AN sediou a primeira reunião de GT sobre patrimônio documental brasileiro

O Grupo de Trabalho responsável por desenvolver e gerenciar o plano de ação, fruto do acordo entre Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), Fundação Biblioteca Nacional (FBN/MinC) e Arquivo Nacional (AN/MJ), fez sua primeira reunião técnica no dia 28 de fevereiro. A reunião aconteceu na sede do Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro.

Próxima reunião do GT está marcada para 14 de março

O acordo, assinado em dezembro de 2011, visa à preservação, valorização e divulgação do patrimônio documental arquivístico, bibliográfico e museológico do país.

Ele possibilitará o cumprimento de uma das metas do Plano Nacional de Cultura (PNC), que pretende modernizar 50% das bibliotecas públicas e museus até 2020.

Além dos técnicos designados em portaria para compor o Grupo de Trabalho, participaram da reunião o presidente do Ibram, José do Nascimento Junior, o diretor-geral do Arquivo Nacional, Jaime Antunes da Silva, e a diretora do Centro de Referência e Difusão da FBN, Mônica Rizzo.

“Esta parceria é muito importante, pois irá unir os esforços para preservar e resgatar a memória de mais de 100 mil instituições do país”, disse o presidente do Ibram.

Durante a reunião, cada instituição apresentou seus projetos relacionados, principalmente, à digitalização de acervos. A próxima reunião do Grupo de Trabalho foi marcada para 14 de março. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Divulgação Arquivo Nacional

Modernização de bibliotecas e museus é tema de reunião no Arquivo Nacional

Amanhã (28), o Presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), José do Nascimento Junior, se reunirá com o Presidente da Fundação Biblioteca Nacional (FBN/MinC), Galeno de Amorim Júnior, e com o Diretor-Geral do Arquivo Nacional (AN), Jaime Antunes da Silva.

A reunião acontece na sede do Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro, e marca o início do grupo de trabalho previsto no acordo de cooperação celebrado entre as três instituições em 2011. Saiba mais.

O acordo visa a preservação, valorização e divulgação do patrimônio documental arquivístico, bibliográfico e museológico do país e possibilitará o cumprimento de uma das metas do Plano Nacional de Cultura (PNC), que pretende modernizar 50% das bibliotecas públicas e museus, até 2020.

Dentre as atribuições do GT estão a coordenação e acompanhamento das ações decorrentes do acordo; a elaboração de propostas de revisão, de denúncia e de termos aditivos ao acordo de cooperação; e a elaboração de propostas de instrumentos necessários ao desenvolvimento dos objetivos propostos.

Texto: Ascom/Ibram

Portaria do MinC institui GT para viabilizar Museu Nacional Afro Brasileiro

O Museu Nacional Afro Brasileiro de Cultura e Memória em Brasília também foi tema de conversa da ministra da Cultura, Marta Suplicy, com coordenadores das bancadas estaduais dos deputados ontem (21), na capital federal.

Ministra durante cerimônia do Dia Nacional da Consciência Negra em SP

Além de apresentar as prioridades do Ministério da Cultura (MinC) e propôr colaboração com recursos financeiros, através de emendas de bancadas, a ministra falou sobre a portaria 148/2012, assinada no Dia Nacional da Consciência Negra, que institui um grupo de trabalho para viabilizar as diretrizes básicas para elaboração do projeto executivo, construção e funcionamento do museu. A portaria foi publicada hoje (22) no Diário Oficial da União.

Estrutura colegiada
Com a autorização de doação de imóvel no Setor de Hotéis e Turismo Norte, feito pela Terracap, para a construção do Museu Nacional Afro-Brasileiro, o grupo de trabalho pode, entre outras ações, convidar especialistas na área de museologia e patrimônio histórico, realizar missões junto a instituições similares, no Brasil ou no exterior, para o intercâmbio de experiências, e propor normas necessárias à instituição e a gestão eficiente do museu.

O grupo de trabalho contará com a participação de representantes do sistema MinC ligados à Fundação Palmares, Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Negra, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e Secretaria de Cidadania e da Diversidade Cultural (SCDC).

O prazo de duração do grupo de trabalho será um ano a contar da data de publicação da Portaria, prorrogável por igual período.

Fonte: Ascom/MinC
Edição: Ascom/Ibram
Foto: Luiz Carlos Murauskas/MinC

Portaria institui GT para atender acordo entre Ibram, FBN e Arquivo Nacional

Foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta segunda-feira, 8 de outubro, portaria que institui Grupo de Trabalho (GT) para atender o acordo de cooperação celebrado entre o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), a Fundação Biblioteca Nacional (FBN), ambas vinculadas ao Ministério da Cultura (MinC), e o Arquivo Nacional.

A assinatura do acordo aconteceu na FBN em dezembro de 2011

O acordo, assinado em dezembro de 2011, visa a preservação, valorização e divulgação do patrimônio documental arquivístico, bibliográfico e museológico do país.

Com o acordo será possível também atender à meta do Plano Nacional de Cultura (PNC) de, até 2020, 50% das bibliotecas públicas e museus estarem modernizados. O acordo vigora por quatro anos, podendo ser prorrogado por iguais e sucessivos períodos.

Dentre as atribuições do GT estão a coordenação e acompanhamento das ações decorrentes do acordo; a elaboração de propostas de revisão, de denúncia e de termos aditivos ao acordo de cooperação; e a elaboração de propostas de instrumentos necessários ao desenvolvimento dos objetivos propostos.

O GT é composto de dois representantes efetivos e dois suplentes de cada instituição e tem 120 dias para apresentar o plano de trabalho para direcionamento das atividades.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Ascom/MinC

Matéria relacionada
Arquivo Nacional, FBN e Ibram assinam Acordo de Cooperação Técnica