Página 1 de 212

Escola do Louvre recebe seminário sobre Museologia Social no Brasil

Acontece ao longo desta semana, na cidade de Paris (França), o Seminário Aberto aos Estudantes de Mestrado e Doutorado da Escola do Louvre.

Nesta edição, o museólogo Dr. Mario Chagas, servidor do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), ministra o curso Museologia Social no Brasil: Poéticas e Políticas no trabalho baseado na experiência prática.

Curso segue na Escola do Louvre até a sexta (27)

Curso com Mario Chagas segue na Escola do Louvre até a sexta (27)

A atividade é parte do projeto de cooperação destinado ao intercâmbio de profissionais e estudantes da área de museus entre o Ibram e a Escola do Louvre.

Com base em um experimento de campo realizado ao longo dos últimos anos, o seminário explora as tendências atuais em museologia social no Brasil.

Experiências comunitárias
São apresentados e discutidos exemplos de museus e ecomuseus que, cada um a sua maneira, estão fortemente ligados às comunidades em vários locais do Brasil: Museu da Maré, Museu Vivo de São Bento, Museu de Favela, Museu da Rocinha-Sankofa, Ecomuseu Nega Vilma, Museu do Horto, Ecomuseu Amigos do Rio Joana, Ecomuseu de Manguinhos e Museu das Remoções.

Poeta e museólogo, Mario Chagas, doutor em Ciências Sociais, é especialista em Museologia e Museografia, especificamente na Museologia Social, Educação Museal e práticas sociais relacionadas com a memória ao patrimônio.

Ele leciona na Escola de Sociologia e Pós-Graduação de Museologia e Patrimônio na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), é coordenador técnico no Museu da República/Ibram e também é presidente do Minon (Movimento Internacional para uma Nova Museologia), organização afiliada ao Icom (Conselho Internacional de Museus).

Texto; Ascom/Ibram
Fotos: Escola do Louvre/Divulgação

Exposição em Paris apresenta aquarelas de Debret produzidas no Brasil

A Maison de l’Amérique latine (Casa da América Latina) em Paris (França), completa 70 anos este mês e, para celebrar a data, recebe a mostra L’Atelier Tropical – Jean-Baptiste Debret.

Aquarela Tabacaria (1823) de Debret está na exposição

Aquarela Tabacaria (1823) de Debret está na exposição

A exposição, que faz parte das comemorações do bicentenário da Missão Artística Francesa, foi realizada em parceria com os Museus Castro Maya (Chácara do Céu e Museu do Açude), unidades do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) no Rio de Janeiro, que emprestaram 74 aquarelas originais de Debret (1768-1848).

A exposição será aberta dia 20 de outubro e fica em cartaz até 20 de dezembro. Em novembro, nos dias 25 e 26, acontece um simpósio científico internacional com o tema O momento em 1816 da ciência e das artes: perspectivas franco-brasileiras.

A mostra chega a Paris após um período em cartaz no Museu da Chácara do Céu e apresenta um panorama, sob a perspectiva do artista francês, das camada sociais que compunham a população brasileira da época, retratando índios, africanos escravizados, caboclos, mestiços e europeus em situações cotidianas. Saiba mais.

Missão Artística Francesa
O principal objetivo da Missão Artística Francesa, que chegou ao Rio de Janeiro em março de 1816, foi criar a Escola de Belas Artes. Além disso, esperava-se que os profissionais estrangeiros divulgassem a imagem modernizada da colônia portuguesa, que acabava de virar sede do Reino de Brasil, Portugal e Algarves.

De volta à França, após 15 anos no Brasil, Debret publicou o livro Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil (1834-1839), documentando aspectos da natureza, das pessoas e da sociedade brasileira no início do século XIX.

Texto: Ascom/Ibram
Imagem: Casa da América Latina/Divulgação

Recomendação sobre Promoção e Proteção de Museus e Coleções será apresentada na Unesco

Entre os dias 12 e 14 de novembro acontece a reunião da Comissão de Cultura, no âmbito da 38º Conferência Geral da Unesco, que começou no dia 4 de novembro. O presidente do Ibram, Carlos Roberto Brandão representa o Brasil durante a reunião, que apresentará a nova recomendação sobre Promoção e Proteção de Museus e Coleções, iniciativa brasileira, liderada pelo Instituto em 2011.

Se aprovada, a recomendação vai se tornar um pilar das políticas públicas de museus para as próximas décadas. Seu foco principal é o reforço das práticas existentes para manter a integridade das coleções, e o fornecimento de orientação para as funções de museus, adaptando os seus objetivos para resolver os urgentes desafios contemporâneos. Saiba mais.

Em 28 de Maio de 2015, mais de 160 especialistas, a partir de 70 Estados-membros e 20 organizações de observadores, que participaram da Reunião Intergovernamental de (Categoria II), que aprovou por unanimidade o projeto de Recomendação sobre a Proteção e Promoção dos Museus e Coleções. Este foi mais um passo decisivo para a criação de um novo instrumento internacional de definição de normas sobre museus, tendo em conta as muitas mudanças que ocorreram no campo de museus, desde o único instrumento Unesco existente sobre o tema, que foi aprovado em 1960.

 Conferência Geral

A Conferência Geral é constituída por representantes dos Estados Membros da Organização. Os Estados-Membros e Membros Associados, juntamente com observadores de Estados não membros, organizações intergovernamentais e organizações não-governamentais (ONGs) que se reúnem a cada dois anos.

A Conferência Geral determina as políticas e as principais linhas de trabalho da Organização. Seu dever é definir os programas e orçamento da UNESCO. Também elege os membros do Conselho Executivo e designa, a cada quatro anos, o Director-Geral. As línguas de trabalho da Conferência Geral são Árabe, Chinês, Inglês, Francês, Russo e Espanhol. O Brasil é membro fundador da UNESCO (1947).

Divulgados os pré-selecionados para o Museum Connections

O Ministério da Cultura, via Secretaria de Políticas Culturais (SPC), divulgou nesta quarta-feira, dia 28/10, a lista das 20 propostas pré-selecionadas para participar da feira Museum Connections, em Paris, na França. As vagas foram disponibilizadas através do edital Conexão Cultura Brasil #negócios. Ao todo, 98 propostas de empreendedores foram encaminhadas para o Ministério. Veja o resultado na página do MinC.

Conforme estabelece o edital, foram pré-selecionados 10 empreendedores e representantes de empreendimentos brasileiros ligados à cadeia produtiva de museus e 10 representantes de museus brasileiros.
Agora, os proponentes tem dois dias para entrar com recurso, ou seja, a partir das 00:00 horas do dia 29 de outubro até às 23:59 horas do dia 30 de outubro. Os  recursos devem ser enviados para o email MC2016@cultura.gov.br com o formulário em anexo preenchido. Na fase de recurso, não é possível enviar novos documentos, apenas demonstrar que os documentos obrigatórios já estavam anexados na inscrição.
Em sua 21ª edição, a Museum Connections é uma feira internacional que ocorre anualmente durante dois dias e reúne profissionais de diversas áreas ligadas à museologia, gestão de museus, sustentabilidade e empreendedorismo ligado à cadeia produtiva de museus. Em 2015, a feira reuniu 170 expositores e teve público visitante de mais de 4 mil pessoas.
Cada um dos contemplados pelo edital Conexão Cultura Brasil #negócios receberá ajuda de custo de R$ 8.178,75 para as despesas relacionadas ao evento, como transporte, seguro de viagem, alimentação, hospedagem e pagamento da taxa de participação na Museum Connections. O valor total do auxílio também inclui participação obrigatória na Oficina de Formação para a feira, que será realizada em Brasília na primeira quinzena de dezembro.
A SPC informa que o atraso na divulgação da lista de propostas pré-habilitadas não impactará no calendário previamente disponibilizado no Edital.
Texto: Ascom MinC

Publicado o resultado final do intercâmbio Brasil-França

Após análise de recursos e a validação dos nomes dos selecionados pela instituição parceira, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) publicou o resultado final da seleção para o intercâmbio acadêmico Brasil-França - publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (2).

Marcela Mazzilli Fassy, Marcelo Gonczarowska Jorge e Rebeca Ribeiro Bombonato foram aprovados pela Escola do Louvre para formação no Seminário Internacional de Verão de Museologia (SIEM) da Escola e estágio em museus franceses.

O Programa
O Intercâmbio Brasil-França 2015 é realizado em parceria com a Escola do Louvre, na França. O objetivo do intercâmbio, que está em sua segunda edição, é permitir aos estudantes adquirir conhecimentos práticos e experiências relevantes junto aos profissionais franceses nas suas respectivas áreas de atuação. O período de permanência na França será entre 31 de agosto e 30 de novembro de 2015.

Os selecionados recebem bolsas cujos valores terão como base a Portaria nº 174 da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – modalidade Capacitação. A vaga destinada a servidor do Ibram seguirá a legislação federal relativa a afastamentos do país.

A seleção, para todos os inscritos, se desenvolveu em verificação da consistência documental, análise de mérito e seleção dos três finalistas. As duas primeiras etapas foram de caráter eliminatório, sendo que a segunda se revestiu também de caráter classificatório. Confira o edital na íntegra e seus anexos. Dúvidas devem ser enviadas para o e-mail asint.selecao@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

Publicado resultado de seleção para estágio na Escola do Louvre

O resultado da seleção para o intercambio acadêmico Brasil-França foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (28). Foram escolhidos para formação no Seminário Internacional de Verão de Museologia (SIEM) da Escola do Louvre e estágio em museus franceses: Marcela Mazzilli Fassy, Marcelo Gonczarowska Jorge e Rebeca Ribeiro Bombonato. Seus nomes, porém, ainda deverão passar pela aprovação final da Escola.

O Programa
O Intercâmbio Brasil-França 2015 é realizado em parceria com a Escola do Louvre, na França. Duas vagas são destinadas ao público em geral e uma para servidores do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

O objetivo do intercâmbio, que está em sua segunda edição, é permitir aos estudantes adquirir conhecimentos práticos e experiências relevantes junto aos profissionais franceses nas suas respectivas áreas de atuação. O período de permanência na França será entre 31 de agosto e 30 de novembro de 2015.

Os selecionados recebem bolsas cujos valores terão como base a Portaria nº 174 da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – modalidade Capacitação. A vaga destinada a servidor do Ibram seguirá a legislação federal relativa a afastamentos do país.

A seleção, para todos os inscritos, se desenvolveu em verificação da consistência documental, análise de mérito e seleção dos três finalistas. As duas primeiras etapas foram de caráter eliminatório, sendo que a segunda se revestiu também de caráter classificatório. Confira o edital na íntegra e seus anexos. Dúvidas devem ser enviadas para o e-mail asint.selecao@museus.gov.br.

Texto: Valentina Naves (Ascom/Ibram)

Divulgadas inscrições aptas para 2ª fase do Intercâmbio Brasil-França 2015

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) publicou nesta terça-feira (7), no Diário Oficial da União, lista de inscrições consideradas aptas para a 2ª fase do intercâmbio acadêmico Brasil-França. O prazo para recursos é de dois dias, a partir de quarta-feira (8).

As razões de recurso deverão ser encaminhadas ao Ibram por meio de ofício assinado, enviado para o endereço eletrônico asint.selecao@museus.gov.br. A previsão para divulgação do resultado da 2ª fase é 15 de abril.

O Programa
O Intercâmbio Brasil-França 2015 é realizado em parceria com a Escola do Louvre, na França. O edital vai selecionar até três estudantes de mestrado ou doutorado brasileiros, nas áreas de Museologia, História da Arte, Arqueologia, Antropologia e Etnologia, para participar, na cidade de Paris, de formação no Seminário Internacional de Verão de Museologia (Siem), durante duas semanas, e  de estágio em museus franceses, nas outras dez semanas. Duas vagas são destinadas ao público em geral e uma para servidores do Ibram.

O objetivo do intercâmbio, que está em sua segunda edição, é permitir aos estudantes adquirir conhecimentos práticos e experiências relevantes junto aos profissionais franceses nas suas respectivas áreas de atuação. O período de permanência na França será entre 31 de agosto e 30 de novembro de 2015.

Os selecionados recebem bolsas cujos valores terão como base a Portaria nº 174 da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – modalidade Capacitação. A vaga destinada a servidor do Ibram seguirá a legislação federal relativa a afastamentos do país.

A seleção, para todos os inscritos, se desenvolverá em três fases: verificação da consistência documental, análise de mérito e seleção dos três finalistas. As duas primeiras fases são de caráter eliminatório, sendo que a segunda se revestirá também de caráter classificatório. Confira o edital na íntegra e seus anexos. Dúvidas devem ser enviadas para o email asint.selecao@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram

Ibram lança edital para a edição 2015 do intercâmbio Brasil-França

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) publicou hoje (17), no Diário Oficial da União, convocatória para a seleção de estudantes brasileiros interessados em participar do Intercâmbio Brasil-França 2015 – realizado em parceria com a Escola do Louvre, na França.

Escola do Louvre: intercâmbio Brasil-França começou em 2012

Escola do Louvre: intercâmbio Brasil-França começou em 2013

O edital vai selecionar até três estudantes de mestrado ou doutorado brasileiros, nas áreas de Museologia, História da Arte, Arqueologia, Antropologia e Etnologia, para participar, na cidade de Paris, de formação no Seminário Internacional de Verão de Museologia (Siem), durante duas semanas, e  de estágio em museus franceses, nas outras dez semanas. Duas vagas são destinadas ao público em geral e uma para servidores do Ibram.

O objetivo do intercâmbio, que está em sua segunda edição, é permitir aos estudantes adquirir conhecimentos práticos e experiências relevantes junto aos profissionais franceses nas suas respectivas áreas de atuação. O período de permanência na França será entre 31 de agosto e 30 de novembro de 2015.

Os selecionados recebem bolsas cujos valores terão como base a Portaria nº 174 da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – modalidade Capacitação. A vaga destinada a servidor do Ibram seguirá a legislação federal relativa a afastamentos do país.

A seleção, para todos os inscritos, se desenvolverá em três fases: verificação da consistência documental, análise de mérito e seleção dos três finalistas. As duas primeiras fases são de caráter eliminatório, sendo que a segunda se revestirá também de caráter classificatório. Confira o edital na íntegra e seus anexos.

As inscrições, que ficam abertas entre 1º de fevereiro e 16 de março de 2015, são gratuitas e devem ser enviadas, incluindo toda a documentação solicitada no edital, para o endereço eletrônico asint.selecao@museus.gov.br. Dúvidas e outras questões devem ser enviadas para o mesmo endereço.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Internet/divulgação

Matéria relacionada
Intercâmbio: museus franceses recebem brasileiras para estágio

Ministra da Cultura pensa em centro de restauração para museus federais

Nesta segunda (5), a Ministra da Cultura, Marta Suplicy, e o presidente do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Angelo Oswaldo, visitaram no Museu do Louvre, em Paris, o trabalho da restauradora brasileira Regina Costa Pinto Moreira – baiana que trabalha há mais de 40 anos para o museu mais visitado do mundo.

A ministra e Angelo Oswaldo (dir.) em visita ao Museu do Louvre

A ministra e Angelo Oswaldo (dir.) em visita ao Museu do Louvre

“É um trabalho inspirador e nós devemos focar em um Centro de Restauração para os museus federais nos moldes do Louvre. É uma forma interessante de se trabalhar”, destaca a ministra.

A ideia é montar um Centro Referencial de Restauração Nacional com um laboratório para fazer um exame das obras e definir o trabalho que deve ser realizado em cada peça. A contratação da restauração é feita por obra por meio de licitação.

“A intenção é conjugar recursos públicos e privados para se manter um grande programa de restauração e conservação de obras”, explica Angelo Oswaldo. No Louvre, cerca de 1,6 mil obras são restauradas anualmente.

A visita ao Louvre faz parte da viagem oficial da ministra à França, onde participa da abertura da exposição dos painéis Guerra e Paz, do pintor brasileiro Candido Portinari, no Grand Palais, no dia 6. A exposição será aberta ao público no dia 7 e conta com peças de acervos de museus Ibram. Saiba mais.

Durante a visita, a ministra foi recebida ainda pelo diretor do museu Jean-Luc Martinez. O diretor ressaltou que os brasileiros estão entre os que mais visitam o Louvre – cerca de 370 mil por ano. Continue lendo.

Texto: Priscila Costa e Silva / Ascom MinC
Foto: Fernanda Peruzzo
Edição: Ascom/Ibram

Intercâmbio: museus franceses recebem brasileiras para estágio

A partir da próxima semana, três brasileiras iniciam estágios em museus da França. Selecionadas via edital público, a presença delas nos museus franceses faz parte da primeira ação do convênio firmado entre o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) e a Escola do Louvre no final de 2012. Saiba mais.

Nesta semana, o presidente do Ibram, Angelo Oswaldo, assinou as convenções de estágio. A convenção é o documento que formaliza a realização do estágio com o museu francês que recebe a intercambista.

Os estágios vão de 16 de setembro a 29 de novembro e cada participante irá estagiar em uma instituição: Cidade da Arquitetura e do Patrimônio; Museu Bourdelle e Centro Pompidou.

As três estudantes estão na França há 15 dias e participam, como etapa preliminar aos estágios, do Seminário Internacional de Verão de Museologia da Escola do Louvre (Siem).

O Seminário é formado por aulas, mesas redondas com profissionais e estudos de caso a respeito de um tema específico. O tema desta edição é Famílias nos museus e se volta aos estudos de público, com foco nas visitas de famílias nos museus, o tratamento dispensado a elas, a existência de atividades ou serviços específicos, a gestão de públicos de diferentes gerações. Saiba mais sobre o intercâmbio.

Texto: Ascom/Ibram

Página 1 de 212