Página 6 de 9« Primeira...45678...Última »

5º Fórum Nacional de Museus discute conquistas e desafios para o setor

Começa na próxima semana, em Petrópolis (RJ), o 5º Fórum Nacional de Museus (FNM). O evento, que será realizado de 19 a 23 de novembro, no Sesc Quitandinha, reunirá profissionais, gestores, pesquisadores e estudantes ligados à área de museus e memória, além de interessados em geral, para discutir conquistas e desafios do setor para o próximo biênio.

Promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), autarquia vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), e pela Associação Brasileira de Museologia (ABM), o 5º FNM traz como tema 40 anos da Mesa Redonda de Santiago do Chile: entre o idealismo e a contemporaneidade.

A proposta é debater o legado da Mesa Redonda de Santiago do Chile, realizada pela Unesco em 1972, e considerada marco no campo da museologia, com repercussões sobre o papel dos museus como agentes de inclusão cultural, afirmação da identidade de grupos sociais, reconhecimento da diversidade e desenvolvimento econômico.

Programação
Diversas atividades estão previstas para os cinco dias do evento. A programação inclui conferências, painéis, comunicações coordenadas, minicursos, grupos de trabalho e reuniões temáticas, visitas a museus, além do encontro de representantes dos Pontos de Memória – programa apoiado pelo Ibram que objetiva reconstruir e fortalecer a memória social e coletiva de comunidades.

Ministra da Cultura participa de homenagem em Petrópolis dia 22

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, também tem participação confirmada no 5º FNM. Ela fará, na tarde do dia 22, pronunciamento ao público em homenagem aos 80 anos do curso de Museologia da UNIRIO, pioneiro no Brasil.

Durante o 5º Fórum Nacional de Museus irá acontecer ainda a eleição de entidades da sociedade civil, da área de museus e memória, que irão indicar representantes para o Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC). Saiba mais sobre a eleição.

Apresentações musicais, exposições, lançamentos de livros e outras atividades também estão incluídas na programação paralela do evento. A programação completa está disponível no blogue do 5º FNM.

Entenda o FNM
Com periodicidade bienal, o Fórum Nacional de Museus (FNM) é o principal evento do setor museal brasileiro e uma oportunidade para promover o intercâmbio de experiências.

O fórum tem como objetivo legitimar as ações da Política Nacional de Museus (PNM), consolidar os trabalhos do Sistema Brasileiro de Museus (SBM), estimular a criação de redes de informação entre os profissionais do setor, ampliar o intercâmbio entre os profissionais da área e entre os estudantes de museologia e áreas afins, além de divulgar os museus brasileiros.

As quatro primeiras edições do evento, realizadas em 2004, 2006, 2008 e 2010 nas cidades de Salvador (BA), Ouro Preto (MG), Florianópolis (SC) e Brasília (DF), respectivamente, tiveram papel essencial no processo de desenvolvimento e enraizamento social da Política Nacional de Museus, lançada pelo Ministério da Cultura em 2003.

O 5º Fórum Nacional de Museus conta com o apoio do Sesc Rio, da TAM, Infraero, Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, Ciência e Cultura (OEI) e Prefeitura de Petrópolis. O evento tem o patrocínio da Petrobras, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Divulgação MinC

Museu Palácio Rio Negro (RJ) recebe exposição Mulheres Guerreiras

A exposição itinerante Mulheres Guerreiras está em cartaz no Museu Palácio Rio Negro/Ibram, em Petrópolis (RJ), entre os dias 7 de novembro de 2012 a 31 de janeiro de 2013, e pode ser visitada gratuitamente de terça a sábado, incluindo feriados, das 10h às 17h.

O Museu de Favela (MUF), dentro da programação da V Primavera de Museus, em 2011, criou o Sarau das Mulheres Guerreiras das favelas do Cantagalo, Pavão, Pavãozinho, no qual doze mulheres foram agraciadas com o prêmio Mulheres Guerreiras, que passou a ser parte integrante do calendário da instituição. A exposição é extensão do prêmio, que teve como tema Mulheres, Museus e Memórias.

As entrevistas foram realizadas pela jornalista, pesquisadora de memórias e Diretora Social, Rita de Cássia Santos, com o apoio da Diretora Cultural Márcia Souza. A escolha e seleção das mulheres foram realizadas pelo Colegiado do Museu de Favela, integrado por moradores das três comunidades, indicando as mulheres a serem entrevistadas e selecionando as histórias que mais representam a memória coletiva daquele complexo de favelas. Saiba mais sobre a exposição no blogue do Museu Palácio Rio Negro.

Texto: Divulgação Museu da Favela

Encontro de Estudantes de Museologia integra programação paralela do 5º FNM

A quinta edição do Encontro Nacional dos Estudantes de Museologia (ENEMU) acontece na cidade de Petrópolis (RJ), entre 16 e 18 de novembro, como parte da programação paralela do 5º Fórum Nacional de Museus (FNM).

O tema do encontro será Museologia em Três Tempos: As trajetórias de um campo em (trans) formação. A programação inclui conferências, grupos de discussão, mesas redondas e minicurso. No último dia, também será realizada assembleia geral dos estudantes. Acesse a programação completa.

As inscrições prévias para ouvintes e comunicações foram encerradas no dia 31 de outubro. De acordo com a organização do ENEMU, durante o primeiro dia do evento estarão abertas inscrições para ouvintes. Mais informações no blogue do evento ou pelo e-mail venemu2012@gmail.com.

Texto: Ascom/Ibram

Teórico da museologia social, Hugues de Varine confirma presença no 5º FNM

Considerado uma das principais referências internacionais em atividade na área da Museologia, o escritor francês Hugues de Varine tem participação confirmada no 5º Fórum Nacional de Museus (FNM), que acontece de 19 a 23 de novembro, no SESC Quitandinha, em Petrópolis (RJ).

O 5º Fórum Nacional de Museus contará com mais duas conferências, além de oito minicursos, oito painéis e apresentação dos trabalhos inscritos para as comunicações coordenadas. Veja a programação completa.

Nova museologia
Varine, que é especialista em patrimônio e desenvolvimento local, e atua como consultor em vários países, vai proferir, no último dia do evento (23), conferência sobre o tema central do 5º FNM: os 40 anos da Mesa de Santiago do Chile – tema também do 6º Encontro Ibero-Americano de Museus, que acontece esta semana no Uruguai.

Formado pela Universidade de Paris, com pós-graduação em História e Arqueologia, Hugues de Varine foi diretor do Conselho Internacional de Museus (ICOM) e despontou como um dos principais teóricos da chamada “Nova Museologia”, que deu outra dimensão à função social dos museus, dando o tom da Mesa de Santiago em 1972.

Criador do conceito de “Ecomuseu”, Varine é autor de A cultura dos outros (1976); A iniciativa comunitária (1992); Cidade, cultura e desenvolvimento (1995); e As raízes do futuro (2002). Para o lançamento da edição brasileira deste último, esteve no Brasil em junho deste ano.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Divulgação

Casa Cláudio de Souza tem programação dedicada ao aniversário do escritor

No dia 20 de outubro, a Casa de Cláudio de Souza do Museu Imperial, que integra a rede de museus Ibram/MinC, comemora os 136 anos de nascimento de seu titular, o escritor e teatrólogo Cláudio de Souza, com uma série de atividades gratuitas, a partir das 18h, em Petrópolis (RJ).

A celebração começa com o lançamento do projeto Conhecendo Cláudio de Souza. A iniciativa tem como objetivo divulgar a vida e a obra do autor, que, apesar de sua importância para a literatura e o teatro brasileiros, ainda é pouco conhecido pelo grande público.

Durante a solenidade, acontece a sua primeira edição, com o lançamento do vídeo Cláudio de Souza que eu conheci. A partir de novembro, o projeto acontecerá regularmente, com exibições de vídeo, visitas guiadas, palestras e outras ações.

Cooperação e dramaturgia
Em seguida, o Museu Imperial assinará um termo de cooperação com o Pen Clube do Brasil, entidade fundada por Cláudio de Souza em 1936. O documento prevê ações conjuntas para pesquisa e divulgação sobre a obra do escritor. Durante a solenidade serão anunciadas doações que a entidade fará ao Museu Imperial/Ibram, incluindo livros e objetos de Cláudio de Souza.

Por fim, acontecerá o lançamento do livro O esplendor da comédia e o esboço das ideias: dramaturgia brasileira dos anos 1910 a 1930, publicado pela Funarte. A obra reúne dez textos que traçam um painel da sociedade brasileira naquele período por meio da dramaturgia. Entre os artistas abordados, encontra-se Cláudio de Souza. Saiba mais visitando a página do Museu Imperial.

Texto: Divulgação Museu Imperial
Edição: Ascom/Ibram

 

5º Fórum Nacional de Museus abre inscrições para edição em Petrópolis (RJ)

Estão abertas a partir desta quinta-feira (11), as inscrições para o 5º Fórum Nacional de Museus (FNM), que será realizado entre os dias 19 e 23 de novembro, no Sesc Quitandinha, em Petrópolis (RJ). Interessados em participar podem se inscrever na página do FNM.

A programação será composta por mini-cursos, painéis, conferências, comunicações coordenadas e encontro de pontos de memória, além de eventos paralelos. O evento será encerrado com plenária final dos grupos de trabalho. Confira a programação completa.

Com periodicidade bienal, o Fórum Nacional de Museus é o principal evento do setor museal brasileiro e uma oportunidade para promover o intercâmbio de experiências entre profissionais, acadêmicos e estudantes de Museologia e áreas afins.

O tema deste ano será 40 anos da Mesa-Redonda de Santiago do Chile: entre o idealismo e a contemporaneidade. A ideia é discutir e consolidar as ações da Política Nacional de Museus como propulsoras da inclusão social, da cidadania cultural e da valorização do patrimônio cultural brasileiro.

O 5º Fórum Nacional de Museus é uma realização conjunta do Ibram e da Associação Brasileira de Museologia (ABM), e conta com o apoio do Sesc Rio. As inscrições para envio de trabalhos já foram encerradas.

Conselho Nacional de Políticas Culturais
Durante o 5º Fórum Nacional de Museus, irá acontecer também a eleição para escolha do representante da sociedade civil da área de museus que vai compor o plenário do Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC).

O CNPC é o órgão colegiado, integrante da estrutura do Ministério da Cultura (MinC) que tem por finalidade propor a formulação de políticas públicas, com o propósito de promover a articulação e o debate do governo e da sociedade civil organizada para o desenvolvimento e fomento das atividades culturais no território nacional. Saiba mais sobre o CNPC.

Texto: Ascom/Ibram

5º Fórum Nacional de Museus será realizado em Petrópolis (RJ)

O 5º Fórum Nacional de Museus será realizado entre 19 e 23 de novembro no Sesc Quitandinha, em Petrópolis (RJ), conforme anunciado nesta quarta-feira (12) pela diretora de Difusão Fomento e Economia dos Museus do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), Eneida Braga, e pelo presidente da Associação Brasileira de Museologia (ABM), Antonio Carlos Vieira.  O tema deste ano será: 40 anos da Mesa-Redonda de Santiago do Chile: entre o idealismo e a contemporaneidade.

Com periodicidade bienal, o Fórum Nacional de Museus é o principal evento do setor museal brasileiro e uma oportunidade para promover o intercâmbio de experiências entre profissionais de museus, museólogos, historiadores, antropólogos, arqueólogos, educadores, professores, secretários estaduais e municipais de cultura, agentes culturais, estudantes e demais interessados.

A programação básica desse evento de cinco dias será composta por conferências, painéis, mini-cursos, apresentações de trabalho (apresentações orais e pôsteres), reuniões de grupos de trabalhos temáticos, lançamento de publicações e exposições, além de uma programação paralela para acolher a agenda do campo museal.

O 5ª Fórum Nacional de Museus pretende discutir e consolidar as ações da Política Nacional de Museus como propulsoras da inclusão social, da cidadania cultural e da valorização do patrimônio cultural brasileiro.

No Brasil, há mais de 3 mil unidades museológicas de tamanhos e tipologias diversas. Empregam 22.500 pessoas e recebem aproximadamente 80 milhões de visitantes por ano.

Museu Imperial assina parceria com corais da cidade de Petrópolis (RJ)

O Museu Imperial/Ibram e o Segmento de Canto Coral de Petrópolis (RJ) assinaram um termo de parceria visando ao desenvolvimento e à difusão de uma importante parte da cultura da cidade.

Acordo vai ampliar presença do canto coral no Museu Imperial

“Com essa parceria, o museu disponibiliza seus espaços para criar condições para a plena manifestação dos corais da cidade. Assim, também continuamos a tradição musical desta casa, começada pela família imperial no século XIX”, afirmou o diretor do Museu Imperial, Maurício Vicente Ferreira Jr., abrindo a cerimônia no dia 28 de agosto.

Leonardo Randolfo, representante do Segmento de Canto Coral no Conselho Municipal de Cultura, também enfatizou a relevância da parceria. “Estamos fazendo história. O Museu Imperial é uma das instituições culturais mais importantes de Petrópolis. É muito interessante que o Museu e a Casa de Cláudio de Souza tenham seus espaços preenchidos com corais. A cidade ganha em democratização da cultura”, afirmou.

A parceria já rendeu frutos e resultou no 1º Festival de Canto Coral do Museu Imperial, que terá apresentações no Museu e na Casa de Cláudio de Souza em setembro e outubro.
A programação completa, assim como outras informações, ficam disponíveis na página do Museu Imperial.

Texto e foto: Divulgação Museu Imperial

Pesquisadores do Museu Imperial fazem palestra sobre viagens de d.Pedro II

Pesquisadores da equipe do Arquivo Histórico do Museu Imperial/Ibram são os próximos convidados do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC/MCTI) para o ciclo de palestras Fique por Dentro. No dia 3 de julho, às 19h, eles falarão ao público sobre as Viagens do Imperador D. Pedro II pelo Brasil e Mundo.

A palestra abordará essas viagens a partir de registros deixados pelo próprio imperador em diários e correspondências, além de notícias de jornais da época, relatórios de despesas e outros documentos. Toda essa documentação faz parte do Conjunto documental relativo às viagens do Imperador d. Pedro II pelo Brasil e pelo mundo, formado após uma intensa pesquisa da equipe.

O conjunto documental recebeu, em 2010, o Registro Nacional do Programa Memória do Mundo, concedido pela UNESCO, e, em 2012, concorre ao Registro Internacional do mesmo programa, cujo resultado será divulgado em 2013. A documentação é de importância não só para a biografia de d. Pedro II, mas, sobretudo, para a pesquisa da história do país e do contexto social, cultural e político internacional da segunda metade do século XIX.

A palestra, que será no auditório do LNCC, contará com Alessandra Bettencourt Figueiredo Fráguas, Thais Cardoso Martins e Athos Barbosa da Silva, da equipe do Arquivo Histórico do Museu. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo e-mail eventos@lncc.br ou pelos telefones (24) 2233-6101/6039. O LNCC fica na Avenida Getúlio Vargas, 333, Quitandinha, Petrópolis. Saiba mais.

Texto e imagem: Divulgação Museu Imperial

Museu Imperial abre inscrições para oficinas realizadas durante Rio +20

O Museu Imperial/Ibram preparou uma programação especial para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, Rio +20, que acontece no Rio de Janeiro de 13 a 22 de junho. Entre as atividades, estará Em torno da floresta – exposição, instalação, oficinas, coordenada pela artista plástica, arquiteta e ambientalista Vera Patury.

De 11 a 15 de junho acontecem as oficinas em que crianças e adultos criarão obras de arte coletivas. Haverá teares e sisais à disposição dos participantes, que serão convidados a “tecer a Mata Atlântica”. Inserido no conceito de “work in progress”, o projeto propõe que cada um continue a obra iniciada pelo outro.

A participação é gratuita, mediante agendamento prévio, com limite de 30 vagas por turma. As oficinas para o público geral acontecerão de segunda a sexta, às 11h, e as inscrições podem ser feitas aqui  até 3 de junho. Já as oficinas para escolas serão nos mesmos dias às 13h30 e às 15h, com inscrições pelo telefone (24) 2245-7735.

No sábado seguinte, 16 de junho, às 16h, será inaugurada uma exposição com os trabalhos realizados ao longo das oficinas. A mostra ficará em cartaz até 29 de julho no Pátio da Locomotiva do Museu Imperial. Saiba mais.

Texto e foto: Divulgação Museu Imperial

Página 6 de 9« Primeira...45678...Última »