Lançamento de livro encerra exposição sobre Luiz Gonzaga no MNBA

O lançamento do livro O Rei e o Baião marca o encerramento da exposição O imaginário do rei: visões sobre o universo de Luiz Gonzaga, neste domingo (24), no Museu Nacional de Belas Artes (MNBA/Ibram). O lançamento será a partir das 15h e a entrada é franca.

Além de obras originais, exposição traz objetos e imagens antigas de Luiz Gonzaga

Organizado por Bené Fonteles, que também é o curador da exposição, o livro contém ensaios de Antonio Risério, Elba Braga Ramalho, Gilmar de Carvalho, Hermano Vianna e Sulamita Vieira, além de apresentação de Gilberto Gil.

Pelo viés da antropologia cultural, os textos analisam a herança cultural nordestina recriada por Luiz Gonzaga e seus parceiros, suas conquistas e desdobramentos, assim como a relação com o imaginário do povo brasileiro. A edição é ilustrada por xilogravuras de diversos artistas, pintura de Ciça Fittipaldi e ensaio fotográfico de Gustavo Moura.

Ainda na programação, Fonteles vai proferir a palestra Poética gonzagueana: inspirações e parceiros, como também fará visita guiada à exposição em cartaz.

A mostra reúne mais de 160 obras em varias técnicas e linguagens de expressão criadas por 60 artistas de todas as regiões do país, quase todas concebidas especialmente para a ocasião, como também fotografias históricas e raras de Luiz Gonzaga, livros e discos. Saiba mais.

Texto e foto: Divulgação MNBA

Mostra no Museu Nacional de Belas Artes marca centenário de Luiz Gonzaga

No mês em que se comemora os 100 anos de nascimento de Luiz Gonzaga, o Museu Nacional de Belas Artes/Ibram abre no dia 17 de dezembro, às 19h, a exposição O imaginário do rei: visões sobre o universo de Luiz Gonzaga, com curadoria de Bené Fonteles – que recebeu com a mostra o Prêmio Centenário Luiz Gonzaga da Funarte/ MinC.

Além de obras originais, exposição traz objetos e imagens antigas de Luiz Gonzaga

A exposição reúne mais de 160 obras em varias técnicas e linguagens de expressão criadas por 60 artistas de todas as regiões do país, quase todas concebidas especialmente para a ocasião. Traz ainda fotografias históricas e raras de Luiz Gonzaga, livros e discos sobre Luiz Gonzaga, compondo uma rica e diversificada iconografia sobre a vida e obra do “Rei do Baião”.

Também serão exibidos quatro filmes relacionados ao artista: Viva São João!, de Andrucha Waddington; O Milagre de Santa Luzia, de Sergio Roizenblitz; O Homem que Engarrafava Nuvens, de Lírio Ferreira; e Luiz Gonzaga – A Luz dos Sertões, de Rose Maria. Veja a programação completa e horários.

A mostra  já foi vista por mais de 200 mil pessoas em Recife (PE), Salvador (BA), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB) e Brasília (DF). A exposição no MNBA pode ser visitada até 24 de fevereiro de 2013 e tem entrada gratuita. Saiba mais sobre o Museu Nacional de Belas Artes.

Texto: Divulgação MNBA
Foto: Divulgação

Última atualização: 17.01.2013