Página 3 de 3123

49º Festival Villa-Lobos oferece dezenas de atrações no RJ

Até 27 de novembro, o 49º Festival Villa-Lobos apresenta mais de 60 atrações em diversos espaços culturais da cidade do Rio de Janeiro. Este ano, o Festival celebra o centenário de nascimento dos compositores Nelson Cavaquinho, Assis Valente e José Vieira Brandão, e relembra os 80 anos de morte de Luciano Gallet.

O evento é promovido pelo Museu Villa‐Lobos/Ibram, dirigido pelo compositor Wagner Tiso, e conta com direção artística de Marcelo Rodolfo e direção de produção de Andréa Alves.

O Festival Villa‐Lobos, o único na cidade dedicado, exclusivamente, à música brasileira, desde sua criação em 1961, divulga a obra de Villa‐Lobos e de outros compositores brasileiros através de concertos de música sinfônica e de câmera, recitais e espetáculos de música popular e de dança.

Com uma programação que inclui concertos, shows, oficinas, atividades didáticas e mostra de filmes, o Festival Villa‐Lobos amplia seu papel protagonista de divulgar a música brasileira para também incentivar a formação de novas plateias e a multiplicação do saber focado na cultura brasileira. A programação completa está disponível aqui.

Este ano, o festival traz duas novidades. Além da estreia carioca da Orquestra Sinfônica da Bahia, serão ouvidas, pela primeira vez, transcrições de obras para solista e orquestra que são o resultado do trabalho realizado em parceria entre os solistas e o maestro Roberto Duarte, responsável pela editoração de partituras que foram encomendadas pelo Museu Villa‐Lobos, especialmente para o Festival. Dessa forma, o museu busca oferecer alternativas de repertório, ampliando, assim, a difusão da obra villa‐lobiana. Mais informações.

Texto e foto: Divulgação Festival Villa-Lobos

Turibio Santos é homenageado no Museu Villa-Lobos

O Museu Villa-Lobos e o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) prestaram homenagem, na última quarta-feira, dia 15, a Turibio Santos, ex-diretor do museu. Depois de 24 anos à frente da instituição, Turibio está se aposentando. A cerimônia foi realizada na sede do museu e reuniu amigos, funcionários, músicos e diretores de museus.  

O atual diretor, Luiz Paulo Sampaio, destacou o trabalho de Turibio como músico e atuante na preservação da obra de Villa-Lobos. “Essa homenagem celebra o amor que Turibio tem pela música, pelos instrumentos, pelo museu e pela educação”, disse.

Ao som de chorinho, tocado por jovens que passaram pelo Projeto Villa-Lobos e as Crianças, (lançado em 2007 pelo Museu Villa-Lobos e sua Associação de Amigos), Turibio recebeu uma placa pelos serviços prestados.

O presidente do Ibram, José do Nascimento Junior, reconheceu a grande contribuição do músico para o museu e para a preservação da memória de Villa-Lobos. ”A homenagem que prestamos hoje a Turibio Santos é muito singela perto do grande trabalho que ele desenvolveu em todos esses anos”, afirmou.

Museus do Ibram comemoram Dia Nacional da Música Clássica

O Dia Nacional da Música Clássica, 5 de março, teve comemorações especiais em duas unidades museológicas do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC). O Museu Imperial, em Petrópolis-RJ, e o Museu Villa-Lobos, no Rio de Janeiro-RJ, prepararam apresentações de corais e orquestras. No Museu Imperial, sob a regência Antônio Gastão se apresentaram Coral, Orquestra e Conjunto Anima e Cuore. O evento é resultado de parceria entre o museu e a Universidade Católica de Petrópolis.
Com a regência do maestro Sérgio Barbosa, a Orquestra Villa-Lobos e, com a participação de crianças e jovens músicos que integram o projeto patrocinado pela Petrobras, realizaram Concerto Didático no Museu Villa-Lobos. Crianças da rede pública lotaram o pátio do Museu e também foi assinado o convênio com o Dr Orlando Guillon, representando a Rádio Nacional, que transmitirá ensaios e concertos da jovem Orquestra.

Ainda no dia 5 de março, na Academia Brasileira de Música, tomou posse a nova diretoria, presidida por Turíbio Santos, músico e diretor do Museu Villa-Lobos, eleito no final do ano passado. A Academia foi fundada em 1945 por Heitor Villa-Lobos e na cerimônia da posse Turíbio prestou homenagem a Arminda Villa-Lobos, fundadora do Museu do mesmo nome ,que festeja seu cinquentenário em 2010. Foram homenageados também os presidentes que antecederam Turíbio: Edino Krieger e Ricardo Tacuchian, compositores e Vasco Mariz e Jose Maria Neves (in memoriam) musicólogos.

Página 3 de 3123