Página 2 de 41234

Ibermuseus divulga ganhadores do Prêmio Ibero-Americano de Educação e Museus

O Comitê Técnico Avaliador da Quarta Edição do Prêmio Ibero-Americano de Educação e Museus divulgou, no dia 10 de fevereiro, os projetos ganhadores da edição 2013.

Com mais de 160 inscrições de 16 países da Ibero-América, foram escolhidos seis projetos em duas categorias:  na categoria 1 – Projetos realizados ou em desenvolvimento – foram selecionados projetos da Espanha, Cuba e Brasil. Já na categoria 2 – Fomento a projetos em fase de elaboração e/ou planejamento – foram selecionados projetos da Colômbia, Chile e Argentina.

Os projetos agraciados passam a integrar o Banco Ibero-Americano de Boas Práticas em Ação Educativa, que em breve estará disponível no Portal Ibermuseus. Além desses, 17 projetos apresentados foram reconhecidos com Menção Honrosa e também serão integradas ao banco. Confira a lista completa.

O Prêmio Ibero-Americano de Educação e Museus é uma iniciativa convocada pelo Programa Ibermuseus para apoiar a criação de projetos educativos relacionados com os museus, e visibilizar boas práticas na Ibero-América. Seu objetivo é reafirmar e ampliar a capacidade educativa dos museus e do patrimônio cultural e natural como estratégias de transformação da realidade social.

Texto: Divulgação Ibermuseus
Edição: Ascom/Ibram

Museu Nacional de Belas Artes comemora 77 anos

O Museu Nacional de Belas Artes (MNBA/Ibram) comemora 77 anos nesta segunda-feira (13). Para comemorar a data, será realizada uma cerimonia de doação de 205 obras do artista plástico brasileiro Cândido Portinari (1903-1962) para o museu pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), agência vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Em seguida, acontece a diplomação aos agraciados de 2013 com o Prêmio Quirino Campofiorito.

Este prêmio, instituído pelo MNBA em 2011, homenageia o professor e crítico de arte nascido em Belém do Pará, em 1902. Quirino começou sua carreira no ramo das artes aos dezoito anos, ao ingressar na Escola Nacional de Belas Artes.  Deixou trabalhos importantes que servem de ponte para o entendimento das artes plásticas no Brasil, e o prêmio que leva seu nome é conferido àqueles que contribuíram de forma relevante para preservação da arte, do patrimônio e da cultura brasileira.

O acervo do Museu Nacional de Belas Artes teve origem no conjunto de obras de arte trazidas por D. João VI de Portugal, em 1808, ampliado alguns anos mais tarde com a coleção reunida por Joachin Lebreton, que chefiou a chamada Missão Artística Francesa, formando a mais importante pinacoteca do país. Este núcleo original foi enriquecido ao longo dos anos com importantes incorporações e doações no século XIX e início do século XX.

Com a construção da nova sede da Escola Nacional de Belas Artes, em 1908, a partir do projeto do arquiteto Morales de los Rios, este acervo passou a ocupar parte do prédio, sendo o Museu criado oficialmente em 13 de janeiro de 1937.

Hoje o MNBA ocupa todo um quarteirão no centro histórico do Rio e possui o maior e mais completo conjunto de arte nacional do século XIX. O acervo conta atualmente com mais de 60 mil peças, entre obras de pintura, escultura, desenho e gravura brasileira e estrangeira, além de reunir um segmento significativo de arte decorativa, mobiliário, gliptíca, medalhística, arte popular, documentos e um conjunto de peças de arte africana.

Programa Ibermuseus abre inscrições para o prêmio Educação e Museus 2013

Estão abertas as inscrições para a IV edição do Prêmio Ibero-Americano de Educação e Museus, do Programa Ibermuseus. De 16 de setembro e 31 de outubro de 2013, instituições das áreas de educação e museus poderão submeter suas candidaturas em duas categorias: projetos já realizados ou em andamento e projetos em fase de planejamento.

O prêmio tem como objetivo reconhecer, premiar e dar visibilidade às boas práticas em ação educativa promovidas pelos museus e instituições afins. Será dada especial atenção aos projetos que promovam o desenvolvimento e a coesão social com a utilização do patrimônio museológico como recurso educativo, reafirmando a responsabilidade dos museus como agentes essenciais para o desenvolvimento humano e social.

Para a avaliação do prêmio será formado um Comitê Técnico com especialistas dos 10 países que compõem o Comitê Intergovernamental do Ibermuseus, e serão considerados critérios como o impacto sócio-cultural, a valorização da diversidade cultural, o caráter participativo e descentralizador, a sustentabilidade das ações e a existência de indicadores e meios de avaliação dos resultados. O edital e os formulários estão disponíveis na página do Ibermuseus.

Com sede em Brasília, Ibermuseus é o programa intergovernamental de cooperação em políticas públicas para os museus no Espaço Cultural Ibero-Americano. Em suas três edições, o programa já premiou 16 projetos na Ibero-América, além de incorporar 60 experiências exitosas ao Banco Ibero-Americano de Boas Práticas em Educação e Museus. Conheça mais sobre o prêmio e suas edições anteriores.

Texto: Divulgação Ibermuseus

 

Pontos de Memória – Conheça o programa

O Programa Pontos de Memória tem como objetivo apoiar ações e iniciativas de reconhecimento e valorização da memória social. Com metodologia participativa e dialógica, os Pontos trabalham a memória de forma viva e dinâmica, como resultado de interações sociais e processos comunicacionais, os quais elegem aspectos do passado de acordo com as identidades e interesses dos componentes do grupo.

Os Pontos de Memória valorizam o protagonismo comunitário e concebem o museu como instrumento de mudança social e desenvolvimento sustentável. Em estágio pleno de desenvolvimento, são capazes de promover a melhoria da qualidade de vida da população e fortalecer as tradições locais e os laços de pertencimento, além de impulsionar o turismo e a economia local, contribuindo positivamente na redução da pobreza e violência.

Pontos de Memória atuantes:

São 12 Pontos de Memória, situados em comunidades populares nas seguintes cidades: Belém/PA (Comunidade de Terra Firme);
Belo Horizonte/MG (Comunidade do Taquaril);
Brasília/DF (Comunidade da Estrutural);
Curitiba/PR (Comunidade do Sítio Cercado);
Fortaleza/CE (Comunidade Grande Bom Jardim);
Maceió (Comunidade do Jacintinho);
Porto Alegre/RS (Comunidade da Lomba do Pinheiro);
Recife/PE (Comunidade do Coque);
Rio de Janeiro/RJ (Comunidades do Pavão-Pavãozinho-Cantagalo);
São Paulo/SP (Comunidade da Brasilândia);
Salvador/BA (Comunidade do Beiru)
Vitória/ES (Comunidade do São Pedro)

Ampliação e Articulação em rede

A partir do Edital Prêmio Pontos de Memória 2011 e da articulação do Ibram, o Programa ganhou novo panorama: foi possível identificar mais de 150 iniciativas e propostas de Memória e Museologia Social no Brasil de diversas tipologias e dezoito delas de comunidades de brasileiros no exterior.

Diante desse universo, o Instituto vem trabalhando na consolidação de uma política pública de direito à memória, pautada no diálogo e participação com diferentes grupos e movimentos sociais, governos locais e militantes, com o intuito de garantir que esse direito seja exercido por indígenas, quilombolas, povos de terreiro, mestres, praticantes, brincantes e grupos das culturas populares, urbanas, rurais, de fronteira, artistas e grupos artísticos independentes, como também segmentos populacionais etários específicos, de gênero, e/ou que requerem maior reconhecimento de seus direitos humanos, sociais e culturais.

Em linhas gerais, as ações de ampliação do Programa estão pautadas na qualificação e articulação em rede; difusão da metodologia e das iniciativas, por meio de publicações, e na realização encontros de intercâmbio.

Ações necessárias para o desenvolvimento dos Pontos de Memória:
Visitas de sensibilização e mobilização comunitária, por meio da oficina Museu, Memória e Cidadania;
Seminários ampliados de mobilização nas comunidades, para apresentação do programa e eleição de instâncias deliberativas;
Oficinas de qualificação;
Fortalecimento da Rede – Encontros nacionais de integração e articulação dos pontos; Plano de ação – Cada ponto de memória desenvolve um planejamento para execução do projeto na comunidade, delineando o perfil de museu que pretende constituir;
Ações museais – Eventos e atividades que visam ampliar para toda a comunidade a discussão a respeito da memória local;
Inventário Participativo – Desenvolvimento processual e participativo do inventário, relacionando os bens que deverão compor o acervo do Ponto de Memória;
Ato Inaugural – Lançamento de uma exposição, publicação, documentário, dentre outros produtos de difusão, que marcarão a abertura dos Museus Comunitários.
O Programa Pontos de Memória é resultado de parceria entre o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), Programa Mais Cultura e Cultura Viva, do Ministério da Cultura, e a Organização dos Estados Ibero–americanos (OEI).

Contato: pontosdememoria@museus.gov.br/Telefones: (61) 3521.4433 | 4421 | 4413

Fomento aos museus: Ibram divulga resultado do Prêmio Memórias Brasileiras

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) divulgou no Diário Oficial da União (DOU) de hoje (4), o resultado final do edital de seleção pública Prêmio Memórias Brasileiras 2012 – voltado para iniciativas de preservação da memória brasileira com ênfase nos movimentos sociais.

Foram inscritas 64 propostas, sendo que 46 delas foram admitidas para avaliação da comissão de seleção do prêmio. 17 foram classificadas, contemplando quatro regiões do país, e as 10 primeiras receberão cada uma R$ 30 mil – totalizando R$ 300 mil em investimentos via Fundo Nacional de Cultura (FNC). Veja a lista completa.

Os selecionados até a 10ª classificação devem encaminhar a documentação complementar, conforme disposto no item 9 do edital, com vistas a premiação em espécie. O resultado da seleção será comunicado por meio eletrônico aos classificados, sem prejuízo do início da contagem dos prazos, a partir da publicação no DOU.

Os interessados podem enviar recurso no prazo de cinco dias úteis, contados a partir de hoje (4), conforme Formulário de Recurso (Anexo V), a ser enviado, exclusivamente, via e-mail para o Ibram, no endereço eletrônico recurso.selecao@museus.gov.br, identificado com o Assunto Recurso de Seleção Prêmio Memórias Brasileiras 2012. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram

Ibram divulga resultado do Prêmio Modernização de Museus – microprojetos

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), divulgou hoje (12), no Diário Oficial da União (DOU), o resultado final da seleção do edital Prêmio Modernização de Museus 2012microprojetos.

As propostas, após a fase de admissão, foram examinadas pela comissão de seleção, tendo sido premiadas as instituições classificadas nas categorias 1 e 2 e as instituições classificadas até a décima colocação nas categorias 3 e 4, totalizando 35 iniciativas selecionadas. Os valores recebidos por cada uma varia entre R$ 10 mil e R$ 50 mil.

As instituições premiadas devem encaminhar a documentação complementar, conforme disposto no item 9 do edital. O resultado final será comunicado por meio eletrônico aos selecionados, sem prejuízo do início da contagem dos prazos a partir da publicação no DOU.

Cabe recurso da decisão da comissão de seleção, no prazo de cinco dias úteis, contados a partir da publicação no DOU, conforme Formulário de Recurso (Anexo VI), a ser enviado, exclusivamente, via e-mail, para o Instituto Brasileiro de Museus, no endereço eletrônico: recurso.selecao@museus.gov.br, identificado com o Assunto Recurso de Seleção Prêmio Modernização Microprojetos 2012. Saiba mais sobre todas as etapas do processo de seleção.

Texto: Ascom/Ibram

Ibram divulga propostas admitidas para prêmio Memória do Esporte Olímpico

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) publicou hoje (18), no Diário Oficial da União (DOU), as inscrições consideradas aptas para serem avaliadas pela Comissão de Seleção do Prêmio Ibram Memória do Esporte Olímpico.

Foram admitidas três propostas: Memória olímpica pelo olhar Naïf, apresentada pela Fundação Lucien Finkelstein (RJ); Correr, saltar, lançar: a trajetória do atletismo, apresentada pelo Esporte Clube Pinheiros (SP), e a exposição temática Memória, ciência e esporte olímpico, apresentada por Emilio Antonio Jeckel Neto (RS).

A lista das inscrições não admitidas também está disponível para acesso e os proponentes poderão interpor recurso da inadmissibilidade da inscrição no prazo de cinco dias úteis, contados a partir da publicação no DOU, a ser encaminhado, exclusivamente via e-mail, para o endereço eletrônico recurso.inscricao@museus.gov.br, identificado com o Assunto Recurso Inscrição Prêmio Ibram Memória do Esporte Olímpico. Saiba mais sobre o prêmio.

Texto: Ascom/Ibram

Viajantes colocam Museu Imperial entre os dez melhores do Brasil

O resultado do prêmio Travelers’ Choice (em português, “a escolha dos viajantes”), do portal  TripAdvisor, foi divulgado esta semana e traz o Museu Imperial/Ibram, em Petrópolis (RJ), entre os 10 melhores museus do Brasil. A instituição ficou em sexto lugar, sendo classificado também em 12º entre os museus da América do Sul.

Publicações têm destacado Museu Imperial como destino para viajantes

O TripAdvisor é o maior site de viagens do mundo. O prêmio Travelers’ Choice, realizado anualmente, tem como base milhões de avaliações e opiniões dos viajantes. No caso do Museu Imperial, 213 visitantes já inseriram suas opiniões no site, dos quais 203 o classificam como “excelente” ou “muito bom”.

Os vencedores do prêmio são encontrados em 39 países do mundo, incluindo listas regionais para a África, Ásia, Austrália, Caribe, América Central, China, Europa, Índia, México, Oriente Médio, América do Sul, Pacífico Sul e Estados Unidos.

Esta é a segunda classificação positiva que o Museu Imperial recebeu em 2013 de veículos de grande importância na área de turismo e viagens. No início do ano, o Guia Quatro Rodas, principal publicação brasileira do gênero, classificou a instituição com a nota máxima de cinco estrelas. O Museu Imperial foi o único do estado do Rio de Janeiro e um dos oito do Brasil a receber a classificação.

Texto: Divulgação Museu Imperial

Prêmio Memória do Esporte Olímpico recebe inscrições até o dia 9 de maio

Os interessados em fazer inscrições para o Prêmio Ibram Memória do Esporte Olímpico têm até o dia 9 de maio para participar da seleção.

Realizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), o edital visa apoiar ações de divulgação, preservação e difusão de acervo.

Podem concorrer ao prêmio tanto pessoas físicas quanto pessoas jurídicas de direito público e privado sem fins lucrativos. Serão contempladas até 12 iniciativas de preservação da memória do esporte olímpico brasileiro, recebendo R$ 35 mil cada. Acesse o edital.

Para avaliação e seleção das propostas, a comissão responsável vai considerar os critérios “relevância do acervo para memória do esporte olímpico”, “plano de trabalho” e “representatividade brasileira em relação ao esporte olímpico”. As inscrições podem ser feitas gratuitamente pelo Sistema SalicWeb. Saiba mais sobre o Programa de Fomento aos Museus do Ibram.

Texto: Ascom/Ibram

 

Prêmio Memória do Esporte Olímpico: inscrições seguem até 9 de maio

As inscrições para o Prêmio Ibram Memória do Esporte Olímpico estão abertas e vão agora até as 23h30 do dia 9 de maio. O edital com a prorrogação do prazo foi divulgado nesta quinta-feira (21), no Diário Oficial da União.

Serão premiadas até 12 iniciativas de preservação da memória do esporte olímpico brasileiro, com R$ 35 mil cada. Podem concorrer ao prêmio tanto pessoas físicas quanto pessoas jurídicas de direito público e privado sem fins lucrativos. No total, serão destinados R$ 420 mil em prêmios.

Promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), o edital visa apoiar ações de divulgação, preservação e difusão de acervo. Para avaliação e seleção das propostas, a comissão responsável vai considerar os critérios “relevância do acervo para memória do esporte olímpico”, “plano de trabalho” e “representatividade brasileira em relação ao esporte olímpico”. As inscrições podem ser feitas gratuitamente, pelo Sistema SalicWeb.

Texto: Ascom/Ibram

Página 2 de 41234