Página 2 de 41234

Ibram abre pesquisa da 13ª Semana de Museus para instituições participantes

A pesquisa sobre a 13ª Semana de Museus começa a ser aplicada nesta segunda-feira (25). O questionário se encontra na página do Ibram e os museus participantes da temporada nacional de eventos têm até o dia 30 de junho para o preenchimento.

O levantamento tem como objetivo entender melhor os museus participantes, as características e potencialidades das atividades, a relação com agentes da economia local e o envolvimento da comunidade na participação da Semana. Dessa forma, o retrato dos museus brasileiros é percebido com maior precisão, o que facilita tanto a avaliação como elaboração e execução das próximas edições.

A Semana de Museus é uma ação de promoção e divulgação dos museus brasileiros coordenada pelo Ibram  e que acontece anualmente em todo o território nacional em comemoração ao Dia Internacional de Museus (18 de maio). O esforço desenvolvido pelo Ibram e a adesão intensiva de cada instituição museal ao longo dos anos promovem o sucesso da ação, que cada vez mais conquista resultados positivos.

A Pesquisa da Semana de Museus está em sua 4ª edição. Acesse os resultados dos levantamentos anteriores.

Museus têm até 30 de abril para enviar dados de visitação 2014 ao Ibram

O Instituto Brasileiro de Museus recebe até o dia 30 de abril, o  Formulário de Visitação Anual (FAV) dos museus. A pesquisa é destinada a colher dados confiáveis e abrangentes sobre o a frequência de público aos museus brasileiros e faz parte do projeto Museus&Público: Contagem.

Bastante simplificado, o formulário pede que sejam informados apenas o total de visitantes no ano referência e a técnica de contagem de público utilizada, além de informações básicas sobre a instituição e o responsável pelo preenchimento.

Previstos pelo do Decreto 8.124/2013, a coleta e o envio ao Ibram de dados anuais sobre visitação são considerados estratégicos para o desenvolvimento do setor de museus. Mais do que aferir o fluxo de visitação, a contagem de público pode indicar a necessidade de adequação dos serviços oferecidos e a ampliação da ação educativa, entre outras possibilidades.

A contagem de público é também essencial para o acompanhamento e o monitoramento de diretrizes, estratégias, ações e metas estabelecidas em políticas públicas, como as que constam no Plano Nacional de Cultura, Estatuto dos Museus e Plano Nacional Setorial de Museus. Confira mais informações sobre o projeto Museus & Púbico: Contagem, incluindo fôlderes explicativos e vídeo sobre o tema.

Semana de Museus 2014 dobrou o público nos museus participantes

Realizada entre os dias 12 e 18 de maio de 2014, a 12ª edição da Semana de Museus teve um aumento de público de 103% – ponto alto dos resultados de pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

Atividade no Museu Casa da Hera/Ibram, em Vassouras (RJ), durante a 12ª Semana de Museus

Atividade no Museu Casa da Hera/Ibram, em Vassouras (RJ), durante a 12ª Semana de Museus

De acordo com o estudo realizado pela coordenação de Estudos Socioeconômicos do Ibram, elaborado a partir de amostragem de 584 das 1.337 instituições participantes, a Semana de Museus 2014, que teve como tema Museus: coleções criam conexões, também foi responsável por um aumento de 24,2% na visitação com relação ao mês anterior à ação.

A contratação de profissionais para a realização de atividades também foi expressiva: a pesquisa revela que 1.149 profissionais foram contratados pelas instituições participantes no período, entre monitores, palestrantes, músicos, educadores e outros.

Cerca de R$ 500 mil foram investidos em gastos específicos para a 12ª Semana de Museus, como locação de espaços e equipamentos, transporte, alimentação e montagem de exposição.

Aumento de receita
Por outro lado, os resultados da pesquisa também apontam um ganho considerável de receita durante a temporada de eventos. Além dos aportes públicos das três esferas de governo, patrocínio e doações, os museus arrecadaram cerca de R$ 450 mil no período, em ingressos, lojas, serviços, restaurantes etc.

Também foi observado um expressivo aumento de parcerias sem custo realizadas entre museus e agentes que lidam direta ou indiretamente com cultura. As prefeituras municipais foram as principais parceiras dos museus: cerca de 30% deles firmaram esse tipo de acordo.

Cartaz da Semana de Museus 2015: sustentabilidade em pauta

Cartaz da Semana de Museus 2015: sustentabilidade em pauta

Outra parceria bastante significativa ocorreu entre os museus e agentes culturais que, em troca da experiência promovida pela ação, trabalham voluntariamente auxiliando os museus na realização de sua programação. Em 2014, a Semana de Museus mobilizou cerca de três mil voluntários.

O aumento de visibilidade e o fortalecimento da imagem dos museus durante esse período também favoreceram mais uma vez a realização de obras, tais como construção de novos espaços, reformas, ampliações, melhorias na sinalização e adaptações na área de acessibilidade.

Em 2014, segundo a pesquisa, foram investidos R$ 94 mil em gastos estruturais apenas em função da 12ª Semana Nacional de Museus. Confira a pesquisa na íntegra.

Inscrições abertas
As inscrições para a 13ª edição da Semana de Museus, que acontecerá entre os dias 18 e 24 de maio com o tema Museus para uma sociedade sustentável, seguem abertas até o dia 22 de fevereiro na página de eventos do Ibram.

Exposições, oficinas, espetáculos musicais, de teatro e de dança, seminários, mesas-redondas, visitas guiadas e exibições de filmes são exemplos de atividades que podem ser inscritas. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Museu Casa da Hera/divulgação

Mais de mil museus brasileiros responderam à PAM 2014

Encerrada no dia 12 de janeiro, a Pesquisa Anual de Museus (PAM) 2014, iniciativa do Cadastro Nacional de Museus (CNM), recebeu mais de mil respostas de instituições museológicas de todo o Brasil.

MuseuRepublica_RJ

O Museu da República, no Rio de Janeiro, foi um dos que respondeu à PAM 2014

A nova pesquisa, que agora dá início a séries históricas, se propõe a traçar um diagnóstico detalhado do setor museal brasileiro, trazendo dados sobre acessibilidade, acervo museológico, gestão de pessoas, orçamento, dentre outros aspectos.

“Os dados coletados encontram-se agora em fase de avaliação pela equipe do CNM. Ainda neste semestre será divulgado um boletim analítico com os resultados da pesquisa”, explica Karla Uzêda, coordenadora de Produção e Análise da Informação do Instituto Brasileiro de Museus, sobre os próximos passos.

A PAM é um instrumento fundamental para o estabelecimento de metas e indicadores para o setor museal brasileiro, bem como para acompanhamento, monitoramento e desenvolvimento de políticas públicas. Saiba mais.

Museus e público
“Você sabe quantas pessoas visitam um museu?” Essa é a pergunta-chave da próxima pesquisa voltada aos museus do país a ser lançada pelo CNM no dia 2 de fevereiro.

O projeto “Museus & Público – Contagem” será um instrumento para os museus informarem seu quantitativo de visitação anual, de forma padronizada e organizada, por meio do Formulário de Visitação Anual (FVA).

“Mais do que servir como dado para confirmar o fluxo de visitação, a contagem de público pode, dependendo da técnica adotada, indicar as exposições de maior público, a necessidade de adequação dos serviços oferecidos ou a ampliação da ação educativa, por exemplo”, reforça Karla Uzêda.

Os museus terão de 2 de fevereiro a 30 de abril de 2015 para colocarem seus dados de visitação no formulário que ficará disponível online na página do Ibram. Assista vídeo explicativo, desenvolvido pelo CNM, para entender mais.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Banco de Imagens Ibram

Pesquisa da 12ª Semana de Museus prorrogada até 30 de junho

Os museus participantes da 12ª Semana de Museus agora têm um prazo maior para responder ao questionário sobre a temporada de eventos. O Ibram prorrogou a pesquisa até o dia 30 de junho.

O preenchimento do questionário é simples e pode ser feito em mais de um acesso. Basta salvar as respostas e continuar o preenchimento depois, sem perder os dados. O formulário está disponível aqui.

O levantamento tem como objetivo entender melhor os museus participantes, as características e potencialidades das atividades, a relação com agentes da economia local e o envolvimento da comunidade na participação da Semana. Dessa forma, o retrato dos museus brasileiros é percebido com maior precisão, o que facilita tanto a avaliação como elaboração e execução das próximas edições.

A Semana de Museus é uma ação de promoção e divulgação dos museus brasileiros coordenada pelo Ibram  e que acontece anualmente em todo o território nacional em comemoração ao Dia Internacional de Museus (18 de maio). O esforço desenvolvido pelo Ibram e a adesão intensiva de cada instituição museal ao longo dos anos promovem o sucesso da ação, que cada vez mais conquista resultados positivos.

A Pesquisa da Semana de Museus está em sua 3ª edição. Acesse os resultados dos levantamentos anteriores.

Questionário de pesquisa da 12ª Semana de Museus já está disponível

A pesquisa sobre a 12ª Semana de Museus começa a ser aplicada nesta segunda-feira (12). Os museus participantes da temporada nacional de eventos podem preencher o questionário até o dia 16 de junho.

O levantamento tem como objetivo entender melhor os museus participantes, as características e potencialidades das atividades, a relação com agentes da economia local e o envolvimento da comunidade na participação da Semana. Dessa forma, o retrato dos museus brasileiros é percebido com maior precisão, o que facilita tanto a avaliação como elaboração e execução das próximas edições.

A Semana de Museus é uma ação de promoção e divulgação dos museus brasileiros coordenada pelo Ibram  e que acontece anualmente em todo o território nacional em comemoração ao Dia Internacional de Museus (18 de maio). O esforço desenvolvido pelo Ibram e a adesão intensiva de cada instituição museal ao longo dos anos promovem o sucesso da ação, que cada vez mais conquista resultados positivos.

A Pesquisa da Semana de Museus está em sua 3ª edição. Acesse os resultados dos levantamentos anteriores.

Texto: Ascom/Ibram
Última atualização: 14.5.2014

Agilidade: CNM terá nova plataforma até o final do ano

A Coordenação de Produção e Análise da Informação do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) promete novidades para o Cadastro Nacional de Museus (CNM) em 2014.

De acordo com a coordenadora, Karla Uzêda, uma nova plataforma tecnológica está sendo criada com o objetivo de possibilitar, entre outros recursos, a comparabilidade com a base de municípios do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e a atualização de informações pelos próprios museus.

Além disso, ela constituirá uma base única de informações no Ibram, evitando a repetição da solicitação das mesmas informações aos museus por diferentes áreas do instituto.

Um novo instrumento de pesquisa também está sendo desenvolvido pela equipe do CNM, para a realização de nova coleta de dados. O novo questionário irá conter 11 blocos de informações sobre gestão, caracterização física, acervo, exposições, atividades educativas e culturais, produção científica, arquivo histórico e biblioteca, gestão de riscos, gestão de pessoas, orçamento e informação ao visitante e acessibilidade.

“A nova versão do CNM vai possibilitar uma busca ágil por informações, além de permitir exportação de dados e geração de gráficos, ampliando o acesso de pesquisadores e interessados na área”, explica Karla Uzêda. De acordo com a coordenadora, a previsão é de que a nova versão da ferramenta esteja disponível para uso do público até o final de 2014. Saiba mais sobre o Cadastro Nacional de Museus.

Texto: Ascom/Ibram

Mapeamento: Ibram vai cadastrar pesquisadores em museus e memória

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) deu início a um trabalho de mapeamento de pesquisadores vinculados à instituição interessados em liderar grupos de pesquisa sobre a área de museus e memória. O objetivo é formar um Diretório dos Grupos de Pesquisa do Ibram, que serão cadastrados junto ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) – instituição vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

O cadastramento permitirá um maior intercâmbio e troca de informações entre grupos que atuam dentro do próprio Ibram e outros grupos, instituições e pesquisadores com os quais compartilhem afinidades. Vai possibilitar também o acompanhamento das pesquisas em andamento no instituto e contribuir para a preservação da memória sobre a produção de conhecimento na área museal.

Como funcionará
O Ibram já está inscrito no CNPq como instituição de pesquisa e encontra-se formalmente autorizado a iniciar o processo de cadastramento de líderes e grupos.

A partir desses cadastramentos, as informações geradas pelo desenvolvimento das pesquisas dos futuros grupos passarão a constar da base de dados do CNPq – que reúne, além dos grupos, informações sobre pesquisadores, linhas de pesquisa, especialidades de conhecimento, setores de atividade envolvidos e a produção dos participantes, entre outras.

Cada grupo de pesquisa será formado por um líder (que deve ser um pesquisador com doutorado e cadastrado na plataforma Lattes) e por pesquisadores (graduados ou pós-graduados), podendo incluir ainda estudantes e técnicos. O CNPq não fixa limite para o número de grupos por instituição de pesquisa.

Até o momento, o Ibram cadastrou 12 líderes que atuam dentro do instituto. Será iniciado em breve o cadastramento de líderes não vinculados instituição, mas com um histórico de participação em projetos e ações promovidos pelo Ibram. Para outras informações, faça contato pelo endereço eletrônico alvaro.marins@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram
Última atualização: 10.3.2014

Semana de Museus 2013 registra aumento de público entre participantes

Pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC)  revela que as instituições culturais que participaram da 11ª Semana de Museus, ocorrida entre 13 e 19 de maio deste ano, registraram um aumento de público de 129%, comparado ao público da semana anterior, e de 34,7% em relação ao mês anterior. De um total de 1.242 participantes da edição 2013, 551 instituições responderam ao questionário.

A pesquisa revela que a realização da 11ª Semana de Museus mobilizou mais de 3 mil voluntários e gerou 1.606 empregos com a contratação de curadores, monitores, montadores de exposição, palestrantes e prestadores de serviços.  A edição 2013 do evento nacional contou com uma maior adesão de museus públicos municipais e privados, especialmente das tipologias História e Arte.

77% dos participantes declararam que a programação foi desenvolvida especialmente para o tema Museus (Memória + Criatividade) = Mudança Social. O “fortalecimento da imagem do museu” foi o principal benefício indicado (85,12%), seguido pelo “envolvimento da comunidade” nas atividades realizadas (72,23%). Confira o resultado completo da pesquisa.

Texto: Ascom/Ibram

 

 

Página 2 de 41234