Modernização do MCHA ampliará programação cultural em Alcântara (MA)

A equipe do Museu Casa Histórica de Alcântara (MCHA/Ibram), no Maranhão, reuniu-se hoje (7) com o prefeito de Alcântara, Anderson Wilker, com o objetivo de firmar parceria para fortalecer a programação cultural da cidade – a partir do projeto em andamento de ampliação do museu.

A Praça da Matriz

Cartão postal: o sobrado do MCHA integra o conjunto arquitetônico da Praça da Matriz de Alcântara

O projeto arquitetônico para o novo MCHA, situado em sobrado do final do século XVIII na Praça da Matriz de Alcântara (MA), prevê anexação do sobrado vizinho ao museu, criando áreas para exposições temporárias e permanentes, além de auditório, cafeteria e biblioteca. O projeto deve ser entregue no final deste ano.

A intenção do museu e da prefeitura é ampliar a oferta de atividades culturais para a população da região e visitantes, mantendo assim a vocação turística da histórica cidade maranhense – fundada por portugueses em 1648.

Ampliar a frequência de exposições de artes visuais, exibição de filmes, espetáculos e cursos livres são atividades propostas, além de criar mais espaço para a participação do museu nas temporadas nacionais de eventos organizadas pelo Ibram – Semana de Museus e Primavera dos Museus.

Texto e foto: MCHA/Divulgação
Edição: Ascom/Ibram

Edital de Fundo de Apoio à Cultura dos Museus é prorrogado no RS

A Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul (Sedac) prorrogou o prazo de inscrições para o edital de Fundo de Apoio à Cultura (FAC) dos Museus. A nova data de encerramento é dia 19 de fevereiro de 2013.

O edital tem por objeto a seleção de projetos de prefeituras para qualificar instituições museológicas que receberão financiamento do Pró-cultura RS Fundo de Apoio à Cultura – FAC. Podem participar instituições museológicas inscritas no Sistema Estadual de Museus e/ou no Sistema Brasileiro de Museus.

Serão apoiados com recursos financeiros os projetos que se destinem a um ou mais dos seguintes objetivos em unidades museológicas: realizar ações e estudos estratégicos para modernização da instituição; desenvolver e/ou manter programações culturais regulares; ampliar o acesso e a formação de público; preservar, conservar e/ou documentar acervos;realizar atividade editorial e/ou curatorial;capacitar funcionários e monitores; adaptar, reaparelhar e modernizar museus; adaptar espaços e serviços para acessibilidade; difundir, divulgar e promover a instituição e projetar e/ou executar obras de restauração das estruturas.

Leia o edital para mais informações.

Outras matérias relacionadas.