Página 29 de 55« Primeira...1020...2728293031...4050...Última »

Ibram promove em Brasília palestra sobre gestão museológica no dia 30

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) promove, no próximo dia 30 de setembro, às 15h, a palestra Por uma gestão museológica dos museus, ministrada pela professora e escritora Manuelina Duarte.

Palestra é baseada em livro recém-publicado

A palestra discutirá a importância do diagnóstico museológico como etapa fundamental do planejamento e da gestão de todo e qualquer processo de musealização. O evento é aberto ao público e as vagas são limitadas. As inscrições já podem ser feitas a partir de hoje.

Manuelina Duarte é professora de Museologia da Universidade Federal de Goiás (UFG), autora do livro Gestão de museus, um desafio contemporâneo: diagnóstico museológico e planejamento (Editora Medianiz).

Licenciada em História pela Universidade Estadual do Ceará (UEC), possui especialização em Organização de Arquivos e em Museologia, e mestrado em Arqueologia pela Universidade de São Paulo (USP). Obteve o grau de doutora em Museologia pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (Portugal), em 2012.

O evento acontece no auditório do Ibram (Setor Bancário Norte, Quadra 2, Bloco N, Edifício CNC III – sobreloja) em Brasília (DF). Haverá entrega de Certificados de Participação aos inscritos presentes. Dúvidas ou outras informações podem ser enviadas para o e-mail cerimonial@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

 

Programa Ibermuseus abre inscrições para o prêmio Educação e Museus 2013

Estão abertas as inscrições para a IV edição do Prêmio Ibero-Americano de Educação e Museus, do Programa Ibermuseus. De 16 de setembro e 31 de outubro de 2013, instituições das áreas de educação e museus poderão submeter suas candidaturas em duas categorias: projetos já realizados ou em andamento e projetos em fase de planejamento.

O prêmio tem como objetivo reconhecer, premiar e dar visibilidade às boas práticas em ação educativa promovidas pelos museus e instituições afins. Será dada especial atenção aos projetos que promovam o desenvolvimento e a coesão social com a utilização do patrimônio museológico como recurso educativo, reafirmando a responsabilidade dos museus como agentes essenciais para o desenvolvimento humano e social.

Para a avaliação do prêmio será formado um Comitê Técnico com especialistas dos 10 países que compõem o Comitê Intergovernamental do Ibermuseus, e serão considerados critérios como o impacto sócio-cultural, a valorização da diversidade cultural, o caráter participativo e descentralizador, a sustentabilidade das ações e a existência de indicadores e meios de avaliação dos resultados. O edital e os formulários estão disponíveis na página do Ibermuseus.

Com sede em Brasília, Ibermuseus é o programa intergovernamental de cooperação em políticas públicas para os museus no Espaço Cultural Ibero-Americano. Em suas três edições, o programa já premiou 16 projetos na Ibero-América, além de incorporar 60 experiências exitosas ao Banco Ibero-Americano de Boas Práticas em Educação e Museus. Conheça mais sobre o prêmio e suas edições anteriores.

Texto: Divulgação Ibermuseus

 

Departamento de Estado dos EUA oferece financiamento a projetos museais

O Escritório de Assuntos Educacionais e Culturais (ECA), do Departamento de Estado dos Estados Unidos da América (EUA), organiza o programa Museums Connect 2014, com inscrições abertas até o dia 7 de outubro.

Os projetos financiados vão além de intercâmbios tradicionais baseados em exposições, concentrando-se no envolvimento e participação da comunidade e apoiando os objetivos fundamentais do programa, como ampliar a compreensão intercultural e mostrar o papel das instituições culturais como influenciadores na sociedade contemporânea.

Pelo menos oito projetos receberão entre US$50 mil – US$100 mil para dividir entre os museus dos EUA e museus estrangeiros que colaborarem em um projeto. As seleções finais são aprovadas pelo ECA com base nas recomendações de um comitê de seleção.

Os museus interessados devem apresentar um Perfil do Museu e enviar para museumsconnect@aam-us.org até 7 de Outubro de 2013. Mais informações podem ser obtidas, em inglês, na página da American Museum Alliance.

Exposição de Emmanuel Nassar no Museu da Chácara do Céu (RJ)

O Museu da Chácara do Céu/Ibram, no Rio de Janeiro (RJ), inaugurou no dia 6 de setembro, a segunda exposição da edição de 2013 do projeto Os amigos da gravura com a obra de Emmanuel Nassar. A exposição poderá ser visitada, gratuitamente, até 25 de novembro.

A obra criada por Emmanuel Nassar para o projeto é um múltiplo, formado por 50 peças, mas é ao mesmo tempo uma obra única. Trata-se de um díptico composto de uma tela e uma madeira MDF, pintados um a um, em cores e combinações diferentes. Todos levam as iniciais do nome do artista, EN, a numeração e o ano da tiragem.

A exposição, composta por um grande painel com os 50 dípticos será, aos poucos, desfeita, na medida em que as obras forem sendo compradas e, portanto, retiradas do painel, sofrendo mutações e perdas contínuas. A obra de Nassar trata das mudanças, percursos e transitoriedades, conciliando geografia, luz e os sons da cidade, remetendo à atmosfera urbana de suas fotos e pinturas em chapas metálicas.

O artista
O paraense Emmanuel Nassar (Capanema, 1949) formou-se em arquitetura e foi redator e diretor de arte em agências de publicidade em Belém.

Na década de 1980 passa a ser conhecido por sua pintura sobre tela, madeira e chapas metálicas, com citações e apropriações marcadas pela precariedade e ironia, que vão do universo da cultura popular a diversas correntes da arte contemporânea, notadamente a pop art, numa versão brasileira.

Ao longo de sua carreira realizou diversas exposições individuais. Participou de bienais de São Paulo (1989 e 1998), da coletiva UAB-C Stedelijk Museum de Amsterdã, entre outras. Em 2011 participou da 8a Bienal do Mercosul. Possui obras em acervos de diversos museus brasileiros.

Saiba mais sobre os Museus Castro Maya, o projeto Os amigos da gravura e como chegar.

Texto e imagem: Divulgação Chácara do Céu
Edição: Ascom/Ibram

Exposições marcam abertura da Casa Kubitschek em Belo Horizonte (MG)

A Prefeitura de Belo Horizonte (MG) inaugura neste dia 10, a Casa Kubitschek, com duas exposições: Casa Kubitschek: Uma Invenção Modernista do Morar e Pampulha: Território da Modernidade.

Novo espaço museológico na capital mineira valoriza o período Modernista

O novo espaço museológico da cidade, às margens da Lagoa da Pampulha, faz parte do projeto Pampulha: Patrimônio da Humanidade.

A casa modernista irá mostrar ao visitante os modos de habitar dos anos 1940, 1950 e 1960 – período singular para consolidação do pensamento modernista em Minas Gerais.

A mostra Casa Kubitschek: uma invenção modernista do morar, com curadoria de Denise Bahia e Mariana Brandão, apresenta em sua narrativa dois eixos principais que se interpenetram: um referente à história e outro que remete à memória.

A proposta é de uma “casa museu”, com um percurso que parte da referência histórica do ambiente político e cultural em que surge o Modernismo e, no qual, a Casa Kubitschek foi criada. A outra exposição, Pampulha: Território da Modernidade, com curadoria de Luana Maia, instalada no andar térreo, traz um viés mais histórico.

A Casa Kubitschek pode ser visitada a partir do dia 11 de setembro e funcionará de terça a sábado de 10h às 17h. A entrada é gratuita. Outras informações pelo telefone (31) 3277.1586.

Texto e foto: Divulgação
Última atualização: 10.9.2013

Museus estão entre os lugares mais visitados na Copa das Confederações 2013

Pesquisa encomendada pelo Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) mostra que atividades culturais foram destaque entre os turistas que vieram para a Copa das Confederações no Brasil, em junho deste ano.

Realizada com 453 entrevistados durante os dias da Copa, os números da pesquisa apontam os lugares mais visitados pelos turistas estrangeiros: bairros históricos (50,8 % dos entrevistados), museus, casas de cultura e exposições (39,5%), monumentos (39%) e shows (15,5%).

Eventos internacionais movimentaram museus como o MNBA no Rio de Janeiro

De acordo com a pesquisa, museus, casas de cultura e exposições foram a escolha de 69,4% dos turistas que foram a Brasília; 55,7% dos que foram ao Rio de Janeiro; e 55,4% dos que foram a Belo Horizonte.

Para o presidente do Instituto Brasileiro de Museus, Angelo Oswaldo, tais números devem servir de estímulo para que o setor se mobilize no sentido de receber melhor o turista estrangeiro. “Esse é um momento oportuno para realização de parcerias em busca de mais recursos e apoio para a qualificação dos museus brasileiros”, declarou.

Na semana passada, foi anunciado pelo Ministério da Cultura (MinC) o valor de R$ 20 milhões via Petrobras para investimento na modernização de 12 museus. Saiba mais.

Outros eventos
Além da Copa das Confederações, outros eventos internacionais também atraíram visitantes para o Rio de Janeiro nos últimos meses. A cidade foi sede da Jornada Mundial da Juventude, em julho, e a exposição A Herança do Sagrado, em cartaz no Museu Nacional de Belas Artes/Ibram até outubro, já recebeu mais de 60 mil visitantes. Já a exposição A Arte a Serviço da Fé, no Museu Histórico Nacional/Ibram, recebeu cerca de 20.240 visitantes nos meses de junho e julho.

Durante a 23ª Conferência Geral do Conselho Internacional de Museus (Icom), realizada de 10 a 17 de agosto, o Museu da Maré também despertou grande interesse entre os participantes da Conferência, cujo tema foi “Museu (Memória+Criatividade) = Mudança Social”. Além disso, vários museus na cidade, e mesmo em outros estados, tiveram visitação gratuita no período do evento internacional.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Museus e centros culturais podem sediar mostra Cinema e Direitos Humanos

A 8ª edição da mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul está recebendo inscrições, até 11 de outubro, de instituições e espaços culturais que tenham interesse em fazer parte do evento – que acontece entre 26 de novembro e 20 de dezembro em todo o Brasil.

Realizado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, com produção da Universidade Federal Fluminense/Ministério da Cultura e patrocínio da Petrobras e  BNDES, o evento celebra, há oito edições, o aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948.

A Mostra dedica-se a apresentar filmes sul-americanos que discutem temas atuais de Direitos Humanos no nosso continente e tem pontos de exibição nas 26 capitais e no Distrito Federal. Pelo primeiro ano, a mostra será realizada também em até 1.000 espaços culturais do país, assumindo um caráter descentralizador e democrático.

Como participar e programação
A participação consiste na realização de pelo menos duas sessões de cinema, não sendo vedada a realização de mais sessões. Os locais de exibição habilitados poderão também realizar, se possível, sessões acessíveis de filmes com audiodescrição, dublagem e legendas e com tradução para Libras. A ficha de inscrição está disponível.

A instituição habilitada receberá, gratuitamente, o kit contendo os filmes, inclusive os das sessões acessíveis no que se refere a audiodescrição, dublagem e legendas, a serem exibidos.

A programação compreende uma seleção de filmes contemporâneos que, desde 2008, são também selecionados por meio de chamada pública, além de uma retrospectiva histórica, homenagens e programas especiais. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (21) 2629.9763 ou (61) 2025.3732/3950 ou no blogue da mostra.

Texto: Divulgação Secretaria do Audiovisual/MinC
Edição: Ascom/Ibram

 

 

Fomento aos museus: Ibram divulga resultado do Prêmio Memórias Brasileiras

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) divulgou no Diário Oficial da União (DOU) de hoje (4), o resultado final do edital de seleção pública Prêmio Memórias Brasileiras 2012 – voltado para iniciativas de preservação da memória brasileira com ênfase nos movimentos sociais.

Foram inscritas 64 propostas, sendo que 46 delas foram admitidas para avaliação da comissão de seleção do prêmio. 17 foram classificadas, contemplando quatro regiões do país, e as 10 primeiras receberão cada uma R$ 30 mil – totalizando R$ 300 mil em investimentos via Fundo Nacional de Cultura (FNC). Veja a lista completa.

Os selecionados até a 10ª classificação devem encaminhar a documentação complementar, conforme disposto no item 9 do edital, com vistas a premiação em espécie. O resultado da seleção será comunicado por meio eletrônico aos classificados, sem prejuízo do início da contagem dos prazos, a partir da publicação no DOU.

Os interessados podem enviar recurso no prazo de cinco dias úteis, contados a partir de hoje (4), conforme Formulário de Recurso (Anexo V), a ser enviado, exclusivamente, via e-mail para o Ibram, no endereço eletrônico recurso.selecao@museus.gov.br, identificado com o Assunto Recurso de Seleção Prêmio Memórias Brasileiras 2012. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram

Chácara do Céu inaugura exposição com obra do paraense Emmanuel Nassar

O Museu da Chácara do Céu/Ibram, no Rio de Janeiro (RJ), inaugura dia 6 de setembro, às 12h, a segunda exposição da edição de 2013 do projeto Os amigos da gravura com a obra de Emmanuel Nassar. A exposição poderá ser visitada, gratuitamente, até 25 de novembro.

Projeto Amigos da Gravura foi criado nos anos 50 e reeditado pelo museu Chácara do Céu nos anos 90

A obra criada por Emanuel Nassar para o projeto é um múltiplo, formado por 50 peças, mas é ao mesmo tempo uma obra única.

Trata-se de um díptico composto de uma tela e uma madeira MDF, pintados um a um, em cores e combinações diferentes. Todos levam as iniciais do nome do artista, EN, a numeração e o ano da tiragem.

A exposição, composta por um grande painel com os 50 dípticos será, aos poucos, desfeita, na medida em que as obras forem sendo compradas e, portanto, retiradas do painel, sofrendo mutações e perdas contínuas. A obra de Nassar trata das mudanças, percursos e transitoriedades, conciliando geografia, luz e os sons da cidade, remetendo à atmosfera urbana de suas fotos e pinturas em chapas metálicas.

O artista
O paraense Emmanuel Nassar (Capanema, 1949) formou-se em arquitetura e foi redator e diretor de arte em agências de publicidade em Belém.

Na década de 1980 passa a ser conhecido por sua pintura sobre tela, madeira e chapas metálicas, com citações e apropriações marcadas pela precariedade e ironia, que vão do universo da cultura popular a diversas correntes da arte contemporânea, notadamente a pop art, numa versão brasileira.

Ao longo de sua carreira realizou diversas exposições individuais. Participou de bienais de São Paulo (1989 e 1998), da coletiva UAB-C Stedelijk Museum de Amsterdã, entre outras. Em 2011 participou da 8a Bienal do Mercosul. Possui obras em acervos de diversos museus brasileiros.

Saiba mais sobre os Museus Castro Maya, o projeto Os amigos da gravura e como chegar.

Texto e imagem: Divulgação Chácara do Céu
Edição: Ascom/Ibram

Copa 2014: patrocínio da Petrobras para museus será de R$ 20 milhões

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, anunciou 12 projetos da área de museus que serão contemplados com patrocínio da Petrobras, entre 2013 e 2014, no valor total de R$ 20 milhões. O aporte faz parte da ação cultural do MinC para a Copa do Mundo e vem somar a outros investimentos já anunciados pela pasta.

Um dos museus mais visitados do país, Museu Imperial receberá recursos da Petrobras

As cidades-sede da Copa das Confederações 2013 e da Copa do Mundo 2014 concentram em torno de 23% dos museus brasileiros – 737 de 3.220 museus mapeados pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Se somados aos museus presentes no raio de 200 km da capital, o número sobe para 32% (1.024).

A iniciativa contempla diretrizes de patrocínio cultural da Petrobras ao apoiar o resgate, a recuperação e a organização do acervo material e imaterial da cultura brasileira, assim como a ampliação do acesso público aos bens culturais. Os recursos serão destinados para a requalificação dos museus, inclusive de suas exposições. Há previsão de utilização de recursos em audioguias e material trilingue.

A expectativa é de que o esforço realizado deixe como legado uma infraestrutura de equipamentos e serviços no Setor Museal que interajam com o patrimônio cultural das cidades para que turistas brasileiros e estrangeiros desfrutem dos benefícios durante os grandes eventos e que as melhorias sejam mantidas em permanente conservação pelo governo local, para usufruto da população.

Distribuição regional
No Nordeste, quatro projetos importantes receberão recursos: revitalização e requalificação da exposição de longa duração do Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco, em Olinda, e do Museu da Cidade do Recife; revitalização da Pinacoteca do Palácio de Cultura, em Natal (RN); e implantação do Museu Nacional de Cultura Afro-Brasileira, em Salvador (BA).

O Museu Lasar Segall é a única unidade da rede Ibram em São Paulo

O estado do Rio de Janeiro, que também receberá as Olimpíadas de 2016, terá cinco museus beneficiados com este recurso: Museu Imperial e Palácio Rio Negro, em Petrópolis; museu nacional mais visitado do país e residência oficial de antigos presidentes da República, respectivamente; Museu da República e Museu Chácara do Céu, no Rio de Janeiro e Museu de Arte Sacra de Paraty – todos ligados a rede de museus Ibram.

O Museu Mariano Procópio, em Juiz de Fora (MG), também será contemplado, pois possui um importante acervo da época do Império, que dialoga com o Museu Imperial, e fica entre duas cidades-sede – Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

Estão na lista ainda, a requalificação do Museu Lasar Segall, em São Paulo e a criação do Portal dos Museus, site de busca que beneficiará todos os museus brasileiros, mas, que em um primeiro momento terá a sua atuação voltada mais para as 12 cidades-sede da Copa do Mundo. Veja a lista completa.

Texto e fotos: Ascom/Ibram

Página 29 de 55« Primeira...1020...2728293031...4050...Última »