Ibram busca parcerias para promoção da Semana de Museus 2015

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), deu início a celebração de parcerias com serviços e produtos de empresas públicas e privadas para auxiliar na promoção e divulgação da 13ª Semana de Museus, que acontece entre os dias 18 e 24 de maio de 2015.

A Semana de Museus, ação de promoção permanente do Ibram, congrega atividades diversas dos museus brasileiros no primeiro semestre de cada ano, marcando o Dia Internacional de Museus (18 de maio). Em 2015, o tema de sua 13ª edição é Museus para uma sociedade sustentável.

Atividade em museu de zoologia de Santa Catarina: público cresce durante Semana de Museus

Atividade em museu de zoologia de Santa Catarina durante Semana de Museus 2014: crescimento do público a cada edição

As parcerias, que podem ser realizadas com uma ou mais empresas, visam promover e divulgar a 13ª Semana de Museus junto ao público das empresas de aviação civil do Brasil, empresas de fabricação de artigos de vestuário e de telefonia móvel.

Interessados devem entrar em contato pelo telefone (61) 3521.4137 ou pelo endereço eletrônico cpgii@museus.gov.br. Confira quais ações de promoção e divulgação são esperadas.

Contrapartidas
Como contrapartida será feita a inclusão da logomarca da empresa participante como apoiadora no material gráfico produzido para a Semana de Museus 2015 (cartaz, banner e guia da programação impresso e online).

O material produzido será disponibilizado aos mais de 3,4 mil museus brasileiros e aos órgãos e instituições das instâncias federal, estadual e municipal, como Congresso Nacional, embaixadas e órgãos internacionais.

A Semana de Museus também gera significativo número de mídia espontânea, onde os parceiros são divulgados. Em maio de 2014, mês de realização da sua 12ª edição, foram registrados cerca de 162 conteúdos na imprensa, entre portais, TVs, jornais e revistas de circulação local e nacional.

Pesquisa sobre a Semana de Museus 2015, realizada pelo Ibram, mostrou um aumento de público de 103% nas instituições participantes na semana do evento, assim como 24,2% mais visitantes com relação ao mês anterior à ação. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Angelis Manente Forgiarini/divulgação

Copa 2014: aberta Chamada Pública para projetos de promoção do Brasil

Estão abertas desde 2 de maio, as inscrições para os interessados em participar da Chamada Pública para projetos de promoção do Brasil pela realização da Copa do Mundo da FIFA 2014.

A adesão deve ser feita até 15 de junho por meio de formulário online já disponível no Portal da Copa.

Os projetos selecionados devem atender a pelo menos um dos seguintes eixos temáticos: negócios, turismo ou sociocultural, observadas as disposições do Plano de Promoção do Brasil (também incluído no edital), que visa promover o País em decorrência do Mundial de futebol. Saiba mais.

Fonte: Portal da Copa

Copa 2014: aberta chamada pública para projetos de promoção do Brasil

Está aberta até o dia 31 de outubro, chamada pública para a inscrição de projetos que poderão integrar a Programação Oficial do Governo Federal para a Promoção do Brasil pela realização da Copa do Mundo FIFA 2014.

A execução dos projetos está prevista para 2012, 2013 e o primeiro semestre de 2014. O processo seletivo servirá para identificar e definir os projetos que poderão obter apoio financeiro de órgãos ou entidades da administração pública federal direta e indireta ou a chancela institucional do Governo Federal.

As inscrições são gratuitas e o envio de projetos deve seguir os parâmetros de um documento que exige, entre outros requisitos, descrição de objetivos, definição de público-alvo, estimativa de público, cronograma de execução físico-financeiro e estratégia de ação.

O Plano de Promoção do Brasil aborda a promoção do país de uma forma ampla. As ações de publicidade, de relações públicas, de promoção de imagem e relacionamento com a imprensa são apontadas como indispensáveis ferramentas para garantir o sucesso do evento, especialmente para o fomento comercial, turístico e sócio-cultural. Continue lendo.

Fonte: Portal da Copa