Nova Pesquisa Anual de Museus 2014 mobiliza o setor

Dezenas de museus e centros culturais brasileiros já participaram da Pesquisa Anual de Museus 2014, que está aberta até o dia 12 de dezembro. Iniciativa do Cadastro Nacional de Museus (CNM/Ibram) a ação objetiva um diagnóstico detalhado do setor e tem sido saudada pelo campo museal.

“Um importante instrumento para que o Brasil possa conhecer melhor os seus museus e poder criar uma política cultural para a área”, resumiu o responsável pelas informações do Museu de História e Ciências Naturais de Além Paraíba (MG), um dos primeiros a colaborar com a pesquisa.

Uma das peças da campanha do CNM para a nova pesquisa

Uma das peças da campanha do CNM na internet para o preenchimento da nova pesquisa

O Museu de Timbaúba (PE), que também já respondeu à pesquisa, destacou em mensagem a importância da iniciativa para a visibilidade e apoio aos museus participantes: “Grande satisfação em participar e anseio de conseguir parcerias para orientação no setor”, diz  o representante do museu.

O fácil preenchimento da Pesquisa Anual de Museus motivou mensagem de parabéns encaminhada pela Associação Cultural Beato José de Oliveira, em São Paulo (SP).

Já a equipe do Museu Municipal de Muitos Capões (RS) expressou que o questionário “é de suma importância para percebermos o que já temos e o que ainda precisamos melhorar para ofertarmos um serviço de qualidade”.

A pesquisa, aberta no início de outubro, é a primeira que o CNM, criado em 2006, realiza utilizando uma nova plataforma de dados, sendo parte de uma estratégia que objetiva aumentar o espectro e a consistência das informações levantadas sobre os museus brasileiros.

Como participar
Caso o seu museu ainda não tenha respondido à pesquisa, acesse o questionário na página do Cadastro Nacional de Museus. Confira antes o Manual de Preenchimento da pesquisa. O questionário em formato texto também está disponível para facilitar o preenchimento na plataforma online.

Texto: Ascom/Ibram

Nova Pesquisa Anual de Museus está disponível a partir de hoje (3)

O Cadastro Nacional de Museus (CNM) inicia hoje (3), a nova Pesquisa Anual de Museus. Aberta à participação de todos os museus brasileiros, a nova pesquisa se propõe a realizar um diagnóstico detalhado do setor sobre temas diversos como acessibilidade, acervo museológico, gestão de pessoas, orçamento entre outros aspectos.

A Pesquisa Anual de Museus, que pode ser respondida até 12 de dezembro, é a primeira que o CNM realiza utilizando sua nova plataforma de dados, parte de uma estratégia cujo objetivo é aumentar o espectro e consistência das informações levantadas.

Capa do primeiro volume da  publicação lançada em 2011 com dados do CNM

Capa do primeiro volume da publicação lançada em 2011 com dados do CNM

Criado em 2006, o Cadastro Nacional de Museus é um dos instrumentos da Política Nacional de Museus, gerenciado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

Formado por uma série de pesquisas periódicas, possui entre seus objetivos o aprofundamento do conhecimento sobre o campo museal, através da coleta, registro e disseminação de informações sobre as instituições museológicas brasileiras.

Séries históricas
“O cadastro agora é composto por uma série de pesquisas distintas com periodicidades diferenciadas”, explica a Coordenadora-Geral de Sistemas de Informação Museal do Ibram, Rose Miranda.

“Essa estratégia visa aprofundar o conhecimento sobre os museus e ao mesmo tempo diminui o número de questões por pesquisa. Além disso, permitirá a construção de séries históricas”, afirma.

A reformulação da plataforma de pesquisa do Cadastro Nacional de Museus também vem ao encontro do Registro dos Museus Ibero-Americanos (RMI). Coordenado pelo Programa Ibermuseus e em fase de implantação, o projeto prevê o mapeamento dos museus da América Latina e da Península Ibérica. A plataforma, que irá possibilitar o cruzamento de dados dos mais de oito mil museus da região, terá no CNM sua porta de entrada para o Brasil.

Acesse a nova pesquisa do Cadastro Nacional de Museus. Confira antes o Manual de Preenchimento  e o Termo de Compromisso do CNM. O questionário da pesquisa em formato texto também está disponível para facilitar o levantamento de informações por parte do museu antes do preenchimento na plataforma online.

Dados do CNM alimentam o ranking anual do periódico The Art Newspaper sobre exposições mais vistas no mundo

Dados do CNM alimentam o ranking anual do periódico The Art Newspaper sobre exposições mais vistas no mundo

Publicações e projeção internacional
Em oito anos de operação, o Cadastro Nacional de Museus já mapeou mais de 3,4 mil instituições museológicas em todo o Brasil.

Seus dados têm sido utilizados para o aprimoramento de políticas públicas voltadas para o setor museal, sobretudo após a estruturação de duas publicações: Guia dos Museus Brasileiros e Museus em Números – este último, o primeiro estudo estatístico nacional dos museus brasileiros.

As informações públicas do CNM também já alcançaram projeção internacional. A base de dados já serve como fonte para publicações, como o periódico inglês The Art Newspaper, que divulga anualmente um ranking das exposições mais visitadas em todo o mundo.

A disponibilidade de dados sobre o tema ajudou a colocar o Brasil pela primeira vez, no ano de 2011, entre os países com maior volume de visitação a exposições – fato que vem se repetindo a cada nova edição do ranking, como em 2013. Saiba mais.

Dúvidas ou outra questões relativas a nova Pesquisa Anual de Museus do CNM podem ser esclarecidas pelo endereço eletrônico cnm@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram
Imagens: Divulgação