Museu Histórico Nacional oferece entrada gratuita até 17 de fevereiro

Além de visitar as exposições do MHN, público pode participar gratuitamente das visitas mediadas do projeto Bonde da História.

Além de visitar as exposições do MHN, público pode participar gratuitamente das visitas mediadas do projeto Bonde da História.

Desde a última sexta-feira (1º), moradores do Rio de Janeiro e turistas podem aproveitar a estada na cidade para conhecer gratuitamente um dos acervos mais importantes sobre a história do Brasil. Até o dia 17 de fevereiro, o Museu Histórico Nacional (MHN), que faz parte da rede do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), estará com entrada gratuita para todos os públicos.

Além da exposição de longa duração, que apresenta aspectos do Brasil desde a pré-história até o fim da monarquia, o público pode participar das visitas mediadas do projeto Bonde da História e visitar a exposição temporária “O retrato do rei dom João VI” em suas últimas semanas.

Neste domingo (3), o primeiro Bonde da História do mês, voltado para jovens e adultos, teve por tema “Pinturas históricas”. A visita foi na sala da exposição de longa duração “A construção da nação”, com ênfase nos quadros do século XIX do gênero pintura histórica.

No mesmo dia, o Bondinho da História apresentou “Mani e suas aventuras no tempo das cavernas”. A visita mediada propõe, a crianças de 5 a 12 anos e acompanhantes, uma viagem até a pré-história do Brasil com a personagem Mani. A contação aborda, a partir de Mani, a vida e os costumes dos primeiros habitantes do território brasileiro.

Saiba mais sobre as próximas edições do Bonde da História e como participar.

Museu Nacional de Belas Artes tem entrada gratuita até 31 de janeiro

No mês em que o Museu Nacional de Belas Artes (MNBA/Ibram), situado no Rio de Janeiro (RJ), comemora 78 anos de criação, quem ganha presente é mesmo o público. Até 31 de janeiro, a entrada no museu é gratuita, bem como a participação em atividades culturais.

A gratuidade dá a moradores do Rio de Janeiro e visitantes da cidade uma oportunidade única para conferir a mostra Apreensões e Objetos do Desejo: obras doadas pela Receita Federal ao MNBA, que apresenta ao público vinte obras de arte doadas recentemente ao museu.

MNBA: Visitação gratuita durante a semana e fins de semana até 31 de janeiro

A exposição, que fica em cartaz até 29 de março, inclui trabalhos de artistas estrangeiros, como Michelangelo Pistoleto, Anish Kapoor e Antony Gormley, e brasileiros, como Sérgio Camargo, Daniel Senise e Cildo Meireles.

O público também poderá conferir a exposição Ver e Sentir Através do Toque, que oferece a pessoas cegas, ou com baixa visão, a oportunidade de entrar em contato com obras de José Borges da Costa, Tarsila do Amaral, Manabu Mabe e Francisco Rebolo, entre outros. A exposição fica em cartaz até 2 de maio.

Longa duração
Também estão disponíveis para visitação exposições permanentes ou de longa duração, como a Galeria de Arte Brasileira do Século XIX e a Galeria de Arte Brasileira Moderna e Contemporânea, sempre muito procuradas pelos visitantes.

Ali, é possível conferir obras de artistas como Victor Meirelles, Pedro Américo, Beatriz Milhazes, Tomie Ohtake, entre outros considerados ícones do patrimônio cultural brasileiro. Desde o início do mês, o museu já contabilizou mais de 8 mil visitantes.

Vale lembrar que o Museu Nacional de Belas Artes já tem entrada gratuita todos os domingos, das 12h às 17h. O MNBA fica na Av. Rio Branco, 199 – Centro (Cinelândia). Para mais informações: (21) 3299 0600.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Banco de imagens Ibram

Rio 450 anos: museus cariocas integrarão atividades comemorativas

Nesta sexta (5), o presidente do Instituto Brasileiro de Museus, Angelo Oswaldo, e o prefeito do Rio, Eduardo Paes, assinaram convênio que formaliza a criação do Passaporte Museus Cariocas em cerimônia no Palácio da Cidade, às 10h.

Logomarca oficial das celebrações dos 450 anos do Rio

Logomarca oficial das celebrações dos 450 anos do Rio

Integrado a um conjunto amplo de atividades comemorativas aos 450 anos do Rio, que decorre entre 31 de dezembro de 2014 e 1º de março de 2016, o passaporte dará ao público acesso a cerca de 40 museus cariocas de forma gratuita, em determinados dias da semana, ou a obtenção de descontos nos ingressos.

“O evento tem um papel relevante para a difusão dos valores cariocas e acontece em um momento importante para a cidade, que sediará os Jogos Olímpicos em 2016″, diz Angelo Oswaldo.

Na cerimônia foram anunciadas ainda as seis categorias de eventos e as demais iniciativas âncora, assim como o Passaporte Carioca, que integram o Calendário Comemorativo. Saiba mais.

Novo museu em Paraty
Já às 16h da sexta (5),  desta vez na Casa de Cultura de Paraty, no litoral fluminense, Angelo Oswaldo participa da Jornada de Debates Histórias e Ofícios do Território, que marca a abertura do Museu do Território, cuja missão será pesquisar, documentar, interpretar e comunicar o processo de transformação territorial da cidade de Paraty.

Com mediação do jornalista Paulo Werneck  e do pesquisador Alexandre Pimentel, o presidente do Ibram falará sobre o patrimônio material e imaterial que caracterizam a cidade.

Em palestra na cidade em 2013, Angelo Oswaldo lembrou que a integração entre acervo cultural, paisagem e natureza podem dar condições para a histórica cidade vir a ser reconhecida como Patrimônio da Humanidade – assim como foram Olinda (PE) e Ouro Preto (MG).

Texto: Ascom/Ibram
Imagem: Divulgação Rio 450

Matéria relacionada
Rio 450 anos: Ibram apoiará comitê na mobilização de museus cariocas

Dia Nacional da Cultura traz gratuidade em diversos museus Ibram

Nesta terça-feira (5), é comemorado o Dia Nacional da Cultura. A data foi criada em 15 de maio de 1970, pela Lei nº 5.579, e marca o aniversário de nascimento do jurista, político, escritor e diplomata Rui Barbosa (1849-1923).

Para celebrar, alguns museus ligados ao Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) estarão com entrada gratuita. São eles:

Maranhão: Museu Casa Histórica de Alcântara
Minas Gerais
: Museu do Ouro, Museu Regional de São João del-Rei e Museu do Diamante
Rio de Janeiro: Museu Imperial, Museu da República, Museu Nacional de Belas Artes, Museu Casa da Hera, Museu de Arqueologia de Itaipu e Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio
Rio Grande do Sul: Museu das Missões
Santa Catarina: Museu Victor Meirelles

Museu da Abolição (PE)

Além da entrada gratuita, o Museu da Abolição abre sua reserva técnica ao público amanhã (5)

Museu da Abolição
Além da entrada gratuita amanhã, o Museu da Abolição (MAB/Ibram), em Recife (PE), também abrirá ao público a sua reserva técnica. Enquanto aguarda as obras de conservação do antigo casarão que ocupa e a adequação dos espaços às necessidades museológicas, viabilizadas com recursos do PAC das Cidades Históricas, o Museu da Abolição apresenta, temporariamente, os objetos de sua reserva técnica.

O público terá a oportunidade de conhecer a coleção do museu, que também aproveita o mês da Consciência Negra para realizar debates e reflexões com a comunidade sobre as mudanças nas concepções de museu e de coleta de objetos, por exemplo, além do processo histórico de criação do Museu da Abolição.

Além dos objetos que fizeram parte da exposição inaugural do Museu da Abolição, O processo abolicionista através dos textos oficiais, realizada em 1983, os visitantes também poderão conhecer objetos históricos ligados à temática da escravidão, como instrumentos de tortura, objetos representativos da casa grandes e dos engenhos, objetos religiosos e comemorativos referentes à abolição, além da escultura Samburu Dance I, da artista holandesa Marianne Houtkamp – doada ao museu no ano passado pela Receita Federal e recentemente restaurada. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Arquivo Ibram
Última atualização às 17h04

Museu Imperial oferece entrada gratuita no Dia Nacional da Cultura

Na próxima terça-feira, 5 de novembro, o Museu Imperial/Ibram, em Petrópolis (RJ), oferecerá entrada gratuita a todos os visitantes, em homenagem ao Dia Nacional da Cultura. A visitação ocorrerá no horário normal, das 11h às 18h.

Retrato de Rui Barbosa no acervo do Museu Imperial

Retrato de Rui Barbosa no acervo do Museu Imperial

O Dia Nacional da Cultura foi instituído através da Lei Federal nº 5.579, de 19 de maio de 1970, e celebra o nascimento de um dos mais importantes personagens da História do Brasil – Rui Barbosa, intelectual, jurista, político e jornalista, que nasceu em 5 de novembro de 1849.

O Museu Imperial possui o principal acervo do país relativo ao império brasileiro, em especial o chamado Segundo Reinado, período governado por d. Pedro II.

São cerca de 300 mil itens museológicos, arquivísticos e bibliográficos à disposição de pesquisadores e demais interessados em conhecer um pouco mais sobre o tema, além de constantes eventos, exposições e projetos educativos. Saiba mais.

Texto e foto: Divulgação Museu Imperial

Ibram cadastra museus que oferecem entrada gratuita durante Conferência Icom 2013

Entre 10 e 17 de agosto, o Brasil sediará a 23ª Conferência Geral do Conselho Internacional de Museus (Icom), no Rio de Janeiro (RJ).

Instituições que oferecem entrada de visitantes sem cobrança de ingresso, ou que tenham interesse em fazê-lo durante o  período do evento, podem se cadastrar no página de Eventos do Ibram até o dia 28 de julho (domingo).

A inscrição deve ser feita exclusivamente por meio de preenchimento do formulário eletrônico. Primeiramente, deve-se fazer a inscrição do museu ou entidade cultural. Depois, a inscrição de pelo menos um evento ou exposição permanente. A inscrição no sistema só é efetivada com a inclusão de pelo menos uma atividade.

Haverá campanhas promocionais de âmbito nacional para divulgação dos museus que estarão funcionando sem cobrança de ingressos, além da divulgação em espaço exclusivo na página web do Ibram.

Icom Rio2013
A Conferência Geral é realizada em um país diferente a cada três anos e conta com a participação de mais de 2 mil profissionais da área a cada edição. A conferência em 2013, que tem como tema Museu (Memória + Criatividade) = Mudança Social será realizada na  na Cidade das Artes, no bairro da Barra da Tijuca.

A proposta é acolher os participantes por meio de atividades que sejam capazes de valorizar e difundir a cultura brasileira. Para tanto, é importante que os museus estejam de portas abertas para receber os participantes da Conferência e o publico geral. Saiba mais.

Texto: Divulgação Ibram