Página 9 de 13« Primeira...7891011...Última »

Governo de MG entrega Comenda Teófilo Ottoni ao Presidente do Ibram/MinC

O Governo de Minas Gerais entrega a Comenda Teófilo Ottoni ao Presidente do Ibram/MinC, José do Nascimento Jr,  e mais 29 agraciados, no dia 28 de novembro. A cerimônia acontece no Auditório da PUC Minas Serro a partir das 11h.

Imagem de Teófilo Benedito Ottoni (1807-1869)

A Comenda foi instituída pela lei n° 16.920, em 6 de agosto de 2007, ano em que foi comemorado o bicentenário do nascimento de Teófilo Ottoni , e tem como finalidade homenagear pessoas e instituições que contribuem para o desenvolvimento político, cultural, econômico e social das regiões dos Vales do Jequitinhonha, Mucuri, Norte e Nordeste de Minas Gerias. Saiba mais.

Em função da comemoração de entrega da comenda, o Museu Regional Casa dos Ottoni/Ibram abrirá as portas excepcionalmente para visitação neste dia. Esta será a primeira vez em que o museu participa da programação das comemorações. Além de expor seu acervo permanente, que contextualiza a história da casa onde nasceu Teófilo Ottoni, o museu irá apresentar peças que não costumam estar expostas.

Texto e imagem: Divulgação Museu Casa dos Ottoni

Ibram e Correios fecham acordo para criação do Museu Paulo Leminski

Poema desenho de Paulo Leminski e João Suplicy

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos deram início na quarta-feira (23), a uma parceria voltada para a criação do Museu Nacional da Poesia Paulo Leminski, em Curitiba (PR).

O museu será instalado na antiga sede central dos Correios na capital paranaense. O prédio, que conta com 4 mil metros quadrados, foi inaugurado em 1934 e encontra-se subutilizado desde 1998, quando houve mudança de sede da empresa.

A partir de agora, as duas instituições darão início a uma série de reuniões técnicas que vão definir os detalhes relativos à instalação do museu. A direção dos Correios já anunciou que, em paralelo a este trabalho, vai financiar a completa restauração do prédio, que custará R$ 4 milhões.

A ideia é que o museu reúna acervo pessoal do poeta curitibano Paulo Leminski e exponha sua obra de forma interativa – a exemplo do que já é feito em instituições como o Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. A previsão é de que o museu seja inaugurado até 2013, como parte das comemorações de 350 anos dos Correios.

Texto: Ascom/MinC
Imagem: Livro Winterinverno/divulgação

Museu da Inconfidência expõe objetos da cultura e religiosidade afrodescentes

Até 27 de novembro, o Museu da Inconfidência/Ibram, localizado em Ouro Preto (MG), segue com uma programação alusiva ao Mês da Consciência Negra, ao Ano Internacional dos Afrodescendentes, celebrado pela Unesco em 2011, e aos 300 anos de elevação à Vila dos arraiais que originaram Ouro Preto.

Imagem da Igreja de Santa Efigênia do Alto da Cruz

Na sexta-feira (25), às 20h, será aberta a mostra O Negro na Formação de Vila Rica, Cultura e Religiosidade, que permanecerá em cartaz na Sala Manoel da Costa Athaide (Rua Vereador Antônio Pereira, 33) até 29 de janeiro de 2012.

Estarão expostas imagens de santos e objetos ligados à cultura afrodescendente, ao sincretismo religioso e ao ofício dos negros na antiga Minas Gerais. A visitação é gratuita.

As peças pertencem aos museus da Inconfidência, Histórico Nacional (RJ) e Regional de Caeté (MG), bem como Arquidiocese de Mariana e colecionadores particulares de Minas Gerais. O espaço será ambientado com a imagem do retábulo da Igreja de Santa Efigênia do Alto da Cruz que, segundo a lenda, foi construída por Chico Rei e seu grupo recém-alforriado.

Na abertura haverá apresentações do Teatro de Bonecos Giramundo, com o espetáculo Os Orixás, do Grupo Samba de Raiz e do Congado de Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia. Veja a programação completa de atividades aqui.

Texto e foto: Divulgação Museu da Inconfidência

Educação Patrimonial no Museu Casa Histórica de Alcântara (MA)

Realizou-se no auditório do Museu Casa Histórica de Alcântara/Ibram, nos dias 22 e 23 de novembro, o 2º Encontro do Programa de Formação Continuada em Educação Patrimonial no Município de Alcântara (MA).

O evento, organizado pela Secretaria Municipal de Educação, teve como objetivo retomar discussões sobre o Patrimônio Histórico de Alcântara junto aos professores, com o objetivo de sistematizar a inserção do tema no currículo escolar do Município.

E no dia 29 de novembro, o museu realiza a segunda etapa da construção do seu Plano Museológico, que será realizado de forma coletiva com a participação de entidades e pessoas interessadas. Outras informações aqui.

Texto e foto: Divulgação MCHA

Museu da Inconfidência promove 10º Festival de Bandas em Ouro Preto (MG)

Em 2011, o Festival Ouropretano de Bandas, promovido pelo Museu da Inconfidência/Ibram, completa dez anos, tendo recebido mais de 30 bandas vindas de várias cidades de Minas Gerais.

Ao contrário dos anos anteriores, em que os conjuntos musicais se apresentavam na Praça Tiradentes, as bandas se apresentarão excepcionalmente no tradicional Cine Vila Rica, em função da transferência de data para os últimos domingos de novembro – dias 20 e 27 – e primeiro domingo de dezembro, dia 04 – época chuvosa na região.

O evento tem entrada gratuita e ocorre pelas manhãs, a partir das 9h. Prioriza gêneros como a marcha e o dobrado, procurando explorar ao máximo o repertório produzido pelos participantes.

Música no museu
O Museu da Inconfidência abriga um dos mais significativos acervos de documentos musicais, trabalhando na recolha, conservação, pesquisa, catalogação e divulgação de resultados, através de publicações de catálogos temáticos e obras transcritas.

Desde o ano 2000 desenvolve intensa atividade junto às bandas de música de Ouro Preto, cuidando dos acervos em conjunto com os membros das bandas, procurando valorizar os compositores e arranjadores nascidos em suas próprias fileiras. Veja a programação completa do festival.

Em 2002, O Festival Ouropretano de Bandas foi organizado pela primeira vez com o objetivo de aproveitar essas pesquisas, a fim de incentivar as bandas ouropretanas a buscarem, em seus acervos, músicas dos antigos componentes. Desde então, o evento acontece anualmente. Mais informações sobre o Museu da Inconfidência estão disponíveis aqui.

Fonte: Divulgação Museu da Incofidência

Museus de Arte e Conservação de Bens Culturais no Museu Victor Meirelles

Qual o papel dos museus de arte na contemporaneidade? Essa é a questão central do conjunto de atividades programadas pelo Projeto Agenda Cultural do Museu Victor Meirelles/Ibram, nos dias 21 e 22 de novembro, em Florianópolis (SC).

Realizado em parceria com o Fórum Permanente de Museus e o espaço Contemporão, no dia 21, o professor da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e coordenador do Fórum Permanente de Museus, Martin Grossmann, ministrará a palestra Museu como interface: arquiteturas, arte, gestão e comunidade.

A mediação estará por conta do artista Yiftah Peled, do espaço Contemporão. A atividade é gratuita e não é necessário proceder com prévia inscrição. Às 20h30, acontece o lançamento da coleção de livros do Fórum Permanente de Museus.

No dia 22, das 18h às 22h, as atividades seguem no espaço Contemporão. Martin Grossmann ministra a oficina Curadoria e Performance. Para se inscrever, é preciso enviar, até o dia 17 de novembro, o currículo resumido e uma pequena apresentação de interesses em relação à oficina para o endereço eletrônico contemporao@gmail.com.

Já a Semana de Conservação de Bens Culturais será de 28 de novembro e 1º de dezembro. O objetivo é proporcionar e complementar a formação de profissionais do setor bem como demais interessados.

Estão sendo oferecidas as oficinas teóricas Conservação Fotográfica e Conservação de Bens Culturais. As atividades são gratuitas, mas é necessário se inscrever. Os interessados devem encaminhar, até 24 de novembro, pedido de pré-inscrição para mvm.ac@museus.gov.br. Os critérios para a seleção nas oficinas são de responsabilidade da equipe técnica do Museu Victor Meirelles. Saiba mais aqui.

Fonte: Divulgação Museu Victor Meirelles

Programa de Fomento aos Museus 2011 está com nove editais abertos

Nove dos dez editais que fazem parte do Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011 estão com inscrições abertas. São mais de 16 milhões de reais em recursos financeiros destinados a prêmios e projetos relacionados à construção e modernização de museus, ao incentivo a artistas contemporâneos, à divulgação do tema museu em diversas mídias e ao apoio a iniciativas e experiências de memória social desenvolvidas por comunidades e grupos populares.

Esses recursos são resultado de emendas parlamentares apresentadas pelo Congresso e do orçamento do Fundo Nacional de Cultura/MinC. Do total de editais, seis foram lançados em 2011. São eles (clique no nome para ver o Edital):

Prêmio Ibram de Arte Contemporânea – busca ampliar, estimular, viabilizar práticas artísticas contemporâneas e fomentar o processo artístico nacional. Cinco (5) artistas emergentes e cinco (5) artistas estabelecidos serão contemplados por esse prêmio, que tem como objetivo selecionar projetos para produção de obra inédita. Os prêmios são de R$ 60 mil e R$ 100 mil e as inscrições vão até 30 de novembro.

Edital Modernização de Museus – Microprojetos  - tem por objetivo selecionar 50 (cinquenta) iniciativas voltadas à cultura, memória e patrimônio a fim de fomentar o processo sócio cultural nacional. Os prêmios variam de R$ 10 mil a R$ 50 mil e as inscrições seguem até 27 de novembro.

Prêmio Pontos de Memória 2011 - busca reconhecer iniciativas de práticas museais e de processos dedicados à memória social que se identifiquem com a perspectiva da museologia social, da diversidade sociocultural e da sustentabilidade. É voltado para grupos étnicos-culturais tais como indígenas, afro-descedentes, ciganos, ribeirinhos, quilombolas, rurais, urbanos, de periferia, cultura litorânea, comunidades brasileiras no exterior, entres outros. Os prêmios são de R$ 30 mil e R$ 50 mil. Inscrições até 27 de novembro.

Prêmio Ibram de Roteiros Audiovisuais 2011 visa premiar 18 roteiros inéditos para produção audiovisual, com 60% de ambientação em museus brasileiros e vinte (20) produções de mídias digitais com argumentação museológica. Serão premiados: Roteiro de Longa Metragem; Roteiro de Curta Metragem; Roteiro de Documentário; Roteiro de Cine-TV  e Produção de Mídias Digitais. Os prêmios variam de R$ 5 mil a R$ 100 mil e as inscrições vão até 26 de novembro.

Edital para Criação e Fortalecimento de Sistemas de Museus - voltado para entidades públicas que atuam no âmbito museal, o Edital para a Criação e Fortalecimento de Sistemas de Museus visa ao apoio à estruturação, modernização e fortalecimento do Sistema Brasileiro de Museus. Podem participar entidades públicas, nos âmbitos municipal, estadual e distrital. Serão atendidos projetos com valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais). Inscrições até 18 de novembro.

Prêmio Ibram de Enredos que consiste em selecionar e premiar até 34 (trinta e quatro) enredos carnavalescos com o tema: Museus, Memória e Criatividade. Cada prêmio é de R$ 15 mil e as inscrições seguem até 26 de novembro.

Os outros quatro editais, que já fazem parte da agenda do Ibram, são:

Edital Mais Museus – visa o conveniamento de projetos para a implantação de museus em municípios com menos de 50 mil habitantes e que ainda não possuam instituição museológica instituída. Podem participar pessoas jurídicas de direito público e de direito privado sem fins lucrativos, com finalidade cultural. No caso de pessoas jurídicas de direito privado deverão ser instituídas há no mínimo três anos. Os projetos atendidos terão valores entre R$100.000,00 e R$150.000,00. Inscrições até 18 de novembro.

Edital Modernização de Museus - seleciona projetos para conveniamento voltados à cultura, memória e patrimônio, para modernização dos espaços museais. Tem por objetivo ampliar, estimular e viabilizar a continuidade e a sustentabilidade das atividades das instituições selecionadas, a fim de fomentar o processo sócio cultural nacional. Os projetos atendidos terão valores entre R$ 100.000,00 e R$ 300.000,00. As inscrições se encerraram no dia 13 de novembro.

Prêmio Darcy Ribeiro 2011 -  está em sua 4ª edição e é voltado para práticas de educação não formal que objetivam a convergência entre cultura, arte e educação de modo a contribuir na ampliação do acesso às manifestações culturais e ao patrimônio cultural brasileiro. Podem participar instituições museais públicas não vinculadas à estrutura do Ministério da Cultura, órgãos ou entidades públicas que possuam em sua estrutura unidades museais, e instituições museais de direito privado sem fins lucrativos. Os projetos devem ter sido realizados nos últimos dois (2) anos e já concluídos. Os prêmios são de R$ 15 mil, R$ 10 mil e R$ 8 mil para o primeiro, segundo e terceiro colocados, respectivamente. As inscrições estão abertas até 30 de novembro.

Prêmio Mario Pedrosa - é voltado para trabalhos jornalísticos veiculados na mídia impressa nacional e que tiveram como tema “Mulheres, Museus e Memórias”. São três prêmios de R$ 10 mil; R$ 7 mil e R$ 5 mil para os 1º, 2º e 3º lugares, respectivamente. As inscrições seguem até 26 de novembro.

As inscrições podem ser feitas por meio do Sistema SalicWeb, disponível na página do Ibram (www.museus.gov.br). Os proponentes devem, após fazer a incrição, acompanhar, regularmente, o ambiente do Sistema. As diligências serão informadas através do item “Mensagens enviadas pelo MinC”.

Dúvidas e informações pelo email: fomento@museus.gov.br.

Fonte: Ascom Ibram/MinC

Instrumento para proteção do patrimônio museológico aprovado pela Unesco

O governo brasileiro apresentou proposta de resolução para estabelecimento de uma avaliação sobre modalidades de Proteção e Promoção do Patrimônio Museológico e Coleções.

O documento foi defendido pelo presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), José do Nascimento Junior, durante a reunião da Comissão de Cultura da 36º Conferência Geral da Unesco, realizada em Paris, França, na primeira semana de novembro.

A proposta foi apoiada por 30 países e, agora, o Ibram irá coordenar este debate, que visa o desenvolvimento, pelos países membros da Unesco, de políticas públicas para a área museológica.

Como primeira missão, o Ibram e a Unesco irão organizar uma reunião com especialistas internacionais da área de patrimônio museológico para discutir o tema. O encontro está previsto para 2012 e será realizado no Brasil. O debate internacional sobre a proteção e promoção dos museus e do patrimônio museológico no âmbito da Unesco havia sido proposto anteriormente pelos ministros de países ibero-americanos na XIV Conferência Ibero-americana de Cultura, realizada no Paraguai.

Durante a Conferência Geral, o Brasil também foi um dos 15 países eleitos para compor o comitê executivo de criação do Museu da Civilização Egípcia, que será patrocinado pela Unesco e construído no Cairo.

Texto e foto: Ascom/MinC

Museu Casa Histórica de Alcântara (MA) comemora sete anos de criação

Inaugurado no dia 8 de novembro de 2004, o Museu Casa Histórica de Alcântara/Ibram completa sete anos de criação em 2011.

Para celebrar a data, o museu homenageou a sua primeira visitante, Neta Boueres, com a entrega de um kit com materiais referentes à instituição. No dia do aniversário, também serão entregues brindes para os primeiros visitantes do dia.

O museu, localizado na cidade litorânea de Alcântara (MA), tem por missão remontar aos tempos do Brasil Imperial através de sua arquitetura colonial e de seu acervo, expondo a opulência dos hábitos e costumes do século XIX da aristocracia rural da cidade.

As 958 peças e obras do Museu Casa Histórica de Alcântara (MCHA) pertenceram a famílias que residiram na casa. Mobiliário, indumentárias, acessórios, louças, iconografias, cerâmicas e azulejos do acervo têm o objetivo de retratar a história doméstica do Brasil Monárquico para os alunos da educação básica, a comunidade em geral e os visitantes externos. Saiba mais sobre o museu aqui.

Novo Plano Museológico
Buscando construir um plano museológico participativo, o MCHA/Ibram convidou representantes de instituições locais para colaborar na reformulação do seu plano atual. A equipe técnica do museu reuniu-se em setembro com a comunidade para repensar a missão e construir um diagnóstico do museu – primeira etapa de reformulação do plano.

O processo de planejamento participativo foi dividido em três etapas: apresentação dos objetivos do encontro e do plano atual pela diretora da instituição, discussão em grupos sobre a missão e diagnóstico e posteriormente apresentação das propostas de cada grupo.

A próxima etapa de reformulação do plano está voltada para discussão dos objetivos e dos programas do MCHA. A previsão é de que ocorra até o final do ano.

Fonte: Divulgação MCHA/Ibram

Projeto Música no Museu realiza Festival de Sopros no RJ

O projeto Música no Museu apresentará, no Rio de Janeiro, no período de 4 a 30 de novembro, o IV Festival Internacional de Sopros, que inclui a realização de 28 concertos. As apresentações ocorrerão em espaços como a Biblioteca Nacional, Museu da República, Arquivo Nacional, Museu de Arte Moderna, dentre outros.

Oboé, fagote, clarineta e flauta são instrumentos que estarão em destaque durante todo o evento. O projeto Música no Museu conta com o apoio do Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet (Lei nº 8.313/91).

O concerto de abertura ficará a cargo da Orquestra Jovem Música no Museu, nesta sexta-feira (4), às 12h30, no Centro Cultural Light, com capacidade para 200 lugares. Será a estreia do Concerto para Clarineta e Cordas, do Maestro Anderson Alves.

No programa constam J. Sibelius, Heitor Villa-Lobos, G. Bottesini, F. Mendelsohn e Anderson Alves. A apresentação inaugural será dedicada ao professor e clarinetista José Carlos de Castro. O festival contará com a participação de diversos convidados internacionais. Continue lendo.

Fonte: Portal MinC

Página 9 de 13« Primeira...7891011...Última »