Página 10 de 55« Primeira...89101112...203040...Última »

Ministro da Cultura participa de reunião do Comitê de Gestão do Ibram

Ministro da Cultura (centro), durante reunião do Comitê de Gestão do Ibram

Ministro da Cultura (centro), durante reunião do Comitê de Gestão do Ibram

O ministro da Cultura, Roberto Freire, reiterou, nesta quinta-feira (8), sua disposição para o diálogo e para o fomento das ações a serem desenvolvidas pelas instituições museológicas.

Freire esteve presente à reunião do Comitê de Gestão do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), reunido nos dia 7 e 8, na sede do Ibram, em Brasília, que é formado por diretores de departamentos e diretores dos 29 museus diretamente vinculados à instituição.

Nesta primeira reunião, realizada sob a presidência de Marcelo Araujo, os participantes discutiram o planejamento estratégico e orçamentário do Ibram para 2017. Foram ainda apresentadas e avaliadas propostas para a gestão interna e políticas públicas voltadas ao setor de museus.

Roberto Freire defendeu a valorização de ações que sejam mais duradouras. “O Ibram cuida do que há de mais permanente, que é a memória, a história nacional”, ressaltou.

Ele afirmou que sua gestão irá respeitar a “excelência técnica” dos órgãos vinculados ao MinC, na tomada das decisões referentes a cada área. “Minha gestão não irá discriminar nenhuma pessoa por suas convicções políticas. Nossa preocupação é com o desenvolvimento do País naquilo que nos compete”, afirmou. Leia mais.

Patrimônio museológico
Na terça-feira (6), também no Ibram, aconteceu mais uma reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Museológico – a primeira na atual gestão.

Pauta do CCPM Declaração de interesse público para bens culturais é uma das atribuições do CCPM

Declaração de interesse público para bens culturais é uma das atribuições do CCPM

Integrado por 21 representantes do governo e sociedade civil, o conselho tem a atribuição, entre outras, de definir bens culturais e coleções que deverão ser declarados de interesse público, ampliando assim suas garantias de preservação e manutenção.

A pauta do encontro incluiu apresentação dos projetos e diretrizes da atual presidência do Ibram, que também preside o conselho, além de deliberações sobre propostas e ações ligados ao tema.

Marcelo Araújo relembrou que o Ibram é uma instituição recente, criada em 2009 a partir de um desmembramento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). “Desde então, compartilhamos com o Iphan essa missão de preservação e divulgação do patrimônio cultural brasileiro”, disse.

“O Ibram tem uma dupla função, uma vez que é responsável pela gestão dos 29 museus e pelo Sistema Nacional de Museus, que engloba cerca de 3.500 instituições museológicas em todo Brasil”, concluiu o presidente do Ibram.

Texto: Ascom/MinC
Edição: Ascom/Ibram
Fotos; (1) Janine Moraes-MinC/(2): Ascom/Ibram

Matéria relacionada
Integrantes da nova gestão do SBM participam de primeira reunião em Brasília

 

Minas Gerais realiza Encontro Estadual de Museus na próxima semana

Nos dias 12 e 13 de dezembro, o Museu Mineiro, em Belo Horizonte (MG), recebe a 9ª edição do Encontro Estadual de Museus.

Com o tema Pesquisa: no e para museu, o encontro é aberto a estudantes, professores, profissionais da área museológica e demais interessados. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas online até amanhã (9).

Atividades acontecem no Museu Mineiro - Circuito da Liberdade

Atividades acontecem no Museu Mineiro – Circuito da Liberdade

A programação está dividida em dois módulos no primeiro dia: O museu e a contemporaneidade: pensar os públicos e Objeto, Memória, Museu: uma construção contínua de significados.

Para o dia 13 está programada a atividade Clínica de Museus, que propõe pensar coletivamente alternativas para superar obstáculos no campo da pesquisa em museus.

Também será apresentada a comunidade Museomix, voltada a interações em torno da ideia de museus abertos, conectados e participativos, e acontece ainda o lançamento do livro Conceitos-chave de Museologia – publicação do Conselho Internacional de Museus (Icom).

No encerramento do evento será aberto o Centro de Estudos e Difusão da Arte Mineira (cedam), com o acervo doado ao Estado pelo artista e pesquisador Márcio Sampaio – resultado de meio século de coleta de materiais sobre a arte visual mineira. Confira a programação completa.

Texto e foto: SEC-MG/Divulgação

Diretores de museus brasileiros visitam instituições na Holanda

Diretores de museus e representantes de instituições culturais brasileiras estarão visitando a Holanda entre os dias 11 e 16 de dezembro.

O objetivo da missão é ampliar a troca de experiências e boas práticas entre museus brasileiros e holandeses, com vistas a se estabelecer novas atividades de cooperação.

Museu Nacional da Holanda (Rijksmuseum) está no roteiro da missão

Visita ao Museu Nacional da Holanda (Rijksmuseum) está no roteiro da missão

A missão é organizada pelo Centro para a Cooperação Internacional da Holanda (Dutch Culture), em colaboração com o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Fundação Getúlio Vargas e Embaixada da Holanda em Brasília.

Os temas da visita incluem reuniões, palestras, visitas a museus e troca de experiências em torno de empreendedorismo, sensibilização e alcance de público, além das relações entre museus e instituições governamentais.

As reuniões contarão com a presença de profissionais dos diversos museus holandeses nas cidades de Amsterdã, Haia, Roterdã, Haarlem e Enkhuizen. Haverá ainda encontros no Ministério de Educação, Cultura e Ciência da Holanda, Associação de Museus Holandeses e na Reinwardt Academy – a escola de Museologia da Universidade das Artes de Amsterdã.

Os participantes foram selecionados pelos museus holandeses, com base nas indicações do Dutch Culture. Dentre eles encontram-se representantes dos Museu Judaico e Museu de Arte de São Paulo, além do Instituto Moreira Salles (RJ) e Instituto Inhotim (MG).

Texto: Ascom/Ibram
Foto: John Lewis Marshall/Rijksmuseum

Dia Internacional dos Direitos Humanos tem programação especial em SP

Museus ligados à Secretaria de Cultura de São Paulo (SP) estão mobilizados esta semana em torno do Dia Internacional dos Direitos Humanos – comemorado no dia 10. Com o tema Enfrentando nossos preconceitos, a iniciativa segue até domingo (11) com uma programação diversificada

Sonhar_MundoA iniciativa parte da premissa de que os museus também devem atuar como instrumentos de transformação social, contribuindo com o respeito à diversidade cultural e combatendo preconceito, discriminação e violência.

Participam diretamente da ação cinco museus cujos temas estão relacionados aos Direitos Humanos: Memorial da Resistência, Museu da Diversidade Sexual, Museu Índia Vanuíre, Museu Afro Brasil e Museu da Imigração.

Os outros 14 museus da Secretaria da Cultura também se engajam na divulgação do tema via redes sociais, e alguns com programações adicionais.

Entre os destaques da programação cultural estão exposições, visitas temáticas, debates,  exibição de filmes, pintura coletiva de mural e atendimento ao público para esclarecimento de direitos. Confira a programação completa.

Realizada pela primeira vez em 2015, a campanha Sonhar o Mundo busca articular os museus da Secretaria da Cultura em torno de ações ligadas aos Direitos Humanos, dando visibilidade ao tema a partir de programação cultural, educativa e de comunicação nas mídias sociais.

Texto e imagem: SEC-SP/Divulgação
Edição: Ascom/Ibram

Projetos de museus brasileiros são reconhecidos em prêmio ibero-americano

O Brasil teve quatro projetos de destaque no 7º Prêmio Ibero-Americano Educação e Museus, desenvolvido pelo Programa Ibermuseus.

Circuito Acessível de Expositores Interativos, da Associação Mantenedora do Museu das Minas e do Metal (MG), foi um dos cinco premiados na categoria Projetos em Fase de Elaboração e/ou Planejamento, e receberá 10 mil dólares (cerca de 35 mil reais).

Resultado do prêmio foi divulgado durante encontro na Costa Rica

Resultado do prêmio foi divulgado durante encontro na Costa Rica

Já o Museu de Arte Moderna (MAM) de São Paulo, a Associação dos Amigos do Museu Mineiro e Museu da Agricultura Familiar, ambos de Minas Gerais, tiveram projetos reconhecidos com Menção Honrosa, ao lado de 17 outros projetos, e passam a integrar o Banco de Boas Práticas do Programa Ibermuseus.

Foram inscritos 167 projetos educativos procedentes de 18 países da comunidade ibero-americana, dos quais 87 foram aprovados na etapa de habilitação pelo Comitê Técnico – formado por especialistas provenientes de 10 países. Confira todos os premiados.

Encontro na Costa Rica
O resultado do prêmio foi anunciado durante o 9º Encontro Ibero-Americano de Museus, que teve lugar na capital costa-riquenha, San José, entre 24 e 26 de novembro.

Painéis de debate sobre o trabalho museológico na região, além de conferências, marcaram a programação. O presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Marcelo Araujo, falou via videoconferência sobre Sustentabilidade Socioeconômica dos Museus. Ao final do evento, foi firmada a Declaração de San José, documento que reúne metas prioritárias ao estímulo e  fomento às políticas públicas para os museus da região.

A salvaguarda do patrimônio museológico ibero-americano, governabilidade, sustentabilidade e estratégias de financiamento dos museus e o desenvolvimento de uma agenda em face aos 10 anos do Programa Ibermuseus estão entre os pontos abordados na declaração. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Ibermuseus/Divulgação

Inscrições para a Semana de Museus 2017 começam na segunda (28)

Atividade em museu de zoologia de Santa Catarina: público cresce durante Semana de Museus

Atividade em museu de zoologia de Santa Catarina: público cresce durante a Semana de Museus

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) inicia, na segunda-feira (28), as inscrições de atividades para a 15ª Semana de Museus – que acontecerá entre os dias 15 e 21 de maio de 2017.

Museus e Histórias Controversas – dizer o indizível em museus é o tema definido pelo Conselho Internacional de Museus (Icom) para celebrar, no próximo ano, o Dia Internacional de Museus (18 de maio).

Para participar, o museu ou instituição cultural interessada deve programar atividades em torno do tema (exposições, visitas mediadas, shows, palestras etc.) e inscrevê-las, até 3 de março, no formulário eletrônico que estará disponível na página do Ibram.

As atividades ocorrem exclusivamente sob a responsabilidade da própria instituição que as inscrever. Ao Ibram cabe a mobilização do setor, a divulgação nacional da temporada cultural, além  da produção da identidade visual, texto de referência sobre o tema e do Guia da Programação – onde o público pode encontrar informações sobre todos os eventos.

Aumento na participação
Ao completar 15 anos de existência em 2017, a Semana de Museus tem sido um fator de promoção e valorização dos museus brasileiros, assim como de ampliação do acesso da população à cultura.

Cartaz da Semana de Museus 2016

Cartaz da Semana de Museus 2016

Em média, houve um aumento de 31% no número de museus e instituições envolvidas: na primeira edição (2003) foram 57, enquanto na última edição (2016) chegou-se a 1.236 participantes.

Em relação ao número de municípios brasileiros envolvidos, houve, em média, um crescimento de 27% quanto à adesão de instituições locais.

Edição 2016
O Ibram lançou este mês os resultados da pesquisa sobre a Semana de Museus 2016 – realizada anualmente desde 2011.

Em relação ao público, houve um aumento de 79% no número de visitantes no período do evento este ano. Quanto ao impacto econômico, houve um crescimento de 21% na geração de emprego e renda no campo museal. Acesse a pesquisa na íntegra.

Dúvidas e outras questões relacionadas a Semana de Museus podem ser enviadas para o endereço eletrônico semana@museus.gov.br ou esclarecidas pelos telefones (61) 3521.4142/4135.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Angelis Manente Forgiarini/ Museu de Zoologia Profa. Morgana Cirimbelli Gaidzinski
Última atualização: 30.11.2016

CNIC de novembro autoriza captação de mais de R$ 144 milhões para museus

A 250ª reunião da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) aprovou, entre os dias 8 e 10 de novembro, que museus e instituições de memória possam captar R$ 144.924.943,18  via Lei Rouanet – mecanismo federal de incentivo fiscal à cultura.

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), e outras vinculadas do Ministério da Cultura (MinC), analisaram 27 projetos nesta edição da CNIC, sendo que 25 deles foram aprovados para captar recursos.

CNIC_logoOs planos anuais de atividades 2017 de diversas instituições foram o grande destaque desta edição, a penúltima do ano, mas dentre os projetos há também exposições em várias museus brasileiros.

Automóveis e Brecheret
Masp no CCBB será uma exposição itinerante, que percorrerá cidades no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Distrito Federal, reunindo múltiplas representações da figura humana na arte – de diferentes períodos, territórios e escolas.

Já a exposição Sobre Rodas, no museu Rodas do Tempo (GO), terá como tema a história do design visual dos automóveis, a história do automobilismo no Brasil e o sentido simbólico que os carros carregam na sociedade contemporânea.

O artista Victor Brecheret (1894-1955) será alvo de uma grande retrospectiva em 2017: o projeto Brecheret – Esculturas e Desenhos – 1919/1955 apresentará 149 obras do artista ítalo-brasileiro nas cidades de Curitiba (PR) e Belo Horizonte (MG).

Também foram contemplados projetos que envolvem apresentações musicais, produção de publicações e mesmo um circuito noturno de visitas a museus.  Saiba mais sobre a CNIC de novembro e conheça todos os projetos aprovados.

A próxima reunião da CNIC será realizada de 6 a 8 de dezembro, em Brasília. A Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC) é um colegiado de assessoramento formado por representantes dos setores artísticos, culturais e empresariais, em paridade da sociedade civil e do poder público. Os membros da sociedade civil são oriundos das cinco regiões brasileiras.

Texto: Ascom/Ibram

Museus da rede Ibram celebram Consciência Negra no RJ e PE

O dia 20 de novembro é celebrado no Brasil como o Dia da Consciência Negra. Provável data da morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, o objetivo é ampliar a reflexão sobre a presença do negro e de sua cultura na sociedade brasileira. Com essa perspectiva, dois museus da rede do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) organizam atividades que marcam a data.

Casa_ClaudioSouza_Imperial

Casa de Cláudio de Souza/Museu Imperial em Petrópolis (RJ)

Em Petrópolis (RJ), a Casa de Cláudio de Souza, que integra o Museu Imperial, realiza no dia 21, a partir das 17h,  apresentações de dança afro e uma série de palestras sobre cultura, saúde e estética.

Reflexões quanto ao Dia da Consciência Negra; Quebrando os mitos quanto as doenças que afeta a população negra; A mídia e o negro como protagonista; A contação de história afro brasileiras nas séries iniciais e a formação da identidade; O que carrego na cabeça; Fundamentação sobre os penteados nagos e a Beleza da mulher negra são os temas abordados pelos palestrantes.

As atividades são gratuitas. A Casa de Cláudio de Souza fica na Praça da Liberdade, 247 – Centro de Petrópolis. Outras informações pelo telefone (24) 2231.5156.

Novembro Negro
Em Recife (PE), O Museu da Abolição segue com uma programação que teve início em 6 de novembro – batizada de Novembro Negro.

No dia 24 o destaque será o encontro de formação, para professores e alunos, sobre a Lei 10.639/03, que incluiu no currículo escolar oficial o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira. No dia 26, acontece o lançamento do livro Arraial Novo de Canudos, de Rodrigo Capibe,  com apresentação de afoxé e de xirê. Saiba mais sobre o Museu da Abolição.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Museu Imperial/Divulgação

Ibram promove oficina sobre Redes e mídias sociais: os museus na web

Nos dias 16 e 17 de novembro, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) promove o segundo módulo da oficina Cultura digital, museus, acervo em rede.

O módulo trata sobre o tema Redes e mídias sociais: os museus na web, onde serão apresentadas diferentes formas que os museus pelo mundo estão usando redes sociais, e como isso tem produzido novas formas de relacionamento com seu público, de disponibilização e circulação do acervo.

A oficina é resultado da parceria do Ibram com a Universidade Federal de Goiás (UFG) e visa analisar o cenário atual da cultura digital com foco nos fenômenos de rede e, em diálogo com a área de museus, promover a reflexão sobre as oportunidades de produção de acervos digitais e suas formas de articulação em rede.

Inteligência coletiva nas redes
No primeiro módulo, Inteligência coletiva e inteligência de redes: novos cenários da cultura digital, realizado nos dias 8 e 9, foram apresentados alguns conceitos de cultura digital, a partir de sua relação com os modos de sociabilidade em rede e os fenômenos de participação social que levam ao desenvolvimento de novas formas de inteligência coletiva.

Dalton Martins_Oficina CGSIM_08nov16

Dalton Martins, professor da UFG, durante o primeiro módulo da oficina

Dalton Martins, mediador da oficina e professor da UFG, também apresentou um histórico da Internet, do seu surgimento até os dias atuais, mostrando como surgiram diferentes serviços e formas de apropriação social, apresentando casos de manifestação da inteligência coletiva com foco no universo da cultura. Confira os slides apresentados pelos ministrantes (parte 1 e parte 2).

A oficina será realizada no auditório do Ibram em Brasília (Setor Bancário Norte, Quadra 2 Bloco N – Edifício CNC III – Sobreloja).

As inscrições para o módulo já foram encerradas. Interessados em participar na modalidade Ouvinte podem comparecer, não havendo emissão de certificado.

Mais informações podem ser obtidas pelo endereço eletrônico cgsim@museus.gov.br  ou pelo telefone (61) 3521.4307.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Matéria relacionada
Cultura digital, museus, acervo em rede é tema de oficina do Ibram

Costa Rica sedia a edição 2016 do Encontro Ibero-Americano de Museus

O Museo del Jade y de la Cultura Precolombina, na cidade de San José (Costa Rica), sedia o 9º Encontro Ibero-Americano de Museus (EIM 2016) entre os dias 24 e 26 de novembro.

O evento reúne representantes de museus da região ibero-americana para a troca de experiências, discussão de assuntos de interesse mútuo de cooperação e o estabelecimento de ações conjuntas para o setor museológico da região.

Realizado pelo Programa Ibermuseus e pelo Ministério da Cultura e Juventude da Costa Rica, com o apoio da Secretaria Geral Ibero-Americana e da Organização dos Estados Ibero-Americanos, pela primeira vez o encontro acontece em um país da América Central, que se integrou ao Comitê Intergovernamental do Programa Ibermuseus em 2015.

Cooperação tem destaque
Com o tema Tecendo a Cooperação entre Museus, o EIM 2016 tem como objetivo fomentar a criação de redes interinstitucionais entre agentes museais na região ibero-americana, propiciar o diálogo sobre as políticas públicas de museus e sua sustentabilidade socioeconômica, além de gerar um espaço de reflexão sobre a Carta Cultural Ibero-Americana – a quase dez anos de sua criação.

Logo_IbermuseusNesta edição, participam representantes de alto nível de organismos de cooperação internacional, assim como museólogos, gestores, acadêmicos e pesquisadores ibero-americanos.

Marcelo Araujo, presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), representa o Brasil no EIM 2016 e realiza, no dia 25, a Conferência magistral sob o tema Sustentabilidade socioeconômica dos museus.

O programa inclui atividades abertas à participação do público, com inscrição prévia. Confira a programação completa e saiba como participar na página do Programa Ibermuseus.

Para quem não puder participar presencialmente, acontecerá a transmissão de parte do evento via streaming, com acesso por meio do portal web Ibermuseus.

Texto: Divulgação Ibermuseus
Edição: Ascom/Ibram

Página 10 de 55« Primeira...89101112...203040...Última »