Página 3 de 41234

Sistema de Museus de Ouro Preto testará metodologia de revisão do PNSM

Nos próximos dias 4 e 5 de novembro, o Sistema de Museus de Ouro Preto (MG) será incumbido de testar a metodologia de revisão, monitoramento e avaliação do Plano Nacional Setorial de Museus (PNSM) – conjunto de diretrizes, estratégias, ações e metas resultantes de ampla discussão do setor museal em 2010.

A partir do projeto piloto, a metodologia deve estar pronta para ser validada pelos participantes do 6º Fórum Nacional de Museus (FNM), evento bianual que congregará os diversos entes do setor museal brasileiro, que acontece entre os dias 24 e 28 de novembro, em Belém (PA). Saiba mais.

Museu da Inconfidência (MG)

Museu da Inconfidência/Ibram integra Sistema de Museus de Ouro Preto

Ouro Preto foi a cidade escolhida pelo fato de seu sistema municipal de museus, que teve início em 2004, já estar consolidado.

Além disso, a concentração de 13 museus ligados ao sistema, em uma mesma localidade, facilita a mobilização, a logística e diminui os custos de teste. As reuniões de trabalho acontecem no Museu da Farmácia da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP).

Revisão periódica
Participam do “balão de ensaio”, como também é chamada a consulta prévia, duas representantes do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e dois representantes da consultoria contratada pelo instituto para desenvolver a metodologia de Monitoramento e Avaliação do PNSM, além de representantes do Sistema de Museus de Ouro Preto.

O Ibram é o responsável pela implementação e pelo monitoramento do PNSM, além de coordenar o processo de elaboração da metodologia de avaliação e revisão do plano. De acordo com o decreto que regulamentou o Estatuto de Museus no ano passado, tais processos devem ser realizados periodicamente.

“O objetivo é torná-lo um instrumento mais comunicável, e entende-se que isso decorrerá basicamente do alinhamento entre suas diretrizes, os objetivos do Mapa Estratégico e as metas do Plano Nacional de Cultura, bem como da definição de indicadores para tais diretrizes,” explica a especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental do Ibram, Heloisa Evelin.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Matéria relacionada
Comitê Gestor do SBM se reúne para avaliar proposta de revisão do PNSM

Divulgados os trabalhos selecionados para apresentação no 6º FNM

49 trabalhos foram selecionados para apresentação durante o 6º Fórum Nacional de Museus (FNM), que acontece em Belém (PA), de 24 a 28 de novembro, com o tema Museus Criativos.

Resumos de pesquisas, relatos de experiência, em desenvolvimento ou já finalizadas, acadêmicos ou não, foram inscritos nas modalidades Apresentação Oral e Pôsteres. Confira a lista de selecionados.

Área de pôsteres do 5º FNM (2012) em Petrópolis (RJ)

Área de pôsteres do 5º FNM (2012) em Petrópolis (RJ)

No total, foram inscritos 131 trabalhos vindos de todas as partes do Brasil – especialmente das regiões Sudeste (36%), Norte (27%) e Sul (19%).

A maior parte dos trabalhos são oriundos de instituições de nível superior (44%), seguido de museus públicos (20%) e órgãos públicos (10%).

O Envio de pôsteres e das apresentações em Power Point têm data limite de 12 de novembro – no caso dos primeiros, será levado em conta a data do carimbo postal. Confira o item 6 da Chamada Pública (Da entrega e exposição dos trabalhos selecionados) para mais detalhes.

Todos os selecionados serão contatados via e-mail pela equipe responsável pelas Comunicações Coordenadas do 6º FNM.

Dúvidas ou outras informações devem ser enviadas para comunicacoes.coordenadas@museus.gov.br. Confira a programação do 6º Fórum Nacional de Museus.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Ibram divulga a programação do 6º Fórum Nacional de Museus em Belém

A Comissão Organizadora do  6º Fórum Nacional de Museus (FNM), cujo tema em 2014 será Museus Criativos, divulgou hoje (21) a programação geral do evento, que acontece em Belém (PA) entre os dias 24 e 28 de novembro.

Painéis, grupos de trabalho, minicursos, comunicações coordenadas, reuniões setoriais, conferências e programação cultural compõem a grade de atividades durante os cinco dias do evento bianual, que congrega os diversos entes do setor museal brasileiro. Confira a programação na íntegra.

Interior do Museu do Estado do Pará, localizado em Belém

Museu do Estado do Pará: participantes do FNM poderão conhecer museus de Belém

No dia (24), começam os encontros de Pontos de Memória, a Teia da Memória, e do Programa Nacional de Educação Museal (PNEM), assim como os seis minicursos abertos aos participantes. A conferência de abertura será a noite com o tema Museus criativos: experiências e práticas inovadoras nos museus.

PNSM e painéis
No dia 25, além dos encontros iniciados no dia anterior, têm início os painéis e as comunicações coordenadas, nas modalidades Apresentação Oral e Pôsteres. A conferência do dia traz como tema Cooperação e criatividade.

No dia 26 começam os Grupos de Trabalho (GTs) que tratam da revisão do Plano Nacional Setorial de Museus (PNSM), que seguem até o dia 28, e a conferência do dia tem como tema Museus vivem de futuro? .

No penúltimo dia de atividades (27), estão programadas as últimas apresentações de comunicações coordenadas, assim como de painéis, e o FNM abre-se para uma programação cultural com o objetivo de aproximar os participantes oriundos de todas as regiões do país. No último dia (28) acontece a Plenária Final dos GTs e a tarde será dedicada a visitas aos museus da cidade de Belém.

Ao longo de todo o 6º Fórum Nacional de Museus estão previstas nove reuniões setoriais, abrangendo diversas vertentes do campo museal: Rede de Educadores de Museus, Conselho Federal de Museologia, sistemas de museus, Conselho Consultivo do Patrimônio Museológico do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) entre outras.

As inscrições para os participantes estarão disponíveis nos próximos dias na página do Ibram, assim como o resultado dos selecionados para apresentação de trabalhos. Outras questões sobre o FNM 2014 devem ser enviadas para o endereço eletrônico fnm@museus.gov.br.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Internet/divulgação

Matérias relacionadas
Museus de Belém vão integrar programação do 6º FNM em novembro
6º FNM: tema dá sequência a debate sobre museus e comunidades

Gestão é tema de encontros regionais do Programa Pontos de Memória

Teve início ontem (6), em Brasília (DF), a série de encontros regionais do Programa Pontos de Memória. O intuito é ampliar o debate sobre a gestão compartilhada e participativa do programa. As reuniões regionais são prévias ao encontro nacional, a Teia da Memória, que terá lugar nos dias 24 e 25 de novembro em Belém (PA), integrando a programação do 6º Fórum Nacional de Museus.

Na sede do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), o primeiro encontro reuniu representantes do Distrito Federal (DF), Goiás (GO) e Mato Grosso (MT), integrantes da Comissão Provisória de Gestão Participativa/Compartilhada do Programa Pontos de Memória, da comissão de organização da Teia da Memória, de representantes do Ibram e Ministério da Cultura (MinC).

encontro DF Pontos de Memória

DF recebeu o primeiro encontro regional dos Pontos de Memória

Na pauta dos encontros destacam-se as discussões sobre as etapas para a institucionalização do conselho de gestão do programa.

A recente aprovação da Lei Cultura Viva, e os decretos da Política Nacional de Participação Social  e do Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil fez com que tais temas também fossem incluídos na grade de atividades, com o intuito de colocar os Pontos de Memória alinhados com as novas formas de participação social.

Calendário
Nos dias 9 e 10 de outubro, no Museu da Imagem e do Som do Ceará (CE), em Fortaleza, o encontro regional vai reunir Pontos de Memória e iniciativas de museologia social do estado, assim como do Rio Grande do Norte (RN). No dia 11 é a vez de São Paulo (SP) se reunir no Casarão do Pau Preto em Indaiatuba.

Ainda em outubro estão programados, com datas a confirmar, os encontros do Maranhão (MA) e Pará (PA); Pernambuco (PE); Minas Gerais (MG) e Espírito Santo (ES); Bahia (BA), Sergipe (SE) e Alagoas (AL); e Rio Grande do Sul (RS), Santa Catarina (SC) e Paraná (PR).

Em novembro, no dia 7, acontece o encontro do Rio de Janeiro (RJ). Para encerrar, entre os dias 10 e 15, toda a comissão provisória ser reúne em Brasília para fazer o balanço dos encontros regionais e proceder os encaminhamentos para a Teia da Memória. Outras questões sobre as atividades podem ser encaminhadas para o endereço eletrônico pontosdememoria@museus.gov.br.

Edital 2014
O Prêmio Pontos de Memória 2014, que recebe inscrições até 20 de novembro, irá selecionar e premiar 47 ações desenvolvidas por iniciativas de memória e museologia social, visando reconhecer, incentivar e fomentar a continuidade e sustentabilidade na perspectiva do programa. 44 devem ser ações desenvolvidas por grupos, povos e comunidades em âmbito nacional, e três ações desenvolvidas por brasileiros residentes no exterior, que se caracterizem por ações de registro e representação da sua memória. Saiba mais.

Texto e foto: Ascom/Ibram

Prorrogadas as inscrições para apresentação de trabalhos no 6º FNM

A chamada pública para apresentação de trabalhos durante o 6º Fórum Nacional de Museus (FNM),  que se encerraria no domingo (28), foi prorrogada pra o dia 5 de outubro. O FNM será realizado de 24 a 28 de novembro de 2014, na cidade de Belém (PA), com o tema Museus Criativos.

Resumos de pesquisas, trabalhos ou relatos de experiência, em desenvolvimento ou já finalizadas, acadêmicos ou não, podem ser inscritos nas modalidades Apresentação oral e Pôsteres. Serão selecionados 18 trabalhos para a primeira modalidade e 30 para a segunda.

A lista dos trabalhos aprovados será divulgada até o dia 24 de outubro. Confira a chamada completa e seus anexos. A ficha de inscrição de trabalhos em formato .doc também está disponível.

O Fórum Nacional de Museus é um evento bienal, de abrangência e mobilização nacional, que tem o objetivo de refletir, avaliar e estabelecer diretrizes para o setor museal brasileiro, para a Política Nacional de Museus e o Sistema Brasileiro de Museus.

O espaço é voltado ao intercâmbio de experiências e conhecimentos entre a comunidade museológica, a sociedade civil, os museus e os órgãos de gestão museológica federais, estaduais e municipais. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram

Museus de Belém vão integrar programação do 6º FNM em novembro

Desde o dia 24, uma equipe do Ibram está em Belém (PA) ajustando a realização do 6º Fórum Nacional de Museus (FNM), que acontece entre os dias 24 e 28 de novembro com o tema Museus Criativos.

Encontros com o Sistema Integrado de Museus (SIM) do Pará, a coordenação do Curso de Museologia da Universidade Federal do estado (UFPA), a Companhia Paraense de Turismo (Paratur), o Memorial do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, entre outros parceiros institucionais e privados, tiveram como foco a infraestrutura do evento, a recepção de participantes e a montagem de atividades de programação.

Reunião ontem (25) no Museu de Arte Sacra de Belém. Na foto, a coordenadora do SIM, Camem Cal

Reunião ontem (25) no Museu de Arte Sacra de Belém. Ao fundo, a coordenadora do SIM Pará, Carmem Cal

A equipe também está realizando visitas técnicas a museus da cidade: Museu Goeldi, Museu de Arte de Belém, Museu de Arte Sacra do Pará e Museu do Estado do Pará.

A proposta é que os espaços possam sediam atividades da programação do Fórum Nacional de Museus, como minicursos e exposições. Existe a ainda a expectativa de outras adesões, como o do Museu do Tribunal de Justiça do Estado.

Artesanato e Teia da Memória
“Há um grande interesse local na realização de um encontro de museus da região Norte durante o FNM”, conta Ana Lourdes Costa, que integra a equipe do Ibram que está na capital paraense. “A razão principal é dar início à formação de redes que possibilitem uma maior articulação entre os estados”.

Lourdes lembra ainda que a realização do Encontro Regional do Programa Nacional de Educação Museal (PNEM) em Belém, durante o mês de outubro, servirá para mobilizar museus e educadores antes do fórum nacional. Saiba mais sobre o PNEM.

Hoje (26), última dia da equipe do Ibram no Pará, as reuniões giram em torno da organização de uma feira de artesanato com artistas locais, como forma de promover o trabalho dos artesãos para um público vindo de todas as regiões do Brasil. Ainda se encontram com a equipe do Ponto de Memória Terra Firme, tendo em vista que a Teia da Memória também acontecerá durante o 6º Fórum Nacional de Museus.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: CPGII/Ibram

Matérias relacionadas
6º FNM: tema dá sequência a debate sobre museus e comunidades
6º Fórum Nacional de Museus vai acontecer em novembro no Pará

Teia Nacional da Memória é tema de encontros em Brasília

Duas reuniões de trabalho, nos dias 27 e 28, retomam o diálogo acerca da construção da programação da Teia Nacional da Memória, prevista para acontecer nos dois primeiros dias do 6º Fórum Nacional de Museus (FNM) – programado para os dias 24 e 28 de novembro, na cidade de Belém (PA).

Os membros da Comissão Provisória de Gestão Participativa e Compartilhada do Programa Pontos de Memória (Cogepaco) estarão na sede do Instituto Brasileiro de Museus, em Brasília (DF), no dia 27, para debater o tema da gestão participativa/compartilhada no âmbito do Programa Pontos de Memória, a relação com o Programa Cultura Viva e a nova Lei de Participação Social, e a possibilidade de inclusão destes temas na programação do FNM 2014.

Já a reunião com membros da Comissão da Teia da Memória, eleita no 5º Fórum Nacional de Museus (2012), ocorrerá no dia 28 de agosto, tendo como pauta a participação dos Pontos de Memória na programação do 6º Fórum Nacional de Museus e a atuação de seus representantes em painéis, grupos de trabalho e oficinas que compõem as atividades do encontro nacional do setor museal.

Texto: Divulgação Pontos de Memória

Abertas as inscrições para apresentação de trabalhos no 6º FNM

Foi publicada nesta quinta-feira (21), a chamada para apresentação de trabalhos durante o 6º Fórum Nacional de Museus (FNM), que será realizado de 24 a 28 de novembro de 2014, na cidade de Belém (PA), com o tema Museus Criativos.

Resumos de pesquisas, trabalhos ou relatos de experiência, em desenvolvimento ou já finalizadas, acadêmicos ou não, podem ser inscritos nas modalidades Apresentação oral e Pôsteres. Serão selecionados 18 trabalhos para a primeira modalidade e 30 para a segunda. As inscrições podem ser feitas até o dia 28 de setembro. A lista dos trabalhos aprovados será divulgada até o dia 24 de outubro. Confira a chamada completa e seus anexos. A ficha de inscrição em formato .doc também está disponível.

O Fórum Nacional de Museus é um evento bienal, de abrangência e mobilização nacional, que tem o objetivo de refletir, avaliar e estabelecer diretrizes para o setor museal brasileiro, para a Política Nacional de Museus e para o Sistema Brasileiro de Museus.

O espaço é voltado ao intercâmbio de experiências e conhecimentos entre a comunidade museológica, a sociedade civil, os museus e os órgãos de gestão museológica federais, estaduais e municipais. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram

Matérias relacionadas
6º FNM: tema dá sequência a debate sobre museus e comunidades
6º Fórum Nacional de Museus vai acontecer em novembro no Pará

6º FNM: tema dá sequência a debate sobre museus e comunidades

A sexta edição do Fórum Nacional de Museus (FNM) promete dar continuidade ao debate iniciado em novembro de 2012, na cidade de Petrópolis (RJ), quando a última edição do evento abordou os 40 anos da Mesa Redonda de Santiago do Chile – realizada em 1972 e considerada um marco no desenvolvimento da Museologia Social.

O tema Museus Criativos, escolhido para o FNM 2014, retoma a discussão sobre os desafios da atuação interdisciplinar dos museus para sua efetiva comunicação com as comunidades em que estão inseridos.

Bebês no museu Lasar Segall: atividade reconhecida pelo Icom

Bebês no museu Lasar Segall: exemplo de ação criativa

“Os desafios são muitos, mas o espaço para o exercício da criatividade é amplo e as experiências se multiplicam e se diversificam”, explica o presidente do Ibram, Angelo Oswaldo.

“A proposta da programação é poder abarcar as diferentes potencialidades do exercício da criatividade para os desafios que se apresentam àqueles que estão envolvidos com a gestão de museus e a sustentabilidade dessas instituições”, reforça Oswaldo.

Para quê e para quem os museus precisam inovar suas práticas? De que forma os museus podem funcionar como espaços de apropriação e produção de processos criativos e coletivos? Qual seu papel no processo de formação de cidadãos para uma vivência plena da democracia e com habilidade para a participação nas dinâmicas culturais globais?

Provocações como estas darão o tom da programação, que contará com a participação de especialistas convidados em conferências e painéis. Os grandes protagonistas serão mais uma vez as pessoas e instituições  do campo museal brasileiro, convidados a uma reflexão multidisciplinar e a contribuir para a construção de políticas públicas para o setor.

Primavera 2014
Museus Criativos também é o mote da 8ª Primavera dos Museus, que acontecerá entre os dias 22 e 28 de setembro. A dois meses do 6º Fórum Nacional de Museus, a ação motivará a realização de diversas atividades relacionadas ao tema – como seminários, exposições, oficinas, espetáculos, mesas-redondas, visitas guiadas e exibições de filmes – em todas as regiões do país. As inscrições continuam abertas às instituições interessadas em participar da edição deste ano. Saiba mais.

Texto: Ascom/Ibram
Foto: Divulgação Museu Lasar Segall

Matéria relacionada
6º Fórum Nacional de Museus vai acontecer em novembro no Pará

Eleição CNPC: sai resultado da habilitação de entidades após prazo de recursos

Atendendo ao disposto no item 4.6. do edital Ibram nº 5, de 7 de novembro de 2012, a Subcomissão do Processo Eletivo CNPC divulga a lista final das entidades habilitadas para indicação de lista tríplice para escolha de membros que comporão o Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC).

A eleição acontece durante o 5º Fórum Nacional de Museus (FNM), de 19 a 23 de novembro, em Petrópolis (RJ),  e será realizada apenas entre os dias 20 e 22 de novembro, no horário de 9h às 18h.

Poderão ser eleitores todos os participantes inscritos no 5º FNM, maiores de 16 anos, completos até a data de inscrição. O eleitor poderá votar apenas uma vez, escolhendo três entidades das entidades habilitadas. O votante deverá apresentar documento oficial com foto no momento da votação.

Serão eleitas, por maioria simples, as três entidades mais votadas, as quais indicarão, cada uma, o seu representante para a composição da lista tríplice. As três entidades mais votadas serão anunciadas no encerramento do 5º FNM.

Entidades habilitadas
Associação Brasileira de Conservadores e de Restauradores (Abracor)
Associação Brasileira de Museologia (ABM)
Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Museus (ICOM-BR)
Conselho Federal de Museologia (COFEM)

Texto: Ascom/Ibram
Última atualização: 19.11.2012

Página 3 de 41234