Museu da Imprensa abre concurso para estudantes e professores

A 17ª edição do concurso nacional de Desenho, Redação e Artigo do Museu da Imprensa, localizado em Brasília (DF), está com as inscrições abertas até 31 de dezembro.

Podem participar estudantes de todos os níveis de ensino, regularmente matriculados em escolas públicas e particulares de todo o país. Os vencedores ganharão prêmios em caderneta de poupança. Professores dos alunos vencedores também serão premiados.

Ary Barroso compôs sucessos como

Ary Barroso compôs sucessos como “Aquarela do Brasil” e “No tabuleiro da baiana”

Neste ano, o desafio proposto na categoria Redação (Ensino Fundamental/6º ao 9º ano) é abordar o legado do compositor e cantor baiano Dorival Caymmi (1914-2008).

Ainda em Redação, os estudantes do 1º ao 3º ano do ensino médio devem escrever a respeito do Sentimento Nacional na obra de Ary Barroso (1903-1964), outro compositor brasileiro de música popular.

Destaque também na categoria Artigo (Ensino Superior) para o tema importância dos museus na formação cultural do país.

Os estudantes do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) podem concorrer na categoria Desenho trabalhando o tema Ayrton Senna visita o Museu da Imprensa. Como forma de incentivo, o professor indicado em cada um dos trabalhos dos alunos vencedores em 1º, 2º e 3º lugares, exceto na categoria Artigo, também será premiado com uma caderneta de poupança. Saiba mais.

Texto: Divulgação Imprensa Nacional
Foto: Internet/divulgação

Revista do Professor já pode ser lida na página do Museu da República

A Revista do Professor, editada anualmente pelo setor de Educação do Museu da República (MR), no Rio de Janeiro (RJ), já se encontra disponível para leitura online no sítio do museu na internet. A publicação contabiliza cinco números, sendo os dois últimos apenas no formato virtual. Em breve, contudo, estarão também disponíveis na forma impressa.

As cinco edições da Revista do Professor

As cinco edições estão disponíveis para leitura na página do MR

De acordo com Normanda Freitas, assessora técnica e coordenadora de Educação do Museu da República, a Revista do Professor é fruto de um projeto pedagógico, iniciado em 2008, voltado para educadores de forma geral, incluindo aqueles que trabalham em museus.

A publicação surgiu da necessidade de mostrar aos professores a forma como o MR trabalha no processo educativo multidisciplinar com os alunos e todo o universo da comunidade educacional, abordando a história republicana, o patrimônio e a cidadania.

Dentre os assuntos focados, destacam-se a exposição A Res publica brasileira, que narra a trajetória do período republicano em suas várias conjunturas político-sociais. Os textos trazem ainda o desdobramento do pensamento republicano nas áreas de educação, arquitetura, literatura, astronomia, artes plásticas, patrimônio cultural e ambiental, entre outros.

Participação
Normanda informou que a publicação, com uma linguagem clara e direta, contribui para suprir a carência de publicações que abordem tais assuntos na formação das pessoas que atuam no magistério, em todos os níveis.

Como ferramenta para instrumentalizar a ação em sala de aula e nas visitas ao museu, a revista busca mostrar a abrangência do acervo do MR e sua relação com o trabalho do educador junto aos estudantes. Um detalhe importante é que a publicação está aberta aos professores que desejarem contribuir com suas análises sobre a conjuntura educacional do país e suas experiências na relação museu-educação.

A coordenadora de Educação acrescentou que a revista é alimentada por outro projeto do Museu da República, denominado República dos Professores, onde especialistas de diversas áreas expõem seus artigos a partir de oficinas e palestras proferidas. Saiba mais sobre o MR.

Texto e foto: Divulgação Museu da República
Edição: Ascom/Ibram