17ª Semana de Museus: o Museu da Inconfidência apresenta novidades

Museu da InconfidenciaNo dia 15 de maio, às 19h, o Museu da Inconfidência apresenta na Sala Manoel da Costa Athaíde uma nova exposição em celebração dos 230 anos da Conjuração Mineira, movimento embrionário que levaria o Brasil à Independência. Além disso, serão implantadas na exposição de longa duração novas etiquetas interativas com tecnologia QR Code, trazendo mais informações sobre o acervo aos visitantes.

De 13 a 21 de maio, sempre às 19 serão realizadas palestras sobre a cultura afro-brasileira em Minas Gerais, no período do ciclo do ouro, exibição de filmes comentados.

E no dia 18, o Museu oferece a Oficina de bordado “Não me Kahlo”. O objetivo da oficina é propor, criar e bordar novas falas possíveis a personalidades femininas que, através de sua arte e de suas ideias, tiveram relevância na história social. A partir do tema do livro “Pequeno guia de incríveis mulheres artistas que sempre foram consideradas menos importantes que seus maridos” (Editora Urutau/2018), as participantes vão fazer intervenções em fotografias impressas em tecido, conjugando imagem, discurso e bordado. Cinco exemplares do livro serão sorteados para os participantes da oficina.

Museu da Incofidencia _Nao Me KahloVoltada para um público com faixa etária a partir de 16 anos e que já tenha noções de bordado, a Oficina “Não me Kahlo” será ministrada pela Coordenadora do Setor Educativo do Museu da Inconfidência, Christine Ferreira Azzi, no dia 18 de maio, das 9h às 17h. As inscrições para participar da atividade são gratuitas e limitadas, e devem ser através do e-mail educativodomuseu@gmail.com ou do telefone 3551-1378.

O Museu da Inconfidência/Ibram, fica na Praça Tiradentes, 139, no Centro de Ouro Preto (MG).

Outubro das crianças: confira atividades de museus Ibram no Rio e Minas

Outubro é o mês em que se comemora o dia das crianças (12) e museus do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), no Rio de Janeiro e Minas Gerais, prepararam atividades especiais para os pequenos.

Atividade de leitura na Biblioteca Rocambole do Museu Imperial

Atividades na Biblioteca Rocambole do Museu Imperial atraem crianças de Petrópolis

Nos dias 15 e 29, de 10h às 13h, tem ensaio aberto da Orquestra Filarmônica e Orquestra Villa Lobos e as Crianças no Museu da República no Rio.

A Jaca e a Jaqueira, a árvore que virou vilã é uma peça teatral que conta de forma bem humorada a história da vinda da jaqueira para o Brasil e de como, ao longo do tempo, transformou-se em problema, e A Praça, apresentação teatral do Coletivo Sem Ribalta. A peça será encenada nos dias 16, 26 e 30, sempre às 11h.

Em Petrópolis, A Biblioteca Rocambole, do Museu Imperial, também tem programação especial.  No dia 11, das 14h às 15h,  acontece leitura do livro As crianças vão ficar doidas!, de Tino Freitas, seguida de interação com jogos e fantoches da Biblioteca.

Livros e filmes
No dia 13, a comemoração do Dia das Crianças continua das 14h às 15h. A leitura dessa vez será do livro Toda criança gosta…, de Bia Hetzel e Mariana Massarani. Posteriormente será proposta uma oficina criativa sobre o tema. As atividades continuam ao longo do mês: confira a programação completa.

Já em Ouro Preto (MG), o Museu da Inconfidência realiza, de 10 a 14 de outubro, a oficina Cinema, brincadeira do criança!, que tem como objetivo aproximar crianças, de 9 a 12 anos, do cinema, através de oficinas, atividades de arte, exibição de filmes e bate-papo.

E o Museu Regional de São João del-Rei abre, no dia 11, a exposição Memórias da Infância, com brinquedos feitos de materiais como barro e papel, uma coleção de pipas e fotografias. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Museu Imperial/divulgação

Museu Imperial recebe pontuação máxima no Guia Quatro Rodas

O Museu Imperial (Ibram/MinC), localizado em Petrópolis (RJ), é um dos oito museus brasileiros classificados pelo Guia Quatro Rodas 2013 como “cinco estrelas”. A publicação anual, que apresenta e atribui notas a hotéis, restaurantes e atrações de todo o Brasil é um importante guia de viagem do país.

Também foram considerados “cinco estrelas” os museus Catavento Cultural, Museu da Língua Portuguesa, MASP, Museu do Futebol e Pinacoteca do Estado de São Paulo, todos na capital paulista; o Museu de Ciência e Tecnologia da PUC do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre; e o Instituto Inhotim, de Brumadinho (MG).

Dos museus classificados como “quatro estrelas”, quatro integram a estrutura do Ibram: Museu da República, Museu Nacional de Belas Artes e Museu Histórico Nacional, localizados no Rio de Janeiro; e Museu da Inconfidência, de Ouro Preto (MG).

Classificação

Na categoria “atrações”, o Guia Quatro Rodas pontua museus, centros culturais, parques e outros atrativos da seguinte forma: uma estrela – “de algum interesse”; duas estrelas – “interessante”; três estrelas – “muito interessante”; quatro estrelas – “não deixe de ir”; cinco estrelas – “vale a viagem”.

No caso do Museu Imperial, a publicação justifica a classificação como “cinco estrelas” afirmando que “além de fazer parte da história do país, reúne relíquias, como móveis, joias e documentos do Segundo Reinado (1840-1889)”. O texto destaca entre os pontos de interesse a Sala das Joias e os espetáculos Som e Luz e Um Sarau Imperial.

“A classificação é o reconhecimento do acervo do Museu Imperial como referência nacional para o estudo do período imperial brasileiro, bem como uma opção permanente de entretenimento cultural para brasileiros e estrangeiros”, afirma o diretor do Museu Imperial, Maurício Vicente Ferreira Jr  

Conheça os Museus do Ibram

Texto: Divulgação Museu Imperial
Edição: Ascom Ibram