Museu Victor Meirelles homenageia artista plástico Paulo Gaiad em SC

De 14 a 18 de fevereiro, o Museu Victor Meirelles/Ibram, em Florianópolis (SC) realiza a exposição Paisagem – Viagem em Paulo Gaiaduma homenagem ao artista falecido em outubro do ano passado.

A abertura da exposição acontece no dia 14, às 19 h, e vai ser precedida do tradicional Encontro com o Curador, às 18h30, com as participações de Juliana Crispe e Rosângela Cherem.

Trabalho de Gaiad que esteve em exposição em 2015 no Museu Victor Meirelles

Trabalhos de Gaiad estiveram em exposição no Museu Victor Meirelles em 2015

Em novembro de 2015, o Museu Victor Meirelles recebeu a exposição Anotações a Caminho, de Paulo Gaiad. O evento era parte do Projeto Memória em Trânsito e tinha por objetivo aprofundar as pesquisas em torno das obras dos artistas que vivem e trabalham em Santa Catarina, pertencentes ao acervo do Museu Victor Meirelles.

Paulo Gaiad
Nascido em 1953, na cidade de Piracicaba (SP), em 1972 ingressa em Arquitetura e Urbanismo na Universidade de Brasília (UnB). Dois anos depois, inicia curso de desenho na Pontifícia Universidade de Campinas (PUC/Campinas) e recebe bolsa de estudos para frequentar o curso de Planejamento Urbano da Universidade de Oslo (Noruega).

Entre 1975 e 1977, estuda arquitetura em São Paulo, e em 1980 cursa desenho livre na Pinacoteca do Estado de São Paulo. Em 1981, fixa residência em Florianópolis, onde passa a trabalhar com arquitetura e artes plásticas . Em 1984, ganha a Bolsa de Multiplicadores Culturais do Instituto Goethe (Alemanha).

Realiza sua primeira exposição individual em 1987. Recebe, em 1989, o prêmio Cubo de Prata da Bienal Internacional de Arquitetura, em Buenos Aires. Em 2006, participa do projeto Pinte um Futuro, liderado pela artista plástica holandesa Hetty van der Linden, que atua junto a comunidades que vivem em situação de risco. Saiba como chegar ao Museu Victor Meirelles.

Texto e imagem: Museu Victor Meirelles/Divulgação

Museu Victor Meirelles inaugura mostra de Paulo Gaiad no dia 28

Paulo Gaiad - Heidelberg, técnica mista, 88,0 x 150,0 cm - 1994 - Coleção do Artista

Paulo Gaiad – Heidelberg, técnica mista, 88,0 x 150,0 cm – 1994 – Coleção do Artista

Anotações de sonhos e lembranças, verdadeiros ou não. Caminhos de voltas, de idas, resgate de memórias que insistem em se perder e, ao mesmo tempo, tentam se reconstruir. Um processo de junta e cola, fotografa e escreve, desenha. Sempre uma operação de se remontar, de se reencontrar, num turbilhão de apagamentos. Esse é o percurso que levou – ou trouxe – o artista Paulo Gaiad à exposição Anotações a Caminho, mostra que o Museu Victor Meirelles inaugura nesta quarta-feira, dia 28 de outubro, às 19 horas. Antes da abertura, às 18 horas, acontece o já tradicional Encontro com o Artista, quando o convidado conversa com o público sobre a exposição, sua obra e trajetória.

São ao todo 15 trabalhos, todos em técnica mista, nos quais podem ser encontrados os vestígios das viagens de Gaiad por cidades e países tão distintos quanto Amsterdã, Delft, Galícia, Gravatal, Heidelberg, Istria, Macedônia e Patagônia.

De acordo com o próprio artista tudo começou no ano de 1993 com Relato de uma Viagem não Realizada, obra mais antiga deste ciclo e que também está presente na exposição. “É uma única série de trabalhos que não cessa, uma busca quase desesperada de tentar me montar, me entender, não me perder, num processo de esquecimentos que me persegue, que me engole. Escrever caminhos para ter pra onde voltar ou onde ficar”, desvenda Gaiad.

A programação da exposição Anotações a Caminho inclui ainda a realização do seminário A Poética da Viagem: Paulo Gaiad, que ocorrerá no dia 17 de novembro, às 19 horas, também no Museu Victor Meirelles. Além da participação de Paulo Gaiad, o seminário contará com as presenças do professor Luís Felipe Soares, do Curso de Cinema da Universidade Federal de Santa Catarina, e do jornalista Fifo Lima, autor do livro Paulo Gaiad: Vida e Arte, publicado pela Tempo Editorial em 2010.

Paulo Gaiad vive e trabalha em Florianópolis desde 1981. Em 1972 iniciou o curso de Arquitetura e Urbanismo na Universidade de Brasília. Em 1974 ganhou bolsa de estudos para a Universidade de Oslo, na Noruega. Ao voltar trabalhou como colaborador junto ao arquiteto Vilanova Artigas, em São Paulo. Em 1989 ganhou o prêmio Cubo de Prata por equipe, da Bienal Internacional de Arquitetura de Buenos Aires. Em 1990 recebeu prêmio do 47º Salão Paranaense e em 1994, bolsa de multiplicadores culturais do Instituto Goethe, viajando para a Alemanha onde fez sua primeira individual fora do país. Retornou à Alemanha para desenvolver duas séries de trabalhos. Em 1996 realizou a exposição “Passagens”, no Museu Victor Meirelles. No mesmo ano, foi lançado o vídeo “Paulo Gaiad, matéria da consciência” pela Universidade do Estado de Santa Catarina e anexado ao acervo da Fundação Iochpe. Em 1997 recebeu o prêmio Cultura Viva. Em 1998 o prêmio no VIº Salão Victor Meirelles. Em 2001 participou do vídeo “O museu e a escola”, realizado pelo MASC/Fundação Vitae. Gaiad transita entre a pintura, o desenho, a fotografia, o objeto, a instalação, o vídeo e a literatura.

Projeto Memória em Trânsito

A mostra Anotações a Caminho faz parte do Projeto Memória em Trânsito que propõe estudar e divulgar as obras dos artistas catarinenses pertencentes ao acervo do Museu Victor Meirelles. O objetivo é ampliar o entendimento da poética desses artistas, estimulando a elaboração de outros discursos, produzindo e atualizando a documentação museológica referente ao artista na instituição, incluindo a gravação de depoimento em áudio e vídeo, bem como a respectiva transcrição. Esta é a terceira edição do projeto, que já contou, no ano de 2015, com as exposições “Entorno”, de Fernando Lindote, e “Ter as Costas Livres”, de Julia Amaral.


Serviço 

Anotações a Caminho, Exposição de Paulo Gaiad

Abertura no dia 28 de outubro, às 19 horas

Encontro com o Artista:  às 18 horas

Visitações de terça a sexta-feira, das 10 às 18h e aos sábados das 10 às 14h.

Até 12 de dezembro de 2015

Museu Victor Meirelles

Rua Victor Meirelles, 59, Centro, Florianópolis, SC

Informações:  48 3222-0692 / mvm@museus.gov.br

Entrada Gratuita

Texto: Ascom Museu Victor Meirelles