Página 53 de 55« Primeira...102030...5152535455

Museus em Números

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) lança a publicação Museus em Números em dois volumes, oferecendo um panorama estatístico nacional e internacional do setor de museus e textos analíticos sobre a situação dos museus nas unidades federativas.

Os dados são referentes a 1,5 mil instituições museológicas brasileiras que responderam ao questionário do Cadastro Nacional de Museus (CNM) – cadastradas entre as mais de três mil instituições mapeadas em todo o país à época do levantamento de dados para a pesquisa (setembro 2010). Seguem os arquivos para baixar:

Volume 1
Volume 2 (parte 1 de 2)
Volume 2 (parte 2 de 2)

ICOM define tema para celebrar o Dia Internacional de Museus em 2012

O Conselho Internacional de Museologia (ICOM) define anualmente, desde 1977, um tema para celebrar o Dia Internacional de Museus – comemorado em 18 de maio. Em 2012, o tema será Museus em um Mundo em Transformação – novos desafios, novas inspirações.

Este também será o tema da 10ª Semana de Museus, iniciativa coordenada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), que tem como objetivo sensibilizar os museus e a comunidade para o debate sobre temas da atualidade. A Semana de Museus acontecerá em maio de 2012. Este ano, foram cerca de três mil eventos organizados por todo o Brasil por mais de mil instituições. Saiba mais.

Segundo o ICOM, “o mundo está mudando mais rápido do que nunca. Novas tecnologias proporcionam novas ideias. São gigabytes de informação e notícias são compartilhadas em mídias sociais. Os museus de hoje devem encontrar seu espaço de comunicação nesse contexto de ritmo frenético”, explica o texto sobre a escolha do tema para o próximo ano.

Continua: “o Dia Internacional de Museus de 2012 concentra-se tanto no crescimento dos museus e na construção de seu futuro, como em questões como o câmbio climático ou os novos meios de comunicação eletrônica”. Conheça mais sobre o ICOM aqui.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: ICOM/divulgação

Ibram lança publicação Museus em Números em dois volumes

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) lança no dia 17, a publicação Museus em Números. São dois volumes que trazem um panorama estatístico nacional e internacional do setor de museus e textos analíticos sobre a situação dos museus nas unidades federativas.

Os dados são referentes a 1,5 mil  instituições museológicas brasileiras que responderam ao questionário do Cadastro Nacional de Museus (CNM) – cadastradas entre as mais de três mil instituições mapeadas em todo o país à época do levantamento de dados para a pesquisa (setembro 2010).

Para marcar o lançamento, acontece um debate no Auditório do Ibram/MinC, em Brasília, a partir das 14h. A abertura contará com a presença da Ministra da Cultura, Ana de Hollanda, do Presidente do Ibram, José do Nascimento Jr., do Secretário de Cultura do DF, Hamilton Pereira, e de Ivana Siqueira – representante da Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI).

A seguir, Rose Miranda, Coordenadora Geral de Sistemas de Informação Museal (CGSIM/Ibram) realiza a apresentação da publicação Museus em Números e convida para o debate Fábio Cunha (MinC), Frederico Augusto Barbosa da Silva (IPEA), Lillian Alvares (UnB) e Ana Rosa Pais Ribeiro (IBGE). A mediação será feita por Mayra Resende – Coordenadora de Produção e Análise de Informações Museais (Ibram). A programação completa está aqui.

Participam ainda do evento representantes da aréa de museus das secretarias de cultura dos estados , que se encontram em Brasília para discutir proposta de acordo de cooperação técnica voltado ao desenvolvimento de temas estruturantes para a área museal em estados e municípios, no projeto denominado Conexões Ibram. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (61) 2024.4300.

Texto: Ascom/Ibram

Programa de Qualificação em Museologia segue com oficinas em novembro

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), no âmbito do Programa de Qualificação em Museologia 2011, ofereceu 14 opções de oficinas de aperfeiçoamento em diversas áreas. 

Os estados que dispõem de Sistemas de Museus, ou cuja implantação esteja em andamento, tiveram prioridade na seleção, assim como os pedidos cujas demandas contemplassem diferentes municípios, inclusive no interior dos estados. As inscrições para todas as oficinas são gratuitas e o número de vagas é limitado.

Qualificação: Oficina Museu, Memória e Cidadania em Cuiabá (MT)

Entre os dias 16 e 18 de novembro acontece a Oficina Gestão e Documentação, em Palmas (TO), ministrada por Nóris Leal - professora do Bacharelado em Museologia da Universidade Federal de Pelotas. O evento será no Auditório do Memorial Coluna Prestes e as inscrições devem ser feitas pelos telefones (63) 3218-2419/3312.

Museus e Turismo é tema da oficina que será realizada de 17 a 19 de novembro no Museu das Bandeiras/Ibram, localizado na Cidade de Goiás (GO). A oficina toma como base a discussão do turismo como fenômeno econômico, espacial e social, a composição do produto turístico, o turismo cultural dentre outros tópicos. As inscrições seguem 14 de novembro e devem ser feitas pelo endereço eletrônico diretoriadepatrimonio@agepel.go.gov.br.

Já Juiz de Fora (MG) recebe a oficina Ação Educativa em Museus entre os dias 22 e 24 de novembro, no Auditório do Museu do Crédito Real. O curso será ministrado pela arte educadora Daniele de Sá, diretora do Museu Casa da Hera em Vassouras (RJ). As inscrições estão sendo feitas pelo telefone (32) 3212-0973 ou pelo endereço eletrônico sum.comunicacao@cultura.mg.gov.br.

Para encerrar novembro, a oficina Conservação de Acervos em Papel e Têxtil acontece em Curitiba (PR), no Museu Paranaense, de 30 de novembro a 2 de dezembro. A ministrante será Silmara Kürsten – Professora Assistente do Curso de Bacharelado em Museologia da Universidade de Brasília. Informações e inscrições pelos telefones (41) 3321.4751/4824 ou pelo endereço eletrônico cosem@seec.pr.gov.br.

Em 2011 já foram realizadas oficinas no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e Mato Grosso. O calendário de encontros segue até o final de 2011.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Valdemar de Assis/Ibram

Procultura: Ibram defende 100% de renúncia fiscal para patrocínio a museus

O presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), José do Nascimento Jr, defendeu em seminário na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara Federal, realizado na terça-feira (8), o teto de 100% de renúncia fiscal para investimentos em museus brasileiros.

Nascimento foi um dos expositores no encontro que discutiu o Projeto de Lei nº 6.722/2010, que institui novo marco regulatório para o financiamento cultural no Brasil, criando o Programa de Fomento e Incentivo à Cultura (Procultura).

Durante a mesa Patrimônio, Museus e Patrocinadores, o Presidente do Ibram lembrou que somente em 2010, um total de R$ 96 milhões foi investido nos museus brasileiros, através da atual Lei Rouanet, graças à possibilidade de isenção total desses valores. “Nós não construiríamos tantos museus como temos construído, nem teríamos o mesmo volume de exposições, sem a possibilidade de 100% de renúncia fiscal”, afirmou.  

O semináro contou com a participação de gestores públicos das pastas da Cultura, Planejamento e Fazenda, além de parlamentares, patrocinadores e representantes de movimentos culturais.

O Procultura propõe um novo modelo nacional de incentivo à cultura, aprimorando o fluxo de investimento em ações de interesse público. A ideia é reestruturar o Fundo Nacional de Cultura e os mecanismos de renúncia fiscal para torná-los instrumentos mais democratizantes.

O relator do Projeto de de Lei nº 6.722/2010, deputado Pedro Eugênio (PT-PE), deve apresentar seu relatório nas próximas semanas para que seja votado ainda este ano pela Comissão de Finanças e Tributação. O projeto já foi aprovado pela Comissão de Educação e Cultura.

Texto: Bruno Aragão (Ascom/Ibram)
Foto: Agência Câmara/divulgação

Esplanada dos Museus: projeto propõe cinco novos museus em Brasília até 2014

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) apresentou ao Governo do Distrito Federal (GDF), em reunião no dia 7 de novembro, o projeto Esplanada de Museus.

A proposta é construir cinco museus temáticos na capital federal até a Copa do Mundo de 2014: Museu dos Esportes, de Arte das Américas, da Democracia, da Biodiversidade e da Diversidade Cultural.

Dotar o Plano Piloto de Brasília de um expressivo conjunto de instituições museológicas, colaborando para a inserção de Brasília nas rotas turísticas, e contribuir com o direito à memória, à cultura e ao museu estão entre os objetivos do projeto Esplanada dos Museus. Os espaços seriam ainda um “legado cultural” às cidades-sede da Copa de 2014.

Segundo a proposta, todos os museus dariam ênfase às atividades de pesquisa, formação profissional, conservação de bens culturais, comunicação e educação. A sustentabilidade ambiental, a acessibilidade, o uso de novas tecnologias e o investimento na inovação e na interatividade serão características de todos as instituições museais.

Após a primeira reunião, o GDF deverá avaliar quais locais indicados pelo projeto poderiam receber as novas instituições. Já o Ministério da Cultura (MinC) e suas insitutições vinculadas, como Instituto Brasileiro de Museus e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), devem ficar responsáveis por estabelecer parcerias para a construção e instalação dos espaços e constituição dos acervos.

Assim que os primeiros levantamentos estiverem concluídos, Agnelo Queiroz, Governador do Distrito Federal, e a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, devem apresentar o projeto à presidente Dilma Rousseff.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Divulgação Secretaria de Cultura do DF

Ibram/MinC publica normativa sobre associações de amigos de museus

No dia 28 de outubro, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) publicou no Diário Oficial da União (DOU) Instrução Normativa (IN) nº1, dispondo sobre critérios que definam as relações entre os museus que integram o Ibram/MinC e suas respectivas associações de amigos.

Tal instrução vai ao encontro de Decreto da Presidência da República, em vigor desde 31 de outubro, que suspende por 30 dias o repasse de recursos para organizações não-governamentais afim de avaliar a regularidade de execução de convênios firmados.

A partir da publicação da Instrução Normativa, as associações de amigos de museus da rede Ibram/MinC ficam condicionadas ao prévio reconhecimento por parte do instituto, que passa a adotar requisitos mínimos para sua aprovação, como ser entidade da sociedade civil sem fins lucrativos e ter como finalidade exclusiva “o apoio, a manutenção e o incentivo às atividades dos museus a que se refiram”.

As associações deverão agora encaminhar ao Ibram/MinC um Plano Anual de Atividades, contendo planos, projetos e ações a serem realizados no decorrer do ano – levando em conta os Planos Museológicos dos museus aos quais estão ligadas.

Fica também vedada “qualquer cessão, permissão de uso ou autorização” de espaço físico de museus Ibram para a utilização como “sede, domicílio ou instalações administrativas” para as associações de amigos. Os museus que integram o Ibram/MinC, assim como suas respectivas associações, têm 90 dias para adequarem-se à IN.

Texto: Ascom/Ibram

Museus Ibram: centenas de obras circulam em exposições no Brasil e exterior

Peças do acervo MHN/Ibram estão na exposição Índia

Centenas de obras de acervos de museus ligados ao Ibram/MinC estão atualmente integrando exposições no Rio de Janeiro, São Paulo e na Bélgica, reforçando a importância destas coleções no contexto museológico nacional e internacional.

As exposições do Festival Europalia, que homenageia o Brasil este ano, ficam em cartaz por três meses na Europa e contam com importantes contribuições de seis museus integrantes da estrutura do Ibram/MinC: “o festival terá cerca de 20 exposições, sendo que 25% das obras são de acervos do Ibram”, destaca José do Nascimento Jr, Presidente do Instituto.

Dentre os destaques do Europália estão o quadro A Primeira Missa no Brasil, de Victor Meirelles, que faz parte do acervo do Museu Nacional de Belas Artes e retorna pela primeira vez à Europa após 150 anos de sua realização (1861).

Uma das peças de arte africana da coleção MNBA/Ibram

Além disso, 73 peças do Museu Nacional de Belas Artes (RJ) estão na exposição Onde Somos África?, que propõe um painel significativo da produção cultural africana, em cartaz de 22 de outubro a 27 de novembro na Caixa Cultural São Paulo. As peças cedidas envolvem esculturas, tecidos, objetos e máscaras produzidas pelas etnias Baulê, Fon, Yorubá, e Dogon.

Já outras dez peças da coleção do Museu Histórico Nacional (RJ) integram a exposição Índia  – em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, de 12 de outubro de 2011 a 29 de janeiro de 2012. São três peças de mobiliário em madeira do século XIX e sete esculturas religiosas em marfim, integrantes da coleção Souza Lima – incorporada ao acervo do museu em 1940.

Texto: Ascom/Ibram

SMOP protesta contra cortes em orçamentos públicos da cultura

O Conselho Gestor do Sistema de Museus de Ouro Preto (SMOP), reunido no dia 3 de outubro de 2011, lançou uma Monção de Protesto contra os cortes deste ano no orçamento do Ministério da Cultura (MinC), assim como do órgão estadual de cultura de Minas Gerais.

“Lamentamos o corte no orçamento para o Ministério da Cultura e a destinação de um ínfimo orçamento para a área de museus na Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais, inviabilizando o lançamento do edital estadual de apoio a museus em 2011, proposto pela Comissão Estadual de Museus”, diz a monção.  

O conselho gestou manifestou preocupação “quanto à continuidade deste panorama em 2012″ e  solicitou  ao Congresso Nacional, à Assembléia Legislativa e aos Executivos federal e estadual uma “recomposição no orçamento destinado à área de museus para o ano de 2012, a fim de garantir a ampliação de recursos para a continuidade nas ações da área museológica”, conclui o documento. Saiba mais sobre o SMOP aqui.

 Fonte: Divulgação SMOP

Concurso 2010: Ibram/MinC convoca aprovados para inspeção médica oficial

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) convoca os candidatos aprovados no Concurso Ibram 2010, constantes na relação abaixo, à inspeção médica oficial, tendo em vista a publicacação da Portaria nº 125, de 1º de junho de 2011, publicada no D.O.U. nº 105, pág. 174, Seção 1, em 02 de junho de 2011.

Os candidatos ao comparecer à inspeção médica deverão estar munidos de documento de identificação pessoal e dos resultados dos exames relacionados na Portaria Ibram nº 13, de 30.07.2010. Acesse a lista dos convocados.

Solicitamos que os candidatos agendem a data da perícia pelo endereço eletrônico eli.silva@museus.gov.br, até a data de 15 de novembro de 2011.

Somente serão atendidos os candidatos que realizarem o agendamento.

Ressaltamos a importância da agilidade dos candidatos em providenciar os resultados dos exames relacionados na Portaria IBRAM nº 13, de 30.07.2010, indispensáveis ao comparecer à inspeção médica oficial, haja vista que o Ibram/MinC possui um acordo de cooperação com outros órgãos para a realização das inspeções médicas dos candidatos do Ibram, e esta nos disponibiliza atendimento somente em datas pré-estabelecidas. Dúvidas pelo telefone (61) 2024-4269.

Página 53 de 55« Primeira...102030...5152535455