Página 1 de 912345...Última »

Museus Ibram em Petrópolis (RJ) ampliam horário de funcionamento

Museu Imperial (RJ)

Museu Imperial tem novos horários de bilheteria e visitação

O Museu Imperial e o Palácio Rio Negro, unidades museológicas do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) em Petrópolis (RJ), estão com novos horários de funcionamento a partir deste início de ano. O objetivo é atender o crescente número de visitantes.

No Museu Imperial, o público pode adquirir os ingressos das 10h às 17h. Já o horário de visitação ao museu acontece agora das 10h30 às 18h, de terça a domingo.

O jardim do museu continua a funcionar de terça a domingo, das 8h às 18h, com entrada franca. Os valores de entrada no museu seguem inalterados. Saiba mais.

Antiga residência de verão do imperador d. Pedro II (1825-1891), o Museu Imperial recebeu mais de 370 mil visitantes em 2017. Além da exposição permanente, o museu está com a exposição temporária Delicado Cotidiano em cartaz. Faça uma visita interativa ao museu.

Novidades no Rio Negro
Já o Palácio Rio Negro espera ampliar o número de visitantes, foram mais de 57 mil no ano passado, ao funcionar agora das 10h às 18h, de terça a domingo. “O principal motivo do novo horário é mesmo atender ao visitantes que chegavam após às 17 horas e não conseguiam conhecer o museu por já estar fechado”, reforça Daniel Martinez, técnico em Assuntos Culturais do Palácio Rio Negro. A entrada é gratuita.

O espaço de toalete de Vargas está agora aberto ao público

O espaço de toalete de Vargas está agora aberto ao público no Palácio Rio Negro

O palácio foi residência oficial de verão de presidentes da República como Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek e João Goulart, sendo administrado pelo Museu da República/Ibram.

Após recente obra de requalificação da rede elétrica, que “possibilitou o pleno funcionamento do museu”, afirma Martinez, foi aberta a exposição de longa duração Histórias do Palácio Rio Negro.

Nela, dois quartos com móveis originais do presidente Getúlio Vargas (1882-1954) foram montados no segundo piso. Também foi aberta para visitação a banheira, ou piscina privativa, de Vargas.

O espaço de toalete, segundo informa o Museu da República, não era conhecido, por exemplo, pela filha de Juscelino Kubitschek (1902-1976), Marcia, no período em que seu pai foi presidente do país e utilizou-se do palácio.

Texto: Ascom/Ibram
Fotos: Museus Ibram/Divulgação

Museu Imperial recebe Festa Literária da Serra Imperial até sábado (2)

Acontece até sábado (2) em Petrópolis, no Rio de Janeiro, a Festa Literária da Serra Imperial, que reúne personalidades da vida literária brasileira, com o objetivo de valorizar o livro como um dos agentes primordiais do desenvolvimento cultural do nosso país.

O evento, organizado pelo Instituto Oldemburg de Desenvolvimento, em parceria com a Fundação Cesgranrio, o Museu Imperial, o Centro Cultural Raul de Leoni e a Casa de Educação Visconde de Mauá acontece em diversos locais da cidade de Petrópolis, entre eles, o Museu
Imperial.

Este ano o grande homenageado da Festa é Machado de Assis, fundador da Academia Brasileira de Letras, que comemora 120 anos de existência. Além de palestra, será apresentada uma exposição de fotos do acervo da Biblioteca Nacional associadas a poesias do grande escritor. Outro homenageado é Antonio Callado, com a exposição Quarup, que revive o mágico romance sobre os índios do Xingu.

A FLISI 2017, por meio de oficinas literárias para crianças e jovens, também homenageará o educador Paulo Freire, que revolucionou a pedagogia com seu método de despertar a consciência crítica dos alunos.

A programação vai desde exposições e visitas mediadas ao Museu Imperial a exibição de filmes e mesas-redondas. Também acontecem lançamentos de livros e palestras. A programação completa está disponível aqui.

Palácio Rio Negro reabre ao público em Petrópolis com nova exposição

Palacio Rio Negro_fachada

Fachada do Palácio Rio Negro em Petrópolis (RJ)

O Palácio Rio Negro/Ibram, em Petrópolis (RJ), recebeu obras de requalificação e reabre ao público nesta sexta-feira (12), com a exposição Histórias do Palácio Rio Negro.

A mostra reúne painéis com fotos e textos sobre as diversas fases do palácio, acontecimentos e personagens que transitaram pelas suas salas e corredores. Histórias vivenciadas antes da construção pertencer ao Governo Federal e se tornar a residência de verão oficial dos presidentes do Brasil até os dias de hoje.

Outro destaque é a abertura, pela primeira vez, do quarto que foi ocupado por Getúlio Vargas (1882-1954). Os móveis originais, que estavam na reserva técnica do Museu da República, unidade do Ibram que administra o palácio, estão agora à vista do público.

A obra de requalificação da infraestrutura elétrica foi realizada no interior e no exterior do palácio e incluiu, entre outras melhorias, instalação de eletrocalhas, equipamentos para a antiga casa de geradores, para-raios e iluminação da fachada – destacando os detalhes da arquitetura.

O projeto foi realizado pelo Instituto Cultural Cidade Viva (ICCV) em parceria com o Palácio Rio Negro e Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) – com o patrocínio da Petrobras.

O Palácio Rio Negro
O palácio foi construído em estilo eclético em 1889 por encomenda do produtor de café Manoel Gomes de Carvalho, o Barão de Rio Negro,  que ocupou a propriedade até 1894. Em 1896, por causa da Revolta da Armada, o governo fluminense é transferido para Petrópolis e ocupa o palácio até 1903, ano em que passa a pertencer ao Governo Federal, transformando-se em residência oficial de veraneio dos presidentes da República.

O palácio, localizado na Av. Koeller, 255 – Centro, pode ser visitado de terça-feira a domingo, incluindo feriados, das 10h às 17h. Mais informações pelo telefone (24) 2246.2423.

Texto e foto: Divulgação Palácio Rio Negro
Edição: Ascom/Ibram

Biblioteca infantil do Museu Imperial traz ampla programação em março

Durante o mês de março, a Biblioteca Rocambole do Museu Imperial/Ibram, em Petrópolis (RJ), programou leituras para comemorar o aniversário da escritora Ruth Rocha, o Dia Nacional da Música Clássica, o Dia dos Animais, o Dia do Circo e o Dia Mundial da Água.

Nos dias 7 e 8, das 14h às 15h, para homenagear o Dia Nacional da Música Clássica, a hora do conto será do livro Bach, de Ann Rachlin, que faz parte da coleção Crianças Famosas.

Atividade de leitura na Biblioteca Rocambole do Museu Imperial

Atividade de leitura para crianças na Biblioteca Rocambole do Museu Imperial

O livro A família de Marcelo, de Ruth Rocha, será lido no dia 9 de março, das 14h às 15h, em comemoração ao aniversário da autora. Nos dias 14 e 15, das 14h às 15h, para homenagear o Dia dos Animais, a hora do conto será com o livro Jardim Zoilógico , de Carlos Pimentel.

O Dia Mundial da Água será homenageado nos dias 21 e 22, das 14h às 15h, através do livro De olho na água, de Regina Lucia Pires Nemer.

No dia 23 de março será a vez do livro O tamborim dá seu espetáculo, de Virginie Guérin. A hora do conto será das 14h às 15h, em homenagem ao Dia do Circo. Já O porco, de Bia Hetzel, será a história contada nos dias 28 e 29, das 14h às 15h.

Para finalizar a programação do mês de março, no dia 30, também para homenagear o Dia dos Animais, a contação será do livro Tigre em cima da árvore, de Anushka Ravishankar.

Todas as leituras são seguidas de atividades complementares – como oficinas criativas, exploração de livros, jogos e fantoches do acervo da Biblioteca Rocambole

As atividades são gratuitas e destinadas a grupos escolares previamente agendados junto ao setor de Educação do Museu Imperial pelo telefone (24) 2233.0345, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h.

O Museu Imperial localiza-se à Rua da Imperatriz, 220 – Petrópolis (RJ). Saiba mais sobre a Biblioteca Rocambole e o Museu Imperial.

Texto e imagem: Museu Imperial/Divulgação
Edição: Ascom/Ibram

Museus têm horário de funcionamento alterado durante o Carnaval

O carnaval começa daqui uma semana e, como muitos museus ficam em locais de folia, eles podem ter seus horários alterados.

Por isso, é importante que o visitante se certifique junto ao museu de interesse, como será o funcionamento de cada instituição no feriado.

Em Petrópolis (RJ), o Museu Imperial/Ibram abrirá excepcionalmente na segunda-feira de carnaval, dia 27 de fevereiro, fechando para manutenção na quarta-feira de cinzas, dia 1º de março.

O Palácio Rio Negro/Ibram, também na cidade, poderá ser visitado durante o período. O museu funciona diariamente de 10h às 17h e permanece fechado para manutenção na segunda-feira (27).

Durante o carnaval, a programação do Museu Imperial será oferecida normalmente. A visitação poderá ser realizada das 11h às 18h nos dias 25, 26, 27 e 28. A dramatização “Um Sarau Imperial” poderá ser vista sexta e sábado, às 18h30min, e o espetáculo “Som e Luz”, como de costume, será exibido sexta e sábado, às 20h.

Na capital fluminense, o Museu Nacional de Belas Artes/Ibram  fechará às 14h do dia 24 de fevereiro e retorna suas atividades no dia 2 de março. Já o Museu Histórico Nacional/Ibram não abre no dia 24 e também só volta a funcionar no dia 2 de março.

Em São Paulo, o Museu Lasar Segall/Ibram suspenderá suas atividades entre os dias 25  e 28 de fevereiro, reabrindo ao público no dia 1º de março a partir das 14h. Também ficará fechado no período, o Museu Regional de São João del-Rei/Ibram (MG), que retorna suas atividades normais no dia 2 de março.

Em Ouro Preto (MG), o Museu da Inconfidência/Ibram funcionará normalmente, das 10 às 18h, no sábado, 25 de fevereiro, e na quarta-feira de Cinzas (1º/03). No domingo (26/02), abrirá em horário especial, das 8 às 14h. Não haverá visitação na segunda (27/02) e na terça-feira (28/02) de Carnaval.

Aqui você encontra a relação de todos os museus brasileiros mapeados pelo Ibram, com endereço e contatos.

 

Última atualização em 22/02/2017 às 10h10.

Museus da rede Ibram celebram Consciência Negra no RJ e PE

O dia 20 de novembro é celebrado no Brasil como o Dia da Consciência Negra. Provável data da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, o objetivo é ampliar a reflexão sobre a presença do negro e de sua cultura na sociedade brasileira. Com essa perspectiva, dois museus da rede do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) organizam atividades que marcam a data.

Casa_ClaudioSouza_Imperial

Casa de Cláudio de Souza/Museu Imperial em Petrópolis (RJ)

Em Petrópolis (RJ), a Casa de Cláudio de Souza, que integra o Museu Imperial, realiza no dia 21, a partir das 17h,  apresentações de dança afro e uma série de palestras sobre cultura, saúde e estética.

Reflexões quanto ao Dia da Consciência Negra; Quebrando os mitos quanto as doenças que afeta a população negra; A mídia e o negro como protagonista; A contação de história afro brasileiras nas séries iniciais e a formação da identidade; O que carrego na cabeça; Fundamentação sobre os penteados nagos e a Beleza da mulher negra são os temas abordados pelos palestrantes.

As atividades são gratuitas. A Casa de Cláudio de Souza fica na Praça da Liberdade, 247 – Centro de Petrópolis. Outras informações pelo telefone (24) 2231.5156.

Novembro Negro
Em Recife (PE), O Museu da Abolição segue com uma programação que teve início em 6 de novembro – batizada de Novembro Negro.

No dia 24 o destaque será o encontro de formação, para professores e alunos, sobre a Lei 10.639/03, que incluiu no currículo escolar oficial o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira. No dia 26, acontece o lançamento do livro Arraial Novo de Canudos, de Rodrigo Capibe,  com apresentação de afoxé e de xirê. Saiba mais sobre o Museu da Abolição.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Museu Imperial/Divulgação

Marcelo Araujo realiza visitas técnicas a museus Ibram no Rio de Janeiro

O Presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Marcelo Araujo está em viagem ao Rio de Janeiro, onde realiza visitas técnicas ao Museu Casa de Benjamin Constant, no Rio, e aos museus Imperial e Palácio Rio Negro, em Petrópolis, e se reúne com os diretores e equipes das instituições.

Marcelo Araujo em visita, hoje pela manhã, ao Museu Casa de Benjamin Constant, no bairro de Santa Teresa (Rio)

Para Araujo, é fundamental conhecer de perto a realidade dos museus que integram a rede Ibram e pensar o instituto como uma “equipe única e integrada”, capaz de desenvolver projetos transversais.

“Busco uma gestão mais próxima e forte entre as equipes. Essas visitas são importantes para conhecer de perto e conversar com os servidores de cada museu”, acredita o presidente do Ibram.

Esta é a segunda viagem de Marcelo Araujo aos museus federais da rede após assumir a presidência do Ibram.

No mês passado, ele esteve em Minas Gerais, onde conheceu e conversou com os servidores do Museu do Ouro, em Sabará, Museu Regional de Caeté e Museu da Inconfidência, em Ouro Preto.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Museu Casa de Benjamin Constant/Divulgação

Biblioteca Rocambole tem programação especial para o mês das crianças

A Biblioteca Rocambole, do Museu Imperial/Ibram, em Petrópolis, preparou uma programação especial para o mês de outubro. Nos dias 4 e 5, das 14h às 15h, a hora do conto irá homenagear o Dia Mundial dos Animais com a contação do livro “Abraço de urso”, de Cláudia Cotes, em seguida haverá exploração de livros e fantoches da Biblioteca Rocambole.

No dia 6 de outubro, o Dia do Pintor será lembrado. Das 14h às 15h, será contada a história de “Michelangelo”, de Tony Hart. Posteriormente haverá oficina criativa.

No dia 11, das 14h às 15h, em comemoração ao Dia das Crianças, será a vez de “As crianças vão ficar doidas!”, de Tino Freitas, logo depois haverá interação com jogos e fantoches da Biblioteca Rocambole.  Em 13 de outubro, a comemoração do Dia das Crianças continua das 14h às 15h. A leitura dessa vez será do livro “Toda criança gosta…”, de Bia Hetzel e Mariana Massarani. Posteriormente será proposta uma oficina criativa sobre o tema.

As atividades continuam ao longo do mês e a programação completa pode ser encontrada aqui.

A Biblioteca Rocambole funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 12h, para leitura espontânea, consultas e empréstimos. Na parte da tarde, o espaço abre as portas para as atividades escolares agendadas através do telefone (24) 2233-0345, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 18h.

Museu Imperial tem novo horário de funcionamento para escolas

A partir do dia 1° de março, o Museu Imperial/Ibram ampliará o atendimento a grupos escolares, passando a recebê-los a partir das 10h. A mudança no horário visa atender aos estudantes do turno da manhã e será mantida até o mês de dezembro.

O Museu Imperial oferece visitas mediadas e outros projetos educativos a escolas públicas e privadas gratuitamente. Somente em 2015, o Setor de Educação do museu ofereceu 66.341 visitas monitoradas a alunos e professores. As visitas devem ser agendadas previamente junto ao Setor de Educação, de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 12h30 às 17h30, através do telefone (24) 2233-0345. Saiba mais

Museu Imperial oferece visita guiada nas férias

Museu ImperialComeçou no sábado (02) e segue até o dia 27 de fevereiro, as visitas guiadas oferecidas durante as férias pelo Setor de Educação do Museu Imperial/Ibram, em Petrópolis. As visitas acontecerão de terça a sábado nos horários de 11h20, 12 horas, 12h30, 13 horas, 13h30, 14 horas, 14h30, 15 horas e 15h30. Em cada horário será formado apenas um grupo, que será acompanhado por uma educadora treinada pelo museu.

As visitas guiadas são opcionais, cabendo ao visitante optar por realizá-la individualmente ou em grupo. Caso tenha interesse, o participante deverá adquirir o ingresso na bilheteria do Museu e dirigir-se ao saguão de entrada, onde será formado o grupo. Não será cobrado valor adicional pelo serviço de monitoria.

 

Página 1 de 912345...Última »