Página 3 de 41234

Ibram lança campanha de divulgação para a Primavera dos Museus 2015

A campanha de divulgação da 9ª Primavera dos Museus, que acontece de 21 a 27 de setembro com o tema Museus e Memórias Indígenas, traz como destaque a imagem do Pajé Itsaltako  da etnia Waurá, da Aldeia Wuará Piyulaga, no Alto Xingu (MT).

Captada pelo fotógrafo Renato Soares, em 2013, a imagem mostra o Pajé durante as lutas de Huka-huka, realizadas na cerimônia do Kuarup.

Especializado no registro aprofundado de povos indígenas, desde 1986, Soares realiza sistemáticas viagens pelo território nacional para retratar as formas de expressão cultural dos variados grupos étnicos brasileiros.Banner_inscricoes_9PM_217x300_3

A identificação com o universo indígena o tem levado a longos períodos de imersão em aldeias e reservas, e o estimulou a desenvolver o projeto Ameríndios do Brasil, que visa à criação de um grande acervo etnográfico brasileiro. Conheça o trabalho de Renato Soares.

Inscrições abertas
Museus e outras entidades culturais interessados em participar da 9ª Primavera dos Museus devem inscrever seus eventos em torno do tema Museus e Memórias Indígenas até o dia 21 de agosto na página de Eventos do Ibram.

Seminários, exposições, oficinas, espetáculos, mesas-redondas, visitas guiadas, exibições de filmes são exemplos de ações a serem programadas para o evento nacional coordenado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) no segundo semestre de cada ano.

A Primavera dos Museus acontece anualmente desde 2007 e é o resultado de uma ação conjunta entre as instituições museológicas de todo o país e o Ibram.

Ao longo das oito edições, a participação das instituições teve um crescimento médio de 18% ao ano, assim como o número de eventos cadastrados aumentou 21%. Veja como foram as edições anteriores da Primavera dos Museus.

Texto: Ascom/Ibram

Ibram anuncia tema da Primavera dos Museus deste ano

Museus e memórias indígenas será tema da Primavera dos Museus 2015

Ministro da Cultura durante Roda de Conversa no Amapá ontem (25): questão indígena tem destaque

Museus e Memórias Indígenas será o tema da 9ª Primavera dos Museus, que acontecerá de 21 a 27 de setembro de 2015.

O anúncio foi feito ontem (25), pelo presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Carlos Roberto Brandão, durante a Caravana da Cultura na Região Norte, que teve lugar em Macapá (AP), e contou com a presença do Ministro da Cultura (MinC), Juca Ferreira.

A causa indígena é uma das bandeiras da atual gestão do MinC e o ministro reiterou seu compromisso com ela durante o encontro.

As comunidades indígenas representadas entregaram documentos com suas reivindicações e Juca Ferreira participou de ritual chamado Avasi, em tupi-guarani, e que significa ‘Festa do Milho”. Saiba mais sobre a Roda de Conversa em Macapá.

Museus na primavera
A Primavera dos Museus, que acontece anualmente desde 2007, é o resultado de uma ação conjunta entre as instituições museológicas de todo o país e o Ibram – autarquia vinculada ao MinC.

O Instituto lança um tema e convida os museus e outras instituições culturais a desenvolverem uma programação especial, sempre no início da primavera – que este ano começa no dia 23 de setembro.

O Ibram receberá entre 1º de julho e 21 de agosto as inscrições dos interessados em participar da temporada nacional de eventos do segundo semestre de 2015 .

Para participar, basta acessar a página de inscrições, que ficará disponível no sítio web do Ibram, e  inscrever as atividades, que podem ser exposições, visitas guiadas, shows, palestras, exibição de filmes, entre outras.

os eventos devem acontecer entre os dias 21 e 27 de setembro, chamando assim a comunidade a refletir, discutir e trocar experiências sobre o tema Museus e Memórias Indígenas.

Ao longo das edições da Primavera dos Museus, a participação das instituições teve um crescimento médio de 18% ao ano, assim como o número de eventos cadastrados aumentou 21%. Veja como foram as edições anteriores.

Texto: Ascom/Ibram (com Ascom/MinC)
Foto: Lia de Paula/MinC

Guia de programação da 8ª Primavera dos museus já está disponível

O guia com a programação completa da 8ª Primavera dos Museus já está disponível para consulta online ou download. Entre os dias 22 e 28 de setembro, 761 instituições culturais brasileiras, espalhadas em 389 cidades, irão desenvolver 2.436 atividades das mais diversas tipologias – exposições, debates, exibição de filmes, oficinas, visitas monitoradas, dentre outras.

Atividade da Primavera dos Museus em Cabo Frio (RJ): apresentação de Jongo com o grupo Griôt

Atividade da Primavera dos Museus em Cabo Frio(RJ) em edição anterior: apresentação de Jongo com o grupo Griot

Em 2014, 26 unidades da federação participam da Primavera dos Museus. A região Sudeste foi a que teve maior número de participantes (319), seguida pelas regiões Nordeste (179), Sul (196), Centro-Oeste (39) e Norte (28).

O guia, com 175 páginas, é de fácil navegação e está organizado por regiões, cidades e instituições participantes, que têm a responsabilidade direta pelo desenvolvimento das atividades inscritas.

O tema da edição deste ano, Museus Criativos, tem a intenção de estimular a manutenção e desenvolvimento de cada museu na exploração de sua capacidade de inovar – seja por meio da modernização da gestão, diversidade de iniciativas ou ampliação da presença no território em que se acha inserido, garantindo assim um maior acesso das populações à cultura.

A proposta temática Museus Criativos se expande para o 6º Fórum Nacional de Museus, que terá lugar em Belém (PA), entre os dias 24 e 28 de novembro. Saiba mais.

Duvidas ou outras questões sobre a edição 2014 da Primavera dos Museus devem ser enviadas para o endereço eletrônico primavera@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Tatiana Bion Dias/divulgação

8ª Primavera dos Museus tem mais de 2,4 mil atividades programadas

A oitava edição da Primavera dos Museus neste ano contará com a participação de 761 instituições – entre museus e outras entidades culturais. Durante o período de inscrições, finalizado no dia 29 de agosto, foram cadastradas 2.436 atividades no total, cujo desenvolvimento será de responsabilidade das instituições.

Atividade da Primavera dos Museus no Museu Amazônico em Manaus (AM)

Atividade da Primavera dos Museus no Museu Amazônico em Manaus (AM) ano passado

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) divulgará em sua página na internet um guia online contendo toda a programação nacional, que traz atividades como exposições, seminários, oficinas, exibições de música, teatro, dança e cinema, além de outras atrações.

A 8ª Primavera dos Museus será realizada entre os dias 22 e 28 de setembro com o tema Museus Criativos. A ideia é retomar a discussão sobre os desafios da atuação interdisciplinar dos museus para sua efetiva comunicação com as comunidades em que estão inseridos.

O tema da criatividade nos museus brasileiros terá continuidade durante o 6º Fórum Nacional de Museus, em novembro. Saiba mais.

Em caso de dúvidas ou outras questões relativas à edição 2014 da Primavera dos Museus, os interessados podem enviar e-mail para o endereço eletrônico primavera@museus.gov.br ou fazer contato pelos telefones (61) 3521 4135/4122/4214.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Divulgação Museu Amazônico/Regina Vasconcellos

8ª Primavera dos Museus: inscrições prorrogadas até 29 de agosto

Foram prorrogadas até a próxima sexta-feira (29), as inscrições para a 8ª Primavera dos Museus, que acontecerá entre os dias 22 e 28 de setembro com o tema Museus Criativos. Museus e outras instituições culturais interessados em participar terão mais uma semana para assegurar a inscrição de eventos para a temporada nacional, que pode ser feita via formulário de inscrição online.

A exemplo das outras edições, a realização das atividades ficará sob a responsabilidade da própria instituição que as inscrever. A partir de 4 de setembro, o Ibram divulgará o guia online da programação nacional em sua página na internet.

Seminários, exposições, oficinas, espetáculos, mesas-redondas, visitas guiadas e exibições de filmes são exemplos de ações que poderão ser inscritas. Outras informações e esclarecimentos sobre a Primavera dos Museus 2014 podem ser obtidos pelos telefones (61) 3521 4135/4122/4214 ou pelo endereço eletrônico primavera@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

Museu de Arqueologia de Itaipu lança Caderno SocioAmbiental

O Museu de Arqueologia de Itaipu (MAI/Ibram), em Niterói (RJ), lança, nesta segunda-feira (23), em comemoração à 7ª Primavera dos Museus, o livro Representações do Feminino: olhares revisitados e contemporâneos. A publicação inaugura a série de publicações anuais do MAI intitulada Caderno SocioAmbiental.

O periódico tem como objetivo de abordar temas concernentes ao universo de reflexão e de ação da proposta museológica da instituição. O primeiro número faz referência ao tema da 5ª Primavera dos Museus Mulheres, Museus e Memórias. Naquele ano, o MAI realizou as mesas redondas Religiosidade e Representações do Feminino em Perspectiva Histórica e Entre História, Antropologia e Filosofia: Estudos de Gênero no Brasil.

Cada mesa, com sua especificidade, deu contribuições, seja para a desconstrução de um olhar estável sobre o momento histórico que permeava a vida da mulher na América portuguesa, em particular a vida em clausura, seja ainda para uma visada sobre a mulher e a construção de sua inserção multifacetada na esfera social no contexto contemporâneo. O resultado deste trabalho é a publicação, disponível aqui.

 

Angelo Oswaldo escreve artigo sobre a Primavera dos Museus

Primavera afro-brasileira

Angelo Oswaldo de Araújo Santos

 

Cartas e manifestos consagram o conceito que reconhece a diversidade cultural – fonte de intercâmbio, inovação e criatividade – como sendo tão necessária para o gênero humano quanto a biodiversidade para a ordem da vida. No nosso contexto cultural, as vertentes de origem africana são veios ricos que alimentaram e abastecem as mais variadas manifestações, contribuindo, intensamente, tanto para a originalidade da expressão brasileira, quanto para a permanência de uma identidade que evolui com o tempo.

Nenhum espaço mais adequado que os museus para um contato direto com a multiplicidade opulenta e surpreendente das criações que trazem os signos afro-brasileiros, da poesia às artes plástico-visuais, da dança ao teatro, do cinema à gastronomia, da oralidade aos altos estudos, nas trilhas da memória à história. Ao escolher o tema da sétima edição anual da Primavera de Museus – Museus. Memória e Cultura Afro-brasileira – o Ibram quis enfatizar os valores da diversidade e o vigor da cultura afro-brasileira.

Celebramos também o quarto de século completado pela Fundação Palmares, vinculada ao Ministério da Cultura. Preocupada com a igualdade racial e a valorização da matriz africana, foi o primeiro órgão federal criado para preservar e promover a cultura negra. Nestes 25 anos, a Palmares fortaleceu e fomentou as mais diversificadas iniciativas que balizam as políticas públicas reivindicadas pelos movimentos dos afro-descendentes.

As respostas ao chamado são empolgantes, como se verá até o final deste mês. Os museus se afirmam como admiráveis produtores, razão pela qual quase 3 mil eventos se realizam em cerca de mil instituições, nos 27 Estados e em 460 cidades. Traduzem o empenho com que as equipes conseguiram organizá-los, de modo inventivo e cativante. No Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, por exemplo, as palavras de origem africana estarão em destaque. Nas visitas guiadas, o público vai identificar e decifrar uma infinidade delas. Em Recife, o Museu da Abolição, por sobre o solar aristocrático do Império, é o ponto de convergência dos movimentos pernambucanos de afro-brasilidade.

O “Xirê das Pretas”, no Museu Casa do Benin, no Pelourinho de Salvador, marca a presença forte das mulheres nas ações da Primavera de 2013. São Benedito, o santo negro, é focalizado no Museu de Arte Sacra João Paulo II, em Pelotas, e o embaixador Alberto da Costa e Silva, notável estudioso dos temas da África, faz palestra no Museu Nacional de Belas Artes, no Rio. Entre os participantes, inscrevem-se também o Museu do Artesanato do Mato Grosso, em Cuiabá, e o Museu Amazônico, em Manaus.

O Museu do Taquaril, ponto de memória em Belo Horizonte, expõe fotos de moradores da comunidade. Em Ouro Preto, o Museu Casa Guignard focaliza personagens negras em desenhos e pinturas do mestre, enquanto o Inconfidência tem exibição de filmes, palestras e mostras. O Museu do Oratório conta história para crianças e jovens. Em São João del Rei, Caeté, Sabará, Serro e Diamantina, os museus do Ibram da mesma forma se integram ao grande evento.

O dia internacional dos museus, 18 de maio, enseja a promoção da Semana Nacional, que igualmente provoca ações em todo o País. Assim, duas vezes ao ano, o Ibram articula essa projeção das atividades museológicas na agenda cultural brasileira, sempre obtendo êxito nos resultados. A Primavera dos Museus promete belas flores e bons frutos para todos. Consulte WWW.museus.gov.br e conheça a esplêndida agenda dos eventos.

Angelo Oswaldo de Araújo Santos é presidente do Instituto Brasileiro de Museus, Ibram      

7ª Primavera dos Museus: prazo de inscrições é prorrogado até 16 de agosto

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) prorrogou até 16 de agosto a data para  instituições inscreverem eventos na  7ª Primavera dos Museus, cujo tema norteador será Museus, Memória e Cultura Afro-Brasileira. O período de realização da Primavera dos Museus é de 23 a 29 de setembro deste ano.

O evento, que acontece anualmente desde 2007, é o resultado de uma ação conjunta entre as instituições museológicas de todo o país e o Ibram. O Instituto lança um tema e convida os museus brasileiros a desenvolverem programações especiais para serem realizadas no início da primavera.

Os museus e instituições interessados devem inscrever seus eventos na página do Ibram e promover sua realização.  Ao Ibram cabe formatar e divulgar a programação nacional da 7ª Primavera dos Museus por meio de guia virtual.

Os museus que participam da ação têm conseguido alcançar importantes resultados, como o aumento da visitação, maior envolvimento da comunidade, fortalecimento da imagem do museu e o aumento de sua visibilidade.

Passo a passo
A inscrição deve ser feita exclusivamente por meio de preenchimento do formulário eletrônico. Primeiramente, deve-se fazer a inscrição do museu ou entidade cultural. A seguir, a inscrição das ações a serem realizadas, como seminários, exposições, oficinas, espetáculos, mesas-redondas, visitas guiadas, exibições de filmes, entre outras.

Mesmo que a iniciativa tenha participado de outras edições da Primavera dos Museus, é necessário realizar uma nova inscrição. A efetiva participação do museu dá-se apenas com a inscrição de uma ou mais atividades. Consulte o texto do Ibram sobre a edição 2013 do evento.

A instituição que tiver alguma dúvida ou quiser mais informações pode mandar e-mail para cpgii@museus.gov.br ou telefonar para (61) 3521.4135/4122.

Texto: Ascom/Ibram

Ibram e rede McDonald’s fecham parceria para 6ª Primavera dos Museus

Como parte das ações da 6ª Primavera dos Museus, que acontece entre os dias 24 e 30 deste mês, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) fechou uma parceria inédita com a rede de restaurantes McDonald’s. A partir do dia 10 de setembro, as tradicionais lâminas ilustradas, que cobrem as bandejas da rede, trarão curiosidades sobre os museus brasileiros. Clique na imagem para ampliar.

O material foi preparado com consultoria do Ibram, que enviou uma série de curiosidades para a empresa. Entre as selecionadas estão a origem da palavra “museu”, o primeiro museu brasileiro e a quantidade de museus no Brasil. As ilustrações vão figurar nas bandejas dos restaurantes da rede McDonald’s em todo o Brasil até o final de setembro.

Com a parceria, o Ibram espera atrair os mais de 1,7 milhões de pessoas que passam por lojas da rede McDonald’s diariamente, para participar dos eventos programados para a 6ª Primavera dos Museus. Além daquelas ilustradas pelo McDonald’s, outras curiosidades sobre os museus brasileiros estão disponíveis no site do Ibram.

Com o tema A Função Social dos Museus, a edição deste ano da Primavera dos Museus terá mais de 2.400 eventos espalhados por todos os estados e o Distrito Federal. Pela primeira vez, também participará da iniciativa uma instituição de outro país (Espanha).

O tema deste ano homenageia os 40 anos da Declaração da Mesa Redonda de Santiago do Chile, realizada em 1972. A partir da assinatura da declaração, os museus passaram a ser entendidos como instituições a serviço da sociedade com importante papel na formação da consciência das comunidades.

Confira o guia com a programação completa da 6ª Primavera dos Museus.

Texto: Ascom/Ibram

Museu Casa da Hera convoca artistas e artesãos locais para exposição

Artistas e artesãos da região do Vale do Café (RJ) estão sendo convidados a exporem na tenda Inspiração e Expressão, montada no jardim do Museu Casa da Hera/Ibram, na cidade de Vassouras, durante a 6ª Primavera de Museus – entre os dias 24 e 30 de setembro.

A tenda pretende mostrar a produção artística da região inspirada pelas imagens, texturas e personagens do museu, uma oportunidade para que o público perceba de que forma o Museu da Hera influencia e inspira a comunidade artística Sul Fluminense.

Os artistas e artesãos que desejarem expor devem entrar em contato com o Museu Casa da Hera pelos telefones (24)2471.2930/2961 ou pelo endereço eletrônico casadahera@museus.gov.br.

A 6ª Primavera dos Museus é um evento nacional organizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e realizado em instituições de todo o Brasil entre os dias 24 e 30 de setembro. O tema desse ano é “A Função Social dos Museus”, em homenagem aos 40 anos da Declaração da Mesa Redonda de Santiago do Chile. Saiba mais sobre a edição 2012 do evento e a programação completa.

Texto: Divulgação Casa da Hera

Página 3 de 41234