Museu Regional Casa dos Ottoni comemora 311 anos da cidade do Serro

O Museu Casa dos Ottoni (MRCO/Ibram) preparou um sarau de poesias em comemoração ao aniversário da cidade do Serro (MG). O evento acontece nesta terça-feira (29), às 19h30, com entrada franca. Joyce Emanuelle Costa declamará poesias que contam a história da cidade mineira. A trilha sonora é de Anderson Silva, o ‘Dersinho’.

MRCO ocupa prédio do século XVIII na cidade do Serro

Sede de uma das quatro primeiras comarcas da Capitania das Minas Gerais, a antiga Vila do Príncipe do Serro Frio, hoje cidade do Serro, comemora 311 anos.

A cidade ainda guarda as características das vilas setecentistas mineiras, o que lhe valeu ser o primeiro município brasileiro a ter seu conjunto arquitetônico e urbanístico tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN/MinC) em abril de 1938. Saiba mais sobre a cidade.

O MRCO ocupa uma construção do século XVIII no bairro da Praia. Sua origem histórica está ligada aos Ottoni, descendentes de um ramo da família do bandeirante paulista Fernão Dias Paes Leme. Criado em 1949, o museu abriga acervo formado, principalmente, por imagens de arte católica – como imagens de roca que saíam na Procissão de Cinzas e as que pertenceram à demolida igreja de Nossa Senhora da Purificação.

Aumento de público
O Museu Regional Casa dos Ottoni fechou o ano de 2012 com crescimento de 29% no número de visitantes. Para o museu, esse incremento no número de visitantes deve-se ao maior tempo de duração das mostras e também à qualidade das exposições realizadas,   permitindo maior interação com o publico. Veja os gráficos comparativos e a programação do museu para janeiro.

O museu localiza-se à Praça Cristiano Ottoni, 72 – Praia. Outras informações pelo telefone (38) 3541.1440 ou pelo e-mail mrco@museus.gov.br.

Texto e foto: Ascom/Ibram

 

Sarau do século XIX volta a ser apresentado no Museu Imperial em Petrópolis

Após o recesso de janeiro, o espetáculo Um Sarau Imperial volta a ser apresentado no Museu Imperial/Ibram a partir de fevereiro de 2012.

O projeto proporciona ao público a vivência de uma atividade de lazer comum no século XIX. Durante uma dramatização de 45 minutos, os visitantes são convidados para um sarau oferecido em 1878 pela princesa Isabel e seus amigos: o pianista Isidoro Bevilacqua, a condessa de Barral, a baronesa de Loreto e Adelaide Taunay.

O espetáculo acontece às sextas-feiras e aos sábados, às 18h30. Contudo, as apresentações só ocorrerão mediante agendamento prévio e com grupos de no mínimo 100 pessoas. O agendamento deve ser feito através do telefone (24) 2245.4668 ou do endereço eletrônico mimp.someluz@museus.gov.br.  Caso o interessado não tenha um grupo de 100 pessoas formado, pode realizar a reserva e aguardar a confirmação do Museu quanto o número mínimo for atingido por outros agendamentos.

Tour da Experiência
A mudança de perfil do consumidor nos últimos anos, em especial o do turista, foi o ponto de partida para a apresentação do Tour da Experiência, realizada dia 31 de janeiro em evento no Museu Imperial. O projeto tem como objetivo adaptar e diversificar a oferta turística para atender às necessidades do consumidor atual, valorizando a história, a cultura e os produtos regionais.

Ao longo do evento, representantes do Sebrae-RJ e do Instituto Marca Brasil, realizadores do projeto, explicaram seus objetivos e incentivaram os empreendimentos de Petrópolis a participar, criando produtos diferenciados.

Os participantes puderam conhecer de perto um produto turístico implementado com grande sucesso no museu: o projeto Um Sarau Imperial. O espetáculo, que recria um sarau oferecido pela princesa Isabel, foi apresentado durante o evento e encantou o público.

A ação Tour da Experiência engloba ainda as cidades de Teresópolis e Nova Friburgo, como forma de desenvolver o turismo da Região Serrana do Rio de Janeiro. Saiba mais.

Texto e fotos: Divulgação Museu Imperial