Primavera dos Museus tem o maior número de inscritos desde a sua criação

A 11ª edição da Primavera de Museus contará com 932 instituições participantes – o maior número de inscritos desde a criação da temporada nacional de eventos em 2007. O crescimento em relação a 2016 foi de 24%.

Identidade visual da Primavera dos Museus 2017 (clique para ampliar)

Identidade visual da Primavera dos Museus 2017 (clique para ampliar)

Entre os dias 18 e 24 de setembro estão programados 2.537 eventos em 25 estados e no Distrito Federal. No total, 417 municípios brasileiros receberão eventos em torno do tema Museus e suas memórias.

A região Sudeste foi a que mais inscreveu atividades para a 11ª Primavera dos Museus, sendo seguida pelas regiões Sul, Nordeste, Centro-Oeste e Norte. Confira o quadro evolutivo.

Após o encerramento das inscrições, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), que coordenada a ação nacionalmente, iniciou a produção do Guia de Programação com todos os eventos pelo país – que ficará disponível tanto para busca online quanto no formato de publicação digital.

Texto e kit digital
O Ibram disponibilizou esta semana um texto de referência sobre o tema da 11ª Primavera dos Museus. Nele são apontados aspectos relacionados à relevância das discussões em torno da memória dos museus.

“Os questionamentos são importantes para que os museus se revisitem e se mostrem para a sociedade, resgatando experiências que estão em seu âmbito e da qual participaram, de forma orgânica, os trabalhadores dos museus e seus diversos públicos”, diz o Ibram. Acesse o texto na íntegra.

Nos próximos dias também estará disponível para os participantes um kit digital de divulgação, contendo peças gráficas como selos, cartazes e capas para redes sociais.

Mais informações sobre a 11ª Primavera dos Museus podem ser obtidas pelo endereço eletrônico primavera@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

Resultado das inscrições para o prêmio Darcy Ribeiro é divulgado pelo Ibram

O Ibram, divulgou ontem a lista das inscrições para o Prêmio Darcy Ribeiro. Em sua 5ª edição, a iniciativa premia práticas e ações de educação museal que por meio das diversas relações de mediação com os públicos, convidem à apropriação, em sentido amplo, do patrimônio cultural, valorizando-o e promovendo sua preservação. Serão 15 prêmios de R$ 10 mil.

Veja aqui a lista dos inscritos avaliadas pela Comissão de Seleção.