Eu Amo Museus

A valorização e fortalecimento da imagem dos museus brasileiros tem se mostrado como um dos grandes desafios contemporâneos do campo, e passa a ser uma questão central para melhor comunicar as atividades e ações promovidas pelas instituições museológicas brasileiras.

Eu Amo Museus é o tema escolhido para a campanha, que se dará por meio das redes sociais. A ação é uma iniciativa do Sistema de Museus de São Paulo – SISEM/SP e do Instituto Brasileiro de Museus/Ibram/MinC, com apoio dos Sistemas Estaduais de Museus de todo o país.

A proposta vai ao encontro de ações semelhantes e que já se consolidaram no cenário virtual mundial, como a #MuseumWeek, que acontece no Twitter e, durante uma semana, chama museus e público a falarem sobre temas específicos dos museus.

A campanha será lançada entre os dias 11 e 15 de julho de 2016, época de férias escolares e pretende, através do uso da hashtag #euamomuseus (ou #euS2museus) alcançar museus e pessoas, frequentadoras ou não dos mais de 3.600 museus espalhados por toda as cinco regiões do país.

Entre os objetivos da ação, está criar, em primeiro lugar, uma rede de afeto e carinho entre as pessoas e as instituições museológicas brasileiras. Além disso, busca promover e valorizar os espaços museais para que se tornem parte do cotidiano das pessoas, que podem ver os museus como espaços de lazer, turismo, estudo, pesquisa, educação, e que também estão a serviço da sociedade e de seu desenvolvimento.

Conforme o IBGE, em pesquisa de 2013 e publicada em 2015, 31,2 milhões de domicílios tinham acesso à Internet, o que correspondia a 48,0% do total de domicílios particulares permanentes. A utilização da Internet por meio de microcomputador estava presente em 27,6 milhões de domicílios (88,4% daqueles com acesso à Internet). Nos demais 3,6 milhões de domicílios (11,6%), a utilização da Internet era realizada somente por meio de outros equipamentos, entre eles o celular. O que demonstra o grande alcance proporcionado pelas redes sociais.

Twibbon: participe da campanha inserindo o selo da campanha na sua foto de perfil do Facebook e Twitter.

Entre nessa também! Veja aqui dicas para participar e usar o material da campanha disponível abaixo.

Material da campanha:

Cartazete A4
Selo
Card Amo Museus
Card Amo Museus 2
Card Amo Museus 3
Card Amo Museus Video
Capa Facebook
Capa Twitter
Card animado – GIF
Card Amo Museus
Card Amo Museus Comunidade
Card Amo Museus Crianças
Card Amo Museus Detalhes
Card Amo Museus Divertidos
Card Amo Museus Edifícios
Card Amo Museus Fotógrafo
Card Amo Museus Histórias
Card Amo Museus me provocam
Card Amo Museus abrem o mundo
Card Amo Museus Porque
Card Amo Museus Segredo

Comunicação: boletim e-Museus retorna na segunda semana de janeiro

Por conta dos feriados e recessos de fim de ano, o boletim eletrônico e-Museus, publicado semanalmente pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), não terá edições nos dias 26 de dezembro de 2014 e 2 de janeiro de 2015.

O envio do boletim por e-mail, assim como sua disponibilização na página do Ibram, volta ao normal na segunda semana de 2015: a primeira edição do ano será enviada no dia 9 de janeiro (sexta-feira).

Sugestões de conteúdo para as seções Notícias, Agenda e Cursos e Oficinas podem ser encaminhadas para o endereço ascom@museus.gov.br.

Da mesma forma, a página do Ibram na internet e as redes sociais Twitter, Facebook e Google+ não terão atualizações entre os dias 30 de dezembro de 2014 e 4 de janeiro de 2015.

Texto: Ascom/Ibram

Blogue traz informações sobre o Fórum Nacional de Museus 2014

Já está no ar o blogue do 6º Fórum Nacional de Museus (FNM), evento que acontece em Belém (PA) entre os dias 24 e 28 de novembro.

Lá estão disponíveis conteúdos diversos: página de inscrição para participantes, programação, materiais de interesse para download, informações sobre a capital paraense, como chegar e onde se hospedar, além de matérias com destaques para as atividades que ocuparão o Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.

Peça gráfica para o Fórum Nacional de Museus 2014

Peça gráfica para o Fórum Nacional de Museus 2014

As redes sociais do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) também estarão dedicadas à cobertura do evento bianual da área museal: os perfis nas redes Twitter, Facebook e Google+ serão atualizados diretamente da capital paraense com as últimas notícias.

Também foi criado, especialmente para o FNM, um perfil na rede de fotos e vídeos Instagram. O objetivo é mostrar as belezas da capital paraense, assim como dar chance para o público, oriundo de diversas partes do país, de contar suas histórias e os encontros que se dão durante o evento que mobilizar o setor.

Para tanto, serão usadas as hashtags #6FNM e #museus como forma de indexar os conteúdos postados.

Em sua 6ª edição, o FNM levará para a cidade de Belém o tema Museus Criativos, em parceria com a Secretaria de Economia Criativa (SEC) do Ministério da Cultura.

A partir desta temática, o conjunto de palestras, apresentações e discussões do evento foi idealizado com vistas a enfatizar o caráter interdisciplinar, bem como as funções sociais e culturais das instituições museológicas. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram

Mês do Museólogo nas Redes Sociais: conheça os ganhadores

Por conta das celebrações em torno do Dia do Museólogo, cuja data nacional é 18 de dezembro, o Ibram/MinC lançou no final de 2011 uma ação voltada a divulgar as publicações do instituto nas redes sociais.

Para participar, bastava seguir o perfil do Ibram no microblogue Twitter , na página de relacionamento no Facebook ou no canal de vídeo no Youtube e compartilhar um conteúdo relacionado à profissão de museólogo, aos museus da rede Ibram/MinC ou museus brasileiros de forma geral.

A intenção foi ampliar o conhecimento do público sobre a presença do instituto nas redes sociais digitais, assim como dar visibilidade para publicações como livros, revistas e guias, realizadas pelo Ibram – disponíveis para baixar gratuitamente .

Segue a lista dos ganhadores. Não houve premiação para participações no canal Youtube. Após contato com os selecionados, as publicações serão enviadas via Correios, de acordo com o regulamento. Outras informações pelo endereço eletrônico ascom@museus.gov.br.

Ganhadores Twitter Publicações
Guia Mutz Museus em Números
Museu das Minas e do Metal Segurança em Museus
Fernanda Porto Revistas Museália
Rhayza Morganna Revistas Musas

 

Ganhadores Facebook Publicações
Marta Amato Museus em Números
Eibby Rosillo Guia dos Museus Brasileiros
Carolina Biberg Política Nacional de Museus

Instituto Brasileiro de Museus amplia comunicação via redes sociais

O Instituto Brasileiro de Museus  inicia este mês sua presença nas redes sociais digitais por meio de três canais: Twitter, Facebook e Youtube.

Além de focar na aproximação com o público em geral, a proposta de utilização das redes sociais pelo Ibram/MinC pretende reforçar a comunicação com os museus brasileiros, divulgando a ampla programação de atividades desenvolvidas. De acordo com o Cadastro Nacional de Museus, o número de unidades museais no Brasil ultrapassa três mil.

Mais visibilidade às políticas públicas para o setor de museus e àquelas desenvolvidas no âmbito do Ministério da Cultura (MinC), além de instituições parceiras no Mercosul e Ibero-América, como o Programa Ibermuseus, também estão em pauta.

O uso das redes sociais também deve ampliar o canal de comunicação Fale com o Ibram,  atendendo assim um maior número de usuários.

Os perfis
A presença no Twitter (@museusbr), rede caracterizada pela atualização rápida, posts curtos e respostas instantâneas, surge com o intuito de divulgar os conteúdos relacionados aos museus brasileiros de forma ampla, às ações do Ibram/MinC, assim como divulgar as atividades da rede de 30 museus federais coordenada pela instituição.

A proposta da página no Facebook (MuseusBR) é criar uma maior sinergia entre públicos e instituições museais, promovendo movimentação em torno de eventos, editais e outras ações de política pública do Ibram/MinC.

Rede de relacionamento e troca de conteúdos, considerada a mais popular no planeta, o Facebook tem atualmente mais de 30 milhões de perfis no Brasil e agrega pessoas, instituições e empresas em torno do compartilhamento de informações.

Já o canal no Youtube (TVmuseus) tem o intuito de agregar conteúdos audiovisuais sobre museus na popular plataforma de compartilhamento de vídeos, além de disponibilizar material produzido pela rede de museus federais e pelo Ibram/MinC – como o programa Pontos de Memória e os programas Conhecendo Museus.