Conheça a programação cultural do 7º FNM em Porto Alegre

A cada edição, o Fórum Nacional de Museus (FNM) abre espaço para atividades culturais das cidades por onde passa. Exposições, apresentações musicais e visita a museus compõem a programação de sua sétima edição em Porto Alegre (RS) – que acontece entre 31 de maio e 4 de junho no Centro de Eventos da PUC-RS.

Povo Guarani-Mbyá é tema de exposição no 7º FNM

Povo Guarani-Mbyá é tema de exposição no 7º FNM

Durante todos os dias os participantes poderão visitar a exposição fotográfica Os Guarani-Mbyá – realizada em 2015 pelo Museu da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

As imagens documentam o cotidiano de aldeias Guarani-Mbyá no RS. Considerados povos originários da América do Sul, há pelo menos 30 aldeias no estado.

Outra exposição em cartaz será Temporânea, Revitalizando Memórias em Porto Alegre. Resultado da parceria entre a Companhia Carris, o projeto Viva Centro e a Prefeitura Municipal, a mostra destaca o centro histórico da capital gaúcha e as relações que se estabelecem entre seus espaços e o transporte público.

Música e museus
Já as apresentações musicais começam na noite de abertura (30): o grupo musical do Instituto de Desenvolvimento Social e Cultural fará releituras de músicas atuais, combinando voz, instrumentos eruditos e DJ.

No dia 1º de junho, às 15h30, acontece show acústico do Império da Lã. O grupo, que surgiu há 10 anos, se caracteriza pela diversidade de estilos e de músicos: já lançou um EP e vem se apresentando em festivais pelo país.

Já o Grupo de Brincantes do Paralelo 30 é a atração do dia 2 de junho, também às 15h30. Com a proposta de retratar manifestações da cultura popular brasileira, para o 7º FNM o grupo propõe celebrar a cultura gaúcha, sem perder a perspectiva transdisciplinar das pesquisas que desenvolve.

A exposições, assim como as duas apresentações, ocuparão o Hall de Exposições do Centro de Eventos PUC-RS.

No dia 4 de junho, último dia do FNM 2017, a manhã do domingo (9h-12h30) será dedicada a visitas em museus de Porto Alegre e São Leopoldo -cerca de 35 km da capital. Confira a lista dos que estarão abertos para receber os participantes do FNM.

A programação completa do 7º Fórum Nacional de Museus está disponível no blogue do evento.

Foto: Museu da UFRGS/Divulgação

Museus Ibram terão vasta programação durante os Jogos Olímpicos

Cultura e esporte vão andar juntos durante as Olimpíadas Rio 2016, que acontecerá entre 5 e 21 de agosto. Os museus Ibram na cidade do Rio prepararam uma série de atividades para este período. Confira abaixo.

Museus Castro Maya

Chácara do Céu (Rua Murtinho Nobre, 93, Santa Teresa, Rio de Janeiro - (21) 3970-1126)

Exposição “Debret e a missão artística francesa no Brasil – 200”

 Visitação de 21/7 a 25/09

Com curadoria de Jacques Leenhardt, a mostra reúne 75 aquarelas e gravuras da coleção Castro Maya, produzidas pelo artista Jean-Baptiste Debret, de 1816 e 1831, período em que viveu no país. A exposição, que segue para Paris em outubro, faz um retrato das várias camadas da população brasileira da época, passando por índios, escravos africanos, caboclos, mestiços, e europeus, ricos e pobres.

Museu do Açude (Estrada do Açude, 764, Alto da Boa Vista, Rio de Janeiro - (21) 3433-4990)

31/07 – Inauguração de esculturas do Circuito de Arte Contemporânea

Na década de 1990, os artistas Waltercio Caldas, José Resende e Angelo Venosa enriqueceram a paisagem do Rio de Janeiro com a criação de esculturas de grande porte para importantes espaços urbanos da cidade. Vinte anos depois, o trio volta a atuar junto na cena carioca com a produção de trabalhos especialmente construídos para o Circuito de Arte Contemporânea do Museu do Açude. As instalações estabelecem uma relação com a história da Floresta da Tijuca e vêm ampliar de forma permanente o rico acervo local, que conta com obras de outros nomes consagrados, como Iole de Freitas, Lygia Pape, Nuno Ramos, Helio Oiticica, Anna Maria Maiolino e Eduardo Coimbra.

Brunch Cultural

 A ação traz uma agenda repleta de artistas renomados para preencher com boa música as próximas tardes dominicais do Rio de Janeiro, abarcando o período dos Jogos Olímpicos Rio 2016. O evento é gratuito e aberto ao público

 7/8 às 13h30 – Mart’nália

21/8 às 13h30 – Leila Pinheiro

11/9 às 13h30 – Zé Renato

Museu Histórico Nacional (Praça Marechal Âncora, próximo à Praça XV, Rio de Janeiro - (21) 3299-0300 / 3299-0324)

Exposição “Frida e Eu”  

Visitação de 28/7 a 2/10

A mostra dirige ao público infantil de 5 a 10 anos para promover a compreensão da linguagem da arte moderna por meio da vida e obra da artista mexicana Frida Kahlo.  A mostra foi criada em colaboração com Ministério da Cultura do Estado de Guerrero (México) e do Centro George Pompidou.

Exposição “A Magia do Sorriso”

 Visitação de 28/7 a 2/10

 A mostra é composta por um acervo de 114 itens, sendo 4 deles esculturas duplas, totalizando 118 objetos. Os objetos são esculturas de cerâmica encontradas em sítios arqueológicos na região de Remojadas, atual estado de Veracruz, no México.

Exposição “Guerra do Contestado, Arte e Histórica por Hassis”

Visitação de 3/8 a 23/10

Em homenagem a Heidy de Assis, o Museu Histórico Nacional, Fundação Hassis e Museu do Contestado, trazem uma série de 78 desenhos feitos a nanquim, além de um documentário produzido pela Fundação Cultural de Santa Catarina e um vídeo do próprio artista

Casa México  

Visitação de 06 a 22/8

 O jardim do Museu Histórico Nacional receberá o programa Casa México Rio 2016, com exposições temáticas em paralelo, promoção turística, artesanato mexicano, conferências de imprensa e transmissões dos Jogos Olímpicos em tempo real.  A programação e uma parceria com a Embaixada do México no Brasil, o Consulado do México no Rio de Janeiro e o Comitê Olímpico Mexicano

Exposição “América Latina, Jogos Olímpicos: México 68 – Rio 2016”

Visitação de 4/8 a 18/9

Com uma diferença de quase 50 anos, a exposição oferece visão histórica diante de fotografias, mapas, uniformes e equipamentos. Quando colocados para o presente, os itens vão permitir saber o que permaneceu, o que mudou e quais as novas possibilidades que a tecnologia trouxe ao século XXI

Exposição “Brasil na arte popular – 40 anos do Museu Casa do Pontal”

 Visitação de 16/8 a 30/10

Com acervo exclusivo do Museu Casa do Pontal, a exposição conta com 150 esculturas que expressam a arte popular brasileira das regiões Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

Museu Nacional de Belas ArtesAv. Rio Branco, 199, Cinelândia, Rio de Janeiro - (21) 3299-0600)

Exposição “Jogos na Antiguidade”

Visitação a partir de 27/7 (data de encerramento a confirmar)

Composta por objetos arqueológicos provenientes da Grécia e Roma, e que pertencem a coleções de museus italianos, será aberta no dia 26 de julho.


Exposição “Alegorias às Artes – Léon Pallière”

Visitação de 6/08 a 23/10

A mostra irá abordar todo o processo de restauração e a concepção da pintura do artista francês Léon Palliére, suas influências estéticas e visuais. Um longo trabalho de pesquisa foi realizado para identificar todo o conjunto realizado por Palliére, a pedido de Manuel de Araujo Porto-Alegre, então Diretor da Academia Imperial das Belas Artes.


Museu Casa de Benjamin ConstantRua Monte Alegre, 255, Santa Teresa, Rio de Janeiro - (21) 3970-1177 / 3970-1168)

9 e 16/8 – Caminhada Republicana

Às 7h30 na Estação do Bonde de Santa Teresa

 Em parceria com o Museu da República, o Museu Casa de Benjamin Constant promoverá uma caminhada com visitação aos dois locais, passando por diversos pontos da cidade.  O Circuito será acompanhado por um guia de turismo, um museólogo e um historiador.