Página 51 de 55« Primeira...102030...4950515253...Última »

Museus inscrevem para exposições temporárias em 2012

Neste início de ano, diversos museus e instituições culturais estão com editais abertos para a seleção de exposições em 2012. O Museu Victor Meirelles/Ibram recebe inscrições, até o dia 26 de janeiro, para o Edital Público de Exposições Temporárias. Mais informações aqui.

Já o Museu do Diamante/Ibram (foto) recebe propostas até o dia 14 de março. O concurso contemplará cinco projetos de exposição de arte contemporânea ou tradicional, a serem realizados na sala de exposições temporárias. Informações podem ser solicitadas pelo endereço eletrônico md.programaexposicao@museus.gov.br.

A Pinacoteca Universitária da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) aceita inscrições individuais ou coletivas de trabalhos coerentes com a proposta do espaço, voltado para a arte contemporânea. As inscrições vão até 23 de janeiro. Mais informações aqui ou pelo telefone (82) 3221.7230.

O Museu Eugênio Teixeira Leal, de Salvador (BA), também está com edital aberto para a seleção de oito propostas de exposição a ser realizadas entre os meses de março a dezembro deste ano. Interessados devem entrar em contato com a instituição através do telefone (71) 3321.8023.

O Programa de Exposições Temporárias de 2012 do Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul (Marco) inscreve até 10 de janeiro. Os detalhes estão disponíveis na página do museu.

Já as instituições, artistas, curadores e colecionadores que desejem enviar propostas de exposições temporárias para o Museu de Arte de Blumenau (SC) podem fazer suas inscrições, que são gratuitas, até o dia 17 de janeiro. O regulamento do edital e demais informações estão na página da Fundação Cultural de Blumenau.

Texto: Ascom/Ibram

Câmara analisa proposta de proteção para trabalhadores de museus

A Câmara dos Deputados analisa proposta que obriga o Ministério do Trabalho e Emprego a criar regras complementares à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT- Decreto-lei 5452/43) para proteção das pessoas que trabalham em arquivos, bibliotecas, museus e centros de documentação e memória.

A medida está prevista no Projeto de Lei 2361/11 que, na prática, abre espaço para que esses profissionais recebam adicional de insalubridade, a ser definido em norma do Ministério. Este adicional é previsto na Constituição, que determina que ele seja regulamentado por lei.

O autor da proposta, deputado Carlinhos Almeida (PT-SP), diz que essa é uma reivindicação antiga dos trabalhadores da área. “Esses profissionais estão constantemente expostos a agentes biológicos e químicos, todos causadores de graves doenças, principalmente respiratórias. Apesar disso, não foram contemplados em norma do Ministério do Trabalho para que recebam o adicional”, argumentou. Continue lendo.

Fonte: Agência Câmara

Ibram faz balanço de ações em 2011 e apresenta perspectivas para 2012

Em 2011, o Instituto Brasileiro de Museus, autarquia federal ligada ao Ministério da Cultura responsável pela Política Nacional de Museus e pela melhoria dos serviços do setor museal, executou 100% do orçamento liberado e promoveu diversas ações de divulgação, fomento e incentivo à universalização do acesso à memória do Brasil.

O Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011 lançou dez editais, sendo seis inéditos, destinando 16 milhões de reais de prêmios e projetos relacionados a museus. Além do fomento à implantação e modernização de museus e a projetos educacionais e de memória social, houve incentivo a artistas contemporâneos e premiações para roteiristas, jornalistas e carnavalescos que divulgassem a temática museal em diversas mídias. No total serão mais de 200 iniciativas contempladas.

Cenedom: localizado na sede do Ibram, em Brasília

 

A inauguração do Centro Nacional de Estudos e Documentação da Museologia (Cenedom) - na foto ao lado - e o lançamento das publicações Museus em Números e Guia dos Museus Brasileiros demonstram a preocupação do Instituto em fazer um diagnóstico do setor para balizar a formulação e a avaliação de políticas públicas e pesquisas sobre os museus brasileiros.

O Guia dos Museus Brasileiros traz dados como ano de criação, endereço, horário de funcionamento, tipologia de acervo, entre outras informações de mais de 3 mil museus mapeados pelo Ibram. Já nos dois volumes da publicação Museus em Números é feito um panorama estatístico nacional e internacional do setor de museus com textos analíticos e dados sobre as instituições cadastradas pelo Ibram. 

Entre as ações de difusão e promoção dos museus, destacam-se as atividades realizadas durante a 9ª Semana Nacional de Museus  e a 5ª Primavera dos Museus. A 9ª Semana teve o tema “Museu e Memória”, foi realizada em maio e incluiu a participação de 994 instituições em 3.050 atividades inscritas. Com o tema “Mulheres, Museus e Memórias” e significativa ampliação com relação a 2010, a 5ª Primavera dos Museus aconteceu em setembro e reuniu 592 instituições, tendo 1.779 atividades inscritas.

Obra da exposição "Musas de Almanaque", realizada no Museu Solar Monjardim (ES)

Mais de 70 exposições temporárias e itinerantes foram realizadas nos 30 museus federais que fazem parte da estrutura do Ibram. Um exemplo foi a mostra Musas de Almanaque, exibida no Museu Solar Monjardim, em Vitória/ES, e que levou ao público anúncios publicitários das primeiras décadas do século XX, como o da foto ao lado. Somado a isso, o Instituto estimulou a circulação e o intercâmbio de acervos e coleções inclusive internacionalmente. Quase 200 obras foram enviadas ao Festival Europalia, que teve o Brasil como tema deste ano e contou com a colaboração do Ibram no acompanhando da fase de pré-produção e produção do evento.

A participação dos museus e departamentos vinculados ao Instituto também foi essencial para a realização da exposição “Mulheres, Artistas e Brasileiras”, exibida entre março e maio no Palácio do Planalto.

Com uma cerimônia realizada no dia 21 de abril, o Panteão do Museu da Inconfidência (Ouro Preto, MG), integrante da estrutura do Ibram/MinC recebeu, após mais de 200 anos de suas mortes, as ossadas de três inconfidentes, que puderam se juntar aos outros 13 inconfidentes e serem sepultados no monumento.  

Foram destaques também a reabertura da Galeria de Arte Brasileira do Século XIX, no Museu Nacional de Belas Artes, e do Palácio Rio Negro, que estavam fechados para reformas.

Oficina de Acervo no Ponto de Memória da Estrutural

 

O projeto de museologia social foi ampliado. O número de oficinas de qualificação aumentou e houve a realização de exposições marcando o lançamento de diversos Pontos de Memória. Além disso, na sede do Instituto e também nos museus que integram sua estrutura foram realizados seminários, mesas redondas e palestras.

Merece menção a reeleição do presidente do Ibram para a presidência do Ibermuseus. Com ela, o Brasil permaneceu à frente do grupo de 22 países que participam desse programa de cooperação intergovernamental para a criação e o fortalecimento de políticas públicas de museus na Ibero-América. 

Perspectivas – Para 2012, a expectativa é que as realizações serão ainda mais significativas. Somado ao orçamento de R$ 129.508.063 previsto para o Ibram, há expectativa de aprovação das emendas propostas pelos parlamentares. Se aprovadas, as emendas ampliarão em 42% o orçamento do Instituto.

Entre as atividades previstas para o próximo ano estão a realização do Fórum Nacional de Museus (de 16 a 20 de julho), da X Semana Nacional de Museus (de 14 a 20 de maio e cujas inscrições estão abertas) e da 6ª Primavera dos Museus (em setembro).

O Brasil também sediará uma reunião com especialistas em patrimônio museológico e coleções para discutir um marco regulatório internacional para o setor, sob a coordenação do Ibram, conforme proposta aprovada pela Unesco. Além disso, terão início as reuniões do projeto Conexões Ibram, que objetiva a disseminação e o desenvolvimento de temas estruturantes para a área museal em estados e municípios.

Em 2012, uma nova edição do Programa de Fomento Ibram dará continuidade à política de fomento e incentivo a projetos que versem sobre a área museal. Também serão prioridade a continuidade do Programa de Qualificação em Museologia e a ampliação, em pelo menos 20%, do número de exposições nos 30 museus integrantes da estrutura do Ibram.

O Instituto pretende, ainda, aprovar o Projeto do Legado Cultural para o Setor Museal, que prevê a destinação de R$ 200 milhões por ano, até 2014, para a modernização, qualificação e garantia de atratividade dos museus brasileiros para os megaeventos esportivos que serão realizados no Brasil.

Fonte: Ascom Ibram/MinC

Final de ano: veja o funcionamento dos museus do Ibram/MinC

Fique atento ao funcionamento dos museus integrados à estrutura do Ibram/MinC neste fim de semana, pois alguns terão horário especial.  

Na sexta-feira, 30, estarão fechados o Museu Casa Histórica de Alcântara (MA), o Museu Nacional de Belas Artes (RJ) e o Museu Solar Monjardim (ES). O Museu Villa-Lobos funcionará apenas pela manhã, até as 12h.  

No sábado, 31, não abrirão: Museu Nacional de Belas Artes (RJ), Museu da República (RJ), Museu Histórico Nacional (RJ), Forte Defensor Perpetuo de Paraty (RJ), Museu de Arte Sacra de Paraty (RJ), Museu de Arte de Cabo Frio (RJ), Museu Casa da Hera (RJ), Museu Villa-Lobos (RJ), Museu de Arqueologia de Itaipu (RJ), Museu Solar Monjardim (ES), Museu do Diamante (MG), Museu Regional de Caeté (MG), Museu Regional de S. João Del-Rei (MG), Museu da Abolição (PE), Museu Lasar Segall (SP) e Museu Casa Histórica de Alcântara (MA).

Os museus da Inconfidência (MG), Casa da Princesa (GO), Bandeiras (GO) e Arte Sacra da Boa Morte (GO) abrirão apenas na manhã de sábado. A Casa dos Ottoni (MG) funcionará até as 16h e a visitação ao Museu do Ouro (MG) funcionará das 12h às 17h.

Os museus Imperial (RJ), Castro Maia (RJ), Missões (RS) e Professor Mello Leitão funcionam normalmente no sábado. Os museus Casa de Benjamim Constant e Palácio Rio Negro estão fechados por tempo indeterminado e o Museu Victor Meirelles não abre nos finais de semana.  

No dia 1º de janeiro, domingo, apenas o Museu das Missões (RS) irá abrir.

Fonte: Ascom Ibram/MinC

Resultado 2011 do Programa de Fomento aos Museus

O Programa de Fomento aos Museus Ibram consiste em prêmios e projetos relacionados à construção e modernização de museus, ao incentivo a artistas contemporâneos, à divulgação do tema museu em diversas mídias e ao apoio a iniciativas e experiências de memória social desenvolvidas por comunidades e grupos populares.

Foram mais de 16 milhões de reais em recursos financeiros para dez editais. Conheça todos os premiados no caderno Resultado da Seleção aqui.

Últimos dias: Ibram/MinC está com inscrições abertas para a 10ª Semana de Museus

A 10ª Semana de Museus acontece entre os dias 14 e 20 de maio de 2012. O evento, que acontece anualmente na semana do dia 18 de maio (Dia Internacional dos Museus) e é coordenado pelo Ibram, tem como objetivo sensibilizar os museus e a comunidade para o debate sobre temas da atualidade.

Para esta edição, o tema definido pelo Conselho Internacional de Museologia (ICOM) é Museus em um Mundo em Transformação – novos desafios, novas inspirações. As instituições interessadas em participar da 10ª Semana de Museus devem inscrever seus eventos na página do Ibram até o dia 31 de janeiro. Não há limite para o número de eventos inscritos.

A instituição que tiver alguma dúvida ou quiser mais informações pode mandar email para cpgii@museus.gov.br ou ligar para (61) 2024.4122/4135.

Ibram publica resultado de prêmio Microprojetos e habilitados em dois editais

O resultado do Prêmio Modernização de Museus – Microprojetos foi publicado nesta segunda-feira (12) no Diário Oficial da União. Foram selecionadas 31 iniciativas voltadas à cultura, memória e patrimônio com finalidade de fomentar o processo sócio-cultural nacional. Os prêmios variam de R$ 10 mil a R$ 50 mil, conforme classificação.

Outros dois editais tiveram habilitações publicadas hoje no Diário Oficial da União: Prêmio Ibram de Arte Contemporânea 2011 e Prêmio Darcy Ribeiro.

O Prêmio Ibram de Arte Contemporânea busca ampliar, estimular, viabilizar práticas artísticas contemporâneas e fomentar o processo artístico nacional. Cinco artistas emergentes e cinco artistas estabelecidos serão contemplados por esse prêmio. Em sua 4ª edição, o Prêmio Darcy Ribeiro é voltado para práticas de educação não formal que tenham por objetivo a convergência entre cultura, arte e educação de modo a contribuir na ampliação do acesso às manifestações culturais e ao patrimônio cultural brasileiro.

Os proponentes interessados têm cinco dias úteis para entrar com recursos – tanto para resultado final quanto habilitados. Todas as informações necessárias para o procedimento estão disponíveis nos respectivos editais. Saiba mais sobre o Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011.

Texto: Ibram/MinC

Exposição No Ritmo do Fandango em Paranaguá (PR)

Na sexta-feira (9), Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade Federal do Paraná(MAE UFPR) inaugura a exposição No Ritmo do Fandango em Paranaguá.  Haverá mesa-redonda com fandangueiros e apresentação do grupo de Fandango do Mestre Brasílio.

A exposição acontece até 8 de abril de 2012 e aborda o tema sobre os aspectos da construção dos instrumentos e da realização da festa, expondo ferramentas, rabecas em diversas fases de confecção, tamancos, dentre outros utensílios que dão vida às danças e músicas representativas de um modo de vida.

Além disso, um vídeo feito para a exposição mostrará a visão de mestres fandangueiros sobre a festa e sua construção. O evento traz ao público objetos pertencentes ao acervo de Cultura Popular do museu, além de imagens do fotógrafo Carlos Roberto Zanello de Aguiar. Haverá ainda três maquetes em papel machê da artista Elizangela Sarraf cedidas pelo SESC de Paranaguá. Mais informações pelos telefones (41) 3313.2042 e 3423.2511.

Ibram divulga vencedores da edição 2011 do Prêmio Mário Pedrosa

O resultado do Prêmio Mario Pedrosa – Museu, Memória e Mídia foi publicado na quinta-feira (8) no Diário Oficial da União.

A reportagem vencedora, intitulada Guardiães do Samba, é de autoria da jornalista Mariana Filgueiras de Souza (RJ). Em segundo lugar ficou o jornalista Franco Caldas Fuchs (PR), com a matéria No horizonte sempre África.

O Prêmio Mario Pedrosa está em sua quarta edição e tem como finalidade premiar trabalhos jornalísticos publicados na mídia impressa e que abordem temas relacionados aos museus do Brasil. Em 2011, o tema foi Mulheres, Museus e Memórias. Os prêmios são de R$10 mil e R$7 mil para o primeiro e segundo lugares, respectivamente.

Outros três editais tiveram retificações publicadas hoje no Diário Oficial da União. São eles: Edital de Modernização de Museus, prêmios Pontos de Memória e Ibram de Roteiros Audiovisuais. Todos fazem parte do Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011. Mais informações aqui.

Texto: Ibram/MinC

Página 51 de 55« Primeira...102030...4950515253...Última »