Página 2 de 212

Ibram lança publicação Museus em Números em dois volumes

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) lança no dia 17, a publicação Museus em Números. São dois volumes que trazem um panorama estatístico nacional e internacional do setor de museus e textos analíticos sobre a situação dos museus nas unidades federativas.

Os dados são referentes a 1,5 mil  instituições museológicas brasileiras que responderam ao questionário do Cadastro Nacional de Museus (CNM) – cadastradas entre as mais de três mil instituições mapeadas em todo o país à época do levantamento de dados para a pesquisa (setembro 2010).

Para marcar o lançamento, acontece um debate no Auditório do Ibram/MinC, em Brasília, a partir das 14h. A abertura contará com a presença da Ministra da Cultura, Ana de Hollanda, do Presidente do Ibram, José do Nascimento Jr., do Secretário de Cultura do DF, Hamilton Pereira, e de Ivana Siqueira – representante da Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI).

A seguir, Rose Miranda, Coordenadora Geral de Sistemas de Informação Museal (CGSIM/Ibram) realiza a apresentação da publicação Museus em Números e convida para o debate Fábio Cunha (MinC), Frederico Augusto Barbosa da Silva (IPEA), Lillian Alvares (UnB) e Ana Rosa Pais Ribeiro (IBGE). A mediação será feita por Mayra Resende – Coordenadora de Produção e Análise de Informações Museais (Ibram). A programação completa está aqui.

Participam ainda do evento representantes da aréa de museus das secretarias de cultura dos estados , que se encontram em Brasília para discutir proposta de acordo de cooperação técnica voltado ao desenvolvimento de temas estruturantes para a área museal em estados e municípios, no projeto denominado Conexões Ibram. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (61) 2024.4300.

Texto: Ascom/Ibram

Porto Alegre recebe exposição sobre Campanha da Legalidade

Como parte das comemorações dos 50 anos da Campanha da Legalidade (1961-2011), será aberta nesta sexta-feira (2), às 19h, a exposição “O último levante dos gaúchos”.

A mostra será inaugurada no Memorial do Rio Grande do Sul (Rua Sete de Setembro, nº 1.020, 1º andar), em Porto Alegre, e exibirá documentos originais, fotografias, peças de propaganda política e periódicos de circulação da época.

A mostra fica aberta à visitação até 18 de novembro, de terça a sexta-feira, das 10h às 18h, com entrada franca. Visitas guiadas podem ser agendadas pelo telefone (51) 3227 0882.

A exposição é resultado da parceria entre o Museu da Comunicação Hipólito José da Costa e o Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul, ambos da Secretaria da Cultura,  com materiais relacionados ao movimento da Legalidade

Em www.legalidade.rs.gov.br é possível acessar a agenda com a programação completa das comemorações dos 50 anos da Campanha da Legalidade. Também estão disponíveis nesse link imagens do acervo do Museu de Comunicação, capas de jornais e revistas, áudios da Rádio Guaíba e vídeos da TV Assembléia com diversos depoimentos.

Fonte: Ascom do Museu da Comunicação Hipólito José da Costa

Ibram lança campanha e apresenta editais na Câmara dos Deputados

O Ibram lançou, nesta quarta-feira (24), a Campanha de Apoio Parlamentar à Área Museal. O evento foi realizado na Câmara dos Deputados e contou com a participação da ministra da Cultura, Ana de Hollanda, e do presidente do Instituto Brasileiro de Museus, José do Nascimento Junior. Deputados da Comissão de Educação e Cultura (CEC) da Câmara e senadores da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado também compareceram.

Na campanha, o Ibram pede o apoio dos parlamentares, que podem auxiliar, a partir da apresentação de emendas ao orçamento que contemplem o setor museal, na promoção da memória e dos museus como direito irrefutável de todos os cidadãos brasileiros. “Cultura gera renda e desenvolvimento e é nesse sentido que vimos aqui pedir o apoio dos parlamentares”, afirmou José do Nascimento Junior durante o lançamento.

Como prestação de contas à Comissão de Educação e Cultura da Câmara, Nascimento Jr. apresentou os nove editais do Programa de Fomento aos Museus Ibram 2011, que serão lançados na primeira quinzena de setembro. Os investimentos para os editais totalizam R$ 16.860.203 e são resultado de duas emendas parlamentares apresentadas pela CEC e aprovadas pela Comissão do Fundo Nacional de Cultura.

Este valor será destinado a prêmios e projetos relacionados à construção e modernização de museus, ao incentivo a artistas contemporâneos, à divulgação do tema museu em diversas mídias e ao apoio a iniciativas e experiências de memória social desenvolvidas por comunidades e grupos populares, bem como às despesas administrativas de cada edital.

A ministra Ana de Hollanda ressaltou que estava ali para prestar contas, mas também para pedir novamente o apoio dos parlamentares, uma vez que o orçamento para a área é pequeno e as ações necessárias são muitas. Os parlamentares parabenizaram o Ministério da Cultura e o Ibram pelo esclarecimento sobre as atividades realizadas com os recursos das emendas.

Os deputados presentes, entre eles, Stepan Nercessian (PPS/RJ), Jandira Feghali (PCdoB/RJ), Waldenor Pereira (PT/BA) e Paulo Rubem Santiago (PDT/PE), foram unânimes em afirmar a importância, para o País, das políticas públicas de Cultura e a necessidade de se valorizar a área. Eles ressaltaram que, mesmo com poucos recursos, a Cultura consegue sempre realizar bons projetos. “É preciso começar a pensar em projetos megalômanos”, destacou o deputado Stepan Nercessian.

Muito aplaudido durante sua fala, o deputado Paulo Rubem Santiago declamou uma poesia feita por ele durante a reunião e que, nas palavras da Ministra, disse tudo que todos queriam dizer. Veja a íntegra abaixo:

“Museu escola, museu semente
Vida melhor, cultura para gente!

Não há canto do país que não ensine
Seus caminhos, sua história, sua luz
Nossa terra, nossa gente, nosso sonho
Um país, uma pátria que seduz

Nossa arte, nossas mãos que tanto operam
Nossas lutas, um país em construção
Sabinada, balaiada e a praieira
Nossa gente sempre quis revolução

Não precisa ser gigante, um monumento
Um museu pode ser até um canto
Mas que guarde, que revele com vigor
Nossa história, nossa gente, nosso encanto

Certa vez afirmei aqui na casa
Que a cultura que não tem seu orçamento
Nos revela tristemente e com certeza
Um país que não tem um fundamento

Eis então nosso belo desafio
Um museu por cidade no país
A memória resgatada com apreço
A história ensinada do começo
Nossa gente conhecendo a raiz!” (Paulo Rubem Santiago)

Fonte: Ascom/Ibram
Crédito da foto: Leonardo Prado/Câmara dos Deputados

Lançamento: suplemento especial aborda museus e literatura

Neste sábado, 2 de julho, acontece o lançamento da edição especial do Suplemento Literário de Minas Gerais que tem como título “A literatura vai aos museus”. O evento será realizado de 11h a 13h, na Livraria Scriptum (Rua Fernandes Tourinho, 99, Savassi), em Belo Horizonte, MG.

Os textos, selecionados e organizados por Mario Chagas e Álvaro Marins, integrantes do Instituto Brasileiro de Museus, propõem uma reflexão sobre o lugar que a literatura pode ocupar na museologia contemporânea.

“Museu e literatura transitam pelo campo da memória, da criação, da imaginação, da coleção e do patrimônio cultural. A experiência museal, especialmente no que se refere à comunicação, é uma forma de experiência poética”, destaca o diretor do Departamento de Processos Museais, Mario Chagas, em um dos artigos da publicação.

Os exemplares do Suplemento são distribuídos gratuitamente e também estão disponíveis em versão digital.

Fonte: Ascom/Ibram

Museu Théo Brandão no clima de São João

 O Museu Théo Brandão (MTB) da Universidade Federal de Alagoas promove, no dia 17, o lançamento do livro “A Economia Simbólica da Cultura Popular Sertanejo-Nordestina”, do professor do Instituto de Ciências Sociais da UFAL, Elder Maia e a abertura, nas salas de exposições temporárias, da exposição de pinturas do artista plástico e sanfoneiro Vicente Ferreira de Lima.

De 14 a 17 de junho o museu oferece oficina de forró,  com a facilitadora Joyce dos Santos, das 16h30 às 18h, no MTB. As inscrições estão abertas até o dia 14 de junho pelos telefones. As vagas são limitadas.

Na sexta-feira, dia 17 de junho a partir das 18h, haverá o arraial do Museu Théo Brandão com apresentações do Trio “São João no Forró”, roda de coco com a presença dos artistas Rogério Dias e Fagner Dubrown da banda “Poesia Musicada no Pandeiro”, Jurandir Bôzo do “Clube do Coco”, cantador de pagode Lourinho, mestre embolador Jaçanã e Telma César, formação de quadrilha improvisada, além de barracas com comidas e bebidas típicas e brincadeiras para as crianças.

Página 2 de 212