Página 12 de 30« Primeira...1011121314...2030...Última »

Ibram passa a integrar Programa A3P do Ministério do Meio Ambiente

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) assinou com o Ministério do Meio Ambiente (MMA), termo de adesão para implantação do Programa Agenda Ambiental na Administração Pública A3P no âmbito do instituto. O extrato foi publicado no Diário Oficial da União do dia 9 de janeiro.

A assinatura do termo busca promover a reflexão sobre os problemas socioambientais no âmbito do Ibram, bem como estimular a adoção de atitudes e procedimentos que levem ao uso racional dos recursos naturais e dos bens públicos.

Dentre os objetivos estão uma maior eficiência dos serviços prestados; garantir a gestão integrada de resíduos pós-consumo, inclusive a destinação ambientalmente correta, assim como melhorar a qualidade do ambiente do trabalho.

Uma ação importante, já desenvolvida pelo Ibram e que irá somar a novas ações a partir desse acordo, é a coleta seletiva. Os servidores da sede, em Brasília, já separam o lixo não reciclável do lixo reciclável – recolhido quinzenalmente por uma cooperativa local.

O próximo passo é a criação de uma agenda ambiental voltada não só para o Ibram/Sede, mas principalmente para os 30 museus vinculados. Mais informação sobre o programa estão disponíveis na página do Ministério do Meio Ambiente.

Texto: Ascom/Ibram

Lei que cria Vale-Cultura é sancionada pela presidenta Dilma Rousseff

A presidenta Dilma Rousseff sancionou, no dia 27 de dezembro, a lei que cria o Vale-Cultura. A partir da sanção, abre-se prazo de 180 dias para regulamentação da nova lei. No segundo semestre de 2013, o Vale-Cultura já deverá estar em uso para aquisição de produtos culturais.

A ministra Marta Suplicy destacou que o Vale-Cultura é um “alimento para a alma”.  “Vale para livro, vale para dança, vale para toda atividade cultural. É um benefício em duas pontas. Na primeira, coloca na mão do trabalhador a escolha do que ele quer consumir de cultura. Para o produtor de cultura, é importante porque ele vai ter mais pessoas podendo assistir sua produção”, disse a ministra.

Na prática, o Vale-Cultura será parecido com o Vale-Transporte ou o Vale-Refeição. O trabalhador receberá um cartão magnético, complementar ao salário, que poderá utilizar para entrar em teatros, cinemas, comprar livros, CDs e consumir outros produtos culturais.

O valor mensal do Vale-Cultura será de R$ 50, concedido a trabalhadores contratados com carteira assinada que ganham até cinco salários mínimos.

Os trabalhadores que ganham mais de cinco salários mínimos também poderão receber o benefício, desde que garantido, pelo empregador, o atendimento à totalidade dos empregados que ganham abaixo desse patamar.

As empresas que aderirem ao programa terão isenção de impostos de R$ 45,00 por vale doado. O trabalhador contribuirá com R$ 5,00. Saiba mais na página do Ministério da Cultura.

Texto: Ascom/MinC

Ministério da Cultura: Ibram assina Pactuação de Desempenho para 2013

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, os dirigentes e os secretários do sistema MinC assinaram, na manhã desta terça-feira (18), a Pactuação de Desempenho no Ministério da Cultura (MinC), que passa a valer no exercício de 2013.

Pacto entre gestores do MinC para 2013: melhor performance e transparência

José do Nascimento Jr, presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), assinou em nome da autarquia vinculada ao MinC.

O enfoque do programa é uma nova cultura na gestão de recursos com melhor performance e transparência no uso das verbas do ministério.

Os gestores de todas as áreas do MinC trabalharão com metas e cronogramas para a realização de seus projetos, com a visualização das ações para o ano todo, objetivando o contínuo aprimoramento da gestão, da execução orçamentária e financeira, e da eficiência e efetividade das ações e políticas do ministério.

“O ministério deu um salto enorme passando de 52% de execução em setembro para 97% no fim do ano e para que consigamos os 100% em 2013 assinamos esse pacto para nos dar mais tranquilidade nos trabalhos a partir das metas programadas pelas áreas”, declarou a ministra Marta Suplicy ao pontuar outro objetivo do Pacto. Continue lendo na página do MinC.

Texto e foto: Ascom/MinC
Edição: Ascom/Ibram

Museus e acervos terão destaque em termo de cooperação entre MinC e GDF

O Distrito Federal será mais uma unidade da federação a integrar o Sistema Nacional de Cultura (SNC) a partir de 2013. O ato foi definido no dia 13 de dezembro, em Brasília, durante um encontro da ministra da Cultura, Marta Suplicy, com o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, no Ministério da Cultura (MinC).

Ministra em reunião com governador do DF (esq.) e equipe. Presidente do Ibram (dir.) também esteve presente

No encontro, a ministra também apresentou ao governador uma proposta de parceria permanente ente o Museu Nacional da República, gerido pelo Governo do Distrito Federal (GDF), e a instituição inglesa Victoria and Albert Museum (V&A).

Participaram da reunião o presidente do Instituto Brasileiro de Museus, José do Nascimento Junior, e o Diretor de Relações Internacionais do MinC, Antônio Alves Junior. A comitiva do GDF foi composta pelos secretários de Cultura, Hamilton Pereira, e o chefe da Casa Civil, Swedenberger Barbosa.

Parceria internacional
Segundo Marta Suplicy, a oportunidade de parceria com o Museu Nacional da República surgiu no início deste mês, durante agenda do MinC na Inglaterra. Na ocasião, a ministra foi recebida pelo diretor do V&A em Londres, que revelou o interesse do museu em desenvolver uma parceria com o Brasil.

“A ideia é trazer sem custos uma exposição que envolveria áreas de design, arquitetura, urbanismo e artesanato além de obras gregas e romanas. Seria uma grande valorização para o museu, principalmente neste período de Copa do Mundo”, projetou a ministra.

Entusiasmado com a iniciativa, o governador Agnelo Queiroz colocou o Museu da República à disposição e garantiu esforços. “Sem dúvidas é um ótimo projeto, vamos trabalhar para que ele se realize o quanto antes”, concluiu.

Aproveitando o período da Copa do Mundo em 2014, a ministra também sugeriu que o governo local promova uma exposição indígena que retrate o ritual Quarup, celebrado pelos povos da região do Xingu, no Brasil. De acordo com o governador, a mostra poderá ser feita no Memorial dos Povos Indígenas.

Para viabilizar ações como essas, já está sendo analisado pelo GDF um termo de cooperação de gestão comum entre o MinC e o governo distrital, com interveniência do Instituto Brasileiro de Museus e da Secretaria de Cultura do DF.

O presidente do Ibram, José do Nascimento Junior, enfatizou a importância dos entes federativos trabalharem em conjunto. “É importante para a capital do país que o MinC atue junto com o GDF no sentido de ampliar as dinâmicas culturais locais. Isso potencializa o setor e possibilita trazer acervos de repercussão nacional e internacional para a cidade, além de fomentar a cultura durante as copas das Confederações e do Mundo”, afirmou.

Texto e foto: Ascom/MinC
Edição: Ascom/Ibram

Museus: ministra da Cultura assina na França memorando de entendimento

Durante missão em Paris, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, assinou na quarta-feira (5), memorando de entendimento que prevê a integração das políticas de museus do Brasil e da França. O documento foi assinado em conjunto com a ministra francesa da Cultura e Comunicação, Aurélie Filippetti.

Na ocasião, o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), José do Nascimento Jr., e o diretor da Escola do Louvre, Philippe Durey, também firmaram convênio para o intercâmbio de profissionais e estudantes da área museológica a partir de 2013. O projeto de cooperação terá duração inicial de três anos, podendo ser renovado por igual período.

Segundo José do Nascimento Jr., o foco para os brasileiros é aprender com as áreas de conservação, exposição e gestão da França. “De outro lado, os franceses têm interesse na ação social dos museus no Brasil. É uma parceria muito produtiva”, disse.

Unesco - Ainda como parte da agenda de trabalho na capital francesa, a ministra da Cultura e o presidente do Ibram participaram de reunião com a diretora-geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Irina Bokova, durante a qual tratou-se da proposta de iniciativa do Ibram para a criação de um instrumento normativo internacional sobre patrimônio museológico e coleções.

A ministra Marta Suplicy anunciou o repasse de US$ 220 mil para o financiamento do estudo preliminar necessário à aprovação de uma Recomendação da Unesco sobre Proteção e Promoção dos Museus e Coleções.

O instrumento teria por objetivo proteger e promover o patrimônio musealizado, as coleções e as instituições que os abrigam, além de reposicionar os museus como elemento central para a promoção da cultura.

Durante os encontros, José do Nascimento Jr. e a ministra Marta Suplicy convidaram a França a participar da 23ª Conferência do Conselho Internacional de Museus (ICOM), que acontecerá na cidade do Rio de Janeiro, em agosto do próximo ano. A ministra francesa também foi convidada a participar de seminário de política e gestão museológica a ser realizado em 2013.

Texto: Ascom/Ibram
Fotos: Ministério da Cultura

Matérias relacionadas
Diretor da Escola do Louvre faz palestra na sede do Ibram
Unesco referenda proposta brasileira para proteção ao patrimônio musealizado

Programa Mercomuseus é aprovado em reunião de ministros do Mercosul

Reunião aconteceu em Brasília dia 23 de novembro

No dia 23 de novembro, durante a XXXV Reunião de Ministros do Mercosul Cultural, em Brasília, foi aprovada a criação do programa Mercomuseus – criado conforme os objetivos e propostas de atividades apresentadas em documento pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC). Acesse o documento.

O MercoMuseus se propõe a reunir instituições e profissionais de museus dos países do Mercosul, em um esforço continuado para o aperfeiçoamento de suas ações e o desenvolvimento de políticas públicas para a cultura, com vistas a estimular a integração sul-americana pela aproximação entre culturas.

Não há ainda definição quanto às primeiras atividades que serão desenvolvidas, nem quanto ao estabelecimento de um fundo específico para o programa. Esses pontos deverão ser debatidos no próximo semestre, durante a presidência uruguaia do Mercosul.

Foi também aprovada na mesma reunião que o Fundo Mercosul Cultural tenha uma linha específica para museus, fonte orçamentária para as atividades do MercoMuseus.

A reunião em Brasília teve como pauta a apresentação dos resultados dos encontros das Comissões da Diversidade Cultural e do Patrimônio, parecer sobre o Fundo do bloco e propostas para um Plano Estratégico.

O Brasil está na presidência pro tempore do bloco até o fim de 2012 e, por isso, é o país responsável por organizar e coordenar as reuniões do Mercosul. Saiba mais sobe a reunião em matéria do Ministério da Cultura.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Divulgação MinC

Eleições CNPC: três entidades podem indicar representantes da área de museus

A Associação Brasileira de Museologia (ABM), o Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Museus (Icom-BR) e o Conselho Federal de Museologia (Cofem) foram as entidades escolhidas para indicar uma lista tríplice da qual será escolhido, pela ministra da Cultura, o representante da área de museus que ocupará a vaga no Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC).

O Cofem, o Icom-BR, a ABM e a Associação Brasileira de Conservadores e de Restauradores (Abracor), todas elas de caráter associativo e de âmbito nacional atuantes na área de museus e memória, foram as quatro entidades que participaram das eleições, que aconteceram de 19 a 22 de novembro, durante o 5º Fórum Nacional de Museus (FNM), em Petrópolis (RJ).

Puderam votar na eleição todos os participantes inscritos no 5º FNM maiores de 16 anos, completos até a data de inscrição. Cada eleitor pôde votar apenas uma vez, apresentando um documento oficial com foto no momento da votação.

O CNPC é um órgão colegiado integrante da estrutura básica do Ministério da Cultura, e tem por finalidade propor a formulação de políticas públicas com vistas a promover a articulação e o debate dos diferentes níveis de governo e a sociedade civil organizada para o desenvolvimento e o fomento das atividades culturais no território nacional. Saiba mais sobre as eleições para o conselho.

Texto: Ascom/Ibram

5º Fórum Nacional de Museus encerra-se hoje (23) em Petrópolis

5º FNM abordou, durante cinco dias, temas relacionados aos 40 anos da Mesa Redonda de Santiago do Chile

Chega ao fim nesta sexta-feira (23), em Petrópolis (RJ), o 5º Fórum Nacional de Museus (FNM). Durante cinco dias, o evento reuniu, no Sesc Quitandinha, cerca de mil participantes, entre profissionais, gestores, estudantes, e interessados na área de museus e memória sob o tema 40 anos da mesa de Santiago do Chile: entre o idealismo e a contemporaneidade.

Conferências, painéis, minicursos, comunicações coordenadas e grupos de trabalho, além de encontro dos Pontos de Memória, reuniões paralelas e uma programação cultural que incluiu apresentações de música, teatro e exposições, integraram a programação geral do evento, na qual o a função social dos museus esteve em foco.

A quinta edição do FNM, principal evento do setor museal brasileiro, contou com a participação de referências nacionais e internacionais da área de museus e da ministra da Cultura, Marta Suplicy. Leia mais a respeito. O evento produziu diretrizes para a Política Nacional de Museus nos próximos biênio e define, até o final do dia, os representantes do setor museal no Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC).

Principal evento do setor museal brasileiro, o Fórum Nacional de Museus confirmou, em sua quinta edição, sua vocação de espaço de debate, deliberação, intercâmbio, troca de experiências e circulação do conhecimento produzido no campo museal brasileiro.

“O fórum veio para qualificar e aprofundar a Política Nacional de Museus, que foi discutida democraticamente durante estes cinco dias”, avalia o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), José do Nascimento Jr. “Foi muito importante a presença da ministra, que reafirma o compromisso do MinC com a área de museus e a política que o Ibram vem desenvolvendo. Ela aponta para a possibilidade de melhorias e ampliação da PNM”. Saiba mais sobre o 5º FNM no blogue do evento.

Texto: Ascom/Ibram

 

Marta Suplicy visita 5º FNM e garante maior investimento em museus para 2013

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, participou na tarde de ontem (22), do 5º Fórum Nacional de Museus, em Petrópolis (RJ). Em fala à plenária, a ministra ressaltou a importância do fórum como “espaço de estímulo à criação de redes entre os profissionais do setor”, além do intercâmbio com estudantes de Museologia e áreas afins, e da divulgação dos museus brasileiros.

A ministra lembrou o crescimento do número de museus no Brasil – já são cerca de 3.260 mapeados pelo Ibram – e da visitação a exposições, além do aumento do investimento no campo museal nos últimos dez anos. Leia a íntegra do discurso.

“As políticas adotadas desde 2003 conseguiram ressignificar a importância dos museus, mostrar o quão rentável é para o investidor e para a sociedade o investimento em cultura”, disse. “Nosso esforço agora é garantir e elevar o campo museal para o padrão de excelência que almejamos, profissionalizando e valorizando os seus agentes em todos os elos da cadeia”.

Foram citadas também ações como o Programa de Fomento aos Museus, que vai destinar, até o fim de 2013, cerca de R$ 20 milhões a instituições museais, por meio de prêmios e editais, além da destinação de R$ 7 milhões aos museus ligados ao Ibram. Continue lendo no blogue do 5º Fórum Nacional de Museus.

No museu

Suplicy recebeu do diretor do Museu Imperial réplica de pena de ouro usada pela Princesa Isabel para a assinatura da Lei Áurea (1888)

Mais cedo, Marta Suplicy visitou o Museu Imperial, vinculado ao Ibram/MinC, onde participou de almoço na companhia do presidente do Ibram, José do Nascimento Jr. do diretor do museu, Maurício Ferreira Jr., da secretária de Cultura do Rio de Janeiro, Adriana Rattes, membros da família Imperial, entre outros convidados.

Ao conhecer o acervo do Museu Imperial, Marta Suplicy afirmou que o setor museal receberá um incremento de 30% nos investimentos em 2013. A ministra comemorou ainda a aprovação pela Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (21), do Projeto de Lei do Vale Cultura que, em sua opinião, vai atuar como um “bolsa-alma”, garantindo acesso à cultura a milhões de pessoas.

O 5º Fórum Nacional de Museus encerra-se hoje (23), no Sesc Quitandinha, em Petrópolis, e reuniu cerca de mil participantes, entre profissionais, gestores, estudantes e militantes da área de museus e memória.

Texto: Ascom/MinC e Ascom/Ibram
Fotos: Tiago Silva e Fabrício Cruz

Matéria relacionada
Ministra da Cultura visita Museu Imperial e FNM

Portaria do MinC institui GT para viabilizar Museu Nacional Afro Brasileiro

O Museu Nacional Afro Brasileiro de Cultura e Memória em Brasília também foi tema de conversa da ministra da Cultura, Marta Suplicy, com coordenadores das bancadas estaduais dos deputados ontem (21), na capital federal.

Ministra durante cerimônia do Dia Nacional da Consciência Negra em SP

Além de apresentar as prioridades do Ministério da Cultura (MinC) e propôr colaboração com recursos financeiros, através de emendas de bancadas, a ministra falou sobre a portaria 148/2012, assinada no Dia Nacional da Consciência Negra, que institui um grupo de trabalho para viabilizar as diretrizes básicas para elaboração do projeto executivo, construção e funcionamento do museu. A portaria foi publicada hoje (22) no Diário Oficial da União.

Estrutura colegiada
Com a autorização de doação de imóvel no Setor de Hotéis e Turismo Norte, feito pela Terracap, para a construção do Museu Nacional Afro-Brasileiro, o grupo de trabalho pode, entre outras ações, convidar especialistas na área de museologia e patrimônio histórico, realizar missões junto a instituições similares, no Brasil ou no exterior, para o intercâmbio de experiências, e propor normas necessárias à instituição e a gestão eficiente do museu.

O grupo de trabalho contará com a participação de representantes do sistema MinC ligados à Fundação Palmares, Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e Secretaria de Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC).

O prazo de duração do grupo de trabalho será um ano a contar da data de publicação da Portaria, prorrogável por igual período.

Fonte: Ascom/MinC
Edição: Ascom/Ibram
Foto: Luiz Carlos Murauskas/MinC

Página 12 de 30« Primeira...1011121314...2030...Última »