Ouro Preto homenageia ex-diretor do Museu da Inconfidência, Rui Mourão

Rui Mourão, diretor do Museu da Inconfidência por 43 anos.

Rui Mourão, diretor do Museu da Inconfidência por 43 anos.

O dia 05 de outubro, quinta-feira, receberá uma série de atividades que marcam as boas-vindas à nova diretora do Museu da Inconfidência (Ibram/MinC), a arquiteta restauradora Deise Cavalcanti Lustosa, e a despedida do romancista e ensaísta Rui Mourão, que ocupou o posto durante 43 anos. Haverá cerimonial de posse, sessão solene organizada pelos vereadores na Câmara Municipal de Ouro Preto, lançamento de livro e abertura de exposição.

A primeira cerimônia começa às 17h, no Auditório, Anexo I, com transmissão oficial do cargo pelo presidente do Instituto Brasileiro de Museus – Ibram, Marcelo Mattos Araújo, seguida de homenagem dos servidores. Às 19h, a Câmara Municipal reverenciará Rui Mourão, com entrega de placa em Honra ao Mérito pelo Vereador Chiquinho de Assis. O encerramento se dará com o lançamento do livro de contos Caderno de Viagem, de Lucas Carvalho Rôla Santos, no Auditório do Museu, e inauguração de mostra com o mesmo nome na Sala Manoel da Costa Athaide.

EXPOSIÇÃO – Os 32 desenhos que compõem a exposição Caderno de Viagem são produzidos em nanquim sobre papel, dentro da perspectiva do “Realismo Fantástico”, apresentando situações cotidianas, mas com alguma ruptura surreal, que conduzem a um novo significado das situações retratadas. As obras, todas de autoria de Lucas Carvalho Rôla Santos, trazem para o primeiro plano o absurdo, mas de maneira naturalizada.

As imagens tecem diálogo com a vida, cujo dia-a-dia também guarda seus absurdos, velados pela lida irrefletida com a rotina e as exigências que ela impõe. Na superfície da série, viram, todavia, objeto de reflexão e causam o espanto pelo real. As ilustrações expostas também integram livro de contos de igual nome, no qual aparecem como contos imagéticos, autônomos, figurando entre páginas para que estejam a serviço da imaginação do leitor.

Texto: Ascom Museu da Inconfidência

Foto: Janine Ojeda

Rui Mourão lança livro sobre Ouro Preto

capa-Mergulho na regiao do EspantoO escritor Rui Mourão lançam nesta sexta-feira (11) o livro Mergulho na região do espanto, da Editora UFMG, às 19h30, no interior do Museu da Inconfidência (Ibram/MinC), onde é diretor desde 1974. A entrada é gratuita. A obra completa uma trilogia sobre Ouro Preto, que veio se desenvolvendo com Boca de Chafariz e Quando os demônios descem o morro. O enfoque é o ouro, elemento formador de Vila Rica e Minas Gerais.

O leitor tomará conhecimento da epopeia que foi a conquista do território e a resultante política da Inconfidência Mineira, a fracassada conspiração que se transformou em tragédia, mas não deixou de constituir o cimento da libertação do país, quando a independência aconteceu. Com esse pano de fundo, o que se passa é o drama interior de um homem que busca desesperadamente encontrar seu destino.

Rui Mourão nasceu em Bambuí-MG. Romancista e ensaísta, lecionou Literatura Brasileira na Universidade de Brasília e nas Universidades de Tulane, Houston e Stanford, nos Estados Unidos. Participou dos movimentos das revistas literárias Vocação e Tendência, tendo sido diretor desta última. É membro da Academia Mineira de Letras. Foi editor do Suplemento Literário do Minas Gerais, chefe do Departamento Cultural da Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais, diretor-executivo da Fundação de Arte de Ouro Preto, coordenador do Grupo de Museus e Casas Históricas da Fundação Pró-Memória em Minas Gerais e coordenador do Programa Nacional de Museus, as duas últimas funções acumuladas com a de diretor do Museu da Inconfidência, cargo que ocupa desde 1974.

Texto: Ascom Museu da Inconfidência

Diretor do Museu da Inconfidência recebe prêmio de literatura em MG

O escritor e diretor do Museu da Inconfidência (Ibram/MinC), Rui Mourão, receberá, nesta quarta-feira (6), o Prêmio Governo de Minas Gerais de Literatura, edição 2012, no qual foi vencedor na categoria Conjunto da Obra.

Rui Mourão dirige o Museu da Inconfidência há 38 anos

A cerimônia acontece às 11h no Centro de Arte Popular CEMIG – CAP (Rua Gonçalves Dias, 1608, Funcionários, Belo Horizonte). O evento contará com a presença do Governador do Estado, Antonio Anastásia, e da Secretária de Estado de Cultura, Eliane Parreiras.

A secretária afirma que o prêmio desempenha um importante papel para o fortalecimento da produção literária do estado e do país, apoiando o trabalho dos escritores em atividade, com destaque para os mais jovens, e reconhecendo a trajetória de escritores brasileiros vivos. Veja aqui todos os premiados na edição 2012.

Rui Mourão, romancista e ensaísta, nasceu em Bambuí (MG) em 1929. Dirige o Museu da Inconfidência, em Ouro Preto, desde 1974. Lecionou Literatura Brasileira na Universidade de Brasília e nas universidades Tulane, Houston e Stanford, nos Estados Unidos. Participou dos movimentos das revistas literárias Vocação e Tendência. É membro da Academia Mineira de Letras.

Entre as diversas premiações e medalhas que recebeu, destacam-se o Reconhecimento Especial do Pégaso, na Colômbia (concorrendo com 427 livros publicados do continente), Ficção 2002 da Academia Brasileira de Letras e Homem do Ano no Brasil em 2009 e 2010 (concedido pelo American Biographical Institute dos USA). Saiba mais sobre Rui Mourão.

Texto e foto: Divulgação Secult MG