Arte e Sagrado em exposição no Museu Casa dos Ottoni (MG)

A Exposição A arte e o sagrado está aberta ao público no Museu Regional Casa dos Ottoni (MRCO/Ibram), na cidade do Serro (MG), e pode ser visitada gratuitamente até o dia 30 de março.

São 20 imagens sacras confeccionadas pelo artista plástico Claudio Luciano Ferreira a partir de técnicas que envolvem a utilização de materiais recicláveis como isopor, papelão, jornal e biscuit. A produção do artista, que iniciou seu trabalho na década de 1980, é reconhecida em toda a região do Serro, distritos e municípios vizinhos.

A exposição busca dialogar com o acervo de imagens sacras do museu, que tem fundamental importância para a história e para a tradição barroca e colonial da cidade do Serro, e pretende chamar a atenção dos visitantes para a valorização do patrimônio histórico da cidade.

O MRCO/Ibram localiza-se à Praça Cristiano Ottoni, 72 – Praia. As visitas podem ser feitas de terça a sábado, das 10h às 18h, domingos e feriados, das 8h às 12h. Outras informações pelos telefone (38) 3541.1440 ou pelo endereço eletrônico mrco@museus.gov.br.

Texto: Divulgação MCRO/Ibram

Mostra Welasco de Móveis no Museu Histórico Nacional (RJ)

O Museu Histórico Nacional/Ibram exibe, entre os dias 12 de outubro e 7 de novembro, 20 peças cujo principal elemento de composição é a madeira. A Mostra Welasco de Móveis apresenta o trabalho do arquiteto Paulo Fernando Gomes, que estabelece como premissas o reaproveitamento de materiais encontrandos na cidade do Rio de Janeiro e a preservação do meio ambiente.

São mesas, cadeiras, aparadores, peças de mobiliários em geral, que ganham vida a partir do uso consciente da madeira, do resgate e reaproveitamento deste material, encontrado em grande parte na iminência do desaparecimento.   

“Com olhar atento, identificando as madeiras em situação de risco de destruição, encontro minha matéria-prima e inicio o processo para intervir em seu destino provável e levá-las a exercer todas as suas possibilidades, cumprindo nobres funções aonde sua beleza será potencializada”, explica Paulo Fernando Gomes.

O Museu Histórico Nacional localiza-se à Praça Marechal Âncora, s/nº – próximo à Praça XV. A exposição pode ser vista de terça a sexta-feira, das 10h às 17h30. Sábados, domingos e feriados, das 14h às 18h. O Museu não abre às segundas-feiras. Entrada franca aos domingos. Mais informações aqui.

Fonte: Divulgação MHN/Ibram