Ibram destaca legado do arquiteto João da Gama Filgueiras Lima, o Lelé

O Brasil perdeu um dos grandes nomes da arquitetura. Morreu, esta semana, aos 82 anos, João da Gama Filgueiras Lima, o Lelé. Parceiro de Oscar Niemeyer e Lúcio Costa na construção de Brasília, Lelé sempre buscou a racionalização e a industrialização da arquitetura.

Destacam-se, entre as inúmeras obras por ele projetadas, a implantação dos hospitais da Rede Sarah e a Universidade de Brasília (UnB). Lelé se destaca em função de projetos desenvolvidos para hospitais e escolas, além de equipamentos urbanos e mobiliário hospitalar. É dele o projeto do Palácio Tomé de Sousa, sede da prefeitura de Salvador (BA), construída na década de 1980, em pleno centro histórico. Outro projeto significativo, no campus da UnB, acolhe o Memorial Darcy Ribeiro.

Texto: Ascom/Ibram

Projeto Legado Cultural voltado ao setor museal no Recife é suspenso

O Instuto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) suspendeu, por prazo indeterminado, a execução do Projeto Legado Cultural para o Setor Museal na Região Metropolitana de Recife.

O projeto faz parte do Edital de Seleção de Projetos nº 01/2012, publicado em outubro do ano passado, para a celebração de Termo de Parceria com OSCIP, que por sua vez, estava fundamentado orçamentariamente pelas emendas nº 71180010 e nº 35410019.

A liberação parcial do orçamento previsto é o motivo da suspensão. O Ibram busca novos recursos que subsidiem a implementação do projeto, de acordo com a lógica do modelo de execução prevista pelo Programa de Trabalho (anexo II do edital). No caso de haver novos recursos, o Ibram retomará o certame. Veja a publicação no Diário Oficial da União de 12 de abril de 2013.

Outras informações podem ser obtidas pelo endereço eletrônico cddp@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

Legado cultural: prorrogado edital de seleção de projetos de OSCIPs em PE

As Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs) que têm interesse em participar do edital de seleção de projetos têm até segunda-feira, 19 de novembro, para apresentar a proposta no Portal de Convênios SICONV.

O programa Legado Cultural para o Setor Museal é uma proposta do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) de estratégia específica de investimentos voltada para o setor museal, com foco nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo de Futebol de 2014 e nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro (RJ).

O edital de Seleção de Projetos de OSCIPS é resultado do processo de negociação do Ibram/MinC com a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e pretende selecionar entidade de direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs), para realizar prestação de serviços para adequação da infraestrutura tecnológica e de atendimento turístico dos museus da região metropolitana do Recife.

O objetivo do programa Legado Cultural para o Setor Museal é formalizar e implementar uma agenda de investimentos públicos e privados no setor, com vistas a desenvolver a modernização, a qualificação, a promoção e a atratividade dos museus para os megaeventos esportivos.

A expectativa é de que o esforço empreendido deixe como legado uma infraestrutura de equipamentos e serviços no setor museal que interajam com o patrimônio cultural das cidades-sede, ressaltando aspectos identitários específicos, de modo a alcançar o status de agentes mobilizadores da dinâmica econômica local e nacional.

Texto: Ascom/Ibram

Legado cultural: edital de seleção de projetos de OSCIPs está aberto em PE

O programa Legado Cultural para o Setor Museal é uma proposta do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) de estratégia específica de investimentos voltada para o setor museal, com foco nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo de Futebol de 2014 e nas Olimpíadas de 2016,  no Rio de Janeiro (RJ).

O edital de Seleção de Projetos de OSCIPS é resultado do processo de negociação do Ibram/MinC com a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e pretende selecionar entidade de direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIPs), para realizar prestação de serviços para adequação da infraestrutura tecnológica e de atendimento turístico dos museus da região metropolitana do Recife.

O edital está aberto de 26 de outubro a 9 de novembro e pode ser acessado pelo Portal de Convênios SICONV.

O objetivo do programa Legado Cultural para o Setor Museal é formalizar e implementar uma agenda de investimentos públicos e privados no setor, com vistas a desenvolver a modernização, a qualificação, a promoção e a atratividade dos museus para os megaeventos esportivos.

A expectativa é de que o esforço empreendido deixe como legado uma infraestrutura de equipamentos e serviços no setor museal que interajam com o patrimônio cultural das cidades-sede, ressaltando aspectos identitários específicos, de modo a alcançar o status de agentes mobilizadores da dinâmica econômica local e nacional.

Texto: Ascom/Ibram

 

Ibram abre Consulta Pública para elaboração de edital voltado a projetos de OSCIPs

Entre 5 e 15 de julho, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) realiza chamada para Consulta Pública com finalidade de promover a participação da sociedade no processo de elaboração de Edital de Seleção de Projetos de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) e seus anexos (Termo de Parceria e Programa de Trabalho).

A organização selecionada realizará prestação de serviços para adequação da infraestrutura tecnológica e de atendimento turístico dos museus da região metropolitana do Recife (PE), no âmbito do Programa Legado Cultural. O valor estimado para o cumprimento do objeto do edital será composto por recursos oriundos de emendas parlamentares da bancada de Pernambuco no Congresso Nacional.

As contribuições deve ser objetivas, remetendo-se expressamente aos dispositivos do edital ou dos dois anexos sob consulta, e devem ser enviadas até 15 de julho para o endereço eletrônico cddp@museus.gov.br. A mensagem deve indicar no Assunto “Chamada para Consulta Pública”.

Lista de documentos
Edital de Seleção de Projetos de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP (sob consulta)
Anexo I – Minuta Termo de Parceria (sob consulta)
Anexo II – Programa de Trabalho (sob consulta)
Anexo III – Programa Legado Cultural para o setor museal (não está sob consulta)

Texto: Ascom/Ibram

Museus do estado do RJ definem ações preparatórias para Copa, Olimpíadas e ICOM- 2013

Cerca de 150 representantes de museus do estado do Rio de Janeiro, com a participação da secretária de Estado da Cultura, Adriana Rattes, e equipe do Instituto Brasileiro de Museus/Ibram/Ministério da Cultura definiram nesta terça-feira (17), em reunião no Rio, cinco linhas de ação para as instituições museológicas estarem preparadas para 23ª Conferência Geral do Conselho Internacional de Museus – ICOM, em 2013, Copa do Mundo, em 2014, e as Olimpíadas em 2016, que acontecem no Rio.

As propostas dividem-se nos eixos: Modernização das instituições; Cidade-Museu – que contempla urbanização, sinalização e divulgação; Programação e intercâmbio; Implantação de museus; e Capacitação de funcionários. De acordo com o presidente do Instituto Brasileiro de Museus – Ibram, José do Nascimento Júnior, os investimentos no setor devem chegar a R$ 600 milhões.

Até o final da próxima semana, um documento com as propostas encaminhadas pelos museus sobre as ações será entregue ao Governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, ao ministro da Cultura, Juca Ferreira, e ao Ministro do Turismo, Luiz Barreto.

Legado Cultural – Com a eleição do Rio à cidade-sede desses eventos, os museus brasileiros estão convocados para a produção de um legado cultural, que implica a retomada dos vínculos indissociáveis entre o passado e o presente e a possibilidade de construção de um futuro que compreenda a cultura como bem simbólico, valor econômico e direito de cidadania.