Presidente do Ibram realiza segunda visita técnica a museus do RJ

O presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Marcelo Araujo, realiza, desde a sexta-feira (13), visitas técnicas a unidades da rede de museus Ibram no estado do Rio de Janeiro (RJ), além de outras instituições museológicas no Rio.

Esta é a segunda série de visitas a museus do Ibram no RJ desde que Marcelo Araujo assumiu o cargo – a primeira foi em outubro do ano passado. No total, o Ibram possui 14 museus no estado.

Agenda
No dia 13, na capital fluminense, Araujo visitou o Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), onde participou das celebrações pelos 80 anos de criação do museu. Saiba mais.

80 anos do MNBA: Marcelo Araujo acompanhou a programação no Rio

80 anos do MNBA na sexta (13): Marcelo Araujo acompanhou a programação no Rio

Nesta segunda-feira (16), o presidente conhece a futura sede da Representação Regional do Ibram no centro do Rio. Também visita o Museu Villa-Lobos/Ibram, localizado no bairro de Botafogo, atualmente fechado para obras de modernização.

A agenda, que inclui reuniões com as equipes de cada museu da rede Ibram, prossegue na terça-feira (17), com visita ao Museu de Arqueologia de Itaipu (MAI), em Niterói (RJ); e encerra-se na quinta-feira (19) com ida ao Museu Casa da Hera, na cidade de Vassouras (RJ).

“Busco uma gestão mais próxima e forte entre equipes. As visitas técnicas são importantes para conhecer e conversar com os servidores de cada museu”, explica o presidente do Ibram. “É fundamental pensar o instituto como uma equipe única e integrada, capaz de desenvolver projetos transversais”.

Ao longo da semana, ele participa ainda de compromissos públicos e visitas técnicas a outros museus cariocas – como Museu do Samba, Sítio Burle Max, Museu da Maré e Instituto Casa Roberto Marinho.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: MNBA/Divulgação

Presidente do Ibram participa na China de Fórum de Alto Nível da Unesco

O presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Marcelo Araujo,  está em viagem à China, entre os dias 5 e 14 de novembro, para participar do Fórum de Alto Nível da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) sobre museus.

Marcelo Araujo é presidente do Instituto Brasileiro de Museus

Marcelo Araujo é presidente do Instituto Brasileiro de Museus

O evento, que acontece em Shenzhen (China) de 9 a 12 deste mês, vai reunir especialistas em museus com o objetivo de contribuir com estratégias para implementar as orientações que constam na Recomendação Unesco sobre a Promoção e Proteção de Museus e Coleções.

Protagonismo brasileiro
A recomendação teve origem em uma proposta feita pelo Ibram em 2012 e aprovada em 2015, durante a 38ª Conferência Geral da Unesco. Ainda que não vinculante, a recomendação é um pilar das políticas públicas de museus para as próximas décadas.

Seu foco é o reforço das práticas existentes para manter a integridade das coleções, e o fornecimento de orientação para as funções de museus, adaptando os seus objetivos para resolver os urgentes desafios contemporâneos.

“Temos um interesse muito grande de prosseguir nesse protagonismo”, explica Araujo. “O fórum discute estratégias para essas diretrizes. A ida para a China tem objetivo de relatar a postura brasileira em face da recomendação, além de debater com outros profissionais as iniciativas levadas a cabo. O grande pano de fundo é o novo papel dos museus como instrumento de desenvolvimento”, ressalta o presidente do Ibram. Continue lendo no portal do Ministério da Cultura.

Texto: Ascom/MinC
Foto: Ascom/Ibram

Marcelo Araujo realiza visitas técnicas a museus Ibram no Rio de Janeiro

O Presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Marcelo Araujo está em viagem ao Rio de Janeiro, onde realiza visitas técnicas ao Museu Casa de Benjamin Constant, no Rio, e aos museus Imperial e Palácio Rio Negro, em Petrópolis, e se reúne com os diretores e equipes das instituições.

Marcelo Araujo em visita, hoje pela manhã, ao Museu Casa de Benjamin Constant, no bairro de Santa Teresa (Rio)

Para Araujo, é fundamental conhecer de perto a realidade dos museus que integram a rede Ibram e pensar o instituto como uma “equipe única e integrada”, capaz de desenvolver projetos transversais.

“Busco uma gestão mais próxima e forte entre as equipes. Essas visitas são importantes para conhecer de perto e conversar com os servidores de cada museu”, acredita o presidente do Ibram.

Esta é a segunda viagem de Marcelo Araujo aos museus federais da rede após assumir a presidência do Ibram.

No mês passado, ele esteve em Minas Gerais, onde conheceu e conversou com os servidores do Museu do Ouro, em Sabará, Museu Regional de Caeté e Museu da Inconfidência, em Ouro Preto.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Museu Casa de Benjamin Constant/Divulgação

Presidente do Ibram visita museus de Minas Gerais

O Presidente do Instituto Brasileiro de Museus – Ibram, Marcelo Araújo faz nesta semana, sua primeira viagem a Minas Gerais desde que assumiu a Autarquia. Marcelo Araújo visita três museus vinculados ao Instituto em no Estado: Museu do Ouro, Museu Regional de Caeté e Museu da Inconfidência, além do Museu de Congonhas.

O objetivo da viagem é, não só conhecer as instituições, como também conversar com os servidores e buscar uma gestão mais próxima às instituições. Para Araújo, que é servidor de carreira do Instituto, um desafio interno é fortalecer as relações entre Brasília e os museus. “Temos que pensar o Ibram como uma equipe única, integrada e que pode desenvolver projetos transversais”, destacou.

Na quarta-feira (21), ele se reuniu com a Superintendente do Iphan MG e com os servidores do Ibram. No dia 22, quinta-feira, passou a manhã em Sabará, no Museu do Ouro e à tarde, seguiu para o Museu Regional de Caeté.

Araújo visita, nesta sexta-feira (23), o Museu da Inconfidência, em Ouro Preto, e acompanha algumas atividades que fazem parte da programação da 10ª Primavera dos Museus na Instituição. E, para encerrar esta primeira visita a Minas Gerais, ele conhecerá o Museu da Congonhas no sábado (24).