Página 2 de 212

Ibram disponibiliza o Formulário de Visitação Anual 2016

20160122-CPAI-MidiasSociaisPREENCHAA partir desta quarta-feira (1º), todos os museus brasileiros já podem enviar para o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) os dados da visitação em suas instituições durante o ano de 2016.

O Formulário de Visitação Anual (FVA) – 2016 é um instrumento exclusivamente online e está disponível para preenchimento no site do Ibram até 28 de abril.

Desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Museus, o procedimento atende à Resolução Normativa N° 3, de 19 de novembro de 2014, que dispõe sobre a regulamentação de dispositivos do Decreto nº 8.124/2013 quanto à obrigatoriedade do envio do quantitativo anual de visitação dos museus.

Dados estratégicos
A coleta e o envio ao Ibram de dados anuais sobre visitação são considerados estratégicos para o desenvolvimento do setor de museus.

Além de aferir o fluxo de visitação, a contagem de público pode indicar a necessidade de adequação dos serviços oferecidos e a ampliação da ação educativa.

É também essencial para o acompanhamento e o monitoramento de diretrizes, estratégias, ações e metas estabelecidas em políticas públicas, como as que constam no Plano Nacional de Cultura, Estatuto dos Museus e Plano Nacional Setorial de Museus. Saiba mais sobre Formulário de Visitação Anual.

Texto: Ascom/Ibram

Formulário de Visitação Anual recebe dados dos museus até dia 29

DESTAQUE - PORTAL IBRAM (preencha)Termina na próxima sexta-feira (29), o prazo para os museus brasileiros preencherem o Formulário de Visitação Anual (FVA) 2015.

Desenvolvido pelo Ibram, o FVA viabiliza o envio das informações sobre o quantitativo anual de visitação de maneira padronizada e organizada. Composto de 11 (onze) perguntas, o formulário é um instrumento exclusivamente online e seu preenchimento pode ser feito em cerca de 5 minutos.

O FVA é uma ferramenta fundamental tanto para o Ibram como para os museus. Para o Museu de Ciências Naturais da ULBRA/RSo FVA é “de suma importância para mostrar a real significância dos museus brasileiros em atividades culturais e pedagógicas voltadas para a população.”

Previstos pelo Decreto 8.124/2013, a coleta e o envio ao Ibram de dados anuais sobre visitação são considerados estratégicos para o desenvolvimento do setor de museus. Mais do que aferir o fluxo de visitação, a contagem de público pode indicar a necessidade de adequação dos serviços oferecidos e a ampliação da ação educativa, entre outras possibilidades.

A contagem de público é também essencial para o acompanhamento e o monitoramento de diretrizes, estratégias, ações e metas estabelecidas em políticas públicas, como as que constam no Plano Nacional de Cultura, Estatuto dos Museus e Plano Nacional Setorial de Museus.

Museus têm até 30 de abril para enviar dados de visitação 2014 ao Ibram

O Instituto Brasileiro de Museus recebe até o dia 30 de abril, o  Formulário de Visitação Anual (FAV) dos museus. A pesquisa é destinada a colher dados confiáveis e abrangentes sobre o a frequência de público aos museus brasileiros e faz parte do projeto Museus&Público: Contagem.

Bastante simplificado, o formulário pede que sejam informados apenas o total de visitantes no ano referência e a técnica de contagem de público utilizada, além de informações básicas sobre a instituição e o responsável pelo preenchimento.

Previstos pelo do Decreto 8.124/2013, a coleta e o envio ao Ibram de dados anuais sobre visitação são considerados estratégicos para o desenvolvimento do setor de museus. Mais do que aferir o fluxo de visitação, a contagem de público pode indicar a necessidade de adequação dos serviços oferecidos e a ampliação da ação educativa, entre outras possibilidades.

A contagem de público é também essencial para o acompanhamento e o monitoramento de diretrizes, estratégias, ações e metas estabelecidas em políticas públicas, como as que constam no Plano Nacional de Cultura, Estatuto dos Museus e Plano Nacional Setorial de Museus. Confira mais informações sobre o projeto Museus & Púbico: Contagem, incluindo fôlderes explicativos e vídeo sobre o tema.

Museus já podem enviar dados de visitação 2014 ao Ibram

O Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) dá início nesta segunda-feira (2) a uma pesquisa destinada a colher dados confiáveis e abrangentes sobre o a frequência de público ao museus brasileiros.

O projeto Museus&Público: Contagem tem início com pesquisa realizada por meio do Formulário de Visitação Anual (FVA), que deverá ser preenchido até o dia 30 de abril pelos museus brasileiros.

Peça da campanha de divulgação do preenchimento do FVA 2015

Peça da campanha de divulgação do preenchimento do FVA 2015

Bastante simplificado, o formulário pede que sejam informados apenas o total de visitantes no ano referência e a técnica de contagem de público utilizada, além de informações básicas sobre a instituição e o responsável pelo preenchimento.

Dados relevantes
Previstos pelo do Decreto 8.124/2013, a coleta e o envio ao Ibram de dados anuais sobre visitação são considerados estratégicos para o desenvolvimento do setor de museus.

Mais do que aferir o fluxo de visitação, a contagem de público pode indicar a necessidade de adequação dos serviços oferecidos e a ampliação da ação educativa, entre outras possibilidades.

A contagem de público é também essencial para o acompanhamento e o monitoramento de diretrizes, estratégias, ações e metas estabelecidas em políticas públicas, como as que constam no Plano Nacional de Cultura, Estatuto dos Museus e Plano Nacional Setorial de Museus.

Confira mais informações sobre o projeto Museus & Púbico: Contagem, incluindo fôlderes explicativos e vídeo sobre o tema.

Texto: Ascom/Ibram
Última atualização: 3.2.2015

Página 2 de 212