Página 2 de 41234

Museu das Missões comemora a Semana de Museus com peça teatral

Museu das Missões

Museu das Missões

O Museu das Missões/Ibram promove, de 19 a 21 de maio, na sede social da Associação dos Funcionários Públicos Municipais de São Miguel das Missões (AFUSAM), uma série de apresentações teatrais para estudantes do município. O grupo de teatro “A Turma do Dionísio” vai encenar uma peça ficcional inspirada na vida e no trabalho de João Hugo Machado, o primeiro zelador do Museu das Missões.

Quando da criação do Museu, Machado foi o responsável por recolher obras espalhadas pela região das Missões assim como também por cuidar das obras e zelar pelo funcionamento dessa unidade museológica. Intitulado “Escultórias Fascinantes”, o espetáculo teatral será exibido durante três dias seguidos, e em turnos diferentes, para estudantes das redes de ensino municipal e estadual de São Miguel das Missões. A apresentação da peça, que será seguida de uma atividade educativa com os estudantes, marca a passagem dos 75 anos do Museu das Missões e também integra a programação da 13ª Semana de Museus

O Museu

O Museu das Missões foi criado por meio do decreto-lei nº 2.077, de 8 de março de 1940, assinado pelo então presidente Getúlio Vargas. O objetivo da sua criação era o de reunir e conservar as obras de arte ou de valor histórico relacionadas com os Sete Povos das Missões Orientais, fundados pela Companhia de Jesus na região Noroeste do Rio Grande do Sul.

Projetado pelo arquiteto Lucio Costa, o Museu das Missões foi o primeiro no mundo edificado para tratar do tema “Missões”. Somente alguns anos depois outros países, como Argentina e Paraguai, construíram museus que também estavam voltados para essa temática. O Museu das Missões reúne a maior coleção pública de imagens missioneiras do Mercosul. As três salas de exposição do Pavilhão Lucio Costa apresentam 81 imagens missioneiras.

“O trabalho da equipe do Museu está voltado tanto à conservação e preservação dessas obras do chamado barroco-missioneiro, assim como para a pesquisa, documentação e divulgação dessa rica experiência histórica”, destaca o diretor do Museu, Ariston José Correia Filho. “Temos também uma preocupação especial para conscientizar as pessoas sobre a importância de conhecer e preservar esse patrimônio histórico e cultural”, acrescenta ainda.

Rio Grande do Sul sediará a sétima edição do FNM em 2016

Simone Flores (RS) e David Kasseker (SP) apresentam as candidaturas de seus estados para o FNM 2016

Simone Flores (RS) e Davidson Kaseker (SP) apresentam as candidaturas de seus estados para o FNM 2016

Nesta sexta-feira (28), o 6º Fórum Nacional de Museus (FNM) chegou ao fim em Belém (PA). Na conclusão dos trabalhos, os participantes escolheram o próximo estado a sediar o evento em 2016: Rio Grande do Sul.

Com votação simbólica apertada, o estado ganhou sobre São Paulo na preferência do público. Será a segunda vez que o fórum acontecerá no Sul do Brasil – o 3º FNM aconteceu em Florianópolis (SC) em 2008.

Mais de 700 pessoas se inscreveram para participar do evento que, pela primeira vez, foi realizado na região norte do país. Segundo o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Angelo Oswaldo, o evento foi muito positivo.

“O Fórum Nacional de Museus se concluiu com clima de vibração. Foi um momento muito rico, com painéis, conferências, encontros, minicursos, Teia da Memória: os participantes voltam energizados para sua missão nos museus e nos pontos de memória em todo o Brasil,” exultou Angelo Oswaldo.

Na cerimônia de encerramento, também foi anunciado o resultado da votação – que se deu entre os dias 25 e 27 de novembro – para definir quais as entidades que indicarão membros para representar os setores de museus e memória no Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC).

PNEM: Rafaela Gueiros, da equipe do Ibram, fez a leitura da Carta de Belém

PNEM: Rafaela Gueiros, da equipe do Ibram, fez a leitura da Carta de Belém

O Conselho Federal de Museologia (Cofem) recebeu 126 votos; já o Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Museus (Icom-BR) obteve 117 votos. Quatro pessoas votaram em branco. Agora o resultado será encaminhado ao Ministério da Cultura (MinC) para que a atual ministra indique o representante no prazo de sete dias corridos.

PNSM e PNEM
Ainda durante o FNM 2014, o Plano Nacional Setorial de Museus (PNSM) passou por sua primeira revisão. Os participantes do Fórum se reuniram, na última quinta-feira (27), em oito grupos para elaborar indicadores para as diretrizes do Plano. Os resultados desse trabalho foram apresentados e aprovados por todos no encerramento do Fórum.

“As discussões foram muito produtivas, e nós conseguimos sair com um material de alta qualidade em pouco tempo,” avaliou o consultor Alexandre Borges, contratado pelo Ibram para esse trabalho de revisão do PNSM.

Por fim, foi lida no auditório a Carta de Belém, escrita pelos participantes do Encontro Nacional do Programa Nacional de Educação Museal – que passaria a ser chamado de Política Nacional de Educação Museal, após discussões com o Ibram. Essa carta estabelece os princípios norteadores dessa política e solicita um novo encontro nacional para o segundo semestre de 2015.

Texto e fotos: Ascom/Ibram
Última edição: 1º.12.2014

Sete estados discutem o documento preliminar do PNEM no mês de maio

Durante o mês de maio, sete estados realizam debates e encontros sobre o documento preliminar do Programa Nacional de Educação Museal (PNEM) – disponível para download.

No dia 12, o Museu da Abolição/Ibram, no Recife, sedia a atividade em Pernambuco. Já no dia 13, é a vez de Minas Gerais sediar mais um encontro, desta vez no Museu do Ouro/Ibram, na cidade de Sabará.

Em João Pessoa (PB), o encontro, que vai abordar os desafios e perspectivas do PNEM no estado, organizado PNEM_logopela Rede de Educação em Museus da Paraíba (REM/PB), acontece nos dias 14 e 15 de maio no auditório da Empresa Paraibana de Turismo, integrando a 12ª Semana de Museus.

Na sexta-feira (16), será a vez do Rio Grande do Sul discutir as diretrizes para o programa. A atividade acontece na cidade de Santo Ângelo, no Centro Municipal de Cultura. No dia 19 de maio, o Rio de Janeiro  recebe a terceira rodada de discussões no Centro Cultural da Justiça Federal na capital fluminense.

Em São Paulo, a Universidade de Taubaté sedia o encontro das regiões do Vale do Paraíba e Litoral no dia 26, e o estado do Pará encerra as ações do mês de maio nos dias 27 e 28. O encontro acontece no Museu de Arte de Belém. Saiba os horários e informações sobre inscrições na página do PNEM.

Sobre o programa
Constituir diretrizes para as ações de educadores e profissionais dos museus na área educacional, fortalecer o campo profissional e garantir condições mínimas para a realização das práticas educacionais nos museus e processos museais são alguns dos objetivos do Programa Nacional de Educação Museal.

Por isso, é importante que o documento seja apreciado e pensado por museus, redes de educadores, cursos de Museologia, secretarias de cultura e demais entes interessados no desenvolvimento do programa.

Para realizar uma atividade em uma cidade/estado, basta entrar em contato com a equipe do PNEM pelo endereço eletrônico pnem@museus.gov.br para que sejam enviadas todas as informações necessárias para a realização de encontros.

Texto: Ascom/Ibram

17 de agosto: ampla programação pelo país celebra Dia do Patrimônio nacional

Durante esta semana, museus, centros culturais e cidades de todo o Brasil vêm celebrando a Semana do Patrimônio – que culmina amanhã (17), Dia do Patrimônio. A data, instituida em 1998, homenageia os 115 anos de nascimento do advogado, escritor e jornalista Rodrigo Melo Franco de Andrade, primeiro presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan/MinC).

Dia do Patrimônio é celebrado no natalício de Rodrigo Melo Franco de Andrade

Em Recife (PE), por ocasião da data, acontece até domingo (18), a VI Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco. A programação inclui exposições, mesas-redondas, seminários, encontros, música e dança, visitações a museus e prédios históricos, além de ações de educação patrimonial.

Em Belo Horizonte (MG), a data será celebrada na rua com exposições, lançamento de livro, oficinas, palestras, apresentações de grupos populares e shows musicais. A programação acontece neste sábado (17), a partir das 10h, na Praça da Liberdade.

Em Porto Alegre (RS), a comemoração ao Dia do Patrimônio vai exaltar um dos mais significativos bem culturais da cidade: o Mercado Público. Amanhã (17), a partir das 10h, o Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo promove conversa com a historiadora Elizabete Breitman, a arquiteta Doris Silveira e o jornalista Rafael Guimaraens, que falarão sobre suas experiências profissionais relacionadas a este bem cultural gaúcho.

Já a 3ª edição da Semana Fluminense do Patrimônio, promovida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), apresenta como tema Patrimônio Cultural: Valores em Risco.

A programação inclui a mostra de Cinema Memória em Movimento, de 17 de agosto a 1º de setembro – sessões entre 17 e 21 de agosto no Palácio Itaboraí e no Museu Imperial/Ibram, em Petrópolis – com documentários de curta, média e longa-metragem. No Rio de Janeiro, a Mostra será no Centro Cultural Justiça Federal e no Museu do Meio Ambiente, entre 28 de agosto e 1º de setembro.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Acervo Iphan/divulgação

Rio Grande do Sul e São Paulo realizam encontros de museus em junho

Entre os dias 11 e 13 de junho,  a Casa de Cultura Mario Quintana, o Museu Hipólito José da Costa e o Museu Militar do CMS recebem o 13° Fórum Estadual de Museus do Rio Grande do Sul – evento promovido pelo Sistema Estadual de Museus da Secretaria de Estado da Cultura.

Incluindo palestras, debates e apresentações culturais, o evento coloca em pauta as políticas públicas que circundam os museus, analisando os processos históricos de construção museológica e as perspectivas futuras na área. Com inscrições abertas até amanhã (7), o Fórum conta com atividades pela manhã, tarde e noite. Acesse a programação completa e saiba como se inscrever.

Centralizado na temática Políticas museais: a memória, os avanços e a contemporaneidade, o fórum deste ano apresenta ao público diferentes atividades que visam debater sobre o panorama político e social da museologia no Rio Grande do Sul. Saiba mais.

Já o 5º Encontro Paulista de Museus é uma realização da Secretaria de Estado da Cultura, executada pelo Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus e pela Organização Social de Cultura ACAM Portinari.

O Encontro, que acontece no Memorial da Ámérica Latina entre os dias 19 e 21 de junho, propõe debater políticas públicas para as instituições museológicas brasileiras e ampliar a interlocução e a rede de colaboração dos museus paulistas.

Como nas edições anteriores, o evento conta com a presença de especialistas em uma programação que busca discussões de interesse da comunidade museológica e, também, estimular ações de aperfeiçoamento, qualificação e fortalecimento dos museus paulistas. Acesse a programação e saiba como se inscrever.

Fontes: Sedac/RS e Secult/SP
Edição: Ascom/Ibram

Museus Ibram com ampla programação durante a Semana de Museus 2013

Os 30 museus federais que integram a estrutura do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) estão com uma programação variada durante a 11ª Semana de Museus – que acontece de 13 a 19 de maio em todo o país.

Confira a seguir destaques de atividades em cada um dos museus e acesse a programação completa no guia online ou nos canais dos museus na internet – basta clicar no nome do museu.

Espírito Santo (ES)

Museu Solar Monjardim
- Exposição Meio Ambiente, pinturas da artista plástica capixaba Denise Moraes, seguida de atividades educativas relacionadas às questões da preservação, voltada ao público escolar. De 14 de maio a 16 de agosto.

Museu de Biologia Prof. Mello Leitão
- Oficina de Desenho Caderno de Viagem. O desenho como forma de registro, comunicação e manifestação artística. Atividades teóricas e práticas. Saída artística pelo museu. Dias 16 e 18 de maio às 8h.
- Visita orientada ao parque, abordando questões de conservação da Mata Atlântica. De 14 a 19 de maio.

Goiás (GO)

Museu das Bandeiras/ Museu de Arte Sacra da Boa Morte/ Museu Casa da Princesa
- Exposições itinerantes:  A cadeia que virou museu. Museu das Bandeiras. De 13 de maio a 4 de agosto. A igreja que virou museu. Museu de Arte Sacra da Boa Morte. De 15 de maio a 31 de agosto. A casa que virou museu. Museu Casa da Princesa. De 15 de maio a 4 de agosto.

Maranhão (MA)

Museu Casa Histórica de Alcântara
- Cortejo O Museu vai à Rua, saindo da Praça Deodoro até a Praça João Lisboa com os Museus de São Luis e Alcântara. Exposições e atividades na Praça João Lisboa. Dia 14 de maio.

Minas Gerais (MG)

Museu da Inconfidência
- Exposição Natureza de Burle Marx: esculturas, pinturas e gravuras. Até 26 de maio. Saiba mais.
- Exposição Arte, cor e fé apresenta aspectos culturais da religiosidade dos mineiros. De 13 de maio a 18 de setembro.
- Apresentação musical Um quinteto de cordas, com participação especial do músico argentino Rufo Herrera. Entrada Franca. Dia 18 de maio às 18h .
- Entrada gratuita na exposição de longa duração do museu com horário estendido até às 20h, para comemorar o Dia Internacional de Museus. Dia 18 de maio.

Museu do Diamante
- Apresentação de abertura com o Grupo Cais da Bahia de Diamantina, resultado da Oficina de Capoeira permanente do museu. Dia 13 de maio às 19h.
- Exposição Livro de Artista, coleção especial da Universidade Federal de MG, que trata de um conceito expandido de obras literárias. Livros criados por artistas plásticos com matérias diversos e linguagem poética. De 13 a 19 de maio.
- Oficina Museu numa caixa de sapato: memória e patrimônio da comunidade. Visita a Palha, onde serão identificadas memórias, objetos, iconografia e relatos, desmistificando museu como lugar de “coisas velhas”. De 14 a 16 de maio.

Museu do Ouro
- Ação educativa com estudantes e grupos culturais de Sabará em noite de sarau no museu, em homenagem aos 60 anos do livro Romanceiros da Inconfidência, de Cecília Meireles. Entrada Gratuita. Dia 17 de maio às 18h.
- Visitação gratuita ao museu no dia 17 de maio.

Museu Regional de São João Del-Rei
- Exposição 300 anos de História e Mudança Social do Museu. Mostra organizada em comemoração ao tricentenário de criação do município. De 16 a 31 de maio.

Museu Regional Casa dos Ottoni
- Exibição de filmes para a comunidade (Cine-Museu). De 13 a 17 de maio às 9h.
- Visita Guiada no horário noturno. De 13 a 16 de maio das 19h30 às 21h.
- Espetáculo Teatro de Sacada, que retrata momentos históricos importantes da cidade de Serro. Dia 16 de maio às 19h30.

Museu Regional de Caeté
- Exposição itinerante de imagens de peças do acervo do museu. De 13 a 17 de maio.

Pernambuco (PE)

Museu da Abolição
- Exposição As Águas da Memória, a Rota do Ex-Cravizado, da artista plástica Inêz Oludé. De 13 a 31 de julho. Entrada franca.

Rio de Janeiro (RJ)

Museu da República
- Abertura dos espaços expositivos Gerador da Usina do Catete e Bistrô do Museu. Dia 14 de maio às 17h.
- Seminário VIII Jornada Republicana: museu (memória criatividade) = transformação social. Dia 17 de maio às 14h.

Museu Palácio Rio Negro
- Espetáculo Teatral sobre a memória dos tipos populares e seus costumes em releitura criativa para estimular a mudança dos costumes, a mobilização e a justiça social. Dia 18 de maio, às 17h.

Museu Histórico Nacional
- Visita guiada Circuito Histórico-Cultural De Fortaleza a Museu: observando as transformações ao seu entorno. Partindo do conjunto arquitetônico do MHN, a visita passará por alguns pontos históricos do centro do Rio de Janeiro. Dia 18 de maio às 14h.

Museu Imperial
- Curso de Capacitação para Guias de Turismo com registro na Embratur. Evento gratuito De 13 a 15 de maio.
- Mesa redonda Abolição em revista e abertura da exposição A simbologia da camélia na história e na arte. Dia 13 de maio às 14h. Entrada franca.
- Exposição Paisagem petropolitana. Mostra comemorativa aos 170 anos da cidade de Petrópolis e aos 70 anos de inauguração do Museu Imperial. Entrada franca dias 18 e 19 de maio. Saiba mais.
- Concerto com o Coral Dó Ré Mi. Dia 18 de maio, às 15h. Entrada franca.
- Visitação ao Palácio Imperial. Dias 18 a 19 de maio. Entrada Franca.

Museu Nacional de Belas Artes
- Palestra A Primeira Missa na visão de Victor Meirelles e Candido Portinari, com o crítico de arte Israel Pedrosa. Dia 14 de maio às 15h. Entrada franca.
- Visita guiada Itinerário da Memória. Caminhada cultural. Dia 16 de maio às 14h.
- Visita mediada para o público infanto-juvenil à exposição Quando o Brasil amanhecia. Dia 17 de maio às 10h30.
- Visita mediada Projeto Todo mundo no museu. Galeria de Arte Brasileira do Século XIX. Dia 18 de maio às 15h.

Museus Castro Maya
- Visita mediada à exposição Amigos da Gravura 2013 e lançamento do livreto Museus Castro Maya para professores – volume 2, com palestra dos autores e distribuição do material aos participantes. No Museu da Chácara do Céu. Dia 14 de maio às 14h. Entrada franca.

Museu Villa-Lobos
- Mesa redonda Villa-Lobos na Era Vargas (1930-1945): educação musical e identidade nacional. Dia 15 de maio às 19h.
- Mini-concerto didático Família Henriques. Música de Villa-Lobos e outros compositores. Dia 16 de maio às 14h.
- Espetáculo musical interativo Brinquedos Cantados. Músicas, danças e brincadeiras extraídas da cultura popular brasileira com o Grupo Céu na Terra. Dia 17 de maio às 14h. Entrada franca.

Museu Casa de Benjamin Constant
- Reunião com instituições culturais do bairro de Santa Teresa com o objetivo de se criar uma Rede de Cultura local. Dia 16 de maio às 10h.
- Visita mediada à exposição de longa duração e ao parque dentro dos circuitos Família, República e Meio Ambiente. De 13 a 19 de maio.

Forte Defensor Perpétuo de Paraty
- Evento relacionado ao dia da abolição da escravidão no Brasil. Exibição de filmes e oficina de maracatu. De 13 a 19 de maio.
- Abertura da exposição de máscaras do mestre paratiense Natalino de Jesus Silva, debate sobre a tradição de máscaras e bonecos de Carnaval na cidade e encerramento da oficina de máscaras dos alunos da Escola Municipal Maria Jácome de Melo, do Corisco. Dia 15 de maio a partir das 10h.
- Roda de conversa com o tema A escravidão em Paraty em debate. Presença de Cássio Ramiro Mohallem Cotrim, autor do livro Villa de Paraty e convidados. Dia 17 de maio às 15h.

Museu de Arte Religiosa e Tradicional
- Visita orientada ao Mart, com distribuição de jogos educativos sobre a 11ª Semana de Museus. De 14 a 17 de maio.
- Mini oficina de capoeira, composta por uma parte teórica. dias 15 e 17 de maio às 14h30.

Museu de Arqueologia de Itaipu
- Exibição do vídeo Rede de Memória: Tradição Pesqueira em Itaipu, que retrata a história da atividade da pesca tradicional na região. De 13 a 19 de maio às 10h.
- Roda de capoeira realizada por profissionais da Associação da Comunidade Tradicional de Engenho do Mato. Dia 18 de maio às 10h.

Museu Casa da Hera
- Encontro com artesãos para a 2ª mostra Inspiração e Expressão, que visa estimular o artesanato de identidade regional. Dia 14 de maio às 9h.
- Visita mediada ao museu, com peças especialmente expostas para o evento. De 14 a 19 de maio.
- Show musical com Quarteto de Flautas do PIM – Programa de Integração pela Música. Dia 17 de maio às 16h.

Rio Grande do Sul (RS)

Museu das Missões
- Minicurso Introdução à Conservação Preventiva com Micheli Martins Afonso – estudante do Bacharelado em Conservação e Restauro da Universidade Federal de Pelotas. Dia 16 de maio às 9h.
- Cerimônia de Reconhecimento e Mérito Comunitário aos participantes do Projeto Sabores e Saberes Missioneiros: experiências femininas e patrimônio imaterial em São Miguel das Missões/RS. Ponto de Memória Missioneira. Dia 19 de maio às 9h.

Santa Catarina (SC)

Museu Victor Meirelles
- Projeto Encontro com o Artista e abertura da exposição Palavras Fluidas de Érica Kaminishi. Dia 15 de maio às 18h.
- Projeção de vídeos ao ar livre no Largo Victor Meirelles. Dia 16 de maio às 19h.
- Oficina sobre Educação Patrimonial e Educação Ambiental. Dia 17 de maio às 14h.

São Paulo (SP)

Museu Lasar Segall
- Encontro Educação em museu pelos educadores: transformação social existe? com educadores de instituições culturais de São Paulo para refletir sobre a condição do museu e da prática educativa. Dia 13 de maio às 14h.
- Encontro de Arte Moderna e Contemporânea. O Museu Lasar Segall, a Bienal de São Paulo e instituições culturais da cidade são convidados para um debate. Dia 18 de maio às 10h.
- Teatro para bebês de zero a 3 anos (acompanhados de pais ou responsáveis). Tem o objetivo de ampliar o acesso da primeira infância aos espaços públicos culturais. Dia 19 de maio às 15h.

Texto: Ascom/Ibram
Fotos: Banco de imagens Ibram
Última atualização: 14.5.2013

Imagem sacra restaurada ganha leitura no Museu das Missões (RS)

O Museu das Missões/Ibram, em São Miguel das Missões (RS), atento às questões de preservação do patrimônio abriu, no dia 1º de março, a exposição de curta duração O Santo Anjo do Noviciado.

A exposição conta com a leitura de uma das imagens de Santo Estanislau Kostka, pertencente ao acervo do museu, que recentemente passou por processo de restauração. A intenção é possibilitar uma reflexão sobre o papel da imagem na coleção do Museu da Missões.

A visitação pode ser feita até 1º de junho, durante todos os dias da semana – das 9h às 12h e das 14h às 18h. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (55) 3381.1291 e pelo endereço eletrônico museu.missoes@museus.gov.br. Saiba mais.

Texto: Divulgação Museu das Missões

Ibram firma convênios voltados a museus do Paraná e Rio Grande do Sul

O Ibram assinou, no dia 1º de fevereiro, dois convênios para repassar recursos a museus do Paraná e do Rio Grande do Sul. O acordo firmado com a Secretaria de Estado da Cultura do RS beneficiará o Museu Júlio de Castilhos, localizado em Porto Alegre. Já o firmado com a Secretaria de Estado da Cultura do Paraná destinará recursos ao Museu da Imagem e do Som (MIS) do estado, localizado em Curitiba.

Fachada do Museu Júlio de Castilhos - o mais antigo do RS

O Museu Júlio de Castilhos receberá R$ 325.837,31 para fazer o levantamento arquitetônico, o diagnóstico de conservação e o projeto executivo de sua restauração. O extrato foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (8).

Já o MIS–PR receberá R$ 350.922,37 para digitalizar e higienizar 13 mil itens de seu acervo Iconográfico e Documental, além de auxiliar na viabilização do acesso à pesquisa. O extato do convênio foi publicado no DOU de 4 de fevereiro. As ações objeto dos convênios têm até o final de 2013 para serem executadas.

Os museus
O Museu da Imagem e do Som (MIS) do Paraná é um dos primeiros a serem construídos no país com a finalidade de preservar e conservar a memória audiovisual. Seu acervo possui mais de um milhão de itens entre discos, fitas de áudio, filmes, fotografias e publicações relacionadas ao tema.

O Museu Julio de Castilhos é a primeira instituição museológica do Rio Grande do Sul. Foi criado em 1903 e hoje é reconhecido como um dos mais importantes museus históricos do estado. Seu acervo possui cerca de dez mil objetos tombados.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Divulgação

Ponto de Memória organiza quarta edição do Gaitaço Missioneiro no RS

Gaitaço Missioneiro está em sua quarta edição

No dia 18 de novembro (domingo), acontece o 4º Gaitaço Missioneiro, evento organizado pelo Ponto de Memória Missioneira (RS), com apoio do Museu das Missões/Ibram e da Secretaria do Turismo de São Miguel das Missões.

O 4º Gaitaço Missioneiro compõe o calendário oficial de eventos do município de São Miguel das Missões e reúne artistas locais e da região missioneira do Rio Grande do Sul, com destaque para músicos, gaiteiros (acordeonistas), trovadores, pajadores e poetas. O tema das trovas será escolhido por enquete popular, coordenada pela Rádio Piratini FM, que também cobrirá o evento direto do local.

O encontro é dedicado ao Dia da Música e à Santa Cecília, considerada padroeira dos músicos pela tradição. Durante todo do dia, haverá mateada e apresentações musicais e culturais. Confira a programação completa do evento.

Texto e foto: Divulgação Museu das Missões

 

Pontos de Memória no DF e RS realizam exposição e encontro em novembro

O Ponto de Memória da Estrutural, no Distrito Federal, lança no dia 10 de novembro, a partir das 9h, a exposição Movimentos da Estrutural: A mulher e a cidade.

A mostra é um dos resultados do processo de inventário participativo que vem sendo realizado, desde 2011, pelo conselho gestor do projeto junto à comunidade.

Na ocasião, também acontece uma conferência ministrada pelo museólogo e doutor da UniRio, Mário Chagas, sobre o tema Museologia Social  e Memória – Extensão e Comunidade. Saiba mais no blogue do projeto.

Já em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, acontece o Encontro da REPIMRS – Rede de Pontos de Memória e Iniciativas Comunitárias de Memória e Museologia Social gaúchos. O evento ocorre no dia 17 de novembro, durante a celebração da Semana da Consciência Negra em Santa Maria, que está na sua 24ª edição. Outras informações pelo telefone (55) 3226.6082 ou pelo endereço eletrônico museutrezedemaiosm.nucom@gmail.com.

Texto: Ascom/Ibram

Página 2 de 41234