Seleção de diretores: Ibram convoca candidatos para entrevista

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) tornou público na sexta-feira (4), através de publicação no Diário Oficial da União (DOU), convocação para entrevista dos candidatos da Chamada Pública nº 6, de 7 de março de 2014, destinada à seleção de candidatos para o cargo comissionado de diretor do Museu Regional de São João del-Rei (MG).

As entrevistas se destinam aos candidatos que apresentaram e tiveram aprovados os documentos exigidos na citada Chamada Pública, que foram examinados pela Comissão de Seleção, nomeada por meio da Portaria n° 116, de 15 de abril de 2014.

Os candidatos convocados deverão comparecer no dia 17 de julho de 2014, a partir das 10h30, na sede do Museu Regional de São João del-Rei, munidos de documentação pessoal original. O resultado da seleção será comunicado por meio eletrônico aos selecionados, sem prejuízo do início da contagem dos prazos, a partir da publicação no DOU. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram

 

Exposição em São João del-Rei antecipa 300º aniversário da cidade histórica

O Museu Regional de São João del-Rei/Ibram, em Minas Gerais, está com a exposição São João del-Rei: 300 anos de Ouro e Glórias aberta ao público até janeiro de 2014.  Ela antecipa a celebração do tricentenário da histórica cidade de São João del-Rei, a ser comemorado no dia 8 de dezembro de 2013, e sua abertura, no dia 16 de maio, fez parte da programação da 11ª Semana de Museus.

Exposição antecipa celebrações dos 300 anos de São João del-Rei

No percurso da exposição a história da cidade é contada a partir do acervo da instituição, com destaque para a Serpentina do século XVIII e o retrato do Comendador João Antônio da Silva Mourão, pintado por Édouard Vienot no século XIX.

Abordando temas como a extração do ouro, a religiosidade, o comércio, a indústria e a imigração, o visitante é levado a um passeio pela São João del-Rei de três séculos, chegando aos dias de hoje.

Segundo o diretor do museu, João Luiz Domingues Barbosa, a mostra é uma forma de fortalecer os laços entre o museu e a cidade. “A exposição é sobre a cidade e para a cidade. Vamos aumentar o número de visitas, recebendo toda a comunidade são-joanense. Esperamos também, os estudantes de todos os níveis, por isso produzimos uma exposição didática. Queremos promover a total interação entre a cidade e o museu”, diz Barbosa.

A exposição pode ser vista diariamente, das 9h às 18h, e tem entrada gratuita. O museu fica à Rua Marechal Deodoro, 12 – Centro. Saiba mais.

Texto e foto: Divulgação MRSJD

Museu Regional de Caeté apoia detentos na preparação para ENEM em Minas

Como parte de sua parceria com o Presídio da cidade de Caeté (MG), o Museu Regional de Caeté/Ibram, a instituição desenvolve, durante as próximas semanas, uma ação especial junto aos detentos que vão participar da edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), voltado ao sistema prisional, que acontece nos dias 4 e 5 de dezembro.

Museu Regional de Caeté em Minas Gerais

Os detentos inscritos no exame, que avalia o conhecimento dos candidatos em diversas áreas de conhecimentos e serve como porta de entrada para o nível superior, contarão com o apoio pedagógico da equipe educativa do museu, que já está trabalhando na proposição de temas e correção de redações, além de resolução de dúvidas sobre outras disciplinas em encontros semanais.

Com o apoio do Núcleo Comunitário Educacional de Caeté (NUCEC), os presidiários estão ainda recebendo, por intermédio do museu, material escolar.

A parceria firmada entre o Museu Regional de Caeté e o presídio da cidade mineira, localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, foi iniciada em dezembro de 2011 e tem como objetivo levar à população carcerária atividades educativas e culturais, contribuindo para a reinserção social para os detentos.

Para mais informações, visite o blogue do Museu Regional de Caeté.

Texto: Ascom/Ibram

Museu Regional de Caeté (MG) suspende exposições para reforma

A visitação ao circuito expositivo do Museu Regional de Caeté/Ibram foi suspensa no dia 26 de outubro, tendo em vista a realização de serviços emergenciais no prédio histórico que abriga o museu – na cidade mineira de Caeté.

“Nosso objetivo é devolver à população da cidade um museu renovado e melhorado, em consonância com os padrões contemporâneos de museologia, a fim de dotar a cidade de Caeté de um espaço cultural de qualidade”, explica a direção da instituição em nota.

“Informamos ainda que o tempo de fechamento ao público será o mais breve possível, condicionado aos possíveis imprevistos que uma obra dessa natureza pode acarretar”, conclui.

Entretanto, as atividades educativas e sociais realizadas pelo museu, em especial as oficinas de trabalhos manuais, serão mantidas durante todo o período de obras, tanto no anexo do prédio quanto em outros locais da cidade. As ações externas serão igualmente mantidas, conforme programação a ser divulgada.

Durante a realização das obras, o acesso ao museu será realizado pela Rua Monsenhor Domingues, s/nº (fundos do museu). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3651. 2388 ou no blogue do Museu Regional de Caeté.

Fonte: Divulgação Museu Regional de Caeté

Museu Regional de Caeté fecha visitação a exposições para obras no edifício

A visitação ao circuito expositivo do Museu Regional de Caeté/Ibram foi suspensa no dia 26 de outubro, tendo em vista a realização de serviços emergenciais no prédio histórico que abriga o museu – na cidade mineira de Caeté.

Museu Regional de Caeté (MG) passa por obras emergenciais

“Nosso objetivo é devolver à população da cidade um museu renovado e melhorado, em consonância com os padrões contemporâneos de museologia, a fim de dotar a cidade de Caeté de um espaço cultural de qualidade”, explica a direção da instituição em nota.

“Informamos ainda que o tempo de fechamento ao público será o mais breve possível, condicionado aos possíveis imprevistos que uma obra dessa natureza pode acarretar”, conclui.

Entretanto, as atividades educativas e sociais realizadas pelo museu, em especial as oficinas de trabalhos manuais, serão mantidas durante todo o período de obras, tanto no anexo do prédio quanto em outros locais da cidade. As ações externas serão igualmente mantidas, conforme programação a ser divulgada.

Durante a realização das obras, o acesso ao museu será realizado pela Rua Monsenhor Domingues, s/nº (fundos do museu). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3651. 2388 ou no blogue do Museu Regional de Caeté.

Texto: Divulgação Museu Regional de Caeté

Museu Regional de São João del-Rei exibe peças do período colonial brasileiro

Fragmento de retábulo do Século XVIII está em exposição

O Museu Regional de São João del-Rei/Ibram abre ao público, entre 11 de maio e 30 de setembro, a exposição Mestres, Artífices, Oficiais e Aprendizes – a Escultura e a Talha nos Séculos XVIII e XIX. Ela pode ser visitada diariamente, no horário das 9h às 18h, à Rua Marechal Deodoro, nº 12, Centro.

A coleção do museu reúne fragmentos de retábulos, pilastras, colunas, imagens e peças de mobiliário, esculpidas e entalhadas em madeira, que fazem referência à arte colonial brasileira dos períodos Barroco e Rococó.

Introduzido no Brasil no início do século XVII por missionários católicos, como instrumento de doutrinação cristã, o Barroco nos deixou um legado importante relacionado à arte sacra. As peças entalhadas e cobertas por folhas de ouro apresentam decoração cujo tema são as folhas de parreira e de acanto, espalhando-se, e cobrindo todo o conjunto, em perfeita harmonia com anjos e aves entre outros.

A exposição apresenta o trabalho de mestres, artífices, oficiais e aprendizes que se apropriaram da arte erudita européia. São escultores que evoluíram tecnicamente no exercício de seus ofícios, e que através da singularidade de seus estilos como Antonio Francisco Lisboa, conhecido pela alcunha de Aleijadinho, tornaram-se mundialmente conhecidos.

Texto e imagem: Divulgação MRSJDR

Fim de área de estacionamento destaca Museu Regional de São João del-Rei

Considerando o patrimônio artístico e cultural que o Museu Regional de São João del-Rei/Ibram representa para a cidade histórica mineira, e tendo em vista ainda a segurança do prédio e do seu acervo, no dia 9 de março, a Secretaria de Obras Municipal da cidade proibiu o estacionamento de veículos na área frontal do prédio.

Para a atual direção do museu a resolução foi uma conquista, pois a demanda é solicitada desde 1963, quando foi requerida a referida proibição de estacionamento através de ofício endereçado ao Prefeito da cidade.

“O Museu Regional de São João del-Rei é Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, e com a fachada recém restaurada e o estacionamento proibido na parte frontal, agora o prédio tem o destaque que merece”, comenta o diretor João Luiz Domingues Barbosa.

Semana Santa
Os visitantes que chegarem a São João del-Rei para o feriado de Semana Santa, na primeira semana de abril, poderão assistir ao recital de órgão de tubos do século XVIII, com a organista Elisa Freixo, que acontece no dia 5 de abril, às 18h30. O programa inclui ainda uma visita à exposição Oratórios Mineiros dos Séculos XVIII e XIX, apresentada pelo museu na Sala de Exposições de Curta Duração.

O Museu Regional apresenta, ainda, coleções variadas em sua Exposição de Longa Duração. Para a semana santa destacamos as peças da coleção de arte sacra, obras de grandes artistas, como Antonio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, Mestre Piranga e Piranguinha. O museu localiza-se à Rua Marechal Deodoro, 12 – Centro. Outras informações pelo telefone (32) 3371.7663.

Texto e imagem: Divulgação Museu Regional São João del-Rei

Exposição marca os 33 anos do Museu Regional de Caeté (MG)

O Museu Regional de Caeté/Ibram completa, no dia 17 de fevereiro, 33 anos de criação e, para marcar a data, programou atividades gratuitas para a semana de aniversário.

No dia 10 de fevereiro será aberta a exposição Carnaval em Caeté – cinco décadas de história, às 18h, no Pátio Interno do Museu. A exposição será composta de fotos que apresentam cenas de carnaval das décadas de 1960 a 2000, reproduções de jornais, letras de sambas e ainda objetos utilizados em antigos carnavais. A exposição fica aberta ao público até 4 de março. Haverá um ‘grito de carnaval’, com um grupo de metais e percussão, que relembrará as marchinhas dos velhos tempos .

Já no dia 15 de fevereiro, o museu retoma o Projeto Quarta Cultural com a apresentação musical de um grupo musical da cidade, a partir das 20h, no Pátio interno do Museu. Para finzalizar as comemorações, nos dias 16 e 17 de fevereiro, serão exibidos filmes gratuitos para a comunidade. Saiba mais sobre o Museu Regional de Caeté.

Texto e foto: Divulgação

Recital de órgão de tubos no Museu Regional em São João del-Rei (MG)

O Museu Regional de São João del-Rei/Ibram realiza no dia 19 de janeiro, às 18h30, um recital de órgão de tubos com a organista Elisa Freixo. O evento, aberto ao público, acontece na galeria térrea do museu e faz parte de um conjunto de apresentações de uma das mais importantes peças do seu acervo.

Elisa Freixo é professora de órgão em São Paulo e organista titular da Arp-Schnitger da Sé de Mariana (MG). Estudou na Faculdade de Música Santa Marcelina, foi bolsista do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico e frequentou a Escola de Música de Hamburgo.

O Órgão de tubos do Museu Regional foi fabricado no final do século XVIII, na região de São João del-Rei. O instrumento é o único de origem civil em funcionamento que foi confeccionado no Brasil, com técnicas manuais e matérias-primas locais. O museu localiza-se á Rua Marechal Deodoro, 12, Centro. Outras informações pelo telefone (32) 3371.7663.

Fonte: Divulgação Museu Regional de São João del-Rei

Museus da rede Ibram levam atividades culturais à população carcerária

O Museu Regional de Caeté/Ibram iniciou uma parceria inédita com o presídio da cidade mineira de Caeté.

O objetivo é levar à população carcerária atividades educativas e culturais por meio de uma programação especial que está sendo desenvolvida pelo museu.

A parceria teve início com uma visita musicada, na qual os detentos aprenderam sobre cinco diferentes instrumentos musicais e ouviram diferentes estilos de músicas, incluindo peças musicais do século XVIII. Além de proporcionar um momento de cultura e lazer, a iniciativa visa configura-se ainda como uma ferramenta de reinserção social para os detentos. Saiba mais.

Nossa História
No âmbito do Programa de Exposições Itinerantes do Museu Histórico Nacional (MHN/Ibram), desenvolvido numa parceria dos setores de Museografia, Projetos Sociais e Educativa, a exposição Brasil Nossa História chega a 160 internos da Penitenciária Vieira Ferreira Neto, localizada no Fonseca, em Niterói (RJ).

A exposição, aberta dia 7 de dezembro, poderá ser vista pelos funcionários, apenados e seus familiares até o dia 22 de dezembro e pretende criar interesse para os que frequentam a escola da penitenciária. A exposição conta ainda com monitores locais treinados pela equipe do MHN/Ibram para dar suporte aos visitantes. Mais informações sobre o Museu Histórico Nacional aqui.

Fonte: Divulgação Museu Regional de Caeté e MHN/Ibram
Foto: Museu Regional de Caeté/divulgação