Ibram divulga identidade visual e texto para a Semana de Museus 2017

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) lançou hoje (13), a identidade visual e o texto de referência para as instituições interessadas em participar da 15ª Semana de Museus – que acontece entre os dias 15 e 21 de maio.

Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus foi o tema definido pelo Conselho Internacional de Museus (Icom) para a edição deste ano do Dia Internacional de Museus (18 de maio), sendo adaptado à realidade dos diversos países que celebram a data.

Identidade visual da Semana de Museus 2017 (clique para ampliar)

Identidade visual da Semana de Museus 2017 (clique na imagem para ampliar)

Presenças e ausências
“Como pensar então as histórias contadas pelos museus?”, pergunta o texto de referência brasileiro sobre o tema, resultado da colaboração de pesquisadores do Museu Histórico Nacional (MHN) com a equipe do Ibram sede.

“As narrativas museográficas são produzidas a partir de escolhas, disputas de poder e silêncios. Tal seleção produz ausências e esquecimentos: é o que chamamos de ‘não dito’”, segue a reflexão.

A presença, no formato tradicional de museus, de “objetos representativos das memórias” das classes dominantes criaria “lacunas” e “esquecimentos”, segundo o texto, em relação a referências próprias das classes populares.

Assim, abrir-se ao diálogo seria, para os museus, uma forma de confrontar preconceitos e criar espaço para outras narrativas. “E o grande desafio é articular os silêncios com as peças de acervos, de modo a construir ritmo e harmonia expográficos”. Acesse o texto de referência na íntegra.

Sob esse ponto de vista, a identidade visual traz a imagem de dois objetos do acervo do MHN que representam perspectivas aparentemente divergentes: masculino e feminino; erudito e popular; passado e presente. Ao aproximá-los, seus contrastes ficam mais evidentes e provocativos – produzindo então novas interações.

Inscrições abertas
Até 3 de março, museus e instituições culturais interessadas em participar da 15ª Semana de Museus devem programar atividades em torno do tema (exposições, visitas mediadas, shows, palestras etc.) e inscrevê-las no formulário eletrônico disponível na página do Ibram. Saiba mais.

Matéria relacionada
Cartilha do Ibram traz dicas de parcerias para a Semana de Museus

Inscrições para a Semana de Museus 2017 começam na segunda (28)

Atividade em museu de zoologia de Santa Catarina: público cresce durante Semana de Museus

Atividade em museu de zoologia de Santa Catarina: público cresce durante a Semana de Museus

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) inicia, na segunda-feira (28), as inscrições de atividades para a 15ª Semana de Museus – que acontecerá entre os dias 15 e 21 de maio de 2017.

Museus e Histórias Controversas – dizer o indizível em museus é o tema definido pelo Conselho Internacional de Museus (Icom) para celebrar, no próximo ano, o Dia Internacional de Museus (18 de maio).

Para participar, o museu ou instituição cultural interessada deve programar atividades em torno do tema (exposições, visitas mediadas, shows, palestras etc.) e inscrevê-las, até 3 de março, no formulário eletrônico que estará disponível na página do Ibram.

As atividades ocorrem exclusivamente sob a responsabilidade da própria instituição que as inscrever. Ao Ibram cabe a mobilização do setor, a divulgação nacional da temporada cultural, além  da produção da identidade visual, texto de referência sobre o tema e do Guia da Programação – onde o público pode encontrar informações sobre todos os eventos.

Aumento na participação
Ao completar 15 anos de existência em 2017, a Semana de Museus tem sido um fator de promoção e valorização dos museus brasileiros, assim como de ampliação do acesso da população à cultura.

Cartaz da Semana de Museus 2016

Cartaz da Semana de Museus 2016

Em média, houve um aumento de 31% no número de museus e instituições envolvidas: na primeira edição (2003) foram 57, enquanto na última edição (2016) chegou-se a 1.236 participantes.

Em relação ao número de municípios brasileiros envolvidos, houve, em média, um crescimento de 27% quanto à adesão de instituições locais.

Edição 2016
O Ibram lançou este mês os resultados da pesquisa sobre a Semana de Museus 2016 – realizada anualmente desde 2011.

Em relação ao público, houve um aumento de 79% no número de visitantes no período do evento este ano. Quanto ao impacto econômico, houve um crescimento de 21% na geração de emprego e renda no campo museal. Acesse a pesquisa na íntegra.

Dúvidas e outras questões relacionadas a Semana de Museus podem ser enviadas para o endereço eletrônico semana@museus.gov.br ou esclarecidas pelos telefones (61) 3521.4142/4135.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Angelis Manente Forgiarini/ Museu de Zoologia Profa. Morgana Cirimbelli Gaidzinski
Última atualização: 30.11.2016