua produção artística, de caráter escultórico, arquitetônico e urbanístico. Dentre seus trabalhos, destacam-se obras civis – como o projeto e a execução do Passeio Público do Rio de Janeiro e de vários chafarizes – e religiosas, tais como trabalhos de talhas e imaginária em igrejas cariocas.

Texto: Ascom Ibram

Página 1 de 512345