Página 18 de 30« Primeira...10...1617181920...30...Última »

Três exposições reabrem Museu Nacional dos Correios em Brasília

Os Correios realizam a reabertura do Museu Nacional dos Correios no dia 25 de janeiro, às 19h, em Brasília (DF). O evento ocorrerá na sede do museu, localizado no Setor Comercial Sul, com a presença do presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira, representantes do Ministério da Cultura (MinC) e convidados.

Durante o evento, serão abertas três exposições: Mestres da Gravura apresenta acervo da Fundação Biblioteca Nacional/MinC, com obras de artistas como Rembrandt, Dürer e Goya. A exposição Correios: um diálogo com Vilém Flusser, inspirada em texto do pensador da comunicação Vilém Flusser, traz uma mostra do funcionamento dos Correios ao longo dos tempos. 

A natureza em selos: o meio ambiente somos nós reúne selos lançados pela empresa sobre a flora e a fauna brasileiras, algumas das pinturas originais que serviram para a sua confecção, bem como um painel interativo para o público infantil.

Haverá ainda o lançamento do edital de seleção de patrocínio para os centros e espaços culturais dos Correios para 2012 e a assinatura do acordo de cooperação com o Ministério da Cultura que visa a adoção de procedimentos conjuntos para a seleção de projetos culturais a serem patrocinados pela ECT e avaliados pelo MinC para fins dos benefícios da Lei Rouanet.

Outras informações pelo telefone (61) 3426.1720. O Museu Nacional dos Correios localiza-se no Setor Comercial Sul, Quadra 4, Lote 256 – Edifício Apolo.

Fonte: Divulgação Correios

Nova diretora do Museu da Abolição toma posse no Recife neste dia 25

A nova diretora do Museu da Abolição (Ibram), Maria Elisabete Arruda de Assis, toma posse no dia 25 de janeiro no Recife (PE). A cerimônia, que contará com a presença de autoridades e comunidade local, esta marcada para às 15h na sede do museu (Rua Benfica, 1150 – Madalena).

Formada em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Maria Elisabete é Mestra em Antropologia Cultural e Doutora em Antropologia pela mesma universidade. Também é professora e já lecionou as disciplinas Cultura Brasileira, Antropologia Cultural, Sociologia Aplicada, entre outras, na Universidade Salgado Oliveira (PE) e na Universidade de Pernambuco.

Servidora do Banco do Brasil, estava no quadro do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) na sede Brasília, como Chefe de Divisão da Coordenação de Estudos Sócio-econômicos e Sustentabilidade, desde 2010, tendo sido selecionada por meio de edital público.

Texto e foto: Ascom/Ibram

A posse é nessa quarta-feira, às 15h, no Museu da Abolição.

Aniversário do Ibram leva dezenas de ciclistas às ruas de Brasília

O dia de sol na capital federal atraiu cerca de 200 ciclistas para o circuito de museus

Mais de 200 pessoas marcaram presença no domingo, 22 de janeiro, no 1º Circuito Ciclístico de Museus – realizado em comemoração aos três anos de criação do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC). 

Famílias inteiras, pessoas de todas as idades e ciclistas do DF, além de servidores do Ibram, aproveitaram o dia de sol para conhecer alguns dos museus de Brasília sobre duas rodas.

Do Memorial dos Povos Indígenas e Memorial JK, o grupo seguiu pelo Eixo Monumental com paradas para visitas mediadas no Museu Nacional Honestino Guimarães, no Complexo Cultural da República, e museus do Itamaraty e Senado Federal. O percurso foi encerrado em frente ao Congresso Nacional, com direito a bolo de aniversário.

Famílias inteiras acompanharam o circuito até o Congresso Nacional

“Achei muito agradável, é um jeito diferente de conhecer e interagir com a cidade e também com os museus que ela oferece”, disse a pedagoga Juliana Arraes. “Isso ajuda a desmistificar tanto os museus como a prática de pedalar na cidade. São duas coisas enriquecedoras e acessíveis que mais pessoas precisam descobrir”.

A ONG Rodas da Paz, que apoiou a realização do passeio, considerou louvável a iniciativa de aliar cultura, mobilidade sustentável e lazer. “É importante que os museus brasileiros ofereçam condições de acessibilidade e segurança para quem deseja visitá-los de bicicleta, além de incentivos para isso”, explicou o presidente da organização, Uirá Lourenço.

A primeira visita mediada foi a exposição Hereros no Museu Nacional Honestino Guimarães

Para o presidente do Ibram, José do Nascimento Jr., o bom número de participantes demonstra que a ideia de conhecer museus de bicicleta tem grande apelo público. “Queremos incentivar isso em todo o país, por isso vamos buscar que os nossos museus tenham bicicletários e sejam integrados com a estrutura cicloviária das cidades”, concluiu. Veja mais fotos do 1º Circuito Ciclístico de Museus aqui.

Texto: Bruno Aragão (Ascom/Ibram)
Fotos: Ascom/Ibram

Centro de Estudos e Documentação da Museologia completa primeiro ano

Completa um ano de criação, no dia 20 de janeiro, o Centro Nacional de Estudos e Documentação da Museologia (Cenedom), unidade do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC).

O Cenedom é responsável pela divulgação, conservação e ampliação das coleções documentais e bibliográficas do Ibram. Referência para o campo museal brasileiro, a unidade oferece serviços de consulta e estudo sobre o setor, além de ações de preservação da memória institucional do Ibram.

“É mais um passo para o enriquecimento da museologia brasileira”, definiu a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, durante a inauguração do espaço (foto), localizado na sede do Ibram em Brasília (DF), no dia 20 de janeiro de 2011.

Em pouco tempo de funcionamento, o Cenedom já conseguiu reunir um acervo expressivo de publicações especializadas sobre museologia e áreas correlatas. São atualmente 1.267 títulos entre livros, catálogos, folhetos, obras de referência, obras raras e multimeios. Outras cerca de 500 publicações serão incorporadas ao acervo ainda neste primeiro trimestre.

Além do acervo do próprio centro, o Cenedom é responsável pelo levantamento e integração do acervo bibliográfico dos 26 museus administrados pelo Ibram. Pesquisa realizada pela unidade em 2011 revelou que o acervo total desses museus se aproxima de 1 milhão de itens.

Mais do que repositório de publicações relacionadas ao campo museológico, o Cenedom tem atuado como centro de difusão de conhecimentos. Além de dar acesso a fontes e recursos de informações do campo museal, a unidade tem realizado intercâmbio de informações com entidades acadêmicas, centros de informações e a comunidade museal como um todo.

Texto: Ascom/Ibram

Projeto apoiado pelo Ibram pretende reconstruir museu de arte no Haiti

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC/MRE) assinaram no dia 17 de janeiro, acordo para a reconstrução do Museu de Arte Haitiana do Colégio de Saint-Pierre, localizado na cidade de Porto Príncipe.

Um dos principais museus do país caribenho, a instituição, que completa 40 anos em 2012, teve suas estruturas arquitetônicas afetadas pelo terremoto de grandes proporções que atingiu o Haiti em janeiro de 2010. Parte de seu acervo também foi afetada pelo abalo sísmico.

Obra do pintor haitiano Héctor Hyppolite

A parceria tem como objetivo a completa recuperação arquitetônica do museu, além de desenvolver atividades de formação e capacitação no âmbito da museologia, elaborar uma política de museus para o Haiti e conferir maior visibilidade internacional à produção artística haitiana.

Ao Ibram/MinC caberá a execução do projeto, garantindo o desenvolvimento técnico do trabalho através da indicação de peritos e especialistas que irão atuar nas áreas acordadas, em estreito relacionamento com a Agência Brasileira de Cooperação e o governo do Haiti. O projeto tem duração prevista de um ano e será realizado com recursos da ABC.

A expectativa é que ao final do trabalho o Museu de Arte Haitiana esteja recuperado e reaberto, com seu plano museológico elaborado, e que profissionais de museus do Haiti e gestores públicos do setor cultural do país estejam capacitados para o desenvolvimento de uma política pública de cultura voltada para o campo dos museus e da memória social.

Fonte: Ascom/Ibram
Imagem: Diário Livre/Divulgação

Concurso 2010: Ibram convoca candidatos para inspeção médica oficial

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) convoca os candidatos aprovados (aqui e aqui) no Concurso Ibram 2010 para  inspeção médica oficial. Ao comparecerem à inspeção médica, os candidatos deverão estar munidos de documento de identificação pessoal e dos resultados dos exames relacionados na Portaria Ibram nº 13, de 30.07.2010.

O Ibram  reforça a importância da agilidade dos candidatos em providenciar os resultados dos exames relacionados, indispensáveis ao comparecer à inspeção médica oficial, haja vista que o instituto possui um acordo de cooperação com outros órgãos para a realização das inspeções médicas dos candidatos e essas instituições nos disponibilizam atendimento somente em data pré-estabelecida.

A inspeção médica será realizada apenas no dia 1º fevereiro de 2012. Para tanto, os candidatos precisam agendar a perícia pelo telefone (61) 2024.4253 ou pelo endereço eletrônico cassia.teixeira@museus.gov.br, a partir de 16 de janeiro de 2012. Saiba mais sobre o Concurso Ibram 2010.

Fonte: Ascom/Ibram

Instituto Brasileiro de Museus comemora aniversário com Circuito Ciclístico

Em comemoração ao aniversário de três anos de sua criação, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), vinculado ao Ministério da Cultura (MinC), realiza o 1º Circuito Ciclístico de Museus, no dia 22 de janeiro (domingo), em Brasília (DF).

O passeio, que inclui visita a museus, terá concentração em frente ao Memorial dos Povos Indígenas e Memorial JK, localizados no Eixo Monumental, a partir das 8h30.

Do Memorial dos Povos Indígenas, o grupo segue rumo aos museus do Congresso Nacional, passando pelo Parque da Cidade, e visita ainda o Museu Nacional Honestino Guimarães (Complexo Cultural da República).

Autarquia federal vinculada ao MinC, o Ibram foi criado em 20 de janeiro de 2009, pela Lei nº 11.906, com a responsabilidade de desenvolver a Política Nacional de Museus e promover melhorias nos serviços do setor e aumento de visitação e arrecadação dos museus. Outras informações pelo telefone (61) 2024.4215. Saiba mais sobre o Ibram.

Texto: Ibram/MinC

Pontos de Memória: iniciativa na Bélgica recebe premiação

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) premia no dia 13 de janeiro, em Bruxelas (Bélgica), uma das três iniciativas de memória social voltadas para comunidades de brasileiros que residem no exterior. Elas foram selecionadas pelo edital Prêmio Pontos de Memória, parte do Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011.

A premiação será concedida ao projeto MEBRASIL, proposto por Regina da Silva Barbosa, e acontece durante o encerramento do festival Europalia. Os outros dois projetos escolhidos vêm da Espanha (Memória Oral da Imigração Brasileira na Espanha, proposto por Elisa Tavares Duarte) e Uruguai (Batuque, proposto por Luciano da Luz Moucks).

As propostas selecionadas se caracterizam pelo envolvimento e participação de comunidades de brasileiros que vivem no exterior em ações de registro e representação de sua memória. Cada uma delas receberá um prêmio de R$ 50 mil.

Acompanhamento
No dia 4 de janeiro, foi realizada em Brasília reunião entre diretores do Ibram/MinC e o representante da Divisão das Comunidades Brasileiras no Exterior do Ministério das Relações Exteriores, Amintas Silva.

O encontro teve como foco a parceria entre Ibram e Itamaraty para o acompanhamento dos Pontos de Memória no exterior e demais iniciativas voltadas para a promoção da cultura e do direito à memória entre as comunidades de brasileiros que vivem fora do país.

Ficou acertada a elaboração de termo de cooperação entre os dois órgãos para consolidar a parceria e formalizar futuras atividades em conjunto, que incluiriam a troca de informações sobre a realidade das comunidades citadas e a difusão de ações do Ibram no exterior.

Texto: Ascom/Ibram

Museu Nacional de Belas Artes (RJ) completa 75 anos

O Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), administrado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), completa dia 13 de janeiro, 75 anos de criação.

Para comemorar a data, o museu vai oferecer entrada gratuita aos visitantes, além de um brinde exclusivo para quem comprovar, por meio de documento, que faz aniversário no mesmo dia.

Criado pela lei nº 378, de 13 de janeiro de 1937, o MNBA foi inaugurado em 19 de agosto do ano seguinte com a presença do então presidente Getúlio Vargas. O museu se volta para a aquisição, conservação, pesquisa e divulgação de obras de arte que evidenciem a evolução da produção artística brasileira e estrangeira.

A instituição conta com um acervo de cerca de 70 mil itens, distribuídos em um espaço de 13 mil m², incluindo pinturas, esculturas e arte sobre papel, além de outras coleções, dentre elas, arte decorativa, arte popular brasileira e estrangeira, arte africana e arte indígena. Saiba mais.

Fonte: Divulgação MNBA/Ibram

Museu das Bandeiras (GO) mostra Olhares sobre o Tempo

Duas mostras em cartaz no Museu das Bandeiras (GO) integram a exposição temporária Olhares sobre o Tempo: Goiás, 2011, que trata das manifestações culturais da Cidade de Goiás e comemora dez anos de outorga pela Unesco do título de Patrimônio Cultural da Humanidade à Cidade de Goiás. A última parte da exposição tem data prevista de abertura para 13 de dezembro e todas ficarão em cartaz até setembro de 2012.

A exposição Bertran, Cidadão Vilaboense, aberta no dia 20 de outubro de 2011, é composta por objetos pessoais, fotografias, documentos e quadros do acervo de Paulo Bertran. Eco-historiador, poeta, economista, escritor e um dos redatores do Dôssie de Candidatura da Cidade de Goiás ao título da Unesco, Bertran foi ainda o primeiro pesquisador a utilizar o Arquivo Histórico do Museu das Bandeiras como fonte de pesquisa.

A segunda exposição em cartaz, aberta durante a 5ª Primavera de Museus, chama-se Mulheres e Memórias de Goiás e apresenta instalação de retratos de 15 mulheres que se destacaram na construção e preservação do patrimônio cultural da cidade.

O conjunto de exposições faz parte das atividades realizadas pelo Museu das Bandeiras/Ibram em parceria com instituições da cidade de Goiás, como os Pontos de Cultura Imagem da Memória e Raio de Luz, da Escola de Artes Veiga Valle, do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) de Goiás, Brechok e de núcleos da Universidade Estadual de Goiás (UEG) e da Universidade Federal de Goiás (UFG). Outras informações pelo endereço eletrônico mdb@museus.gov.br/.

Fonte: Divulgação Museu das Bandeiras
Edição: Ascom/Ibram

Página 18 de 30« Primeira...10...1617181920...30...Última »