Página 4 de 8« Primeira...23456...Última »

Saiba como foi a cerimônia de doação de obras ao Museu Lasar Segall em SP

110 obras de Segall foram incorporadas ao acervo do museu em SP

110 obras de Segall foram incorporadas ao acervo do museu em SP

O acervo do Museu Lasar Segall, em São Paulo (SP), vinculado ao Ibram/MinC e dedicado à obra do pintor, escultor e gravurista brasileiro nascido na Lituânia, recebeu uma contribuição expressiva na  sexta-feira (29). Por iniciativa do neto do artista, Mario Segall, 110 obras de um dos pioneiros da arte moderna no país foram doados à instituição.

A cerimônia de doação das obras contou com a presença da ministra da Cultura, Marta Suplicy, do presidente do Ibram, Angelo Oswaldo, do diretor do Museu Lasar Segall, Jorge Schwartz, e de Maurício Segall, filho do artista, entre outros convidados.

O evento foi marcado pela emoção. A ministra Marta ressaltou a grandeza da doação e o inestimável valor artístico do conjunto doado, com parte dele já aberto à fruição de toda a população. “Esse gesto demonstra a importância de se aprender com a família o valor da Cultura”, declarou.

Marta Suplicy e Angelo Oswaldo visitam o museu durante cerimônia de doação

Marta Suplicy e Angelo Oswaldo visitam o museu durante cerimônia de doação

Pertencentes à coleção particular de Mario Segall, as obras doadas incluem 12 pinturas – sendo quatro sobre tela e oito sobre papel –, 18 gravuras e 80 desenhos.

“De minha parte, não fiz nada a mais do que faria meu pai, com quem aprendi que arte só vale se for compartilhada, dividida com potencial para sensibilizar, bem como mexer com os seres humanos a ponto de fazê-los refletir e atuar ativa e criticamente sobre seu mundo”, disse o neto do artista. Mário comentou, ainda, que seu avô tinha o hábito de doar as obras que criava.

As obras agora se somam aos mais de três mil bens preservados pela instituição fundada em 1967 – entre documentos, fotografias, objetos, matrizes de gravuras e mobiliário. Veja mais fotos da cerimônia no canal de imagens do MinC.

Texto: Ascom/Ibram
Fotos: Luiz Carlos Murauskas/MinC

Ministra da Cultura entrega hoje Ordem do Mérito Cultural em São Paulo

Hoje (5), Dia Nacional da Cultura, realiza-se a cerimônia da Ordem do Mérito Cultural (OMC), no Auditório Ibirapuera, às 19h30, em São Paulo (SP).

A OMC é o maior reconhecimento do Governo Federal a personalidades que contribuem para o desenvolvimento da identidade cultural brasileira. Desde 1995, ano em que foi criada, mais de 500 personalidades foram agraciadas nas três classes – Grã-Cruz; Comendador e Cavaleiro-, assim como 60 instituições receberam a medalha sem grau das classes.

Em 2012, a presidenta Dilma Rousseff compareceu à cerimônia da OMC em Brasília

Em 2012, a presidenta Dilma Rousseff compareceu à cerimônia da OMC em Brasília

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, entrega as medalhas a artistas vivos, como Laerte, Antônio Fagundes e Erasmo Carlos, assim como personalidades já falecidas (in memoriam), como Henrique De Souza Filho (Henfil) e Euzébia Silva De Oliveira (Dona Zica). Confira a lista completa dos agraciados com a OMC em 2013.

A cerimônia  terá a presença do ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo; do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; do prefeito da cidade, Fernando Haddad; e do presidente do Instituto Brasileiro de Museus, Angelo Oswaldo, dentre outras autoridades e representantes da cultura brasileira.

Este ano, o evento terá como tema central da celebração a homenagem a Oscar Niemeyer e Tomie Ohtake. A cerimônia ainda contará com performances de Denise Stoklos, do Grupo Parlapatões e de Elisa Ohtake – neta da homenageada.

Texto: Ascom/MinC
Foto: Bruno Spada/MinC

Sábado Russo ocupa Museu Lasar Segall amanhã (14) em São Paulo

Sábado Russo ocupa o museu e seu jardim neste sábado (14)

O Museu Lasar Segall/Ibram, em São Paulo (SP), recebe neste sábado (14), a partir do meio-dia, a terceira edição do Sábado Russo.

O evento acontece em torno do lançamento do quarto número da Kinoruss – revista eletrônica dedicada à pesquisa e publicação de textos teóricos e artísticos cujo eixo é o cinema russo. Em paralelo, oferece uma programação relacionada ao cinema e às artes russas.

O público interessado pela cultura russa terá acesso a uma série de atividades, entre elas lançamento de livros traduzidos para o português, sessão do filme Serguei Eisenstein: uma autobiografia; mesas de debate, além da  intervenção chef in gourmet art, de Silvia Corbucci, com releituras de clássicos da cozinha russa que serão comercializados. Veja a programação completa.

O Sábado Russo acontece de 12h às 19h e tem entrada gratuita. outras informações estão disponíveis na página do Museu Lasar Segall ou pelo telefone (11) 2159.0409.

Gravura e arte contemporânea no Museu Lasar Segall (SP)

O Museu Lasar Segall/Ibram, em São Paulo (SP), apresenta duas exposições que, com temas e formatos distintos, expressam sua vocação para a gravura e a arte contemporânea.

Reunindo 64 obras entre gravuras, desenhos e livros originais editados no Brasil e na Alemanha, com a curadoria de Samuel Titan Jr., a exposição Noites brancas: Dostoiévski ilustrado propõe lançar nova luz sobre o diálogo formal e temático que Segall (1891-1957) e Oswaldo Goeldi (1895-1961) mantiveram com o Expressionismo alemão, representado na exposição por uma série de obras de nomes ligados ao movimento.

A mostra, que traz no total obras de 12 artistas, em sua maioria expostas pela primeira vez no Brasil, foram trazidas de dois museus da Alemanha: o Gabinete de Gravuras de Dresden e o Museu Lindenau, de Altenburg.

A outra exposição marca a 7ª edição do projeto Intervenções, em que artistas contemporâneos são convidados para expor obras inéditas nos jardins da instituição.

Desta vez, o convidado é o artista plástico Marcelo Moscheta, que vai apresentar a obra Inverno. Elaborada especialmente para o Museu Lasar Segall, a proposta é explorar a memória do espaço.

As duas exposições ficam em cartaz até 29 de setembro e podem ser visitadas diariamente, exceto às terças-feiras, das 11h às 19h. A entrada é franca. Saiba mais sobre o museu.

Texto e imagem: Divulgação Museu Lasar Segall

Museu Lasar Segall abre amanhã (27) duas novas exposições em São Paulo

O Museu Lasar Segall/Ibram , em São Paulo (SP), abre duas exposições que, com temas e formatos distintos, expressam sua vocação para a gravura e a arte contemporânea.

Reunindo 64 obras entre gravuras, desenhos e livros originais editados no Brasil e na Alemanha, com a curadoria de Samuel Titan Jr., a exposição Noites brancas: Dostoiévski ilustrado propõe lançar nova luz sobre o diálogo formal e temático que Segall (1891-1957) e Oswaldo Goeldi (1895-1961) mantiveram com o Expressionismo alemão, representado na exposição por uma série de obras de nomes ligados ao movimento.

Litografia de Otto Möller (1921) estará em exposição no Lasar Segall

A mostra, que traz no total obras de 12 artistas, em sua maioria expostas pela primeira vez no Brasil, foram trazidas de dois museus da Alemanha: o Gabinete de Gravuras de Dresden e o Museu Lindenau, de Altenburg.

A outra exposição marca a sétima edição do projeto Intervenções, em que artistas contemporâneos são convidados para expor obras inéditas nos jardins da instituição.

Desta vez, o convidado é o artista plástico Marcelo Moscheta, que vai apresentar a obra Inverno. Elaborada especialmente para o Museu Lasar Segall, a proposta é explorar a memória do espaço.

As duas exposições ficam em cartaz até 29 de setembro e podem ser visitadas diariamente, exceto às terças-feiras, das 11h às 19h. A entrada é franca. Saiba mais sobre o museu.

Texto e imagem: Divulgação Museu Lasar Segall

Instituto Butantan abre inscrições para curso sobre Museus de Ciência

O Instituto Butantan de São Paulo está com inscrições abertas para o curso de extensão universitária Museus de Ciência: espaço de educação não formal. A atividde acontece de 15 a 19 de julho, das 9h às 17h, no auditório da Divisão de Desenvolvimento Científico (DDC) do Instituto Butantan.

As inscrições podem ser feitas na página do instituto pelo valor de R$ 100 (servidores públicos têm 50% de desconto). Serão oferecidas 20 vagas para professores de Ciências e Biologia dos ensinos fundamental e médio e demais educadores.

O programa do curso aboorda as metodologias educacionais com desenvolvimento de atividades práticas; divulgação científica sobre animais venenosos; conservação e relação homem-ambiente; educação não formal e a relação zoológico/escola.
Mais informações pelo telefone (11) 2627.9537.

Texto: Ascom/Ibram

 

Museus Ibram com ampla programação durante a Semana de Museus 2013

Os 30 museus federais que integram a estrutura do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) estão com uma programação variada durante a 11ª Semana de Museus – que acontece de 13 a 19 de maio em todo o país.

Confira a seguir destaques de atividades em cada um dos museus e acesse a programação completa no guia online ou nos canais dos museus na internet – basta clicar no nome do museu.

Espírito Santo (ES)

Museu Solar Monjardim
- Exposição Meio Ambiente, pinturas da artista plástica capixaba Denise Moraes, seguida de atividades educativas relacionadas às questões da preservação, voltada ao público escolar. De 14 de maio a 16 de agosto.

Museu de Biologia Prof. Mello Leitão
- Oficina de Desenho Caderno de Viagem. O desenho como forma de registro, comunicação e manifestação artística. Atividades teóricas e práticas. Saída artística pelo museu. Dias 16 e 18 de maio às 8h.
- Visita orientada ao parque, abordando questões de conservação da Mata Atlântica. De 14 a 19 de maio.

Goiás (GO)

Museu das Bandeiras/ Museu de Arte Sacra da Boa Morte/ Museu Casa da Princesa
- Exposições itinerantes:  A cadeia que virou museu. Museu das Bandeiras. De 13 de maio a 4 de agosto. A igreja que virou museu. Museu de Arte Sacra da Boa Morte. De 15 de maio a 31 de agosto. A casa que virou museu. Museu Casa da Princesa. De 15 de maio a 4 de agosto.

Maranhão (MA)

Museu Casa Histórica de Alcântara
- Cortejo O Museu vai à Rua, saindo da Praça Deodoro até a Praça João Lisboa com os Museus de São Luis e Alcântara. Exposições e atividades na Praça João Lisboa. Dia 14 de maio.

Minas Gerais (MG)

Museu da Inconfidência
- Exposição Natureza de Burle Marx: esculturas, pinturas e gravuras. Até 26 de maio. Saiba mais.
- Exposição Arte, cor e fé apresenta aspectos culturais da religiosidade dos mineiros. De 13 de maio a 18 de setembro.
- Apresentação musical Um quinteto de cordas, com participação especial do músico argentino Rufo Herrera. Entrada Franca. Dia 18 de maio às 18h .
- Entrada gratuita na exposição de longa duração do museu com horário estendido até às 20h, para comemorar o Dia Internacional de Museus. Dia 18 de maio.

Museu do Diamante
- Apresentação de abertura com o Grupo Cais da Bahia de Diamantina, resultado da Oficina de Capoeira permanente do museu. Dia 13 de maio às 19h.
- Exposição Livro de Artista, coleção especial da Universidade Federal de MG, que trata de um conceito expandido de obras literárias. Livros criados por artistas plásticos com matérias diversos e linguagem poética. De 13 a 19 de maio.
- Oficina Museu numa caixa de sapato: memória e patrimônio da comunidade. Visita a Palha, onde serão identificadas memórias, objetos, iconografia e relatos, desmistificando museu como lugar de “coisas velhas”. De 14 a 16 de maio.

Museu do Ouro
- Ação educativa com estudantes e grupos culturais de Sabará em noite de sarau no museu, em homenagem aos 60 anos do livro Romanceiros da Inconfidência, de Cecília Meireles. Entrada Gratuita. Dia 17 de maio às 18h.
- Visitação gratuita ao museu no dia 17 de maio.

Museu Regional de São João Del-Rei
- Exposição 300 anos de História e Mudança Social do Museu. Mostra organizada em comemoração ao tricentenário de criação do município. De 16 a 31 de maio.

Museu Regional Casa dos Ottoni
- Exibição de filmes para a comunidade (Cine-Museu). De 13 a 17 de maio às 9h.
- Visita Guiada no horário noturno. De 13 a 16 de maio das 19h30 às 21h.
- Espetáculo Teatro de Sacada, que retrata momentos históricos importantes da cidade de Serro. Dia 16 de maio às 19h30.

Museu Regional de Caeté
- Exposição itinerante de imagens de peças do acervo do museu. De 13 a 17 de maio.

Pernambuco (PE)

Museu da Abolição
- Exposição As Águas da Memória, a Rota do Ex-Cravizado, da artista plástica Inêz Oludé. De 13 a 31 de julho. Entrada franca.

Rio de Janeiro (RJ)

Museu da República
- Abertura dos espaços expositivos Gerador da Usina do Catete e Bistrô do Museu. Dia 14 de maio às 17h.
- Seminário VIII Jornada Republicana: museu (memória criatividade) = transformação social. Dia 17 de maio às 14h.

Museu Palácio Rio Negro
- Espetáculo Teatral sobre a memória dos tipos populares e seus costumes em releitura criativa para estimular a mudança dos costumes, a mobilização e a justiça social. Dia 18 de maio, às 17h.

Museu Histórico Nacional
- Visita guiada Circuito Histórico-Cultural De Fortaleza a Museu: observando as transformações ao seu entorno. Partindo do conjunto arquitetônico do MHN, a visita passará por alguns pontos históricos do centro do Rio de Janeiro. Dia 18 de maio às 14h.

Museu Imperial
- Curso de Capacitação para Guias de Turismo com registro na Embratur. Evento gratuito De 13 a 15 de maio.
- Mesa redonda Abolição em revista e abertura da exposição A simbologia da camélia na história e na arte. Dia 13 de maio às 14h. Entrada franca.
- Exposição Paisagem petropolitana. Mostra comemorativa aos 170 anos da cidade de Petrópolis e aos 70 anos de inauguração do Museu Imperial. Entrada franca dias 18 e 19 de maio. Saiba mais.
- Concerto com o Coral Dó Ré Mi. Dia 18 de maio, às 15h. Entrada franca.
- Visitação ao Palácio Imperial. Dias 18 a 19 de maio. Entrada Franca.

Museu Nacional de Belas Artes
- Palestra A Primeira Missa na visão de Victor Meirelles e Candido Portinari, com o crítico de arte Israel Pedrosa. Dia 14 de maio às 15h. Entrada franca.
- Visita guiada Itinerário da Memória. Caminhada cultural. Dia 16 de maio às 14h.
- Visita mediada para o público infanto-juvenil à exposição Quando o Brasil amanhecia. Dia 17 de maio às 10h30.
- Visita mediada Projeto Todo mundo no museu. Galeria de Arte Brasileira do Século XIX. Dia 18 de maio às 15h.

Museus Castro Maya
- Visita mediada à exposição Amigos da Gravura 2013 e lançamento do livreto Museus Castro Maya para professores – volume 2, com palestra dos autores e distribuição do material aos participantes. No Museu da Chácara do Céu. Dia 14 de maio às 14h. Entrada franca.

Museu Villa-Lobos
- Mesa redonda Villa-Lobos na Era Vargas (1930-1945): educação musical e identidade nacional. Dia 15 de maio às 19h.
- Mini-concerto didático Família Henriques. Música de Villa-Lobos e outros compositores. Dia 16 de maio às 14h.
- Espetáculo musical interativo Brinquedos Cantados. Músicas, danças e brincadeiras extraídas da cultura popular brasileira com o Grupo Céu na Terra. Dia 17 de maio às 14h. Entrada franca.

Museu Casa de Benjamin Constant
- Reunião com instituições culturais do bairro de Santa Teresa com o objetivo de se criar uma Rede de Cultura local. Dia 16 de maio às 10h.
- Visita mediada à exposição de longa duração e ao parque dentro dos circuitos Família, República e Meio Ambiente. De 13 a 19 de maio.

Forte Defensor Perpétuo de Paraty
- Evento relacionado ao dia da abolição da escravidão no Brasil. Exibição de filmes e oficina de maracatu. De 13 a 19 de maio.
- Abertura da exposição de máscaras do mestre paratiense Natalino de Jesus Silva, debate sobre a tradição de máscaras e bonecos de Carnaval na cidade e encerramento da oficina de máscaras dos alunos da Escola Municipal Maria Jácome de Melo, do Corisco. Dia 15 de maio a partir das 10h.
- Roda de conversa com o tema A escravidão em Paraty em debate. Presença de Cássio Ramiro Mohallem Cotrim, autor do livro Villa de Paraty e convidados. Dia 17 de maio às 15h.

Museu de Arte Religiosa e Tradicional
- Visita orientada ao Mart, com distribuição de jogos educativos sobre a 11ª Semana de Museus. De 14 a 17 de maio.
- Mini oficina de capoeira, composta por uma parte teórica. dias 15 e 17 de maio às 14h30.

Museu de Arqueologia de Itaipu
- Exibição do vídeo Rede de Memória: Tradição Pesqueira em Itaipu, que retrata a história da atividade da pesca tradicional na região. De 13 a 19 de maio às 10h.
- Roda de capoeira realizada por profissionais da Associação da Comunidade Tradicional de Engenho do Mato. Dia 18 de maio às 10h.

Museu Casa da Hera
- Encontro com artesãos para a 2ª mostra Inspiração e Expressão, que visa estimular o artesanato de identidade regional. Dia 14 de maio às 9h.
- Visita mediada ao museu, com peças especialmente expostas para o evento. De 14 a 19 de maio.
- Show musical com Quarteto de Flautas do PIM – Programa de Integração pela Música. Dia 17 de maio às 16h.

Rio Grande do Sul (RS)

Museu das Missões
- Minicurso Introdução à Conservação Preventiva com Micheli Martins Afonso – estudante do Bacharelado em Conservação e Restauro da Universidade Federal de Pelotas. Dia 16 de maio às 9h.
- Cerimônia de Reconhecimento e Mérito Comunitário aos participantes do Projeto Sabores e Saberes Missioneiros: experiências femininas e patrimônio imaterial em São Miguel das Missões/RS. Ponto de Memória Missioneira. Dia 19 de maio às 9h.

Santa Catarina (SC)

Museu Victor Meirelles
- Projeto Encontro com o Artista e abertura da exposição Palavras Fluidas de Érica Kaminishi. Dia 15 de maio às 18h.
- Projeção de vídeos ao ar livre no Largo Victor Meirelles. Dia 16 de maio às 19h.
- Oficina sobre Educação Patrimonial e Educação Ambiental. Dia 17 de maio às 14h.

São Paulo (SP)

Museu Lasar Segall
- Encontro Educação em museu pelos educadores: transformação social existe? com educadores de instituições culturais de São Paulo para refletir sobre a condição do museu e da prática educativa. Dia 13 de maio às 14h.
- Encontro de Arte Moderna e Contemporânea. O Museu Lasar Segall, a Bienal de São Paulo e instituições culturais da cidade são convidados para um debate. Dia 18 de maio às 10h.
- Teatro para bebês de zero a 3 anos (acompanhados de pais ou responsáveis). Tem o objetivo de ampliar o acesso da primeira infância aos espaços públicos culturais. Dia 19 de maio às 15h.

Texto: Ascom/Ibram
Fotos: Banco de imagens Ibram
Última atualização: 14.5.2013

Ibram apresenta resultado de pesquisa sobre não público de museus no DF

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) divulgou esta semana o relatório da pesquisa O “não público” dos museus: levantamento estatístico sobre o “não-ir” a museus no Distrito Federal, conduzida pela Coordenação de Pesquisa e Inovação Museal do Departamento de Processos Museais (Cpim/Depmus).

Com a pergunta Quem são as pessoas que não vão a museus?, o estudo tem como objetivo oferecer subsídios para políticas públicas no setor de museus do Distrito Federal.

Do público entrevistado, 23,3% pessoas afirmaram frequentar museus e 76,67% disseram não frequentar, sendo que 36,8% disseram que não frequentam por falta de tempo. Foram 1,2 mil entrevistados, com faixa etária entre 15 e 69 anos, no Plano Piloto, Taguatinga, Ceilândia, Samambaia, Planaltina e Cidade Estrutural. Leia o relatório na íntegra.

Apesar do caráter piloto da pesquisa foi possível concluir, por exemplo, que a escolaridade e a renda são elementos-chave a serem considerados quando se trata de políticas públicas de acesso aos museus. O próximo passo, segundo o Ibram, seria entender melhor a relação entre escolaridade e renda e a relação com o hábito de frequentar museus.

Museus do estado de São Paulo receberão exemplares do livro

Lançamento
O livro Que público é esse? Formação de públicos de museus e centros culturais (Editora Percebe) foi lançado no dia 7 de maio, em São Paulo, e se propõe a descobrir características desses espaços, compreender melhor os visitantes e saber como planejar e executar ações educativas em exposições.

As autoras são profissionais das áreas de Biologia, Física e História, todas com pós-graduação em Educação pela Universidade de São Paulo (USP), com foco em educação e museus.

Financiado pelo Instituto Votorantim por meio do Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura, o livro é considerado pioneiro no Brasil, dada a pouca circulação de informação nessa área em língua portuguesa. A tiragem da publicação é de 1,5 mil exemplares, que serão distribuídos gratuitamente para os museus paulistanos.

Texto: Ascom/Ibram
Imagem: Divulgação

Duas exposições no Museu Lasar Segall (SP) celebram o artista

O Museu Lasar Segall (Ibram/ MinC), em São Paulo (SP), comemora este ano o centenário da primeira exposição realizada por Lasar Segall (1891-1957) no Brasil, em 1913. Para marcar a data, o museu está com duas exposições temporárias em cartaz: Lasar Segall 60 fotografias e 50 obras do acervo.

A exposição Lasar Segall 60 fotografias apresenta registros colecionados por Lasar Segall e, que hoje, compõem o Arquivo Fotográfico Lasar Segall (AFLS). As imagens disponíveis retratam o cotidiano em família, o ambiente de trabalho, a convivência com outros artistas e amigos, constituindo-se em registros de época, que revelam aspectos do meio intelectual que frequentou na Europa e no Brasil. A mostra pode ser visitada até 16 de junho.

A exposição 50 obras do acervo apresenta uma seleção escolhida entre os mais de três mil itens do acervo do Museu, entre pinturas a óleo, gravuras e desenhos, incluindo desenhos de anotação e projetos para cenários e figurinos. Em cartaz até 31 de dezembro.

O evento contará, ainda, com Vera d’Horta, historiadora e pesquisadora do museu, que irá falar sobre a primeira exposição de Segall no Brasil.

Na ocasião, o Museu também divulgará oficialmente o resultado do trabalho de preservação, organização e digitalização dos seguintes acervos do museu: Arquivo Fotográfico Lasar Segall (AFLS) e Arquivo Lasar Segall (ALS), respectivamente, disponibilizados on-line. Saiba mais sobre o museu.

Texto e imagem: Divulgação Museu Lasar Segall
Última atualização: 31.5.2013

Ibram responde críticas de reportagem sobre o Museu Lasar Segall em SP

Resposta à matéria Diretor do Museu Lasar Segall diz ter pouca verba e muitas goteiras – publicada no jornal O Globo de sexta-feira, 15 de março:

1 – O Instituto Brasileiro de Museus/MinC informa que, como unidade gestora, o Museu Lasar Segall possui autonomia administrativa e execução orçamentária e financeira descentralizada;

2 – No que diz respeito ao telhado, houve intervenções recentes, mas há problemas estruturais e foi necessária a contratação de projeto especializado no ano passado e está finalizado. O projeto de elétrica foi igualmente contratado e encontra-se em análise final. Ambos serão executados neste exercício de 2013;

3 – O orçamento descentralizado para o Museu em 2012 foi de R$1.328.070,75, sendo R$ 317 mil para despesas finalísticas e o restante para manutenção administrativa. Em um comparativo desde 2006, o orçamento de 2012 foi menor apenas do que o executado no ano de 2008, que foi de R$1,6 milhão;

4 – O interesse na doação dos cerca de 530 mil itens da Biblioteca Jenny Klabin Segall para a Cinemateca Brasileira foi expresso pelo Diretor do Museu Lasar Segall à direção do Ibram em 2010. A direção propôs a criação de uma comissão interinstitucional, com representantes dela própria, do Museu e da Cinemateca, com o fim de elaborar um plano de investimento e sustentabilidade para a Biblioteca. A proposta foi aprovada pelo diretor do Museu, em reunião ocorrida em 22 de novembro de 2011. O processo administrativo sobre a questão foi encaminhado em março de 2012 ao Museu Lasar Segall, que desde então não havia se pronunciado;

5 – Quanto ao cargo de diretor do Museu Lasar Segall, este é de livre nomeação e exoneração pelo Ibram. A função de Direção e Assessoramento Superior – DAS é do nível 4 como os demais diretores dos Museus – Unidade 1 do Ibram.

Assessoria de Comunicação Ibram/MinC

 

Página 4 de 8« Primeira...23456...Última »