Página 1 de 212

Publicados os resultados finais dos editais Modernização e Mais Museus

Publicados hoje (26), no Diário Oficial da União (DOU),  os resultados finais dos editais Mais Museus e Modernização de Museus 2013, que integram o Programa de Fomento aos Museus do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC).

Para o edital Mais Museus, voltado para cidades onde não existem ainda unidades museológicas constituídas, após as fases de análise técnica e interposição de recursos, foram analisados e classificados 16 projetos pela comissão de seleção.

Já o edital Modernização de Museus, após as fases de análise técnica e interposição de recursos, teve 56 projetos analisados pela comissão de seleção, sendo que 36 foram classificados. Conheça as inscrições desclassificadas e os motivos de desclassificação.

A partir da publicação dos resultados no DOU, os proponentes interessados têm cinco dias para interposição de recurso, pelo Formulário de Recurso (Anexo III de cada edital),  a ser encaminhado, exclusivamente, via e-mail, para o Instituto Brasileiro de Museus, no endereço eletrônico recurso.inscricao@museus.gov.br, devidamente identificado no Assunto o edital a que se refere.

As instituições classificadas devem encaminhar documentação complementar, no prazo de 15 dias, conforme disposto no item 10 dos editais, com vistas ao conveniamento – de acordo com disponibilidade orçamentária do Ibram. Ressalva-se que os valores aprovados poderão sofrer alterações, nos casos de eventuais readequações de Planos de Trabalho em virtude de diligências promovidas pelo Ibram.

Conheça todas as fases relativas a cada um dos editais do Ibram e sobre as modalidade de fomento e financiamento a museus brasileiros.

Texto: Ascom/Ibram

Editais Mais Museus e Modernização: Ibram publica inscrições admitidas

Publicadas hoje (8), no Diário Oficial da União (DOU),  as inscrições admitidas para a segunda fase dos editais Mais Museus e Modernização de Museus 2013.

O edital Mais Museus, voltado para cidades onde não existem ainda unidades museológicas constituídas, recebeu 140 inscrições de projetos, mas apenas 15 foram admitidas pela comissão técnica para serem avaliadas pela comissão de seleção. Conheça as inscrições inadmitidas e as razões de inadmissibilidade.

Já o edital Modernização de Museus recebeu 159 inscrições no total, sendo que 54 foram admitidas pela comissão técnica para serem avaliadas pela comissão de seleção. Conheça as inscrições inadmitidas e as razões de inadmissibilidade.

A partir da publicação dos resultados no DOU, os proponentes interessados têm cinco dias para interposição de recurso, pelo Formulário de Recurso (Anexo III de cada edital),  a ser encaminhado, exclusivamente, via e-mail, para o Instituto Brasileiro de Museus, no endereço eletrônico recurso.inscricao@museus.gov.br, devidamente identificado no Assunto o edital a que se refere.

As respectivas comissões de seleção estarão reunidas, a partir do dia 18, para avaliar os projetos admitidos. Saiba mais informações sobre os editais Mais Museus e Modernização de Museus.

Texto: Ascom/Ibram

Fomento: Ibram prorroga período de inscrições para o edital Mais Museus

Devido a muitos pedidos nos canais de comunicação do Ibram por parte de instituições interessadas em participar do edital Mais Museus, foi publicada hoje (12), no Diário Oficial da União, a prorrogação do período de inscrições do concurso, que agora segue até às 23h30 (horário de Brasília) do dia 29 de setembro (domingo).

O edital se destina à seleção de projetos para implantação de museus em cidades que não possuam instituição museológica estruturada. Os selecionados irão formar banco de projetos para apoio financeiro no exercício de 2013, de acordo com disponibilidade orçamentária do instituto. Os recursos para o apoio financeiro são oriundos do Fundo Nacional de Cultura (FNC) do Ministério da Cultura (MinC).

Os participantes poderão se inscrever com projeto cujo valor solicitado para repasse esteja entre R$ 150 mil e R$ 300 mil. As instituições selecionadas deverão dispor de 20% do valor total do projeto, a título de contrapartida, de acordo com o item 12 do edital.

As ações apoiadas por este edital incluem serviços para adaptação de espaços físicos de imóvel; elaboração e implementação de projetos para execução de obras e serviços; elaboração e implementação de planos museológicos ou projetos museográficos; serviços de instalação e montagem de exposições; serviços para manutenção e conservação de bens imóveis; e elaboração de projetos para execução de obras e contratação de serviços.

Podem concorrer ao fomento pessoas jurídicas de direito público, de âmbito municipal, estadual e federal, desde que não vinculadas à estrutura do MinC, e igualmente instituições culturais privadas sem fins lucrativos, mantenedoras de instituições museológicas. Acesse o edital Mais Museus.

Texto: Ascom/Ibram

Edital Ibram para cidades que não possuem museus inscreve até quinta (12)

Os interessados no edital Mais Museus, que integra o Programa de Fomento Ibram aos Museus, têm até dia 12 de setembro para se inscrever. Ele se destina à seleção de projetos para implantação de museus em cidades que não possuam instituição museológica estruturada.

As ações apoiadas pelo edital incluem serviços para adaptação de espaços físicos de imóvel; elaboração e implementação de projetos para execução de obras e serviços; elaboração e implementação de planos museológicos ou projetos museográficos; serviços de instalação e montagem de exposições; serviços para manutenção e conservação de bens imóveis; e elaboração de projetos para execução de obras e contratação de serviços.

Os participantes poderão se inscrever com projeto cujo valor solicitado para repasse esteja entre R$ 150 mil e R$ 300 mil. As instituições selecionadas deverão dispor de 20% do valor total do projeto, a título de contrapartida.

Os projetos selecionados irão formar banco de projetos para apoio financeiro no exercício de 2013, de acordo com disponibilidade orçamentária do instituto, mediante celebração de convênio, ou outro instrumento hábil, não conferindo direito subjetivo ao participante de celebrar convênio. Os recursos para o apoio financeiro são oriundos do Fundo Nacional de Cultura (FNC) do Ministério da Cultura (MinC)

Podem concorrer ao fomento pessoas jurídicas de direito público, de âmbito municipal, estadual e federal, desde que não vinculadas à estrutura do MinC, e igualmente instituições culturais privadas sem fins lucrativos, mantenedoras de instituições museológicas. Acesse o edital Mais Museus.

Texto: Ascom/Ibram

Fomento aos museus: saiba mais sobre os novos editais lançados pelo Ibram

Lançados esta semana pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), as edições 2013 dos editais Mais Museus e Modernização de Museus começaram a receber inscrições ontem (25), por meio do sistema Salic Web, e seguem abertos até às 23h30 (horário de Brasília) do dia 29 de setembro, para o edital Mais Museus, que foi prorrogado hoje (12), e 30 de setembro, para o edital Modernização de Museus.

Ambos irão formar banco de projetos para apoio financeiro no exercício de 2013, de acordo com disponibilidade orçamentária do instituto, mediante celebração de convênio, ou outro instrumento hábil, com as instituições selecionadas, não conferindo direito subjetivo ao participante de celebrar convênio.

Os recursos para o apoio financeiro são oriundos do Fundo Nacional de Cultura (FNC) do Ministério da Cultura (MinC). Os participantes poderão se inscrever com projeto cujo valor solicitado para repasse esteja entre R$ 150 mil e R$ 300 mil. As instituições selecionadas deverão dispor de 20% do valor total do projeto, a título de contrapartida, de acordo com o item 12 dos editais.

Mais Museus

O edital se destina à seleção de projetos para implantação de museus em cidades que não possuam instituição museológica estruturada. As ações apoiadas por este edital incluem serviços para adaptação de espaços físicos de imóvel; elaboração e implementação de projetos para execução de obras e serviços; elaboração e implementação de planos museológicos ou projetos museográficos; serviços de instalação e montagem de exposições; serviços para manutenção e conservação de bens imóveis; e elaboração de projetos para execução de obras e contratação de serviços. Podem concorrer ao fomento pessoas jurídicas de direito público, de âmbito municipal, estadual e federal, desde que não vinculadas à estrutura do MinC, e igualmente instituições culturais privadas sem fins lucrativos, mantenedoras de instituições museológicas. Acesse o edital Mais Museus.

Modernização de Museus

Este edital se destina a ações e estudos estratégicos para modernização de museus, manutenção das ações/programações culturais regulares, ampliação do acesso, educação e formação de público. Poderão participar instituições museológicas públicas municipais, estaduais e federais, desde que não vinculadas à estrutura do MinC, e, igualmente, instituições museológicas privadas sem fins lucrativos. O edital contempla ainda serviços relacionados à preservação, conservação e digitalização de acervos; atividade editorial e curatorial; capacitação de funcionários/servidores; adaptação, reaparelhamento e modernização de museus; adaptação de espaços e serviços para acessibilidade; e ações de difusão, divulgação e promoção institucional. Acesse o edital Modernização de Museus.

E saiba mais sobre o Programa de Fomento aos Museus do Ibram.

Texto: Ascom/Ibram

Última atualização: 12.9.2013

Ibram lança novos editais: Mais Museus e Modernização de Museus 2013

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) lança hoje (24), os editais Mais Museus e Modernização de Museus 2013. Os extratos foram publicados no Diário Oficial da União (DOU), na Seção 3 (páginas 14 e 16).

O edital Mais Museus visa selecionar projetos de implantação de museus em municípios que ainda não possuam instituição museológica instituída. Já o edital Modernização de Museus consiste em selecionar projetos para modernização de instituições museológicas.

Os dois editais têm por finalidade, constituir um banco de projetos para apoio financeiro no exercício de 2013, de acordo com disponibilidade orçamentária do Ibram, mediante celebração de convênio. Os participantes poderão inscrever-se com projeto cujo valor solicitado para repasse esteja entre R$ 150 mil e R$ 300 mil.

As inscrições começam nesta quinta-feira, 25 de julho, e seguem até 12 de setembro, e devem ser feitas pelo sistema SalicWeb, disponível na página do Ibram e do Ministério da Cultura. Veja os editais aqui.

Fomento aos Museus
O Ibram adota o procedimento de seleção de projetos de museus não vinculados ao instituto, com o objetivo de democratizar e descentralizar os recursos públicos no setor por meio de editais públicos.

A finalidade é permitir que os museus cumpram seu papel na salvaguarda e difusão do patrimônio cultural musealizado, proporcionando-lhes condições necessárias para atratividade de público, realização de ações de comunicação, investigação e preservação de acervos.

Além de contribuir com o aumento do número de museus, os editais também democratizam o acesso a bens culturais e o desenvolvimento regional, especialmente através da geração de ocupação e renda e do estabelecimento de formas de integração com a economia local.

Texto: Ascom/Ibram

Fomento 2011: Ibram divulga resultado de mais dois editais de seleção

O resultado dos editais Criação e Fortalecimento de Sistemas de Museus e Mais Museus, que fazem parte do Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011, foram publicados no Diário Oficial da União nesta sexta-feira, 2 de dezembro.

Foram cinco os projetos selecionados no Edital para Criação e Fortalecimento de Sistemas de Museus, que é visa dar apoio à estruturação, modernização e fortalecimento do Sistema Brasileiro de Museus.

O Edital Mais Museus visa o conveniamento de projetos para a implantação de museus em municípios com menos de 50 mil habitantes e que ainda não possuam instituição museológica instituída. 17 projetos foram selecionados para conveniamento.

Todos os proponentes têm cinco dias úteis para entrar com recursos e um prazo de 15 dias úteis para credenciamento e inclusão das propostas do Sistema de Convênios (SICONV). Saiba mais sobre o Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011.

Fonte: Ascom/Ibram

Ibram/MinC divulga habilitados em dois editais e retifica Prêmio de Enredos

Foram publicados no Diário Oficial da União da sexta-feira (25), retificação ao edital do Prêmio Ibram de Enredos e as listas dos proponentes habilitados nos editais Mais Museus e Criação e Fortalecimento de Sistemas de Museus.

O Prêmio Ibram de Enredos sofreu alteração no item 3.1, que trata das condições para participação. Onde lia-se “…carnavalescos (…) atuante nas tradições do Carnaval pertencente ao Grupo Especial ou similar”, agora lê-se “…carnavalescos (…) com vínculo comprovado em instituições de atuação no âmbito do carnaval: escolas de sambas ou grupos carnavalescos”. As listas dos habilitados nos dois outros editais estão disponíveis aqui.

Aos interessados, caberá recurso de inabilitação, no prazo de cinco dias úteis, contados a partir da data de publicação das respectivas listas. Todas as informações necessárias para o procedimento estão disponíveis nos editais. Saiba mais sobre o Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011.

Texto: Ascom/MinC

Fomento aos Museus 2011: dois editais encerram inscrições neste dia 18

Os editais Mais Museus e Criação e Fortalecimento de Sistemas de Museus encerram as inscrições na sexta-feira, dia 18 de novembro. Os interessados devem se inscrever através do Sistema SalicWeb. Os editais e as informações necessárias estão disponíveis na página do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC).

O Edital Mais Museus visa o conveniamento de projetos para a implantação de museus em municípios com menos de 50 mil habitantes e que ainda não possuam instituição museológica instituída.

Podem participar pessoas jurídicas de direito público e de direito privado sem fins lucrativos, com finalidade cultural. No caso de pessoas jurídicas de direito privado deverão ser instituídas há no mínimo três anos. Os projetos atendidos terão valores entre R$100 mil e R$150 mil.

O Edital para Criação e Fortalecimento de Sistemas de Museus é voltado para entidades públicas que atuam no âmbito museal e visa apoio à estruturação, modernização e fortalecimento do Sistema Brasileiro de Museus. Podem participar entidades públicas, nos âmbitos municipal, estadual e distrital. Serão atendidos projetos com valor de R$ 100 mil.

Outros sete editais continuam com inscrições abertas até o final de novembro. Conheça todos aqui.

Texto: Ascom/Ibram

Museu dos Povos Indígenas está aberto ao público

O Museu dos Povos Indígenas Yny Heto – Casa do Povo Iny – inaugurado no dia, 24 de setembro, é um marco para os índios da região da Ilha do Bananal, em Tocantins. O museu foi contemplado em 1º lugar pelo Edital Mais Museus de 2008, de iniciativa do Ibram/MinC.

A festa de inauguração contou com a participação dos índios Karajá e Javaé de diversas aldeias da Ilha, que somam mais de três mil pessoas. Participaram da cerimônia a diretora do Departamento de Difusão, Fomento e Economia de Museus do Ibram, Eneida Braga; o prefeito de Formoso do Araguaia, Pedro Tavares; o presidente da Fundação de Cultura do Tocantins, Diomar Naves, diversas outras autoridades locais, além do cacique Juraci Javaé, que foi o primeiro a idealizar um museu na região.

Índios das etnias Karajá e Javaé fizeram apresentação de danças típicas durante o evento e filmes sobre os povos indígenas foram projetados nas paredes do museu. A primeira dança apresentada, o Maracaxi, é realizada em festas e após colheitas e significa a fartura e a alegria do povo indígena. Em seguida, foi apresentada a Iweruhuky Ise, dança realizada após o ritual do Aruanã, feita em homenagem às autoridades presentes na tribo.

Mais Museus – A diretora Eneida Braga ressaltou a beleza da região e do museu. Para ela, a Casa do Povo Iny representa bem o programa Mais Museus, que beneficia cidades com até 50 mil habitantes e que não possuem instituição museológica. O apoio consiste na aquisição de equipamentos e mobiliários; elaboração de projetos para execução de obras e serviços; instalação e montagem de exposições; restauração de imóveis; elaboração de projetos museológicos ou museográfico; e benfeitoria em imóveis.

Na avaliação da diretora do Ibram/MinC, as parcerias entre município, estado e União, com o apoio do Conselho das Organizações Indígenas do Povo Javaé da Ilha do Bananal (Conjaba), foram fundamentais para o sucesso do projeto.

O Ibram/MinC se comprometeu a acompanhar as atividades do museu e fazer com que se torne uma porta de entrada para a Ilha do Bananal. “Só se entra na Ilha com um guia e nossa proposta é que o Museu dos Povos Indígenas seja o primeiro lugar que o visitante conheça”, disse Eneida Braga.

Acervo - Adornado com pinturas tradicionais do povo Iny, o museu conta com acervo de 43 peças produzidas pelos próprios artesãos Javaé e Karajá. Destacam-se peças em cerâmica, roupas usadas em rituais e uma canoa. A casa dispõe de espaço para exibição de vídeos sobre a cultura e a língua dos povos Iny, bem como de material sobre a história e os aspectos culturais do município. Conta ainda com uma loja para venda de produtos artesanais.

Página 1 de 212